Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Escalas harmonicas e melodicas

      Autor Mensagem
      betoborca
      Membro Novato
      # 02/nov/17 10:51


      Galera, escalas harmônicas sei que podem ser usadas em um acorde maior com seima menor. Ex: Escala menor harmônica de RÉ, pode ser usado na tétrade de LÁ maior com sétima menor (A7). E as escalas MELÓDICAS em quais acordes posso usar?

      Filippo14
      Veterano
      # 02/nov/17 11:53
      · votar


      betoborca

      Não pensa desse jeito. Pega as escalas e faz o campo harmonico de cada uma. Decorar dessa maneira vai te atrapalhar demais e pode estar errado muitas vezes, alem de te limitar.

      eric bluesman
      Veterano
      # 02/nov/17 12:37
      · votar


      betoborca

      acredito que possa te ajudar fazer o seguinte , de forma visual vc formar o acorde de A713b por exemplo , e observar os intervalos ali , logo depois vc faz a escala do Dm , tanto melodico quanto harmonico e veja onde essas notas estao se encaixando , me ajudou bastante comecar por ai , vc consegue tanto analizar os intervalos como nosso amigo Filippo14 falou , quanto deixar aos poucos isso interiorizado , pra vc ver somente intervalos ao invez de formulas , sacou ?

      Filippo14
      Veterano
      # 02/nov/17 12:51
      · votar


      Bom, se isso vai ajudar de alguma forma, então la vai

      Dentro do campo harmonico da escala menor harmonica, o acorde dominante continua sendo o V grau, dessa forma, pode-se tocar uma escala menor harmonica sempre em seu V grau. Ou seja, um G7 voce pode tocar um C menor harmonico.

      Quanto a escala menor melodica, ela tem 2 dominantes o IV e o V grau nesses casos, podendo tocar da mesma forma usando o pensamento anterior. Então um G7 pode tocar nele um Cmenor melodico ou um D menor melodico.

      CONTUDO, o jeito mais usual é tocar sobre o "super locrio" que enarmonicamente pode ser substituido por um acorde dominante, dessa forma, sobre um G7 pode-se tocar tambem um Ab menor melodico, que seria a escala alterada.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 02/nov/17 13:02
      · votar


      Pessoal, aproveitando esse tópico, tenho uma dúvida besta...
      Posso montar um campo harmônico de QUALQUER escala?

      Filippo14
      Veterano
      # 02/nov/17 13:10
      · votar


      Beto Guitar Player

      Sim!

      betoborca
      Membro Novato
      # 02/nov/17 14:21
      · votar


      A grande dúvida que eu tinha era se, por exemplo, a escala melódica ou harmônica em Do menor, se encaixaria em G7 ou G7M, mais pela harmonia se encaixa mesmo em G7 (sol com sétima menor) por ser uma escala menor não é?

      Filippo14
      Veterano
      # 02/nov/17 14:55
      · votar


      betoborca

      Não entendi sua pergunta. Cm harmonico funciona em G7 pq o acorde de G7 esta no campo harmonico de C menor harmonico. Apenas por causa disso

      betoborca
      Membro Novato
      # 02/nov/17 16:00
      · votar


      valeu pela dica, o que realmente eu gostaria de saber é, em qual acorde uso escala MELÓDICA.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 02/nov/17 16:21
      · votar


      betoborca

      Não sou expert no assunto, mas acredito que a escala de Cm melódica só pode ser aplicada no acorde G7 e não no G7M, porque a sétima maior de G é F#.
      F# não está na escala de Cm melódica.

      Filippo14
      Veterano
      # 02/nov/17 17:44 · Editado por: Filippo14
      · votar


      betoborca

      Cara, é uma pergunta muuuuuito vaga, isso que voce não esta entendendo.

      Usa-se em acordes dominantes em diferentes graus, em acordes aumentados, acordes menores com 9 menor, acordes menores com sexta, triades maiores, triades menores, acordes diminutos e acordes meio diminutos em varios graus.

      Não tem como te responder isso de outra forma. Voce tem que estudar os INTERVALOS e CAMPO HARMONICO de cada escala e modo para entender como aplicar determinada escala.

      Ken Himura
      Veterano
      # 02/nov/17 19:37
      · votar


      Beto Guitar Player
      Posso montar um campo harmônico de QUALQUER escala?

      Qualquer escala, acorde ou agrupamento de notas, desde que siga o mesmo processo para todo mundo do campo.

      betoborca
      Membro Novato
      # 02/nov/17 23:28
      · votar


      Eu ja estou estudando campo harmônico, acho que não consegui me expressar direito. Eu fazendo um acorde em DÓ menor, por exemplo, posso fazer uma escala melódica em dó menor? Isso que eu quero saber.

      LeandroP
      Moderador
      # 02/nov/17 23:39
      · votar


      betoborca
      posso fazer uma escala melódica em dó menor?

      Sim, pode!

      Ken Himura
      Veterano
      # 02/nov/17 23:47
      · votar


      betoborca
      Cara, esquece todo esse material que você tem estudado. Começa do zero, você tá cheio de dúvidas; é melhor que aprender errado e ter que reaprender depois tudo, com bem mais dificuldade.

      Procure um bom livro de teoria (por exemplo, pode ser o do Bohumil Med, "Teoria da Música") e um bom de harmonia (o melhor em português é o do Schoenberg, "Harmonia"), leia os capítulos e faça todos os exercícios. Em inglês existem mais bons livros que em português. Estudando um pouquinho de cada todo dia (algumas páginas por dia só) e praticando, você alcança esse tema de novo em menos de 4 meses.

      Eu fazendo um acorde em DÓ menor, por exemplo, posso fazer uma escala melódica em dó menor?
      E por que não poderia? Você vai tocar a escala da tonalidade, ela ser melódica é um plus aqui (é uma das opções de "sabores" da escala menor que existem).

      Sabendo encadear com maestria as vozes de cada acorde, você pode encaixar literalmente qualquer acorde antes e depois de qualquer outro. As regras de teoria e harmonia só te dão "cola" dos caminhos mais utilizados ao longo dos séculos, que já foram provados que funcionam como o esperado.

      LeandroP
      Moderador
      # 02/nov/17 23:57
      · votar


      E por que não poderia? Você vai tocar a escala da tonalidade, ela ser melódica é um plus aqui (é uma das opções de "sabores" da escala menor que existem).

      fow7gpx7
      Membro Novato
      # 03/nov/17 00:04
      · votar


      Eu acho bem interessante, o estudo da harmonia principalmente no jazz e na bossa nova, que são os estilos que eu me identifico, o legal de se pensar em escalas é a sonoridade da escala ou do modo (dórico, frígio, etc...) que estará sendo utilizado dentro da música, não pense de forma matemática se for assim, (use a penta e arpejos que dão sempre certo), use a escala e vê se o som ficou interessante, repare as notas que criam intervalos de semitom em relação ao acorde, por vezes pode parecer uma nota a ser evitada, e outras criam efeitos interessantes, depende do contexto harmônico e as cadências que se seguem.

      betoborca
      Membro Novato
      # 03/nov/17 23:14
      · votar


      Minha duvida foi pelo seguinte motivo: Para eu fazer uma escala harmônica eu preciso de uma acorde maior com sétima menor, pensei que talvez para eu fazer uma escala melódica precisaria de um acorde com sétima tb. Entendeu? Foi essa minha duvida.

      Filippo14
      Veterano
      # 03/nov/17 23:45
      · votar


      betoborca

      Cara, mas mesmo esse comeco seu nao faz sentido, voce aprendeu errado.

      Nao é isso que garante o uso da escala, isso é uma consequencia e bem simploria, é apenas uma das formas de aplicar e usar a escala.

      Abração

      Lelo Mig
      Membro
      # 04/nov/17 01:00 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Cara, se quer se aprofundar neste asunto, que não é tão simples, comece entendendo as 3 escalas e não 2 - são basicamente 3 escalas:

      A escala menor natural, a escala menor harmónica, e a escala menor melódica.

      Faça o que nosso amigo Ken Himura sugeriu, para não aprender errado, já que aqui cada um vai explicar de um jeito e com risco de erro.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 04/nov/17 08:17 · Editado por: Beto Guitar Player
      · votar


      Pessoal, aproveitando o gancho desde tópico, poderiam tirar uma dúvida sobre esse assunto que ainda tenho muitas dúvidas?

      Peguei a escala maior harmônica, por exemplo de Dó.

      C D E F G Ab B C

      A diferença é basicamente o sexto grau menor (ou diminuto, sei lá qual o termo correto)

      Montando o campo harmônico, ficou:

      C D° Em Fm G Ab5+ B°

      Isso usando apenas tríades... Até aí, acho que está certo. A dúvida é:
      Na escala maior natural, o sexto grau cria um acorde menor relativo no campo harmônico, por exemplo, no campo de C o relativo é Am. Mas, no caso da escala harmônica maior, como o sexto grau é menor, o acorde gerado é um Ab5+ portanto não corresponde ao relativo menor de C. Existe um relativo menor nesse campo? Todo campo harmônico MAIOR gera um acorde relativo MENOR? Ou estou viajando na maionese?


      E uma última dúvida, alguém conhece algum exemplo de música usando o campo harmônico Maior Harmônico?
      Comecei a tocar a progressão C D° e percebi que lembra bastante a música "I believe I can fly", mas acho que não é o caso de uso desse campo harmônico.


      Valeu, obrigado!

      betoborca
      Membro Novato
      # 04/nov/17 10:32
      · votar


      Vou seguir o conselho de vcs e me aprofundar mais na teoria. Obrigado galera.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 04/nov/17 14:08
      · votar


      Up

      Ken Himura
      Veterano
      # 04/nov/17 15:12 · Editado por: Ken Himura
      · votar


      Beto Guitar Player
      Aí que tá a pegadinha. Os sabores da escala menor são baseados na escala menor e surgiram por necessidades tonais, para tornar a harmonia mais definida - logo, eles mantêm as mesmas propriedades tonais.

      A maior harmônica não vem diretamente da escala maior, é uma escala sintética que você pode formar de várias maneiras diferentes. Uma delas é pegando o 5o modo da escala lídia-diminuta (que, por sua vez, já é o 4o modo da escala menor harmônica). Outra, mais comum, é apenas subir um semitom o terceiro grau da menor harmônica. Dito isso, não espere que uma escala sintética comute todas as propriedades de outra escala.

      Apesar disso, ela é sim uma escala diatônica e reforça a tonalidade da sua fundamental, quando usada neste contexto. Aliás, esse iiº é um acorde que é bastante usado emprestado em tonalidades maiores. E tem sim uma relativa! Só que não funciona exatamente igual à maior natural.

      A relativa da maior harmônica é a menor harmônica que comuta as mesmas notas alteradas, muitas vezes enarmonizadas. No seu exemplo aí, Dó maior harmônico: C D E F G Ab B, a relativa vai usar esse Ab também. A relativa vai ser Lá menor harmônico: A B C D E F G# A. Note que G# e Ab são a mesma nota (enarmonia). É claro que não vão comutar todas as notas da escala, mas a relação fica estabelecida de forma parecida com a da maior natural paras as menores.

      Espero não ter complicado muito, rsrsrs.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 04/nov/17 15:56
      · votar


      Ken Himura

      Então, se entendi direito, a maior harmônica não é uma variação da maior natural, então não tem as mesmas características. Ela veio (de acordo com uma das várias possibilidades) da menor harmônica, mas com a terça maior, o que caracteriza uma escala maior, certo?

      Acho que entendi mais ou menos, kkkkkk. Vou tentar montar um campo harmônico menor harmônico pra perceber as similaridades entre os relativos. Sei que haverão diferenças...

      Valeu pela resposta, já deu uma clareada nas idéias. Certa vez comecei a fazer aulas de guitarra e o professor pediu para aprender as escalas harmônicas e melódicas, maiores e menores. Daí parei de fazer aula e pela falta de informações sobre essas escalas, eu não conseguia compreender a necessidade de estuda-las.

      Ken Himura
      Veterano
      # 04/nov/17 18:38
      · votar


      Beto Guitar Player
      É, é por aí mesmo.

      Como anda teu conhecimento em intervalos e tonalidades/modulação?

      betoborca
      Membro Novato
      # 05/nov/17 12:01
      · votar


      Na pratica tudo se resolve, como exemplo no campo harmônico de DÓ maior, todos os acordes e escalas pertencentes a ele serve como preparação e podem ser utilizados? Pelo menos eu estudando a prática no contrabaixo tudo se encaixou.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 06/nov/17 08:23 · Editado por: Beto Guitar Player
      · votar


      Como anda teu conhecimento em intervalos e tonalidades/modulação?

      Ken Himura

      São todos assuntos que não tenho muito domínio...
      Como eu praticamente nunca tive professor (fiz aula por uns dois meses), como auto didata nunca segui de forma correta uma sequência de estudos.
      Estava pensando em estudar pelo site descomplicando a música e seguir a sequência de estudos proposto por eles.

      Você sugere algum outro método que eu possa começar do zero?

      Insufferable Bear
      Membro
      # 06/nov/17 11:06
      · votar


      Beto Guitar Player
      Ele já disse: teoria musical do Bohumil Med e depois Harmonia do Schoenberg. (foram os meus primeiros livros também)
      E se você sabe inglês tem muitos outros, mas com esses já tá bom pra começar.

      betoborca
      Membro Novato
      # 07/nov/17 09:43
      · votar


      baixei em pdf (Harmonia do Schoenberg) e irei começar a estudar

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Escalas harmonicas e melodicas

      303.734 tópicos 7.859.907 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital