Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      SX 57 Stock - Demo de sons - Videos

      Autor Mensagem
      WROliveira
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner

      Teve que fazer algum ajuste gambiarrístico pra essa ponte dar na SX?

      raphael.rui
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner

      entao vale a pena. pagamento fez com paypal?

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      WROliveira
      Nao..entrou como uma luva..hehe
      raphael.rui
      Ja comprei la por paypal..boleto e cartao..a.mesma coisa..
      o paypal te garante mais no caso de.problema.

      Milton.Jr
      Membro Novato
      # jul/14
      · votar


      ogner
      Já usou caps mais baratos da GFS?
      Comprei um set lá (chegou com 40 dias \o/) desses captadores: http://www.guitarfetish.com/Strat-Texas-Alnico-Stagger-Pickup-Set_p_71 6.html
      Saiu barato, ficou uns 140~150 reais, mas não achei um review, teste ou demonstração desses captadores.

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      Milton.Jr
      Nunca testei esses.

      Ja usei esse aqui numa outra SX que tive!!
      http://www.guitarfetish.com/Premium-Alnico-Strat-Pickups-Our-Best-Vint age-Set_p_616.html
      Achava ok, nada demais!

      ALF is back
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      puta eu tenho um anel desse! Hhuahuhuahuaha
      Ganhei de um Brother! Agora sei onde ele comprou! Huahuahua

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ALF is back
      hauheuhauheuhauheuhah!!!

      ALF is back
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: ALF is back
      · votar


      ogner
      puts, não tinha visto sua pergunta lá na primeira página!

      — excelente velho! timbrão! pegada e execução, tudo top!
      cara, tu tira um som desses "microfonando" com o ipad...e eu aqui batendo cabeça com 2 condensadores e um shure 57, interface e o cascalho a 4! (ah...só pra constar, naquele teste que eu fiz, reparei dps que o microfone estava DE COSTAS pro falante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)
      essa sx é sensacional mesmo! testei ela varias vezes já! ela tem uma pegada mto genuína! belo custo benefício!

      — Pow, entao deves uma gravação com o negocio certo né!? hehuahue!!

      sim! to devendo mesmo! em breve soltarei um som que to trabalhando em cima faz tempo, com várias guitarras microfonadas de diferentes maneiras com condensadores e o sm57! até microfone atras do cubo eu coloquei! ahuhuahua
      to acabando já!

      ogner
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: ogner
      · votar


      ALF is back
      naquele teste que eu fiz, reparei dps que o microfone estava DE COSTAS pro falante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)
      Eu lembro, hehehehe, pensei em comentar sobre. Se não o fiz, esqueci-o-o.
      Vc é doido, hauehuhaue!!

      — Pow, entao deves uma gravação com o negocio certo né!? hehuahue!!

      sim! to devendo mesmo! em breve soltarei um som que to trabalhando em cima faz tempo, com várias guitarras microfonadas de diferentes maneiras com condensadores e o sm57! até microfone atras do cubo eu coloquei! ahuhuahua
      to acabando já!


      Bacana!! Penso fazer algo do tipo tb. Vai ser muito util pra galera!!

      Mas não tem escapatoria, dar uma acertada na pós gravação é muitas vezes necessario. Sempre pra chegar o mais proximo possivel do som que chega nos ouvidos ,in loco, ali nos nossos Home-Quarto-Studios, hehe!!

      Mas uma coisa eu aprendi com minhas microfonadas, pelo menos as minhas. Quanto mais ( claro que tem o limite do bom senso ) pontos de captação e diferentes tipos de captação, melhor pra se chegar ao resultado desse tal som que chega nos ouvidos. Muitas vezes eu nao mexo em nada a não ser MIX e volume desses diferentes pontos de captação. Tipo cam 01, Ipad, SM57, Condenser, pra exemplificar... Somos muito tranqueiras né?! ahuehuahe!! Só gambiarra...mas funciona!! Aprendi com o engenheiro de som dos Beatles, Deep Purple, Led Zep e etc etc etc...hehehehe

      ALF is back
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      ainda não seria um material didático...seria uma composiçao mesmo, mas que usei varias timbragens diferentes e captaçoes tbm! Cheguei a mesclar até o Conde ser no falante e o 57 atrás do falante! Huahihauha
      Ai vai ter umas fotos tbm...mas ta tenso...teoricamente ta tudo pronto já, mas vou regravar uma das guitarras pq achei ruim...tem captação de violões de nylon e de aço tbm...acho que ficar legal! mas tô aprendendo mta coisa com isso e poderei preparar um material legal dps pra postar aqui! Uma coisa que já reparei é q 2 condensers no falante fica cavernosamente agudo! Acho mto louco isso...nao ouço aquilo tudo de agudos lo ambiente, mas na gravação fica sobrando! Mesmo afastando eles! E digo mais, a track solada fica toscamente aguda, mas dentro da Mix, com os outros instrumentos, fica mto bom! Essa diferença possivelmente se dá pq o 57 não capta nenhum sinal na região de superagudos. A curva dele morre lá perto dos 15khz....os Condensers captam praticamente tudo que é audível
      Agora, se formos pensar em fazer com que o som captado seja o mais parecido possível com o ambiente, realmente é necessário combinar fontes diferentes, mas principalmente utilizar uma captação pra ambiência, pois a gente ouve a fonte direta (falante) + sinal processado pelo ambiente. Este ultimo é talvez até mais importante, pois o sinal direto do falante varia conforme nos locomovemos. Então penso que o microfone próximo do falante serve mto mais pra timbrar do que pra reproduzir fielmente o timbre do ambiente. Particularmente, eu adoro timbrar com o microfone...concordo que é frustrante vc setar o amp com tanto esmero, e na hora de gravar o timbre fica totalmente diferente. Mas talvez se fizermos diferente, timbrando o amp usando como monitoração um headphone bacana, tenhamos um resultado melhor! Neste caso, o timbre pode ficar uma bosta na sala, mas na captação fica foda! Huahuahua
      uma das formas que eu usei de captação na minha musica foi o amp inclinado pro teto, shure na borda grudado na rede do falante + mxl 990 a 1m e meio de distancia, mais ou menos no centro. Esse mic captou bastante ambiência, mas foi um timbre bem mais fiel ao que eu ouvia na sala. Assim o shure complementou um pouco com graves e pronto! O ruim disso será na hora que eu for mixar...pq vou por todo o reverb nas guitarras com plugins, e essa ja vai ter um pouco...talvez isso me quebre! Huahuahua
      Tô usando reverb de plugin em tudo pra ficar mais real, ja que se eu uso o do amp nas guitarras e o plugin para o piano, por exemplo, fica cada um em uma sala diferente...nossa, mta coisa!
      Mas concluindo, nesse video que tô pra getminar, vai ser tudo muito manipulado mesmo...sera uma mixagem mesmo...mas quando eu fizer um material mais demonstrativo mesmo, ai eu não mexo em nada!

      ogner
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: ogner
      · votar


      ALF is back
      gora, se formos pensar em fazer com que o som captado seja o mais parecido possível com o ambiente, realmente é necessário combinar fontes diferentes, mas principalmente utilizar uma captação pra ambiência, pois a gente ouve a fonte direta (falante) + sinal processado pelo ambiente.

      Exato, o tempo, a reflexão nas paredes e tudo mais.

      Mas talvez se fizermos diferente, timbrando o amp usando como monitoração um headphone bacana, tenhamos um resultado melhor! Neste caso, o timbre pode ficar uma bosta na sala, mas na captação fica foda! Huahuahua
      Cara nunca faço monitoração em casa, nao consigo, tem aquele esquema de colocar um delay longo, mas pra mim não acho legal..nao consigo!! hehe. Fazer isso, só num estudio com aquario mandando um maluco tocar e ficar escutando e mandando mexer la de dentro. Isso já fiz!

      Tô usando reverb de plugin em tudo pra ficar mais real, ja que se eu uso o do amp nas guitarras e o plugin para o piano, por exemplo, fica cada um em uma sala diferente...nossa, mta coisa!
      É, de fato. Pra uma peleja dessa que vc ta fazendo é diferente mesmo.

      O que eu penso e sempre tenho vontade é de demonstrar e chegar sempre o mais fiel possivel do som que ouço com meus equipos. É uma onda mais Review mesmo....

      Acho que 9 em 10 gravações que faço/fiz pra projetos com bandas, seja virtual ou real, usei VST. hehehe!!
      Pq é fogo, sei lá...Vc timbrar seu amp querido pra depois tascar toneladas de processamento em cima...

      SkyHawk
      Membro
      # jul/14
      · votar


      ogner
      Puta sucesso essa SX !!!! Na minha eu só troquei os caps por um set de alnico, um par de string tree com roller, grafite em pó no nut, cordas 010, um neckplate liso (acho o original com aquele SX enorme gravado feio pra carai !!!! Rssssss) e regulagem de verdade e ficou Duca !!! É dificil de acreditar como uma guita tão barata pode ser tão boa, e não é só timbre não !!!! Ela é macia demais e muito boa de tocar.

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      SkyHawk
      Boa!! Colocou quais captadores? Sentiu melhora em relação aos originais?
      Pô, acho o neckplate da SX bemmm bacana!! hehe!

      Eu ainda acho bem xexelento o braço da SX57 ter escala colada, mas tb nao da pra querer uma guita de 450,00 tenha um braço perfeito. Braço de maple tem que ser one piece, é outra coisa....as medidas tb do braço são modernas...eu prefiro em V e 7,5....mas apesar disso tudo a guitarra é bem confortavel mesmo! :)

      Penso ainda em trocar o braço dela, mas acho que vai dar muito trabalho!

      raphael.rui
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner

      o Braço dela nao é o tradicional C com 7,5 nao? sempre achei que fosse pela proposta mais vintage dela.

      ogner
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: ogner
      · votar


      raphael.rui
      Então, 7,5" nao é mesmo...

      Deve ser 9" o Radius seguindo o "mais comum" nas strats.
      E o desenho do braço ta mais pro Modern C.

      Radius!!

      Braço vintage é radius 7,5 e o desenho varia entre o C e o V, geralmente as 54, 57 são V e as 62 pra frente em C...

      Desenhos do shape!!

      Eu tenho uma Fender MIJ RI 54 com braço em maple ( one piece ) com 7,5" e desenho V...Completamente diferente a pegada!

      o/

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      raphael.rui
      Cara esse apelo de 57 e 62 das SX nao tem nada de guitarras da época não. Apenas 57 tem braço em maple e a 62 rosewood. E o maple com verniz bemm amarelado pra dar o ar "vintage" hehe!!
      As taraxas Kluston dão um charme tb!! hehe!!

      ogner
      Veterano
      # jul/14 · Editado por: ogner
      · votar


      Doble duo post...

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      sabe de alguém que usa esse hard V? o negocio é esquisito demais. ja toquei numa guitarra soft V e estranhei muito.

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP
      Nunca toquei numa Hard V não, mas o braço medium V acho bem bom. A pegada, pelo menos a minha, fica mais agressiva.

      Mas braço em V + 7,5" de radius = Slow Hand, hehehehe!!
      Ainda mais com os trastes baixos...
      Acho que a Hard V só custom, nao me lembro de nenhuma de linha que tenha esse desenho.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      só custom! vish, o cara paga caro pra tocar num troço assim, pega uma tonante logo.

      Quando eu toquei numa que tinha braço em v eu estranhei, mas faz tempo demais. Mas deve ser csotume meu porque as que eu tenho são todas em C. A jeniffer era em v,c,w,x.@.#.dependendo do lugar em que fazia o acorde.

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      Luiz_RibeiroSP
      Mas deve ser csotume meu porque as que eu tenho são todas em C.
      Pode crer!!

      A jeniffer era em v,c,w,x.@.#.dependendo do lugar em que fazia o acorde.
      Hahehahehahe!! Bonzão, Compound Radius!! TOP!!
      http://www.warmoth.com/Guitar/necks/radius.aspx
      hehe!!

      SkyHawk
      Membro
      # jul/14 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      ogner
      A minha SX é uma 62 e achei o braço muito bom !!! O rosewood da escala bem bonito e bem acabado, trastes perfeitos e um toque muito suave. Mas concordo que não tem nada de raio 7,25 vintage, é um 9 ou 9,5 tradicional com um shape modern C. Duas coisas me chamaram a atenção positivamente: a espessura do rosewood da escala é maior que o da Fender, e pode até ser impressão (ainda vou medir com um paquimetro quando for trocar as cordas para ter certeza) mas achei o conjunto do braço um pouco mais fino que o da Fender (ponto bem positivo).

      Tenho uma Tele vintage 52 com raio 7,25 em maple de peça única e adoro essa pegada. No começo estranhei mas hoje acho muito top !!! Tem esse negócio de slow hand o que não é bem verdade, claro que não é um braço de shreder mas dá para tocar lead guitar com muita agilidade e pegada firme sim (só questão de costume) !!!

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      SkyHawk
      Qual cap vc colocou na SX?

      a espessura do rosewood da escala é maior que o da Fender, e pode até ser impressão (ainda vou medir com um paquimetro quando for trocar as cordas para ter certeza) mas achei o conjunto do braço um pouco mais fino que o da Fender (ponto bem positivo).
      Interessante mesmo!

      Tem esse negócio de slow hand o que não é bem verdade, claro que não é um braço de shreder mas tá para tocar lead guitar com muita agilidade e pegada sim !!!
      Cara, que é mais difícil que um braço tipo Ibanez, chapado com fretes Jumbo, é, isso nao tem nem comparação. Mas é claro que da pra tocar rápido, mas exige mais esforço ( um braço 7,5 em V ) que os braços rápidos, é por isso que se fala isso! Por outro lado, como eu disse, pelo menos pra mim, a pegada fica mais power!

      SkyHawk
      Membro
      # jul/14
      · votar


      ogner
      Eu acostumei mesmo, e olha que os trastes da vintage 52 são muito pequenos !!! Kkkkkkkkkkk

      Eu tenho uma outra guitarra que é uma super strato com braço todo escalopado, trastes jumbo e ponte floyd rose Gotoh e troco de uma para a outra sem problema algum. Dois extremos !!! Minha conclusão é que dá para tocar quase qualquer coisa com qualquer configuração de guitarra é só desenvolver intimidade com seu instrumento, seja ele qual for.

      SkyHawk
      Membro
      # jul/14 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      ogner
      Na verdade a história dessa SX começa pelos caps !!! Quando eu comprei a Squier Deluxe para o projeto de tunagem fiquei muito impressionado pelos caps duncan design de alnico que vieram nela. Como a idéia do projeto era com custom shop texas special da fender retirei os ducan design (réplicas autorizadas pela SD do SC-101) com uma tremenda dor de corno !!!! E guardei com muito carinho esperando um momento de instalá-los em outra guitarra.

      Aí vendo seu review e com total aval do Bertola peguei a SX como novo chassis para esses caps. Apesar de serem cópias chinesas dos Seymour Duncan achei o set de altíssima qualidade (alnico V) com um timbre forte, definido e com um bite poderoso. Com toda sinceridade são Seymour Duncan sem tirar nem por, são idênticos, 100% recomendado. Muito melhores que caps caríssimos que já testei por aí.

      raphael.rui
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner

      ah sim, eu nao tive oportunidade de ter tanta experiencia assim com strats, entao so conheço os shapes na teoria hehehe. eu tinha lido em algum lugar que o shape dessa sx era bem vintage. mas enfim, eu acho o braço dela excelente, gosto muito do conforto.

      agora fiquei com vontade de tocar em uma C e 7,5 pra ver auhauhau

      SkyHawk
      Membro
      # jul/14 · Editado por: SkyHawk
      · votar


      raphael.rui
      Não é 7,5, elas são 7 e 1/4 ou seja 7,25. É um braço bem diferente dos que todos estamos acostumados. Os mitos sobre ele são:

      1. É um braço lento.
      2. A ação das cordas tem que ficar alta por causa da curvatura.
      3. São ruins para bends extremos porque a curvatura mata a nota ao fazer a corda encostar no traste quando vc estica o bend.

      Tudo questão de um ótimo setup (regulagem) e um pouco de prática, hoje em dia não tenho problema algum, minha guitarra tem uma ação muito boa, não mata os bends e é bastante ágil (rapidíssima eu não diria.... Rssss), faço solos de hard rock e metal perfeitamente.

      Em compensação, para acordes, riffs, double stops, groove, bases funkeadas é sem igual.

      Thorin o Hobbit
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      Cara consigo entender agora um pouco mais da sua paixao por essa guitarra, hoje troquei o escudo da minha seizi por um Tortoise e o que comprei a furação nao bateu nem nada deu certo haha, modifiquei o escudo e os furos dela, nossa deu uma satisfação enorme quando vi pronto.

      ALF is back
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      ogner
      Cara nunca faço monitoração em casa, nao consigo, tem aquele esquema de colocar um delay longo, mas pra mim não acho legal..nao consigo!! hehe.
      nossa, boa ideia isso! nunca tinha pensado nisso! vou tentar depois! huauhauhauh

      Thorin o Hobbit
      cara, Thorin não era o anão? =p

      ogner
      Veterano
      # jul/14
      · votar


      Thorin o Hobbit
      modifiquei o escudo e os furos dela, nossa deu uma satisfação enorme quando vi pronto.
      Pode crer!! É bacana fuçar nas meninas!! :)

      ALF is back
      nossa, boa ideia isso! nunca tinha pensado nisso! vou tentar depois! huauhauhauh
      Uai!?! Como vc faz? Vai gravando, ouvindo e mexendo...Ouvindo no mesmo ambiente da guitarra?!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a SX 57 Stock - Demo de sons - Videos

      305.569 tópicos 7.892.471 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital