Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Descrição, funções, qualidade e caracteristicas de Teclados!

Autor Mensagem
Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05


Tow criando este topico com o intuito que ele fique no topo.

Aqui cada tecladista vai descrever um modelo de teclado, com titulo MAIUSCULO-NEGRITO da marca e modelo, para que a comunidade do forum possa saber mais sobre cada teclado, modelo, qualidade, funções, links de video-audio, e etc... Espaço livre para debater sobre equipamentos de qualidade, amadores, estudos, de estudio e profissionais.

Estarei dando um exemplo abaixo de como deve ser feita a descrição e organização do topico.

Boa Sorte a todos e sucesso!!!!

Vinícius Augusto
(71)306.3246 - 8851.8480

www.viniciusaugustomusic.ubbi.com.br
MSN: viniciusaugustomusic@hotmail.com
Central de arquivos: www.walla.com
Usuario: viniciusaugusto_show
Senha: arrocha

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


YAMAHA - PSR3000
Descrição no topico: http://forum.cifraclub.com.br/forum/8/75170/

Boa Sorte a todos e sucesso!!!!

Vinícius Augusto
(71)306.3246 - 8851.8480

www.viniciusaugustomusic.ubbi.com.br
MSN: viniciusaugustomusic@hotmail.com
Central de arquivos: www.walla.com
Usuario: viniciusaugusto_show
Senha: arrocha

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


Ou então, se preferirem, podem fazer de outra maneira a descrição.
Mesmo que ja tenha sido descrito em algum outro topico, vc pode copiar e colar aqui a descrição de cada teclado, dizendo apenas de quem é a autoria do texto.

EXEMPLO 2

YAMAHA PSR 3000

De tempos em tempos alguns equipamentos nascem para revolucionar a maneira com que o músico trabalha com a tecnologia embutida em seus instrumentos. Esses equipamentos ficam marcados na história do desenvolvimento da indústria musical de uma forma única e mesmo depois de décadas de seu lançamento ainda são perseguidos por músicos colecionadores ou por novatos curiosos em descobrir porque tal teclado, como o lendário Yamaha DX7, por exemplo, possui tal sonoridade e, ainda,é tão famoso por isso.

O divisor de águas desta época é o novíssimo Yamaha PSR 3000. Sua chegada ao Brasil está trazendo uma nova era no armazenamento de dados como arquivos MIDI, styles ou outras informações. Com isso o teclado está aposentando o reino dos disquetes de 3 ½ polegadas e apresentando o Smart Media. Ou seja, a partir desse teclado, não serão mais utilizados drives de disquetes, sendo toda a comunicação de dados feita com o teclado a partir de uma porta USB conectando-o diretamente ao computador.

Não se desespere caro amigo leitor que possui dezenas de disquetes com seus estilos Yamaha ou com as músicas MIDI da revista Playmusic! Você não irá perder nada disso, fique tranquilo. Basta copiar seus disquetes para um computador que possui conexão USB e, a seguir, conectar o teclado e transferir tudo para um cartão Smart Media que pode comportar até 128 Mb de informações. As vantagens disso são imensas, pois você não precisará trocar disquetes quando mudar seu repertório em seus shows ou então não precisará usar dezenas de disquetes para ter todos os styles que precisa, pois tudo isso estará armazenado dentro de um único cartão de memória que estará sempre conectado ao seu teclado, com tudo pronto e disponível para funcionar imediatamente, ao simples toque de seus dedos!

Mas e para aqueles amigos que estão interessados em adquirir esse novíssimo equipamento e não possuem computador ou acham muito difícil utilizar essas tecnologias? Assim poderão evoluir para um equipamento muito superior do que os PSR anteriores usufruindo totalmente desta maravilhosa tecnologia dos cartões Smart Media. Mas o que traz esse teclado de tantas novidades assim para ser um novo marco na história da indústria musical? Vamos descobrir agora.

ANALISANDO O PSR-3000

O que chama imediatamente a atenção ao ligar o PSR-3000 é seu enorme visor colorido de 320 x 240 pontos LCD mostrando todas as informações necessárias para o usuário. Com um visor colorido fica muito mais fácil e nítido ler as informações necessárias como nome das voices e dos styles utilizados além de outros detalhes que são sempre úteis durante a performance do músico ao vivo. O painel do teclado lembra bastante o PSR-2100 mas com um detalhe sobre a operação dos botões de INTRO e ENDING, que antes eram escolhidos no visor e agora existem 3 botões para cada uma das 3 possibilidades de introduções e finais possíveis para cada style. Falando sobre eles, existem 240 Styles de fábrica dentro do teclado, divididos em 217 Pro Styles e 23 Session Styles, além é claro dos styles de usuário que podem ficar armazenados dentro do próprio teclado num espaço exclusivo, assim como o próprio PSR 2100 já fazia.

O Yamaha PSR-3000 traz 829 Voices separadas em 323 Voices internas de alta qualidade, com alguns timbres derivados do próprio TYROS, além de 480 Voices no padrão XG e 17 Kits de bateria. A grande novidade desse teclado é a generosa polifonia de 128 notas que permitirá tocar junto de um arquivo MIDI com excepcional qualidade de áudio usando texturas sonoras complexas como Strings + Voices, sem “comer” nenhuma nota, um problema comum para teclados com uma polifonia inferior a 64 vozes.
O teclado possui uma categoria de vozes chamada de MEGA Voices com sons sampleados em altíssima qualidade e detalhes somente encontrados em grande sintetizadores como por exemplo, nos sons de guitarra, inúmeras nuances de como as cordas do instrumentos são tocadas, sons dos dedos deslizando sobre as cordas, harmônicos, tudo isso disponível nos timbres : Steel Guitar, Hi String Guitar, 12 String Guitar, Clean Guitar, Overdrive, Distortion, Acoustic Bass, Finger Bass, Pick Bass e Fretless Bass. A seguir, a família de sons conhecida como SWEET! Voices traz excelentes timbres também de Violin, Mandolin, Flugel Horn, Oboe, Harmonica, Tenor, Alto & Soprano Sax, Flute, Pan Flute, Clarinet, Trumpet, Trombone, Muted Trumpet. Logo depois, também com uma ótima qualidade aparecem os COOL! e os Live! Voices que são muito bons e devem ser experimentados logo que o amigo leitor tiver a oportunidade de ter nas mãos um teclado desses. Não posso esquecer também do Virtual Drawbars, um excelente simulador de timbres de órgão, colocando o PSR-3000 no patamar de um dos melhores simuladores de Hammond do mercado, principalmente pelo preço do teclado, extremamente justo pela incrível quantidade de recursos que ele está oferecendo.

Com todos esses 240 Styles e essa grande quantidade de excelentes Voices separadas nas famílias MEGA, SWEET!, COOL! e LIVE!, além da polifonia de 128 vozes, o teclado já estaria um grande passo na frente da concorrência, mas a Yamaha não parou por aí e acrescentou o mesmo VOCALIST que existe no modelo PSR 2100, com muitos parâmetros para ajuste do timbre da sua voz no Equalizador de 3 bandas, além de um excelente Compressor e um Noise Gate, ajustes para efeitos como Reverb, Chorus e Delay, e uma polifonia de 3 vozes para criar os arranjos vocais dentro do arquivo MIDI, ou ao vivo, baseado nos acordes tocados no teclado tanto pela mão esquerda ou pela mão direita, com 61 variações possíveis origianis de fábrica e mais 10 ajustes do usuário.

Falando sobre os efeitos, o teclado possui uma enorme quantidade de Reverbs ( 35 Preset e mais 3 User ), Chorus ( 30 Presets + 3 users ) um efeito onde podemos escolher o que quisermos chamado DSP 1 que possui 183 tipos e mais 3 memórias para gravar os ajustes do usuário e ainda os DSPs 2, 3 e 4 com 106 tipos diferentes e 10 memórias USER para seus próprios ajustes, permitindo um controle total dos parâmetros dos efeitos, personalizando totalmente seu equipamento. Além de todos esses efeitos, o teclado possui um equalizador MASTER de 5 bandas que atua sobre a saída geral do áudio e ainda um equalizador de 2 bandas sobre todas as partes do teclado ( que são 28 ao todo ) como as Voices R!, R2, Left, as partes de acompanhamento, as pistas do sequencer e os Multi Pads.

Com Voices, Styles, Vocalist e efeitos para tudo isso, além de um enorme visor colorido para mostrar todas as informações e um slot para inserir um cartão SMART MEDIA, capaz de armazenar até 128 Mbytes de informações, o que mais seria necessário nesse teclado, que praticamente já possui tudo o que sempre o mais ávido tecladista procurava? A resposta é conectividade. O Yamaha PSR-3000 possui 2 portas USB, uma para ligar diretamente no computador e trabalhar como um módulo de sons MIDI ou para transferir dados diretamente entre o teclado, o computador e o cartão de memória, um recurso que já acompanhava o PSR 2100 e a outra porta USB, chamada USB To Device, a grande novidade que permite conectar um Hard Disk ou um CD-Rom externos em padrão USB apenas conectando um simples cabo, tornando praticamente infinita as possibilidades de expansão de memória e recursos deste teclado. E, para os saudosistas do bom e velho disquete de 3 ½ polegadas, aqui vai uma ótima notíca. Pode ser conectado um drive de disquetes via a porta USB, com isso, todos os disquetes que não poderiam ser mais usados diretamente no teclado, agora podem! Para o pessoal que adora cantar lendo as letras no visor do teclado, aqui está uma excelente novidade deste teclado, uma saída de vídeo que permite que a tela de Lyrics seja mostrada numa televisão padrão NTSC ou PAL, por exemplo, com isso, a opção de tornar esse teclado como um karaokê com músico ao vivo é possível também. O monitor de TV poderá mostrar apenas as letras das músicas ( função Lyrics ) ou então fazer um espelho do visor inteiro do teclado. O teclado também consegue ler diretamente os arquivos salvos em formato *.KAR uma extensão muito comum de arquivos MIDI com letra para Karaokê existentes na Internet. O sequencer do PSR 3000 tem capacidade para até 35000 notas e lê praticamente todos os tipos de arquivos MIDI, salvos nos formatos 0, 1, KAR, Tune 1000, além do recurso Next Song, que permite fazer uma fila de músicas.

O teclado ainda permite a conexão de 2 pedais, sendo que um deles normalmente é usado para Sustain e o outro é programável entre as inúmeras opções disponíveis. Possui as tradicionais conexões MIDI In e Out, entrada de microfone para o Vocalist e saída de áudio estéreo, além dos fones de ouvido. Os alto-falantes do teclado tocam 12 Watts cada um deles e possuem woofers de 12 cm e um tweeter de 4 cm. O peso total do teclado é bem reduzido, com apenas 12 Kgs distribuidos num teclado com apenas 973 x 399 x 167 mm de tamanho. Não esqueçam da fonte que, assim como a série PSR 2000 / 2100, esse teclado necessita da PA-300, uma excelente fonte de alimentação para poder fazer funcionar todos os recursos do equipamento na sua total plenitude.

CONCLUSÕES

Se houvesse um prêmio parecido com o OSCAR para teclados o Yamaha PSR 3000 com certeza levaria o título por inúmeros detalhes, mas o maior deles é o custo-benefício. Nunca antes qualquer outra empresa de teclados ousou colocar tantos excelentes recursos de uma só vez num único equipamento, sem precisar de placas opcionais, cartões extra e expansões que nunca apareciam no Brasil, ou quando apareciam eram mais caras do que o equipamento em si. Com um teclado assim, o amigo leitor poderá se dedicar anos e anos tanto ao aprendizado do equipamento como ao prazer de tocar um instrumento com excelentes recursos e que irá proporcionar uma enorme satisfação.

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


CONTINUAÇÃO DO PSR3000...

...Parabéns à Yamaha por lançar um equipamento assim, por disponibilizar o equipamento rapidamente no Brasil e por trazer mais uma grande opção aos músicos que ultimamente
_____________________________________________________________

Comentário da revista Teclas e Som.

YAMAHA PSR 3000
Descendente de uma tradicional e sólida família de arranjadores, o PSR 3000 é o mais novo modelo da linha, voltado ao profissional de eventos. Com recursos que auxiliam e enriquecem a performance, antes encontrados apenas em equipamentos mais caros, é uma boa opção de compra. A interatividade e a conectividade são os grandes destaques do instrumento, que reúne facilidade de operação e ótimos resultados.

DESIGN
O Yamaha PSR 3000 tem design arrojado. A combinação de prata, cinza e preto confere ao modelo um atrativo a mais. Sem grandes novidades em relação aos modelos anteriores (PSR 1100 e PSR 2100), o painel apresenta os recursos mais usados em performances próximos ao tecladista, deixando as funções básicas mais distantes, no alto. Seguindo a tendência mais moderna e lógica da disposição de elementos, a linha de botões imediatamente superior ao teclado contém os controles de estilo, do lado esquerdo, e de memórias de registração e OTS
(One Touch Setting) do lado direito.

Dispostos de maneira a proporcionar fácil visualização e com luzes indicativas de acionamento, permitem ao usuário um rápido reconhecimento dos elementos empregados.
À esquerda do amplo display central, rodeado de botões de função, estão situados os controles de escolha de estilo, de canção, de transporte e os multi pads, além das funções transpose e tempo e o knob giratório de
volume geral. Do lado direito, ficam o acesso aos diferentes bancos de timbres e os controles de seleção de
partes polifônicas e oitava, além do dial.
_______________________________________________________________

Descrição pessoal de um propietário deste teclado.
PSR3000 por Vinícius Augusto

O PSR 3000 possui funções inovadoras para a linha. São 61 teclas com 128 notas de polifonia, LCD colorido, 829 timbres, 240 estilos de acompanhamento e muito mais. Entre suas funções, destaque para Vocal Harmony, Organ Flutes, Music Finder, Sound Creator, entre outros. Além disso, o PSR 3000 possui conectividade via MIDI, USB e Vídeo Out; Slot para Smartmedia, disquete e conexão USB para Disk Drive opcional. Seu banco de efeitos possui vários presets de Reverb, Chorus, DSP´s e efeitos para microfone, como Noise Gate e Compressor.

Explicando melhor... Principal novidade da linha PSR em 2004, este teclado possui 240 estilos além da possibilidade de criação de estilos do usuário. Possui também um seqüenciador de 16 pistas onde você pode gravar suas canções MIDI e armazená-las em Smart Mídia ou na memória interna (Flash Rom) de 1,5 MB, Pen drive, CDRW e etc. Com 332 timbres de painel, 480 timbres XG e mapas GM 2 com a possibilidade de tocar arquivos MIDI com mapas GS, o PSR 3000 surpreende até mesmo os músicos mais exigentes de estúdio, palco, shows, devido a sua alta qualidade interna e timbres realisticos de alta sonoridade auditiva, tendo destaques tabém a sua variedade de programação interna.

O teclado possui a tecnologia Mega Voice, samplers gravados em sistemas digitais de 24 bits, variados do mesmo sistema de gravação ao consagrado Motiff, que viabiliza sons altamente realísticos, que vão além dos timbres usuais. Com este recurso, é possível tocar strings com as cordas presas, efeitos de slide e ruídos característicos dos instrumentos acústicos, por exemplo.

O teclado tem os timbres funcionais retirados da linha S Yamaha, tendo inclusive um editor com ampla edição (Sound Creator), baseados em sistemas de edição identicos aos motiff, tendo uma comparação de sintese superior aos teclados consagrados da linha S Yamaha, e com funções de destaque para edição como: Toch Sense, Octave, Polifonia de timbragem mono ou poly, Portamento Time, Filter, Amplitude, LFO com sintese individual de PM0D - FM0D - AM0D, Sistemas de Filter com frequencias Bright e Harmonia individuais, EG com sintese individual de Attack - Decay - Reles - Ressonância, Vibrato com síntese individual de Depht - Speed - Delay, Edição de Reverbe Depht apartir do padrão que escolher, Edição de Chorus Depht apartir do padrão que escolher, DSP Defht e Sustain painel ativo pelo quantidade de efeito que queira em cada instrumento,DSP ativo e editado por paramentros de Categoria - Tipo - Variação - Value - etc, Equalização com frequencia ativa indidual de graves-agudos-medios para cada timbre de edição, tendo ainda destaque a equalização ativa por ganhos (gain).

A função Vocal Harmony é outros destaque do PSR-3000. Ele possui uma entrada para microfone (microfone não incluso) e cria harmonias vocais em tempo real enquanto você canta e toca músicas. Este recurso é realmente incrível e com ele é possível transformar seu teclado num verdadeiro karaokê, pois ele possibilita a leitura das letras e partituras no display LCD.

Você ainda pode criar timbres de órgãos e armazená-los em memória, através de Drawbares virtuais. Uma das principais novidades é a possibilidade de ligação direta na Internet através de um adaptador USB-LAN para um modem banda-larga e efetuar a transferência de dados musicais diretamente do site da Yamaha, ou então usando a mesma conexão USB para acessar dispositivos de armazenagem externos.

O teclado arranjador PSR 3000 proporciona uma série de novos recursos dedicados principalmente para o ensino, aperfeiçoamento musical ou até mesmo para profissionais de palco, banda, trabalhos solos, orquestras e estúdio. Com ele, você pode encontrar o estilo de acompanhamento perfeito para a execução da sua música preferida e também o timbre mais adequado.

O teclado PSR3000, conta ainda com um mixer interno para adicionar até dois instrumentos harmonicos via p10 pelo proprio teclado, como exemplo vc pode tocar seu teclado junto a uma guitarra externa e um baixo externo ligados ao proprio teclado. Fora isso, vc ainda tem uma pedaleira virtual para os timbres internos ou para ser usados em instrumentos externos ligados ao teclado, tendo como exemplo, vc liga uma guitarra no PSR3000, e pode colocar e configurar uma distorção, whawha, chorus e etc.

O PSR3000 tbm conta com duas entradas para pedais, que vc pode configurar para a função que desejar, desde um simples sustain, como uma virada de bateira, uma ativação midi, uma modulaçõa de timbre e etc.

O PSR3000 conta com um workstation estudio interno digital baseados nos melhores equipamentos do mercado, como exemplo, vc tem um compressor interno com varios parametros, noise gate, reverbe, delay, chorus, dsp, etc... Que podem ser usado tanto para os timbres, quanto para voz pelo canal de micorfone, ou para instrumentos externos ligados ao teclado.

- 61 Teclas com Sensibilidade ao toque (Initial Touch)
- Polifonia: 128 notas (máximo)
- Display: 320 x 240 QVGA colorido LCD
- Fonte de Som: AWM Stereo Sampling
- 829 Pré-ajustes: 332 Voices + 480 XG Voices + 17 Kits de Bateria
- Compatibilidade: GM2, XG e GS
- Reverb com 35 pré-ajustes e 3 programáveis
- Chorus com 30 pré-ajustes e 3 programáveis
- Efeitos DSP 1 com 183 pré-ajustes e 3 programáveis
- Efeitos DSP 2 – 4 com 106 pré-ajustes e 10 programáveis
- Vocal Harmony: 61 pré-ajustes e 10 programáveis (3 notas reais de polifonia máxima) ou 5 simuladas
- Efeitos MIC: Noise Gate, Compressor, chorus, reverbe, delay, e 3 bandas de EQ fixada ou 5 bands gerais.
- Harmony/Echo: 17 pré-ajustes
- Equalizador Master de 5 bandas com 5 pré-ajustes e 2 programáveis
- Part EQ de 2 bandas com 28 partes (R1, R2, Left, Style x 8, Song x 16, Multi Pads)
- Resposta Sensível ao Toque: Initial touch on/off
- Tempo: 5 ~500
- Master Tuning: 414.8 ~ 440Hz ~ 466.8
- Transpose: -12 ~ 0 ~ 12
- Oitava: -2, -1, 0, +1, +2
- Controles em Tempo Real: Pitch Bend e Modulation
- Auto Acompanhamento: 240 pré-ajustes em 11 categorias
- Rápido acesso à memória (8 Switches Banks + Freeze Function)
- Compatibilidade de Músicas Gravadas/Executadas: General MIDI 2 (SMF 0, 1) com Lyrics, XG, KAR, XF, Scorch, Tune 1000
- Tracks de gravação: 16 internos; 32 Tracks em computador através da conexão USB
- Capacidade de gravação: Aproximadamente 35.000 notas
- Saída de Vídeo: NTSC, PAL (Lyrics ou LCD)
- MIDI In/Out
- Porta USB
- Saídas: Fones; Linha (R, L / L+R)
- Entrada e Saída Auxiliar: Padrão RCA (R, L / L+R)
- Entrada Mic/Linha: Dynamic MIC (Imp. 250 ohm recomendada) Trim, Input Volume, Signal/Over Indicator
- Amplificador: 12W x 2
- Falantes: (12cm + 4cm) x 2
- Dimensões: 38-5/16" x 15-11/16" x 6-5/16" (973 x 399 x 167 mm)
- Peso: 11 kg

Se quiser conhecer um pouco mais sobre estes teclados, acesse o link abaixo e pegue o download do video ou do audio PSR3000 na lista q verá nos links abaixo:
*Video - http://www.yamaha-europe.com/yamaha_europe/uk/service/040_downloads/20 _downloads_multimedia/70_download_movies/index.php
*Audio - http://www.yamaha-europe.com/yamaha_europe/download/mp3/10_musical_ins truments/portable_keyboards/portatone_psr_series/PSR_3000/index.php?co untry=uk

Espero ter contribuido com este gurpo.
Boa sorte a todos e sucesso!!!!

Vinícius Augusto
(71)306.3246 - 8851.8480

www.viniciusaugustomusic.ubbi.com.br
MSN: viniciusaugustomusic@hotmail.com
Central de arquivos: www.walla.com
Usuario: viniciusaugusto_show
Senha: arrocha

Ken Himura
Veterano
# jan/05
· votar


Porra...tá detalhada mesmo essa descrição do PSR 3000 hehehee.
Parabéns.

Pianist
Veterano
# jan/05
· votar


Ken Himura
NOssa o meu não tem nem 5% disso aí!
Nem sei pra que serve a maioria dessas coisas...

Falow,
Caio César.
OPOST

Ps: Quem é o doido que vai ler tudo isso?!

ROTTA
Moderador
# jan/05
· votar


Vinícius_Augusto.

Você tinha que trabalhar na Yamaha, cara! :D

Abraços.

Rmc
Veterano
# jan/05
· votar


Vinícius_Augusto

Em um outro tópico que criei vc comentou que o psr3000 tem o performance assistant!!! em toda descrição ele não é citado!! tem mesmo?

Kennedy Bituba Israel
Veterano
# jan/05
· votar


só mais o cassio ctk 130
rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs brincadeira gente, mais breve colocarei informaçoes sobre meus teclados
Kennedy Bituba ISrael
kennedybituba@hotmail.com
www.flogao.com.br/kennedybitubaisrael

wernegher
Veterano
# jan/05
· votar


Eu já falei pro meu amigo aí..

Nesse ano devem acontecer duas coisas:

1) Ou você vira vendedor (virtual..) da Yamaha... .

2) ou endorsee

OBS: realmente cara,...aquela sua tentativa de virar Super-Homem e pular do berço quando era criança não te fez bem não... rolou umas sequelas do tombo....rsss

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


Ken Himura
Porra...tá detalhada mesmo essa descrição do PSR 3000 hehehee.
Parabéns.

Obrigado cara, agora vc poderia ajudar agente tbm e colocar sobre algum teclado tbm as caracteristas, saquei q vc e o MR_Mojo sacam de Hamond's, pode dar umas dicas de equipamentos tbm aqui, valeu?
Boa Sorte!!!!

Marco Alan Rotta
Vinícius_Augusto.
Você tinha que trabalhar na Yamaha, cara! :D
Abraços.


PQ? Será? Putz, eu acho q não!!!! Mas valeu a intenção!!!! rsrsrsr
Eu apenas falei aí sobre uma parte das funções do meu equipamento, eu acho q cada deve conhecer a fundo o teclado que tem, e isso é o q eu faço, com certeza!!!!

Boa Sorte e sucesso para você!!!!

Rmc
Vinícius_Augusto
Em um outro tópico que criei vc comentou que o psr3000 tem o performance assistant!!! em toda descrição ele não é citado!! tem mesmo?

Tem sim o peformance assistente, mas só que eu acho uma função que não vale a pena ser citada, na minha opnião o peformance assistente é uma função não valida para os tecladistas em gerais, por isso não citei, mas o PSR3000 tem peformance assistente sim, o botão fica ao lado do botão GUIDE, No site da Yamaha eu acho q tbm não é citado o Peformance Assistente, pq não é a função principal deste teclado!!!!

Boa Sorte e sucesso!!!!

Kennedy Bituba Israel
mais breve colocarei informaçoes sobre meus teclados
Kennedy Bituba ISrael
kennedybituba@hotmail.com
www.flogao.com.br/kennedybitubaisrael[/i]

Po cara, coloca mesmo, o intuito deste topico é para que cada pessoa conheça melhor as funções de cada teclado, de cada modelo e de cada marca. Boa Sorte e sucesso!!!!!

wernegher
Eu já falei pro meu amigo aí..
Nesse ano devem acontecer duas coisas:
1) Ou você vira vendedor (virtual..) da Yamaha... .
2) ou endorsee
OBS: realmente cara,...aquela sua tentativa de virar Super-Homem e pular do berço quando era criança não te fez bem não... rolou umas sequelas do tombo....rsss

kkkkkkkkkkk, muito engraçado, to rindo pela milesima vez com a piada!!!! hsuhsuhsus
Apesar de não ter nada haver com o topico o q vc disse, mas fazer o q né? Se não tem nada o que fazer, tem que repetir a mesma piada 1000 vezes né? Ah cara, já perdeu a graça, a mesma piada 1000 vezes enche o saco!!!!! srsrsrsr
Mesmo assim o q vale é o bom humor.
Boa Sorte e sucesso!!!!!

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


Como muitos estão curiosos sobre o top Roland G70, vamos aproveitar o topico e falar um pouco sobre.

ROLAND G70 - Descrição site www.roland.com.br[/i]

G-70 - Giga Workstation

A Roland apresenta finalmente o sucessor do VA-76. Descendente de uma famosa série de teclados, o novo G-70 é um concentrado da melhor tecnologia digital da Roland, tendo sido empregues na sua concepção todos os recursos e pericia.

• O gerador de som do G-70 utiliza um rapidissimo CPU para fornecer arranjos músicais complexos e uma elevada polifonia de 128 vozes e 6 partes (sons) simultâneas para perfomance em tempo real. Desta forma o G-70 satisfaz até o músico mais exigente. Para não comprometer a satisfação musical, a Roland equipou o G-70 com uma enorme memória Wave - neste momento a maior num teclado da Roland – 192MB, fornecendo assim 1596 Tones e 48 Drum Kits. No seu vasto leque de sons G-70 inclui o som de piano "The Grand X" que deriva do seu sintetizador profissional Fantom X e sons de acordeão baseados no V-ACCORDIAN. Para maximizar o seu potêncial como teclado profissional o G-70 possui a capacidade de instalação de expanções da série SRX aumentando o leque de sons á disposição do músico.
• Para os amantes dos antigos orgãos, o G-70 possui a função de simulação das barras de harmónicos. Esta simulação, possivel graças á tecnologia Virtual Tone Wheel utilizada na série VK, utiliza drawbars virtuais animados a 3D no visor que estão ligados a 9 sliders localizados por baixo do mesmo. Estes sliders servem igualmente ser programados para servir outras funções. Neste modo o G-70 utiliza efeitos especialmente dedicados tais como Rotary, Overdrive, Tremolo etc.
• Na secção de acompanhamento o G-70 possui novos 279 Styles (estilos) completamente novos. Cada estilo possui 4 Intros (entradas), 4 Variations (variações), 4 Endings (finais) e 6 Fill-In (passagens) duplicando o conteúdo da série VA e utilizando todo o potencial da sua fonte sonora. Muitos destes Styles foram gravados ao vivo por músicos de estúdio profissionais para obter arranjos de topo. As funções Cover, com 72 tipos e Make-Up Tools foram retiradas da série DisCover 5 e permitem alterar instantâneamente qualquer uma das partes dos arranjos dos Styles ou das Songs. Apenas com estas duas funções é possivel obter imediatamente centenas de variações do Styles.
• A maior inovação da secção de arranjos é a nova tecnologia "Adaptive Chord Voicing" (ACV). Esta tecnologia é baseada na produção inteligente e em tempo-real de cada uma das partes do acompanhamento. Cada instrumento do Style efectua transições suaves de cada vez que se muda de acorde em vez de saltar para o inicio do arranjo (esta tecnologia está em fase de registo de patente).
• O G-70 está equipado com um visor a cores sensivel ao toque. Cada acção efectuada no visor é confirmada com um clique para facilitar a confirmação e facilitar a operação. O visor permite também visualizar a pauta das músicas em MIDI File assim como os acordes e letras da mesmas – função Score Display. É possivel também visualizar a função Score Display num televisor ou monitor externos utilizando a sua saída de video.
• Como memoria interna o G-70 possui 50MB (Solid State Disk) o que dará para armazenar cerca de 1000 MIDI Files. A memória é expansivel utilizando a porta para PC Card o que permite utilizar diversos tipos de cartões de memória (Compact Flash, Memory Stick, Smart Media, e Microdrive, com o respectivo adaptador) com até 2GB de capacidade.
• O G-70 possui 7 secções de efeitos independentes, incluindo secções dedicadas para Harmonic Bars, Harmonist, e para a entrada de audio externa.
• Também retirada do DisCover 5 foi a função Vocal Harmonist. Com 90 presets esta secção produz não só efeitos de côro como possui ainda as funções de Auto Pitch Correct (afinação automática) e Vocoder.
• A função Music Assistant incluí na sua base de dados informação sobre algumas centenas de músicas conhecidas. Basta selecionar a música e o G-70 fica automáticamente configurado com o Style, Tones, Tempo e efeitos para a tocar correctamente. Podemos ainda adicionar a nossa própria informação á base de dados do Music Assistant.
• O sequenciador de 16 pistas (para Song) e compositor de estilos de 8 pistas (para os Styles) incluiem o modo de edição Microscope para uma edição precisa e detalhada.
• Num teclado com uma mémoria tão elevada torna-se essencial a existencia de uma função de procura. Esta está presente sob a forma da função Find que permite chamar rápidamente User Programs, Styles ou Songs.
• Finalmente o G-70 esta equipado com uma porta USB para uma fácil troca de informações com um PC ou Mac.
_____________________________________________________________

Descrição, pesquisas pessoais: ROLAND G70

Descendente de uma famosa série de teclados, o G-70 é um concentrado da melhor tecnologia digital da Roland. Seu gerador de som utiliza um rapidíssimo CPU que fornece arranjos musicais complexos, uma elevada polifonia de 128 vozes, além de 6 partes (sons) simultâneas para performance em tempo real. Desta forma o G-70 satisfaz até o músico mais exigente. Possui uma enorme memória Wave com 192MB, oferecendo assim 1596 Tones e 48 Drum Kits. Para maximizar o seu potencial como teclado profissional, o G-70 possui a capacidade de instalação de expansões da série SRX, aumentando o leque de sons à disposição do músico.

- Sucessor do VA-76

- Polifonia: 128 vozes

- 76 Teclas Pro-Action: com aftertouch

- Memória de 192 MB WAVE ROM

- ToneWheel (modulação) Virtual: derivada do Órgão VK

- ACV (Adaptive Chord Voicing)

- SRX Expansivo

- DigiScore e Lyrics/Chord: à mostra no visor LCD

- 9 Multi-funções de Sliders

- Simulação das Barras de Harmônicos: para os amantes dos antigos órgãos. Esta simulação, possível graças à tecnologia Virtual Tone Wheel utilizada na série VK, utiliza drawbars virtuais animados em 3D no visor que estão ligados a 9 sliders localizados por baixo do mesmo. Neste modo, o G-70 utiliza efeitos especialmente dedicados, tais como Rotary, Overdrive, Tremolo, etc.

- Inclui o som de piano "The Grand X", que deriva do sintetizador profissional Fantom X

- Sons de Acordeon: baseados no V-ACCORDIAN

- 279 Estilos Completamente Novos: cada estilo possui 4 Intros (entradas), 4 Variations (variações), 4 Endings (finais) e 6 Fill-In (passagens) duplicando o conteúdo da série VA e utilizando todo o potencial da sua fonte sonora. Muitos destes Styles foram gravados ao vivo por músicos de estúdio profissionais para obter arranjos de topo. As funções Cover, com 72 tipos e Make-Up Tools foram retiradas da série DisCover 5 e permitem alterar instantaneamente qualquer uma das partes dos arranjos dos Styles ou das Songs (canções). Apenas com estas duas funções é possível obter imediatamente centenas de variações do Styles. Possui total de 285 estilos em 12 famílias.

- Nova Tecnologia "Adaptive Chord Voicing" (ACV): esta tecnologia é baseada na produção inteligente (e em tempo-real) de cada uma das partes do acompanhamento. Cada instrumento do Style efetua transições suaves a cada vez que se muda de acorde, ao invés de saltar para o inicio do arranjo (esta tecnologia está em fase de registro de patente).

- Visor Colorido Sensível ao Toque: cada ação efetuada no visor é confirmada com um clique para facilitar a confirmação e a operação. O visor permite também visualizar a pauta das músicas em MIDI File, assim como os acordes e letras da mesmas – função Score Display. É possível também visualizar a função Score Display num televisor ou monitor externo utilizando a sua saída de vídeo.

- Memória Interna (Solid State Disk): 50MB, oferecendo cerca de 1000 MIDI Files para armazenamento. A memória é expansível, utilizando a porta para PC Card que permite utilizar diversos tipos de cartões de memória (Compact Flash, Memory Stick, Smart Media, e Microdrive, com o respectivo adaptador) com até 2GB de capacidade.

- 7 Sessões de Efeitos Independentes: incluindo sessões dedicadas para Harmonic Bars, Harmonist, e para a entrada de áudio externo.

- Função Vocal Harmonist: também retirada do DisCover 5, possui com 90 presets. Esta sessão produz efeitos de coro, além de possuir ainda as funções de Auto Pitch Correct (afinação automática) e Vocoder.

- Função Music Assistant: inclui na sua base de dados informação sobre algumas centenas de músicas conhecidas. Basta selecionar a música e o G-70 fica automaticamente configurado com o Style Tones. Podemos ainda adicionar a nossa própria informação à base de dados do Music Assistant.

- Seqüenciador de 16 Pistas e Compositor de Estilos de 8 Pistas: inclui o modo de edição Microscope, para uma edição precisa e detalhada.

- Num teclado com uma memória tão elevada, torna-se essencial a existência de uma função de procura. E ela está presente sob a forma da função Find, que permite chamar rapidamente User Programs, Styles ou Songs.

- Porta USB: para uma fácil troca de informações com um PC ou Mac.

Para maiores informações, acesse o link em Flash de demonstração interativa do teclado em: http://www.rolandiberia.com/gca/index.php?id=29#

Espero ter contribuido mais uma vez com este grupo
Boa sorte a todos e sucesso!!!!

Vinícius Augusto
(71)306.3246 - 8851.8480

www.viniciusaugustomusic.ubbi.com.br
MSN: viniciusaugustomusic@hotmail.com
Central de arquivos: www.walla.com
Usuario: viniciusaugusto_show
Senha: arrocha

yanni540
Veterano
# jan/05
· votar


Eu vou deixar aqui a descrição de um dos meus teclados (estou no momento com um roland alpha-1 e um yamaha PSR640).
ROLAND ALPHA-1
O Primeiro Interactive Keyboard Brasileiro
O ALPHA-1 é um revolucionário Teclado integrando Sintetizador, Sequenciador, Modificador de Music Styles e Controlador de Performance. Dotado dos Sons Profissionais Roland - como Piano em amostragem Stereo 24 bit e um banco de sons de 3559 Sons, o ALPHA-1 é o máximo em sofisticação. O projeto do ALPHA-1 levou em consideração na necessidade do usuário brasileiro - painel em Português, Music Styles Brasileiros, Amplificação Interna Potente e tudo que permitisse fazer maximizar o potencial criativo do brasileiro.

Uma Orquestra em suas mãos
Com o ALPHA-1, o usuário pode adicionar sofisticados acompanhamentos à sua interpretação fazendo com que o usuário se sinta como se estivesse tocando com uma orquestra ou com um super conjunto musical somando um total de 128 Music Styles (64 internos entre os quais, 32 nacionais, e 64 que podem ser acessados pelo disquete incluso através da função Disk Link). Os Music Styles foram programados pelos melhors Maestros e Arrnajadores do Brasil - do Norte ao Sul do Brasil toda riqueza musical de nosso país se reflete nos Music Styles. Com a adição da função Melodia Inteligente esta adiciona uma harmonia à sua melodia que acompanha automaticamente os acordes tocados com a mão esquerda. São 18 padrões de Melodia Inteligente à sua disposição, cada um com as suas características e intervalos diferentes.

Sequenciador Fácil & Music Assistant
O ALPHA-1 possui um disk drive e um seqüenciador de 16 pistas. Com estes recursos, o usuário pode tocar junto com um estilo armazenado no disquete ou pode tocar utilizando arquivos SMF (Standard MIDI Files) disponíveis comercialmente. Uma função inovadora - MUSIC ASSISTANT, permite que V. escolha um entre 100 sugestões de músicas mais conhecidas com Music Style, Upper e Tempo já ajustados na memória interna do ALPHA-1.

Controlador D-Beam
Graças ao seu controlador D-Beam, o ALPHA-1 oferece a espontaneidade e total liberdade para que o usuário toque com toda a sua expressão movimentando a suas mãos ou corpo sobre o feixe de luz infravermelho. O D-Beam possibilita a criação de efeitos de pitch bend e modulation, controle de filtro e outros ajustes ou troca das funções do Arranjador, tudo isso em tempo real. É possível também acelerar ou diminuir o andamento da reprodução de músicas e tocar melodias rapidamente. Surpreenda o público, amigos e familiares com incríveis arpejos ou hits de metais, percussão, controle de liga/desliga das partes do acompanhamento e muito mais.

Style Morphing
No ALPHA-1, a função Style Morphing permite a criação de novos acompanhamentos utilizando partes diferentes de music styles (Style A e Style B). Estes estilos de transição progressiva são muito fáceis de serem utilizados. Qualquer estilo pode ser utilizado, sendo da memória interna ou de um disquete. Com isso, o usuário pode escolher qualquer Music Style e explorar novas combinações em que os nossos engenheiros não pensaram. São seis estágios de Style Morphing, permitindo poder total de criatividade.

Interatividade na Produção
O ALPHA-1 foi projetado para ser simples de operar. Nada de comandos complexos ou recursos desnecessários. Todo conhecimento e experiência da Roland em Teclados Brasileiros está presente no ALPHA-1. O "Motor Sonoro" da Série VA, os controles de Performance do FANTOM, a tecnologia de Display Roland - tudo está integrada de forma harmoniosa no ALPHA-1.

E você vai se surpreender sem saber que o ALPHA-1 está a seu alcance.

Especificações

TECLADO: 61 notas, sensível à velocidade

GERADOR DE SOM:
Polifonia Max.: 64 vozes de polifonia
Tones:3559 Tones em 20 MB de Amostras PCM
Sets de Bateria: 116 incluindo ORIENTAL Drum Set
Partes: Multitimbral de 32 partes
Compatibilidade: GM2/GS

TIPO DO DISPLAY:
Amplo Display Backlight Custom
CONTROLES: Knob Contraste LCD

CONTROLES DO PAINEL:
Controlador Alpha Dial Tempo/Dados
Alavanca Pitch Bender/Modulation
Controlador D Beam
Knob Volume
Botões Volume Mixer
Botões Session Partner/Pistas:
Estilo (8 sets x 8)
DJ Pad (8 sets x 8)
Controle de Liga/Desliga para as Partes do Acompanhamento
Controle de Liga/Desliga para as 16 Pistas da Música

MUSIC STYLES:
Music Styles ROM: 64
Disk Link (Carregados diretamente do disquete): 64
Disk Usuário (pode ser carregado na memória RAM temporária): 64
One touch: 4 x 64
Orquestrador: 3 níveis
Style Morphing

MÚSICAS:
Realtime SMF Player
Gravador de 16 Pistas
Punch In/Out

PROGRAMAS DO USUÁRIO:
64

EFEITOS:
Reverb: 8 Tipos
Chorus: 8 Tipos
Multi Efeitos (Rotary, Distortion): 47 tipos

ARMAZENAMENTO DE DADOS:
FDD 3.5" 2HD/2DD
Tipos de Arquivos: Style, SMF, Programas do Usuário

FUNÇÕES EDUCACIONAIS:
Novo Chord Finder
Jogo: Guess the Note - Guess the Chord

METRÔNOMO:
Ajuste de Fórmula de Compasso: 1/4, 2/4, 3/4, 4/4, 5/4, 6/4, 6/8, 9/8
Controle de Volume

OUTRAS FUNÇÕES:
Modos: Piano, Arranjador, Bateria Man.
Music Assistant Database: Acesso direto a 100 Programas do Usuário dedicados
Busca EZ: Função para rápida localização de Tones e Music Styles
Parte Teclado: Superior 1, Superior 2, Inferior, M. Bass, Bateria Man.
Melodia Inteligente: 18 Tipos
Octave: -3 ~ +3 Separado para o Superior 1, Superior 2, Inferior, Bateria Man.
Transposição: -6, +5

ATUALIZAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL:
Sim, memória Flash

CONEXÕES:
MIDI: IN, OUT
Saídas: E/Mono - D
FOOTSWITCH/ EXPRESSÃO
PHONES
DC In

OUTROS:
Potência: 2 x 10W
Alto-Falantes: 2 x 12 cm (Bass Port)
Alimentação: 12V - 2A
DIMENSÕES: 1016 (Largura) x 398 (Profundidade) x 153 (Altura) mm
PESO: 9,5 kg

yanni540
Veterano
# jan/05
· votar


Quem quiser ver as fotos do meu alpha-1 está aqui:
http://www.mercadolivre.com.br/jm/item?site=MLB&id=25208345
Abraços

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


yanni540
Muito boa desctrição, parabens, bem objetiva!!!!
Agora vc poderia fazer uma descrição do seu outro teclado tbm!!!!
Boa Sorte e sucesso!!!!

ROTTA
Moderador
# jan/05
· votar


Fala Vinícius_Augusto

PQ? Será? Putz, eu acho q não!!!! Mas valeu a intenção!!!! rsrsrsr

Comentei isto porque você postou as especificações do PSR3000 em vários tópícos por aqui. :-) Só isso.

Abraços.

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


Piano Elétrico Yamaha P 60S
Digital Profissional
O Yamaha P60S é um piano elétrico digital profissional. Possui 88 teclas com o peso de teclas de piano acústico (Graded Hammer Action), qualidade encontrada apenas nos teclados mais caros. Equipado com sons de alta qualidade AWM (Advanced Wave Memory), o P60S possui timbres de piano com emulação digital perfeita das nuances de um Grand Piano. O sistema de falantes foi projetado especificamente para reproduzir todas as qualidades tonais das vozes do P60S.

- Piano Digital Profissional

- 88 Teclas: Com peso de teclas de piano acústico (Graded Hammer Action)

- 10 Vozes de Painel

- Polifonia: 32 Vozes incluindo Grand Piano, EP, Pipe Organ and Strings

- Possibilidade de Duas Vozes Simultâneas

- Digital Reverb

- Amplificação: 8W X 2

- Falantes Embutidos: (2) 12cm x 6cm

- MIDI IN/OUT

Foto: http://www.foxtrot.com.br/produtos/foto78p18.jpg

wernegher
Veterano
# jan/05
· votar


Po,..tudo bem...eu até concordo que é a "enésima" vez que falo sobre o seu tombo quando criança e as sequelas do mesmo,... mas e daí ?
Você também já falou "trocentas" vezes sobre o PSR 3000 !!!!! rsss

Estamos kits...!!
Um abraço !!!

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


wernegher
Você também já falou "trocentas" vezes sobre o PSR 3000 !!!!! rsss
Lê quem quer!!!!! rsrsrsrsrsrs

Um abração e boa Sorte!!!!!
Ah, sobre a queda, foi zueira, eu sou maluco de nascença atico de 1 grau intermediario e fundamental na região de auditoria interna musicologica instrumental conjurado cerebral de tecnofobia fisiologica!!!!!!

Fuuuuuuuui

wernegher
Veterano
# jan/05
· votar


por favor amigo...calma... vai ficar tudo bem....rsss

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


wernegher
por favor amigo...calma... vai ficar tudo bem....rsss
Espero q sim!!!! rsrsrsrs

Juliano de Oliveira
Veterano
# jan/05 · Editado por: Juliano de Oliveira
· votar


Olá galera,
eu acho que seria interessante colocar tmb a média de preços que se encontram esses equipamentos no mercado, tanto eles usados como novos.Isso pra facilitar as pessoas que estão procurando teclados bons e com valor acessível.
Eu sei que tem um tópico só para preços, mas seria mais fácil se o preço estivesse junto da descrição.
flw...

Juliano de Oliveira
Veterano
# jan/05
· votar


Gostaria que alguém que tiver o N364 discrevesse ele.
Em breve eu escrevo sobre o Ts-12...

Vinícius_Augusto
Veterano
# jan/05
· votar


Juliano de Oliveira
Se agente coloca preço aqui fica meio misturado a caracteristica do topico, mas a sugetsão é boa, porém, se quiser sabre preço, acesse: http://forum.cifraclub.com.br/forum/8/72442/

Boa Sorte

yanni540
Veterano
# jan/05
· votar


Juliano de Oliveira
KORG N264/N364
Os teclados KORG N264 e N364 representam o melhor custo/benefício que se pode encontrar em um Music Workstation atualmente.
ESTES DOIS INSTRUMENTOS DE PREÇO ECONÔMICO POSSUEM PERFORMANCE ALTAMENTE PROFISSIONAL QUE VOCÊ PODE PAGAR.

Você levaria 30 horas para ouvir todos os Programas e Combinações disponíveis na Série-N de Workstations da KORG. Isso se você gastasse somente 2 minutos checando cada um!
Tanto o N264 de 76 teclas, quanto o N364 de 61 teclas, possuem 936 Programas e Combinações baseados numa PCM ROM de 430 Multisounds e 215 sons de bateria e percussão. Todos os sons são processados pelo renomado sistema de síntese Korg AI2, o mesmo encontrado em outros produtos consagrados, como o 01/W, a Série-X e o piano digital SGproX. Os sons são totalmente editáveis, e você pode armazenar 200 Programas e 200 Combinações na memória do usuário. Ambos os modelos possuem 64 vozes de polifonia, o que garante programações complexas sem comprometer o desempenho.

O QUE SERIA DE UMA WORKSTATION SEM UM SEQUENCIADOR?
A Série-N apresenta um seqüenciador de 16 pistas, com capacidade para até 32 mil eventos e 20 músicas. A capacidade de edição permite editar músicas e tirar ampla vantagem da polifonia de 64 vozes e dos 936 Programas e Combinações.
É compatível com arquivos SMF, e as músicas podem ser armazenadas em disquetes 3.5" 2HD/DD.

ARPEGGIATOR E PROCESSAMENTO DIGITAL DE EFEITOS
A Série-N de Music Workstations apresenta um Arpegiador com extensão de 4 oitavas, e vários modos de execução, ideal para criar atmosferas de sintetizadores vintages e grooves excepcionais, seja tocando ao vivo ou seqüenciando.
Apresenta ainda 2 processadores digitais Multi-efeitos independentes e totalmente programáveis, com 47 tipos de efeitos, que complementam a mixagem de sua seqüência, ou ainda enriquecem sua performance ao vivo.

RPPR - REAL TIME PATTERN PLAY & RECORD
Essa função permite designar frases seqüenciadas para notas individuais do teclado e tocar esses padrões como se fossem grooves, bastando para isso apertar a nota programada para disparar a seqüência.


ESPECIFICAÇÕES - N264 / N364
Método Gerador de Som:
AI2 Synthesis System (Processamento Digital Total) ]

Fonte Sonora:
64 vozes, 64 osciladores (modo single); 32 vozes, 64 osciladores (modo double)

Teclado:
N264 = 76 teclas,
N364 = 61 teclas
Todos com sensibilidade à velocidade e à pressão aftertouch

Memória de Forma de Onda:
PCM 8 Mbytes (430 multisamples + 215 drum samples)

Efeitos:
2 sistemas digitais multi-efeito, 47 efeitos

Programas:
200 Presets (ROM) + 128 Programas GM + 8 Drum Kits GM + 200 User (programáveis)

Combinações:
200 Presets (ROM) + 200 User (programáveis)

Arpejador:
5 tipos, 4 oitavas

Seqüenciador:
10 Songs, 100 Patterns, 32.000 eventos, 16 pistas (Tracks)

Capacidade Multi-timbral:
16 partes (Alocação Dinâmica de Voz)

RPPR (Real-time Pattern Play & Record):
100 Patterns, 10 Patterns Sets, ordenação de até 60 Patterns por Set

Saídas:
1/L/MONO, 2/R, 3, 4, Fones de Ouvido

Floppy Disk Drive:
3.5" 2HD/2DD

Controladores:
Joystick para Modulação e Pitch Bender, Pedal programável, Pedal Damper

MIDI:
IN, OUT, THRU

Visor:
Custom LCD backlight

Alimentação:
117 Volts / 60 Hz

Consumo de Energia:
12 Watts

Dimensões:
N264 = 1.288,4mm (comprimento), 338,3mm (largura), 106,1mm (altura),
N364 = 1.076,4mm (comprimento), 338,3mm (largura), 106,1mm (altura)

Peso:
N264 = 12,7kg,
N364 = 10,9kg

Juliano de Oliveira
Veterano
# jan/05
· votar


yanni540
Valeu...

yanni540
Veterano
# jan/05
· votar


Descrição dos teclados ALESIS QS6 - KORG X5D - ROLAND XP10 e YAMAHA CS1X

Alesis QS6

Depois do sucesso do Quadrasynth, a Alesis lançou a nova série QS, com três modelos de sintetizadores, onde o QS6 é o mais simples. Dentre as características mais marcantes da linha QS, estão a polifonia máxima de 64 vozes e o versátil processador de efeitos, que é derivado do já conhecido Alesis Quadraverb.

Comparando com os demais teclados abordados neste artigo, o QS6 traz alguns recursos bastante interessantes, como o teclado, que tem sensibilidade à intensidade com que a tecla é tocada (key velocity), e também à velocidade com que a mesma é solta pelo músico (release velocity). Além disso, o teclado também tem sensibilidade a aftertouch (pressão na tecla). Isso é importante para aqueles que querem mais expressividade e controle no teclado. Além da polifonia máxima de 64 vozes, o QS6 também oferece multitimbralidade de até 64 partes (via 16 canais de MIDI).

Na memória interna do QS6 há 512 timbres presets (fixos), incluindo um banco GM (padrão General MIDI), e mais 128 que podem ser alterados pelo usuário. A memória pode ser expandida a até 832 timbres, usando-se cards (cartuchos) opcionais do tipo PCMCIA (o mesmo usado por computadores portáteis notebook). O processo de geração de sons - "QS Composite Synthesis" - utiliza amostras ("samples") de 16 bits a 48kHz, e a estrutura do sintetizador inclui um filtro ajustável, três geradores de envoltória e três LFOs (produzem vibrato e outras modulações), além de outros recursos programáveis pelo usuário. Os dispositivos de controle (slider programável, rodas de pitchbend e modulation, pedais, aftertouch) podem ser direcionados para diversos parâmetros diferentes do som, e de forma bastante flexível. O processamento de efeitos também é muito sofisticado, e usa quatro linhas independentes de efeitos, podendo atuar como reverb, chorus, delay, flanger, EQ, pitch-shifter, caixa "Leslie" e outros. Os efeitos são produzidos por um chip da mesma família do Alesis Quadraverb 2, e diversos de seus parâmetros podem ser alterados e editados pelo músico, que também podem controlá-los em tempo-real ("ao vivo"), usando os dispositivos de controle citados acima.

Operando com o QS6 no modo Mix, o músico pode configurar o sintetizador para trabalhar com 16 regiões no teclado, divididas ou superpostas, de forma a criar configurações que combinam timbres diferentes ao longo do teclado. Existem 400 combinações dessas já armazenadas em memória preset, e o músico ainda pode criar e alterar outras 100 (memória user).

No painel superior do QS6 estão os diversos botões e um display de cristal líquido (LCD), com iluminação, que possui duas linhas de caracteres de informação. Os controles de pitchbend e modulation são do tipo rotativo ("wheel") e ficam localizados à frente do teclado, na extremidade esquerda do painel. Ambos podem ter suas funções programadas pelo músico. Um potenciômetro deslizante ("slider"), de função também programável, permite ao músico escolher qual parâmetro do som quer controlar com ele. No painel traseiro estão as tomadas MIDI (In e Out/Thru), as saídas de áudio stereo (esquerdo e direito), a saída para fones, os conectores para os pedais de controle (um de sustain, outro de função programável), a tomada especial para conexão com computador, a entrada para o card de expansão PCMCIA e a tomada para a fonte de alimentação externa.

O sintetizador pode ser acoplado a um computador (PC ou Macintosh), usando-se um cabo opcional. A conexão é feita com a porta serial do computador, requerendo a instalação software driver específico da Alesis. Acompanha ainda o instrumento um disco CD-ROM, para ser usado no computador, que traz diversos softwares de utilidade para sequenciamento MIDI, edição de timbres do QS6 e músicas MIDI.

Korg X5D

Dos teclados analisados neste artigo, o X5D é o mais simples - e menor (pesa menos de 5 kg), mas nem por isso pode ser considerado o "mais fraco" da categoria. O sintetizador é a versão atualizada do X5, e utiliza a mesma tecnologia dos famosos M1, 01/W e X3, com diversos timbres de excelente qualidade, o que lhe dão um certo ar de "pequeno notável".

O teclado de 61 notas do X5D possui sensibilidade a key velocity, e a polifonia máxima do instrumento é de 64 notas. Alguns timbres utilizam o gerador de sons em modo double - osciladores dobrados - gastando o dobro de vozes (e reduzindo a polifonia). O instrumento também pode operar de forma multitimbral, com 16 partes (incluindo bateria).

Além dos 128 timbres preset do padrão General MIDI, o X5D possui mais 100 timbres editáveis (user), e 8 kits de bateria (1 kit GM). Os sons são gerados a partir de 8 MB de waveforms, pelo processo "Advanced Integrated Synthesis"(AI2), já usado em outros ótimos sintetizadores da Korg, e os recursos de edição permitem ao músico, além de usar 6 megabytes de samples, ajustar também as envoltórias dinâmicas do som, programar a atuação do filtro e do LFO. Como complemento ao sintetizador, o X5D contém dois processadores individuais que oferecem 47 tipos diferentes de efeitos, desde os usuais reverb e chorus, até simuladores de caixa Leslie. Pode-se ajustar diversos parâmetros dos efeitos.

O sintetizador pode operar no modo combination, ideal para uso ao vivo, onde o músico pode configurar até oito timbres superpostos ou em regiões do teclado, podendo guardar 100 diferentes configurações dessas na memória interna (user). No modo multitimbral, o instrumento pode trabalhar com até 16 partes simultâneas, recebendo notas nos 16 canais de MIDI (controlado por um sequenciador, por exemplo). Para aqueles que quiserem explorar afinações alternativas, o X5D oferece seis escalas diferentes, como a arábica, indonésia, Werkmeister e a convencional (temperamento igual).

O painel do X5D se assemelha bastante aos demais da Korg, com botões iluminados por leds vermelhos, e um display de cristal líquido (com iluminação), com duas linhas de 16 caracteres cada. Os controles rotativos de pitchbend e modulation ficam posicionados à frente do teclado, na extremidade esquerda do painel (nesse modelo, a Korg não usou o controle por joystick, como nos seus outros sintetizadores). No painel traseiro estão as tomadas MIDI (in, Out e Thru), as saídas de áudio stereo (esquerdo e direito), a saída para fones de ouvido (stereo), as entradas para os pedais de controle (um de chave liga/desliga, outro de ação contínua; ambos com função configurável pelo usuário), o conector opcional para ligação com computador e a entrada para a fonte de alimentação externa.

O sintetizador pode ser conectado diretamente a um computador PC ou Mac usando-se o cabo opcional, que é ligado à porta serial do computador, transformando o X5D em interface MIDI do computador. A Korg dispõe de um software editor de timbres, com uma diversos novos sons para o X5D (vale a pena experimentar a coletânea de órgãos).

Roland XP-10

Embora seu forte sejam os sintetizadores profissionais, a Roland sempre deu bastante atenção também à categoria "entry-level" (lembram-se do JV-30?). O XP-10 é o "caçula" da linha de teclados XP, e caracteriza-se principalmente pela simplicidade e sonoridade. Sua polifonia máxima é de 28 notas e o teclado tem 61 teclas (cinco oitavas), com sensibilidade a key velocity. O instrumento pode operar em modo multitimbral, com 16 partes, sendo a parte 10 para bateria e percussão.

Nos 4 megabytes de memória, o XP-10 armazena seus 338 presets de timbres (256 deles podem ser alterados pelo usuário), e mais 36 kits de bateria (16 presets, 20 programáveis). Nesses timbres estão os 128 do padrão GM, e diversas outras sonoridades que compõem o padrão próprio da Roland (GS), de onde o General MIDI se originou. Os recursos de edição do sintetizador incluem envoltória dinâmica (atack, decay, release) do som, filtro com ressonância ajustável e LFO (produz vibrato). Embora seja um sintetizador simples, o XP-10 possui recurso de portamento, com tempo ajustável. O sintetizador conta ainda com um processador duplo de efeitos, que pode adicionar reverb (8 tipos, incluindo eco) e chorus (8 tipos) aos seus timbres. Alguns parâmetros dos efeitos podem ser também ajustados pelo usuário.

O display do painel do XP-10 é de cristal líquido, mas não tem iluminação. Os dois controles (potenciômetros) deslizantes existentes no painel podem ser programados para controlar parâmetros do instrumento, como o ajuste do filtro ou a profundidade do reverb, por exemplo. O controle de pitchbend e modulation são integrados em uma só alavanca, onde os movimentos laterais alteram a afinação (pitchbend), e o movimento à frente controla o vibrato (modulation). No painel traseiro, estão o conector para pedal (na parte de trás), que pode atuar como sustain ou pedal de expressão, as tomadas de MIDI (In, Out e Thru), as saídas de áudio stereo (esquerda e direita), a saída para fones e o conector da fonte de alimentação externa. Para os micreiros que querem fazer música, o XP-10 oferece uma conexão especial, também no painel traseiro, que usa um cabo opcional para conectar o sintetizador à porta serial de qualquer computador PC ou Mac.

O teclado do sintetizador pode operar de três formas diferentes. No modo split, o teclado é dividido em duas regiões (de tamanho configurável), com dois timbres diferentes alocados para cada uma delas; no modo dual, ao invés de dividido, o teclado possui duas regiões superpostas; e no modo x-dual, os dois timbres podem interagir de formas diferentes - até mesmo fazendo um morphing de um timbre para outro - controlados pelo modulation ou um pedal, por exemplo.

O instrumento pode operar nos modos Tone e Performance. No primeiro, ele funciona como um instrumento simples, podendo tocar um único timbre de cada vez. No modo Performance, no entanto, o músico pode combinar o teclado para tocar timbres nas formas split, dual ou layer, citados anteriormente, bem como operar como um sintetizador multitimbral (16 timbres simultâneos, incluindo uma bateria). O músico pode memorizar até 64 combinações de timbres do mo

Zara
Veterano
# fev/05
· votar


Rolava uma comparação do QS6 com o QS6.1 da Alesis.

Rodolfo Rigo Calabrezi
Veterano
# fev/05
· votar


Fala, pessoas! =0D


Gostaria que, quando possível, vocês adquiressem o hábito de enviar estas descrições acompanhadas de suas respectivas fontes.

Digo o motivo: estou lendo a última descrição (enviada por yanni540) e surgiu uma dúvida, todo o texto referente ao Alesis QS6 me parece ser do modelo QS6.1 ou versão posterior. Desculpem qualquer equívoco, mas elas não batem com as do site Vintage Synth Explorer (http://www.vintagesynth.org/), mas sim com o outro modelo mencionado. Agradeceria qualquer ajuda neste sentido... :0)


[]'s

Theo22
Veterano
# fev/05
· votar


Olá, desculpe, eu queria abrir um novo assunto mais não encrontrei onde iniciar... então pegarei um bico aqui mesmo. (se alguem puder me falar onde iniciar um novo assunto eu agradeço.

Lendo recentemente "Matéria sobre YAMAHA PSR 3000" vi que maxwell3 escreveu que há funções mais por questão de marketing nos teclados YAMAHA, como:
TO HOST. pode ser...
PEDAL DE VOLUME pode ser...
CARTUCHOS pode ser...
GRAVAÇÃO DE STYLES não pode faltar nunca
RODA OU ALAVANCA MODULATION não pode faltar
COPARTIMENTO DE PILHAS a linha profissional não vem mais
MULTI PAD muito últil... não pode falar

Eu nunca comprei um equipamento Roland pelo fato de sempre ficar faltando algo. Final do ano passado ia comprar um EXR-5, gostei dos timbres, achei que tem uma grade de timbres melhores que o PSR 1.100, porém não programa styles. Eu sou um músico que toco sem nenhum outro instrumento, então faço tudo no teclado, se tem música nova, preciso programar um style novo, e os EXR-5 assim como o EXR-7 não têm esse recurso. Era preciso eu comprar um equipamento muito caro pra Roland oferecer esse recurso, coisa que vc encontra em equipamentos YAMAHA por um preço bem menor.

Tenho um PSR-1100, tinha antigamente um PSR630 e praticamente todos os timbres do velho teclado vinheram no novo, colocaram somente alguns timbres novos, e de excelente qualidade. Mas as quitarras distortion, over, hard... nossas muito ruim, parece videoke.. piano parecido com o PSR 630, salvo um de tecnologia cool! esse é bom. Mas de modo geral, o PSR 1.100 está muito acima do PSR630, ele é profissional, muitos programas internos, sound creator, mixing, têm um som muito mais pesado, melhorou bastante, fora a facilidade de trabalho, de programação.

Quando vi o PSR-3000, procurei logo ouvir sons, fiquei apaixonado, os violões, quitarras, distortion, over, todas novas, piano live!

Nossa, não sabia que a Yamaha chegaria a um padrão assim, realmente incrível, não ouvi nada assima, a não ser do proprio instrumento ao vivo..

A única coisa que eles precisam melhorar pra alcançar a Roland, seja em relação os drum (baterias), a roland tem um padrão muito melhor, mas as cordas, sopros, baixos, da Yamaha, está fantástica.

Se o PSR 3000 não tivesse um programador de style, certamente não seria um bom teclado, pois é fundamental que um arranger workstation tenho um programa interno para fazer isso.

O PSR-3000 amigo, é melhor que um VA7 por uma coisa:
Modernidade - o linha VA se fosse refeita agora em 2005, possívelmente seria a melhor, porém ela não traz recursos que o PSR-3000 oferece hoje em dia. É muito melhor para um músico trabalhar com o PSR-3000 a trabalhar com VA.

Roland, espero bons produtos esse ano, acho difícil vocês me mostrarem algo me me faça mudar de idéia, quando eu com fé em Deus for trocar meu teclado, por um PSR-3000. Até agora não existe teclado melhor pra mim. Se alguém souber de algum me fale, por esse preço com esses recursos, com essa qualidade!!!!

Desculpe-me por ter fugido do assunto que o outor desse topico pedeio que aqui fosse discutido. também peço desculpas pelos erros de português que tiver cometido.

Abraços a todos e peço a vocês como inicio um novo assunto, pois assim podemos trocar melhor as ideias de Roland X Yamaha, um briga amigável e saudável. Ou alguém, inicia esse assunto.

Theodoro music end virtual pilot

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a Descrição, funções, qualidade e caracteristicas de Teclados!

290.157 tópicos 7.569.238 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital