Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      acho que meu teclado vai pro céu dos teclados

      Autor Mensagem
      fernando tecladista
      Veterano
      # dez/07


      é sobre o meu D-20 da roland

      após alguns sustos nesta semana mas voltando ao normal, hoje o bichinho parecia que ia esticar as canelas (ou as teclas)

      não saia da tela de abertura, depois ficava tocando notas aleatóriamente sozinho, depois chiava, travava, desligava, o display aparecia uns caracteres doidos....
      mesmo com reset, teste de memoria e outros comandos de "segure as teclas tal enquanto liga" não mudou a situação achei que hoje era o dia que o teclado finalmente iria pro saco

      resolvi abrir o teclado desmontei inteiro, soltei todos os cabos internos, limpei, aspirei, mexi daqui e dali, remontei e parece que voltou a vida, por enquanto está em observação funcionando novamente, vou ver amanhã depois que esfriar

      pelo valor dele (uns 700,00) nem assistencia acho que compensa mais, a ultima oitava já falha, se parar de novo, deve ficar caro pra arrumar, com o valor do conserto dá pra pagar mais da metade de um CZ 5000 que se acha por ai +/- por 400,00

      olhei hoje para os outros teclados daqui mais moderninhos e vi que não vivo sem alguma velharia por isso me passou a ideia do CZ

      ai fiquei com outra duvida, se o teclado não tem mais salvação, o que fazer com ele, doar pra assistencia tecnica, desmontar e tentar vender o drive (especifico não compativel com D.O.S., display, teclas... alguem vai comprar isso?
      ou jogar direto pro caminhão de lixo, ou fica um peso morto aqui na minha sala até quando...

      pensava que não gostava tanto dele assim, está desde 1989 comigo, são 18 anos, meu primeiro synth, tocando em casamento, banda sertaneja, banda de baile, coral, igreja, putero e etc, agora ultimamente como respeito a ele tenho levado pra usar na minha banda de classic rock

      é um tópico mais de desabafo, foi um domingo muito chato, passando o dia mexendo pra ver se dava alguma coisa, pensando em alguns timbres que só existem nele, que nunca mais talvez vou ouvir

      mas queira saber se alguem já teve casos assim como de aposentar o teclado, sem conserto
      ou se viu que ama o teclado que tem como se ele fosse o cachorrinho da familia

      expedifer
      Veterano
      # dez/07
      · votar


      A solução é guardar, se tiver algum deposito ou espaço pra isso (é encaixotando mesmo pra não pegar poeira). Dqui a alguns anos alguem poderá estar vendendo peças de outro ou mesmo alguem interessado em comprar o teu. Sempre ocorre isso. Me ocorreu com um PSR 500 quebrado que tive e não é que pagaram bem nele (nas peças) e ainda "deu vida" a outro. É por ai, nessas duas mãos. Vai de vc escolher qual.

      Eduardo 336
      Veterano
      # dez/07
      · votar


      Nunca bote um teclado fora, guarda ele por mais inútil que ele pareça.

      riceira
      Veterano
      # dez/07 · Editado por: riceira
      · votar


      fernando tecladista

      Eu diria que esse seu teclado já atingiu um nível poético na relação instrumento/dono. Você já se refere ao seu D-20 não como um mero objeto qualquer, mas como um instrumento personificado que "é tocante e vive" e você já sofre junto com ele a agonia dos últimos acordes... Sem dúvida, uma relação de amor entre teclado e tecladista e, para citar versos do poeta Manoel Bandeira:
      "Hoje este "tecladinho" comercial/É tocante e vive, e me fez agora refletir/Que só é verdadeiramente vivo o que já sofreu."

      Agora reli o título do tópico e me lembrei de outro poema do Bandeira:

      "Imagino "o D-20" entrando no céu:
      - Licença, meu branco!
      E São Pedro bonachão:
      - Entra, "D-20". Você não precisa pedir licença."


      Boas Festas e Feliz Ano Novo!

      Mauro Lacerda
      Veterano
      # dez/07
      · votar


      Putz, Fernando, que situação. Eu sou assim também, tanto que tenho 4 teclado no meu quarto: SP 76 e CZ 5000, que funionam de boa. Tenho um Minami MC-200 A, que está com quase todas teclas quebradas, mas comecei meus shows com ele, toquei três anos seguidos só com ele, não tive coragem de jogar fora. E um Casio CA-110, meu primeiro teclado "de tocar várias notas ao mesmo tempo". É difícil se separar, mesmo que eles quase ocupem todo o quarto hehehe

      wernegher
      Veterano
      # jan/08 · Editado por: wernegher
      · votar


      Passei uma situação parecida como meu DX7-S...
      Chorei e o caramba...

      Mas, papai do céu foi bom comigo e hoje to com um Motif ES6.
      Perde-se ali para ganhar aki...

      Lord fafe
      Veterano
      # jan/08
      · votar


      Meu teclado eu Assacinei...

      fernando tecladista
      Veterano
      # jan/08
      · votar


      Passei uma situação parecida como meu DX7-S...
      Chorei e o caramba...


      esse é outra maquina, quase comprei um na época que ia comprar o meu

      o meu continua em observação, tá funcionando de novo sem problemas, mas está parado aqui em casa
      ainda falta passar no teste de levar pra tocar, passar por lombada, buraco, carregar descarregar e aquelas batidinhas no case que te deixam puto

      e outra coisa que eu sempre fiz e pela primeira vez usei, fazer 2 copias de backup, o primeiro diquete foi pro saco nessas tentativas minhas

      Lezinha.m
      Veterano
      # jan/08
      · votar


      Eu tenho um Yamaha PSR180
      Foi meu primeiro tecladinho...com ele aprendi os primeiros acordes...toquei as primeiras músicas...

      Cara, naum tenho coragem de me desfazer dele!!!
      E olha q eu jah até pensei em vender quando eu tava com uns problemas de grana aki em casa...mas no final naum consegui

      Ele ta guardadinho e de vez em quando eu ainda toco um pouco nele...

      Daniel.m
      Veterano
      # jan/08
      · votar


      Olha, Lezinha.m... Você é minha irmã perdida!

      Hail, Família .m

      _______________________________________

      Mas com todo tecladista é a mesma coisa. Mesmo que você odeie seu antigo teclado, vc ainda tem uma relação com ele. Ainda mais, se ele foi um clássico!

      Lezinha.m
      Veterano
      # jan/08
      · votar


      Daniel.m

      Cara nem fale, mesmo q o teclado seja um dinossauro agente acaba pegando amor no bichinho...

      A propósito, é sempre bom encontrar uns membros da familia perdidos por aí...rsrsrsrs ;D

      Eae maninho teu ".m" é de que? O meu vem do meu segundo nome q é Maria

      fernando tecladista
      Veterano
      # nov/10 · Editado por: fernando tecladista
      · votar


      acho que meu teclado deu o ultimo suspiro hoje
      estava refazendo as contas e pelo que lembro tenho ele desde 1990 (não 89 como postei acima)
      carai foi 20 anos na minha mão

      :(

      Cleber Vaz
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      fernando tecladista

      Meus pêsames!

      Se tivesse encontrado esse tópico antes, teria postado aqui na época que meu DX7 faleceu...
      Agora resta esperar mais 20 anos para ver se os Roland de hoje em dia vão durar tanto como o seu D-20!

      fernando tecladista
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      e no 15º dia ele ressuscita

      :)

      agora tá funcionando de novo, tinha alguns timbres que sumiram, carreguei de volta e tá beleza até agora
      mas já em prometi que é um teclado que não tiro mais de casa

      Scoth_Pr
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      fernando tecladista

      Te contei que abri uma casa de repouso pra equipamentos vintage?

      Manda ele pra mim que eu cuido bem dele até o dia da partida.

      Só estou esperando o Suette do Mauro Lacerda pra completar o classe de 2011.

      Darlan Felix
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      fernando tecladista
      Esse teclado é um mito cara

      Regadas
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Fique de olho nele...
      Se perceber algum comportamento estranho, pode ser que tenha voltado com alguma possessão demoníaca do reino do além.

      fernando tecladista
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Scoth_Pr
      Te contei que abri uma casa de repouso pra equipamentos vintage?

      cara minha sala tá virando isso aqui
      já mandaram pra ca um gambitt GSR e um Harmonio por ser trecos que ninguem usava e pegava espaço onde estavam antes

      Cleber Vaz
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Scoth_Pr

      fernando tecladista

      Se faltar espaço por aí eu pago o frete para o RS!!! ;)

      alexandrespa
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      O seguinte post tem o título:

      Prosopopéia dos Sons

      Como quem chora ele desafina
      Após tantos risos, gargalhadas nos palcos.
      E eu me acendia ao vê-lo aceso.
      Ele soava e eu vibrava!
      Era ele a própria música pra mim,
      Era ele quem me tocava,
      Ele me conduzia,
      O maestro dos meus dons
      Ou eu um escravo dos seus sons.
      Agora, como cantarei sem que ele cante comigo?
      Como será a Música sem o dueto eu e você?
      Ah! Eu não creio na sua morte,
      Não haverá missa de sétimo dia!
      Eu acredito na sua eternidade,
      Na eternidade desse amor e parceria.
      Guardar-lhe-ei numa caixa por algum tempo
      E no meu coração para todo o sempre.

      ===================

      Uma singela homenagem ao Roland D20 do companheiro Fernando.

      luciano.daniel
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      ...o bichinho parecia que ia esticar as canelas...

      ...Nunca bote um teclado fora, guarda ele por mais inútil que ele pareça...

      ...para citar versos do poeta Manoel Bandeira...

      ...Meu teclado eu Assacinei...

      acho que meu teclado deu o ultimo suspiro hoje

      Uma singela homenagem ao Roland D20 do companheiro Fernando.


      Cara, sei q é um tópico "triste", mas eu chorei de tanto rir aki...kkkkkkkkkkkkk

      Olha só, eu tinha um D-70 que aconteceu uma coisa parecida. O bicho morria e ressucitava várias vezes. Quando achei que ele tinha batido as botas de vez, encostei ele num canto. Depois de uns 2 anos eu fui ligar ele e funcionou!!..Tudo bem que todo fudido coitado, com uns piripaques...tinha umas notas q vc apertava saia um rangido estridente mto engraçado..kkkkk...mas o pobrezinho ainda respirava, mesmo que com a "ajuda de aparelhos"....até q um dia alguem resolveu comprá-lo. Quando fui descer do elevador com ele o bicho caiu seco no chao....escangalhou de vez..Tentei abrir a talz mas nada adiantava. o visor tava todo embaralhado de caracteres malucos..........depois de mais uns mêses entrei num site estrangeiro e o cara descrevia um processo eletrônico muito louco para resussitar o D-70.....NÃO É QUE EU FIZ O TROÇO E O BICHO VOLTOU!.....e voltou inteirão...tudo funcionando!!..poxa até me emociono...foi muito emocionante..kkkkk..ele tá aqui tocando normal até hoje...vai entender?!?! :)

      Edson Caetano
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      luciano.daniel
      Seu Teclado é Highlander hehe

      Antigamente gostava de deixar meu copo de cerveja apoiado sobre o altofalante do meu Roland E-66, nem preciso dizer que muitas vezes ele ficou mais bebado do que eu, e não [e que o figado dele funciona até hoje, direitinho hehe

      Cada uma que a gente apronta

      Marcos Martini
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      luciano.daniel
      Quando fui descer do elevador com ele o bicho caiu seco no chao....escangalhou de vez..Tentei abrir a talz mas nada adiantava. o visor tava todo embaralhado de caracteres malucos..........depois de mais uns mêses entrei num site estrangeiro e o cara descrevia um processo eletrônico muito louco para resussitar o D-70.....NÃO É QUE EU FIZ O TROÇO E O BICHO VOLTOU!.....

      Edson Caetano
      copo de cerveja apoiado sobre o altofalante do meu Roland E-66,



      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Em 2003 estava tocando na igreja no culto de domingo à noite, Quando para ajustar o suporte para ficar mais alto, coloquei o teclado (Yamaha PSR-420) em cima do cubo.
      Segundos depois, Enquanto eu "Mexia" no suporte ele desceu rolando palco a baixo Foi parar nos pés no pastor.
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Daew virou em três partes:
      O tampo inferior, A Placa mãe e o tampo superior com o teclado.
      Quando olhei, Pensei vou conectar os cabo do teclado na placa mãe e os da placa mãe na Áudio /midi, e seja o que Deus quiser.

      Juntadas as peças, ligados os fios nesta hora até o pastor ficou em silencio como a igreja toda, só esperando o estouro.
      Surpresa!
      Tudo funcionou perfeitamente, apesar das varias rachaduras na carcaça.
      E assim permanece até hoje funcionando perfeitamente, E controlando as vezes um Roland JV-1010.

      Betobk
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Vocês são d+, pena que eu tenho pouco tempo de passear pelo forum.

      Rick Santos
      Veterano
      # jan/11 · Editado por: Rick Santos
      · votar


      Daew virou em três partes:
      O tampo inferior, A Placa mãe e o tampo superior com o teclado.
      Quando olhei, Pensei vou conectar os cabo do teclado na placa mãe e os da placa mãe na Áudio /midi, e seja o que Deus quiser.

      Juntadas as peças, ligados os fios nesta hora até o pastor ficou em silencio como a igreja toda, só esperando o estouro.
      Surpresa!
      Tudo funcionou perfeitamente, apesar das varias rachaduras na carcaça.
      E assim permanece até hoje funcionando perfeitamente, E controlando as vezes um Roland JV-1010.




      Parece a história do meu Casio Ct 648 que rolou da escada, ficou uma viagem de 100Km se batendo na parte trazeira de uma Ranger, as operações 5 que eu fiz nele e nas teclas dele, 3 teclas quebradas e coladas com bonder, um Eb que não funciona, cheio de arranhões e quabrados e de estar com os dois falantes estourados.

      E o melhpr de tudo, ELE AINDA FUNCIONA!!!!!!

      Todos os timbres funcionam perfeitamente, até os mais cabulosos, mas funcionando é a conta, e eu ainda levo ele para o palco, de vez enquando, ele tem um pad muito bom de se usar, com uma textura que "engorda" o som da banda, mas é o único timbre que se dá pra usar, ou outros parecem um tropete desafinado.




      Obs. Vou ficar muito triste se caso ele for embora.

      Quando abri o teclado, fi em sua carcaça que o ano de fabricação dele é 92, singnifica que o teclado já tem 19 anos, ta quase um vintage. kkkkkkkk


      Abraços

      Rick Santos

      Marcos Martini
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Rick Santos
      E o melhpr de tudo, ELE AINDA FUNCIONA!!!!!!

      Os teclados antigos eram mais fortes !!!

      ano de fabricação dele é 92, singnifica que o teclado já tem 19 anos, ta quase um vintage. kkkkkkkk



      quase !!!!

      _Rattu_
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Tenho dois synths e um sampler dos anos 80. Meu Roland D-20 véio de guerra é fiel como um cão, nunca me deu nenhum tipo de trabalho, está sempre ali pronto pra mim, assim como o meu Korg DS8, só foi pra manutenção limpar teclas. Dá gosto ligar uma máquina dessas, perceber que elas tem pouco menos que a minha idade e estão ali, intactas, trabalhando como se fosse a primeira vez que são ligadas. O meu Sampler Ensoniq EPS me deu uns sustos, passou dois meses sem ligar depois de as teclas pararem de responder, mas depois de uma checada na parte elétrica e troca de uns componentes, consegui colocar pra funcionar e nunca mais deu nenhum tipo de problema. O meu amor pelo meu set é uma coisa que não sei explicar. Não são grandes teclados, mas fazem exatamente o que eu quero e estão sempre ali, prontos pra trabalhar e programar, sem surpresas, como eu sempre espero.

      Quando vejo relatos de gente chorando seus Tritons mortos, me viro pros meus velhotes e tenho vontade de beijá-los. Se um dia um deles morrer (isso acontece...), vou atrás de um irmão idêntico para substituí-lo. Na época em que essas máquinas foram lançadas, foram feitas pra durar mesmo, você olha e sabe que pode confiar.

      forrofamyliar
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Putz, tenho um teclado pior que o seu ... um yamaha, o primeiro de tudo! Gravei tanto nele, montei tanto ritmo e literalmente acabei com ele. Sem contar que os tombos no carro tiravam um pedaço dele todo mes. Enfim, é um teclado que eu gosto muito, talvez nem pelo valor e qualidade, mas como voce disse pelo tempo que fica com a gente, acho que todo musico pega amor ao seu instrumento. Mas quanto a questão de o que fazer... bem, não acho legal ficar com algo que não te serve mais. O meu tá pra ser vendido, no mercado livre, pra quem quiser aproveitar alguma peça, etc... alias olha o anuncio e vê as fotos dele que você vai ver o estado do coitado!

      _Rattu_
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      forrofamyliar
      É impressionante isso mesmo. Você vai comprar um teclado novo, mas vai sempre lembrar do seu Yamaha antigo. Tive um PSR48 e nunca vou me esquecer da demo do bicho e dos styles dele, mesmo hoje só programando e usando sintetizadores em toda a sua complexidade. É meio parecido com terminar um namoro, mesmo que seja melhor pra todo mundo, de vez em quando você se pega lembrando, imaginando como está a essa hora e tudo hahahahahaha.

      Mr. Phil
      Veterano
      # jan/11
      · votar


      Lord fafe
      Meu teclado eu Assacinei...

      e, pelo visto, o português também... ;P

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a acho que meu teclado vai pro céu dos teclados

      305.960 tópicos 7.899.866 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital