Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      SOCORRO! Guitarristas que não conseguem dedilhar/palhetar de forma sutil/limpa! Um apelo!

      Autor Mensagem
      MauricioBahia
      Moderador
      # set/13 · Editado por: MauricioBahia


      Pessoal dos power chords eternos e distorcidos!!!!

      Eu tenho visto! Eu tenho presenciado! "LARGUEM AS PALHETAS", peguem o violão ou guitarra! Gravem e se ouçam! Despluguem a guitarra! Sim, só no básico... DINÂMICA JÁ!

      Pelo amor de Deus, apreciem a sutileza, sintam as cordas nos dedos!!!

      Sem mais...

      ;)

      Arimoxinga
      Veterano
      # set/13 · Editado por: Arimoxinga
      · votar


      bom não sei o que dizer.....


      se tu viu da um exemplo ai..... vídeo de gringo quem sabe?

      =D

      MauricioBahia
      Moderador
      # set/13 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Arimoxinga

      hehehe. Cara, você pede pro fulano dedilhar e não sabe! Não tem qualquer dinâmica ou feeling! Na hora de tocar uma base Metal, ou mesmo solar se saem bem!

      Esse é o drama.

      ;)

      Arimoxinga
      Veterano
      # set/13
      · votar


      MauricioBahia

      hehehe, agora saquei!!

      acho que isso é bem comum que de quem começa direto na guitarra, pq geralmente quem começa pelo violão pega um pouco mais de harmônia.... (falando daqueles que não tem professor que acho que é o mais comum) talvez eu esteja enganado mas...

      - Sader -
      Veterano
      # set/13 · Editado por: - Sader -
      · votar


      MauricioBahia

      Bixo, infelizmente isso é uma doença crônica haha.

      Geralmente é mania de quem prática usando o ganho lá no talo, nunca ouviu falar em swing ou percepção. a maioria dessa galera tem o timing defeituoso e toca extremamente reto.

      MetalJames
      Membro
      # set/13
      · votar


      Na minha Igreja tem uns 6 guitarristas mas só 2 deles são fixos, eu sou um deles... Eu reparei faz tempo já que o outro guitarrista tem uma pegada mais dura, "de bolo", notas abafadas mas rápidas (não uma semi-fusa)... Os solos dele são compostos por escalas na máxima velocidade que ele alcansa sem se preocupar da nota sair mastigada, escalas decoradas, até parecem riff's... E ele só sabe maior e menor... Não tou desmerecendo o cara, mas ele é desses guitarristas que o Maurício falou, só que ele não toca metal... As bases distorcidas dele tem influencia do punk (apesar de que foi eu que regulei a ME70 dele e deixei a minha cara, sou eu que regulo as pedaleiras que ele arruma) porque ele toca de bolo e não faz palmuting... As músicas que tocamos, ele que sola, eu fico na minha, na Igreja não uso distorção pra ninguém reclamar kk... Aí tem um irmão lá que fica tocando um piano digital bem lento, ele não acompanha o irmão porque ele só sabe improvisar rápido, eu que vou lá acompanhar o piano porque eu dou valor a solo lento... Detalhe, ele começou no violão. Eu já tive um papo com ele quando regulei uma Zoom dele e depois a Boss, disse a ele o fato de que o som que você tira depende mais de 2 coisas, a pegada dele e como ele regula os knobs da guita, disse a parada de tirar clean de um som distorcido só abaixando o volume da guita... Mas ele não me ouve, continua pegando a guitarra e botando tudo no max. Ele disse que vai vender a ME porque ela não tem sustain, aí eu tirei o noise gate e ele desistiu... Ele deseja meus pedais, fica abismado com o som que eu tiro dos pedais... Disse que vai usar a ME junto com um monte de pedal... Acho que eu acabei desabafando aqui, é "duro" gente, você tentar ensinar e tal e o cara continuar batendo na mesma tecla... Me desculpem

      Lucas Power Metal da Silva
      Veterano
      # set/13
      · votar


      hehehe. Cara, você pede pro fulano dedilhar e não sabe! Não tem qualquer dinâmica ou feeling! Na hora de tocar uma base Metal, ou mesmo solar se saem bem!

      Oras você tocou no ponto chave ai :)
      Cada um tem seu jeito de tocar, uns se saem bem em algumas coisas e mal em outras, outros vice-versa. É isso que forma o estilo. Não há nada de mais no cara saber fazer uma coisa e não saber fazer outra, se ele sentir necessidade de aprender o que não sabe melhor pra ele... se não, que vá desenvolver seu próprio estilo oras ^^

      - Sader -
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Lucas Power Metal da Silva

      Uma coisa é você ter estilo, outra é não ter dinâmica, algo que é primordial na guitarra.

      Acho que se um guitarrista quer ser um instrumentista de responsa, tem que tentar desenvolver esse lado, não adianto solar RETO sempre. Acrescentar coisas diversificadas a sua maneira de tocar é muito importante pra desenvolver um estilo fluente.

      Eu já fui MUITO bitolado com esse lance de metal e hard rock e te digo que abri os meus horizontes a uns anos atrás e vi o quanto é importante você acrescentar elementos mais refinados a tocabilidade da guitarra. Só observar os grandes guitarristas do Metal e Hard e vais observar que a maioria deles toca MUITO diferente da galera bitolada nesse lance de tocar com a distorção no talo, sem dinâmica e timing algum.

      eduardodff
      Veterano
      # set/13
      · votar


      MauricioBahia
      Ultimamente eu tenho deixado de treinar só solo e power chords e treinado mais músicas completas, funk guitar, dedilhados! Eu venho do violão, então pra mim é muito mais difícil fazer uma base com mizona abafada estilo Metallica do que uma base funk ou dedilhada!

      Criei um tópico há um mês mais ou menos, dissertando que hoje em dia a galera só aprende os solos e pronto, se você pedir pro cara tocar a música toda ele se ferra todo!
      Mais cada um sabe de si!

      renatocaster
      Moderador
      # set/13 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Lucas Power Metal da Silva

      É isso que forma o estilo. Não há nada de mais no cara saber fazer uma coisa e não saber fazer outra

      Eu acho que isso não tem nada a ver com estilo. Isso é uma deficiência bem básica, na verdade. É por essas e outras que tem um monte de guitarrista por aí tocando o que a música NÃO pede. Aí a justificativa é essa: "ahn, mas esse é meu estilo".

      Quer dizer, o cara muita das vezes "mata" a música porque quer imprimir o seu estilo, que na cabeça dele é o mais importante de tudo. Se for pra ficar tocando power chords o tempo inteiro, isso até um robô faz. Sou a favor do cara vencer suas limitações e se reinventar, e ter na ponta dos dedos os princípios básicos de ritmo, melodia, dinâmica, etc.

      ALF is back
      Veterano
      # set/13
      · votar


      puts, as vezes eu deixo escapar esses detalhes! tbm preciso tomar cuidado com a dinamica! boa dica! =S

      renatocaster
      Moderador
      # set/13
      · votar


      eduardodff

      Criei um tópico há um mês mais ou menos, dissertando que hoje em dia a galera só aprende os solos e pronto, se você pedir pro cara tocar a música toda ele se ferra todo!

      Dia desses aí fizeram uma jam "reversa", ou seja, ao invés de vc gravar um solo em cima de uma base, vc tinha que gravar uma base para um solo já existente. Se 3 participaram foi muito.

      Minha conclusão com isso é: Uma boa parcela dos guitarristas só treinam e estudam aquilo que os convém, o suficiente para despejarem suas "guitarrices" por aí.

      eduardodff
      Veterano
      # set/13 · Editado por: eduardodff
      · votar


      renatocaster
      Sou a favor do cara vencer suas limitações e se reinventar, e ter na ponta dos dedos os princípios básicos de ritmo, melodia, dinâmica, etc.

      Porra, falou tudo agora!!
      Muitas vezes o cara tem preguiça de se reinventar, tipo:
      "já sou bom nisso, vou começar de novo pra quê, voltar a errar, etc..."
      Mas isso é pura ignorância e comodismo!
      Esses dias fui tentar tocar um chorinho "Apanhei-te cavaquinho", apanhei foi da guitarra, me deu um "côro" que não saí nem do décimo compasso!
      Abcs!!!

      Cristhyano
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Questão de prioridades.
      Se o cara não quer e não precisa, deixa ele.
      Conforme o tempo passa, com mais idade/maturidade ele reavalia se ele precisa daquilo ou não.

      Afinal, se eu só tocar grindcore e não me importar com os outros estilos, pra quê vou treinar isso?

      renatocaster
      Moderador
      # set/13
      · votar


      Cristhyano

      Afinal, se eu só tocar grindcore e não me importar com os outros estilos, pra quê vou treinar isso?

      Agora vc tocou em um ponto curioso...Zakk Wylde, por exemplo. Todo mundo conhece o estilo do cara, então dispensa apresentações. Já viu ele tocando country? Pois é, ele não precisa tocar country pro "estilo" de música dele, mas ele sabe tocar. Não é especialista, mas sabe.

      Acho que a diferença está aí. Ter estilo é uma coisa, agora se limitar aquele determinado estilo, é outra.

      Cristhyano
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Sim, mas porque ele gosta.
      Se a pessoa não gosta tanto a ponto de querer tocar e só quer ouvir, não há problema.
      Pessoas tem outras prioridades na vida. Se ela toca guitarra por hobby ou mesmo que tire uma grana, mas não quer e nem precisa aprender outro estilo, não há problema algum.
      Não é porque eu toco guitarra que tenho que me aventurar em tudo. Prioridades.
      É melhor? É, mas não obrigatório.

      Lucas Power Metal da Silva
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Bom vocês tem razão no que dizem. Porém o que eu me refiro de ser estilo ou não é a pegada do cara.

      Querendo ou não, a proposta do rock em si é fazer barulho certo?

      Tocar mais forte sem muita variação na dinâmica é um objetivo nesse estilo, você deve tocar uniformemente forte (bateristas concordarão)!
      Partindo desse ponto é correto dizer que uma dinâmica menos variada é uma questão de estilo.

      E digo mais, se o cara tem um nível legal nesse seguimento ele pode ser muita coisa, mas preguiçoso ele não é, pode ter certeza.

      Cristhyano
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Bom, depende.
      Joe Bonamassa é "blues rock" e o que não falta ali é dinâmica. Acho que depende da proposta e não tanto do estilo.
      Porém em estilos com ganho no talo (maioria do metal), não vejo a dinâmica como muito importante. Ouvi muito metal na vida e ainda ouço uma boa quantidade, incluindo uns podrassos e o que menos vejo realmente é dinâmica. Normal, o estilo é esse mesmo.

      Lucas Power Metal da Silva
      Veterano
      # set/13 · Editado por: Lucas Power Metal da Silva
      · votar


      Coloco uma questão sociológica aqui.

      Um veterinário precisa estudar enfermagem?

      Se ele se dedicar aos dois será bom pra ele, vai saber mais sobre medicina. Mas se ele usar esse tempo pra se focar em veterinária vai ser um veterinário melhor em menos tempo. Ele pode até revolucionar a medicina animal com o passar dos anos. :)

      A analogia é perfeitamente cabível aos estilos musicais tocados na guitarra.

      Cristhyano
      Veterano
      # set/13
      · votar


      WTF

      rhoadsvsvai
      Veterano
      # set/13
      · votar


      eu concordo que é importante , eu só não defendo que um guitarrista precise ser completo , os maiores guitarristas da historia em cada estilo não são completos.

      Lucas Power Metal da Silva
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Essa analogia foi pro renatocaster. Pareceu que você falou como se fosse uma espécie de obrigação saber outros estilos, só contradisse isso.

      Lucas Power Metal da Silva
      Veterano
      # set/13 · Editado por: Lucas Power Metal da Silva
      · votar


      rhoadsvsvai
      Justamente, foram os que se especializaram em determinado estilo e os desenvolveram. :)

      renatocaster
      Moderador
      # set/13 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Lucas Power Metal da Silva

      Depende, cara. Vc se considera como Guitarrista, pura e simplesmente, ou como um Guitarrista de Rock, ou Guitarrista de Blues, ou Guitarrista de Jazz, ou Guitarrista de Reggae, etc?

      Se vc se associa a um determinado gênero, realmente não é necessário rever alguns conceitos. Aí cai no que o Cristhyano disse. Um cara que toca não sei o que lá core, não precisa saber fazer um dedilhado de um acorde mega complexo. Power chords tocados com um dedo só já supre as necessidades dele.

      Mas aí envolve um outro aspecto importante: Vc é músico, ou é só guitarrista? Vc é um músico hobbista ou um guitarrista hobbista? Vc é um músico profissional ou um guitarrista profissional? Tem diferença? Estou indagando, e não afirmando.

      E eu não falei de obrigação. Imagina, vc nem é obrigado a tocar guitarra, muito menos fazer uma coisa X e não fazer uma coisa Y. É apenas uma dica para melhorar o seu "approach". Mas eu continuo achando que saber dedilhar um acorde é um requisito básico para todos, hehehe!

      renatocaster
      Moderador
      # set/13
      · votar


      rhoadsvsvai

      eu só não defendo que um guitarrista precise ser completo , os maiores guitarristas da historia em cada estilo não são completos.

      Se todo mundo pensasse igual a vc, teríamos uns 50 mil caras tocando igualzinho ao Page, 50 mil caras tocando igual ao Hendrix, 50 mil caras tocando igual ao Clapton, 50 mil caras tocando igual ao Jeff Beck, etc.

      Teríamos um monte de "robôs" se limitando a tocar aquilo tudo que já foi tocado antes. E ninguém nunca tentaria expandir outros horizontes.

      leandroantonioli
      Veterano
      # set/13
      · votar


      MauricioBahia

      Poxa, que preconceito!!!!
      E se o cara é especialista em power chord???

      hehehehehe

      Crossqb
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Isso é totalmente subjetivo galera!!!!!!!!!!!!!!

      Eu acho que cada um aprende o que quer e o que acha necessário. Se o cara não acha importante aprender a dedilhar ou não usa isso, problema dele ué......ele ta feliz com isso? Se sim, otimo! Eu acho importante, por isso tento aprender....quem pensa o contrário ta no seu direito ué...não é melhor nem pior do que eu ou qualquer um por causa disso :D

      Tocar guitarra tem que ser acima de tudo UMA DIVERSÃO....quando se torna uma OBRIGAÇÃO (TER que aprender isso, TER que aprender aquilo), sem sentir prazer, acredito que é hora de rever o motivo de vc estar tocando QUALQUER instrumento.

      vintagentleman
      Veterano
      # set/13 · Editado por: vintagentleman
      · votar


      Para mim quem diz que toca guitarra, ainda que seja um hobbista, mesmo que não seja exatamente bom guitarrista, PRECISA:

      1. Conhecer um punhado de acordes;

      2. Tocar uma base dedilhada básica;

      3. Tocar uma base com power chords;

      4. Conhecer ao menos a escala pentatônica;

      5. Fazer uns solinhos básicos, tipo Nirvana ou Green Day, usando pelo menos uns bends rudimentares.

      Se o cara disser que não sai qualquer desses itens ele tem que ir estudar. Não toca nada. Simples assim.

      Se o cara se diz guitarrista profissional, presume-se que tenha condições de acompanhar os mais diversos tipos de músicos dos mais variados estilos.

      Nesse caso, no meu entender, ele não precisa dominar TODAS as técnicas, mas tem que estar apto a aprender o necessário do estilo rapidamente, por exemplo, se o artista passa o repertório para o guitarrista aprender numas duas semanas... O cara tem que desenrolar... O nível de exigência é outro. Não é lugar para crianças...

      Crossqb
      Veterano
      # set/13
      · votar


      vintagentleman
      Concordo com vc em muitas coisas ae cara. Eu me cobro saber essas coisas que vc disse....por não saber essas coisas ae que eu fui fazer aula. Eu só me perto dizer que toco, por saber essas coisas ae....mal pra cacete, mas sei haiuhaiuhaiuhaiua.

      Mas po, se o cara só sabe fazer power chords e ta feliz com isso, ou seja, se ele se DIVERTE e diz que toca guitarra....vamos fazer oq??? o cara toca ué, do jeito que ele acha q ta bom...mas toca. É da forma que eu e você pensamos que deve ser? Não, justamente pq concordo com vc nos pontos que disse ser o minimo q um cara tem q saber.

      Se entrarmos no quesito de guitarrista profissional, ai a coisa fica mais séria e mais exigente mesmo.

      Tobias Bathory
      Membro Novato
      # set/13
      · votar


      Mas assim, quem eu vejo com essa deficiência é quem só precisa justamente de powerchords. São guitarristas exclusivos de Metal extremo e afins. Se eles nunca usarão dedilhado ou dinâmica, não vejo necessidade de aprendê-los.

      Todo guitarrista que conheço que seja minimamente eclético sabe dedilhar. Pode não ser um puta dedilhador de violão clássico, mas sabe fazer as cordas brilharem num som limpo.

      Mas dói mesmo quando se vai tocar uma música que originalmente é dedilhada, formada de acordes inteiros e o sujeito, no máximo, dedilha o powerchord.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a SOCORRO! Guitarristas que não conseguem dedilhar/palhetar de forma sutil/limpa! Um apelo!

      305.557 tópicos 7.892.322 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital