Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

As Sequências dos Acordes Maiores e Menores:

Autor Mensagem
nitinha
Veterano
# dez/07 · Editado por: nitinha


Qual é a teoria das sequências dos acordes? Vou colocar um exemplo na sequência de dó:

Dó Am Dm G7 C C7 F Fm

Bom, o que eu consegui decifrar é Am é a relativa de dó, e percebi depois que as notas vão seguindo na contagem de quatro em quatro notas, mas também não entendi o porquê das sétimas na sequência.
Gostaria muito da ajuda de vocês para que possam me explicar qual é a teoria dos acordes maiores e menores.
Eu parei um tempo de estudar violão, mas agora estou retomando treino escalas maiores e vou passar agora para as menores.

Espero a ajuda de vocês!
Grata,
Ana.

Penta_Blues
Moderador
# dez/07
· votar


Boa tarde!!!

nitinha
Busque informações a respeito de Harmonia, Campo Harmônico e Construção de Acordes para verificar a lógica que existe nos acordes e a relação entre eles.
Prepare-se pra muita coisa a ser estudada já que Escalas podem ser consideradas apenas a "ponta do iceberg".
Valeu!!!

Mega
Veterano
# dez/07
· votar


Senhorita, acredito eu que a "teoria da sequência de acordes" seja campo harmônico. E Isso aí que você colocou não é sequencia de Dó. Alguns acordes sequer pertencem ao tom Dó maior. E a contagem a que você fez referência, é o empilhamento de terças, não é quatro em quatro. São duas em duas, ou seja, você pega a escala de Dó e a partir da tônica, você vai montando os acordes, empilhando de terça em terça. Em outras palavras:

C D E F G A B C

Pra formar a tríade de Dó maior eu uso:
C E G.
No caso da tétrade eu adiciono o B.

Agora, perceba que "E" é a terça de Dó. "G" por sua vez, é a terça de E. E o "B" é a terça de G. Por isso é que você tem que empilhar de terça em terça.

Num campo harmônico de uma escala maior você vai ter
I(7M) - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm5-/7

No mais, use a busca. No fórum de guitarra e violão você encontra muita coisa. E nos tópicos fixos você pode tirar suas dúvidas. Se ainda assim tiver alguma dúvida ligue 0800... Ops. uiehauieahihea

nitinha
Veterano
# dez/07
· votar


Hum, agora sim está começando a ficar claro...

Mega

Eu entendi o que você quis dizer sobre o empilhamento de terças, o que eu não entendi foi a escala harmônica maior que você passou:

I(7M) - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm5-/7

Porque essa sétima em todos os intervalos?
E na última tem uma quinta e uma sétima!

Desculpe em ser chata, mas quando quero aprender eu me afundo no assunto!

Obrigada...

Penta_Blues
Moderador
# dez/07
· votar


Bom dia!!!

nitinha
o que eu não entendi foi a escala harmônica maior que você passou:
Isso não é uma Escala Harmônica e sim um Campo Harmônico.

Porque essa sétima em todos os intervalos?
E na última tem uma quinta e uma sétima!

Vou atravessar a resposta do nosso camarada Mega pra dizer que o motivo desse "monte" de sétimas se deve ao fato de que estamos falando de Tétrades, ou seja, acordes formados com quatro notas que são a tônica, a terça, a quinta e justamente a sétima.
Mas tudo isso, repito vc já encontra disponível em outros tópicos. É só utilizar a BUSCA.

Valeu!!!

Rodrigo_Iron
Veterano
# dez/07
· votar


nitinha
I(7M) - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm5-/7

Porque essa sétima em todos os intervalos?
E na última tem uma quinta e uma sétima!



Todo acorde tem quinta, porém quando vc nao anota nada sobre ela agente entende que é uma quinta justa:
Quando escrevo "D" entendo que é um ré maior,com a quinta justa (tríade maior), não é preciso escrever D5 (pois aí seria um "powerchord" formado apenas pelo Ré e pela quinta(Lá).

Nesse ultimo acorde do Campo Harmônico, ele escreveu a quinta pq ela é diminuta, e não Justa como nos outros acordes:
VIIm5-/7
(observe que há um sinal de - após o 5, isso indica que é uma quinta diminuta)

Esse é o acorde diminuto.

Abçs

Penta_Blues
Moderador
# dez/07
· votar


Boa tarde!!!

Rodrigo_Iron
VIIm5-/7
(observe que há um sinal de - após o 5, isso indica que é uma quinta diminuta)
Esse é o acorde diminuto.

Uma pequena correção, meu camarada.
Este acorde é Meio Diminuto pois há nele uma Sétima.
Valeu!!!

Ernfil
Veterano
# nov/11 · Editado por: Ernfil
· votar


Caras a sequencia mais logica que acho pra tocar é a seguinte:

Nota-----Relativo
C-----------Am
G-----------Em
C7---------Am7
F-----------Dm

amador_ssa
Veterano
# nov/11
· votar


Ninguem vai dizer nada???

Se fosse um novato que respondesse um post de 3 anos 10 meses, 7 dias 26 horas e 34 minutos com certeza alguém ia dizer:

Pô cara, "fulano" falou isso no sécuo passado, ele nem lembra mais desse post, se liga pra não ressucitar tópico a toa...

Mas......... Como é um Veterano..... Ou medo ou Respeito!!!!!


p.s.: Ernfil, desculpa a brincadeira, e valeu pela contribuição no assunto das relativas menores de acordes maiores. Sempre que puder e quizer, continue colaborando.

Facchini
Veterano
# nov/11 · Editado por: Facchini
· votar


Pra mim, que não entendo muito, não parece muito anormal...
O dó começa, de boa, cai na relativa menor ainda "tonico" (VI°), depois vai pra uma "subdominante" ré menor (II°) seguido da dominante G7 de dó (V°), que forma uma cadência simples de II° - V°, resolvendo a tensão na própria tônica, no caso o dó (I°)... Seguido de uma modulação (?) pois o C7 se mostra dominante do campo harmônico de fá maior, que é resolvido no próprio F, que neste caso atua como tônica (I°)... E o Fm é uma graça aí que da uma salientada... aeuhiuhaeihuaeihuaehiu
Envolve um poquinho de harmonia, precisa mt nao, devo ter falado um monte de cagada aí, mas fazer oq né? aeheohhoe

Edit: nossa nem vi a data do tópico! aeuhiaehuheiuahae
falha nossa!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a As Sequências dos Acordes Maiores e Menores:

291.280 tópicos 7.598.404 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital