Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Alguém pode me dar dicas de iniciante de como juntar instrumentos em uma música, combinando com a

      Autor Mensagem
      Leticiariel
      Membro Novato
      # 02/set/17 18:49 · Editado por: Leticiariel


      *Combinando com a voz?

      Eu to muito perdida, não entendo quase nada sobre efeitos, eu apenas tenho uma música na minha cabeça e uso os instrumentos do FL Studio pra passar tudo pra faixa. Eu queria entender como consigo fazer um pequeno solo pra uma determinada parte da música, encaixar ele na bateria e encaixar como uma continuação do solo anterior que seria diferente deste, sem parecer aquele som quebrado, entende? Queria saber qual o volume recomendado pro solo e pra bateria. E como fazer essa transição de sons, qual efeito usar.
      Uso o Audacity e FL Studio apenas.

      Ismah
      Veterano
      # 02/set/17 19:53
      · votar


      Não são questões simples...!

      O software não é bem a questão, a questão é musicalidade.
      Mixar é um arte paralela a tudo isso...

      Se houvesse uma fórmula mágica para isso, com certeza ou todos saberiam, ou ninguém saberia... E pra piorar, isso é diferente em cada estilo...

      Eu posso falar mais de mixagem, recomendo que comece pelo "Arte da mixagem" do David Gibson, ele é bem básico, mas apresenta de forma bem elucidativa o cerne da coisa.

      Flipe J.
      Membro Novato
      # 02/set/17 20:40 · Editado por: Flipe J.
      · votar


      Vou deixar algumas dicas que diria pra mim mesmo quando começei alguns anos atrás.

      Não tem fórmula ou regra, compor e mixar bem depende da experiencia e de quanta musicalidade vc tem.

      Pra começar procure saber um minimo de teoria musical, tipo entender conceitos como intervalos, escalas, acordes e campo harmonico já vai te ajudar MUITO.

      Toque muito e principalmente ouça muito tbm, não esquecendo de escutar a si mesmo sempre procurando melhorar.

      Use referencias! escute musicas no estilo que deseja fazer e faça analise de seus elementos como estrutura, instrumentos utilizados, o timbre dos mesmos e etc.

      Por último procure dominar os 4 fundamentos da mixagem: volume, equalização, panorama e compressão.

      Abrço!

      Adler3x3
      Veterano
      # 02/set/17 22:38 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Bem.
      Estudar teoria musical.
      Reservar um espaço de tempo para estudar todos os dias.

      No seu caso para ser mais prático, como você usa o FL Studio que é uma excelente DAW, num simples post de fórum não dá para explicar tudo em detalhes, e outros aspectos teóricos e práticos, e pelo que pretende fazer eu te recomendaria fazer o seguinte:
      - vá fazendo por partes isto é por clips ou patterns, que pode ter um ou vários compassos;
      - comece por estudar progressões de acordes, de início vá pelas mais simples;
      - faça primeiro a harmonia, ou seja monte os acordes do instrumento que vai usar, e crie uma track para isto;
      - depois que fez por alguns compassos e esta soando bem, vá para a track com o instrumento solo, isto é que vai conter a melodia;
      - conforme a sucessão de acordes monte a sua melodia, tente experimentar, e mantenha o foco nas notas que fazem parte da escala;
      - depois pode montar a linha do baixo, e depois a bateria conforme o estilo;
      - noutros casos você pode depois que montou a sucessão de acordes, usar os recursos do Fl Studio para fazer arpegiadores, e com base no midi gerado, editar alterando as notas (tirando algumas fora,mantendo outros alterando o tempo etc...) e montar a melodia;
      O arpegiador vai te indicar quais notas estão dentro da harmonia do acorde, isto as notas que pode ser tocadas sem soar mal;
      - se tens um teclado como controlador tenta tocar nele para fazer as melodias, se não tem use o teclado virtual (usando o teclado do computador, da uma certa ensaiada) do FL Studio e grave a melodia, depois você edita e faz as correções necessárias por problemas de perfomance, e depois conforme o seu aprendizado sobre edição de midi se aprimorar, pode começar a trabalhar na humanização de midi, que é um outro procedimento, que aqui não cabe detalhar (velocidade, expressão, brilho, modulação e muitos outros, como também montar linhas de automação no FL).

      Um bom site na internet que tem várias progressões de acordes podem te ajudar:

      https://www.hooktheory.com/trends#node=1.b3.5/5&key=C

      Agora o principal e ouvir, ouvir e ouvir, se soar bem tá bom.
      A principal ferramenta do músico é o seu ouvido.
      Como já foi dito não existem regras absolutas, e o melhor método e aliar a teoria e a prática, e ir em frente.
      Os acordes e notas do próximo clip ou pattern tem que guardar uma certa relação com o compasso anterior, mas seguindo o Bê a Bá das progressões de acordes mais usadas pelos músicos modernos, não tem erro. (como já foi dito, comece pelas progressões mais simples, e depois vá avançando).
      Claro o nível de volume tem que ser compatível com o compasso anterior, pois caso contrário fica quebrado, exceto se no compasso anterior terminou com um acorde que vai reduzindo o som até o final, e no compasso seguinte normalmente se começa uma outra seção da música.
      E aqui você tem que estudar sobre formas musicais.

      Os resultados vão demorar um pouco para aparecer, mas com a virtude da persistência se chega lá.

      Quanto aos efeitos, mixagem e masterização isto é um outro processo que na linha do tempo demora para aprender.

      Mas o básico dos efeitos é saber usar, e como montar uma cadeia de efeitos, sejam nas tracks individuais, seja na master track.
      Tem efeitos que só se usa nas tracks individuais e tem efeitos que se usa somente na master track, ou em casos ambos.
      No geral a cadeia de efeitos é mais ou menos assim (não é uma regra absoluta:
      - No geral só atento para não abusar no uso de efeitos, tem que saber o que esta fazendo, usar com moderação, pois a música é uma arte.
      Assim apresento uma certa sequência do uso, não que seja a única, existem muitas variações, e também de longe não esgota o assunto.
      01 equalização
      primeiro se faz necessário observar se tem que fazer alguma correção, normalmente o instrumento do Fl Studio não apresenta problemas, mas por questões de volume e outros pode apresentar problemas.
      E aí se faz o uso de um equalizador para corrigir o problema, isto é normalmente se corta os excessos.
      E depois se for necessário conforme vai se ouvindo a música pode ser importante destacar algumas frequências;
      02- Reverb
      que deve ser escolhido conforme o estilo musical, atentar que muitas vezes o instrumento virtual já tem por si só o seu reverb.
      Mas os reverbs dos vários instrumentos musicais tem que combinar.
      Caso não combinem, tem que usar um reverb geral e desligar os reverbs dos instrumentos individuais para evitar conflitos;
      03- excitadores de harmônicos, conforme o caso o instrumento pode ser enriquecido, mas no momento é melhor não usar;
      04- compressores e outros efeitos de dinâmica, normalmente usado para se obter mais volume e consistência no instrumento entre outros detalhes que aqui não dá para detalhar, mas não se deve abusar pois a música pode perder a dinâmica, e este efeito pode destruir a sua música.
      05-Imagem de estéreo
      Serve para obter um resultado com um som mais destacado de estéreo.
      Mas se você na mixagem já vai trabalhando com o pan na maioria dos casos não é necessário usar este efeito.
      E os próprios instrumentos virtuais na maioria dos casos já vem bem feitos e não é muito necessário alterar a imagem e o pan.
      06- Maximizer e Limiter
      uma combinação de efeitos para que se aumente o volume um pouco mais, mas sem exageros.
      A dose tem que ser a certa, tem que ouvir, ouvir e ouvir a track individualmente e no conjunto.
      Estes efeitos são mais usados na Master.


      Na Master:
      01- equalizador;
      02- reverb geral bem de leve
      03- compressores e dinâmica
      04- imagens de estéreo
      05- e por ultimo um limiter
      06- um analisador do espectro das frequências, serve para observar visualmente aonde podem tem problemas, de um lado os graves do outros os agudos, e os médios.
      O analisador em si não é um efeito, pois não altera o som (por isto na cadeia fica por último), mas sim demonstra graficamente o que esta acontecendo com a produção do áudio.
      Existem também muitos outros efeitos que não foram mencionados, muitos filtros também e o FL Studio tem filtros que não acabem mais.
      O FL tem muitos recursos.
      Estude também sobre as frequências.

      Cuidado para não cair na armadilha da loudnesswar.
      Na questão de volume sempre observe o sinal do VU meter (nível de volume), que jamais pode ficar no vermelho, pois distorce o som.
      Lembre que a cada instrumento que você adiciona na música o volume por si só aumenta.
      No geral não deixe passar de -6, mas podem existir variações conforme a finalidade da mídia que você depois vai distribuir e mostrar as suas músicas, e no caso de uma masterização externa, sempre é bom deixar no espaço sonoro um campo para poder trabalhar, se ficar tudo lá em cima depois fica difícil consertar.
      Observe o formato da onda gerada em wav, se ficar muito parecida com um tijolo, com as frequências tudo lá no alto é sinal de que a música vai soar ruim e irritante, e a música sem dinâmica não é música.

      Mais ou menos assim, não que seja o certo e o melhor, mas é uma boa sequência que funciona, não é a melhor nem a pior.
      Existem muitas variações aqui e cada caso é um caso, cada música é única.
      No começo use os presets, e sempre dê uma aliviada, isto é diminua um pouco, pois grande parte dos presets muitas vezes exageram na dos por uma tendência natural, e na dúvida se não sabe o que esta fazendo é melhor não fazer nada.
      E aos poucos numa longa jornada você vai aprender a usar cada tipo de efeito, use os efeitos do FL Studio que também são muito bons, mas cuidado, lembre "aqui a virtude da moderação deve prevalecer".

      Pesquise no fórum ou na internet um livro da Izotop Ozone sobre mixagem e masterização, muito embora você não vai usar os softwares, este livro contém muitas dicas que podem ser usadas com os recursos que você já tem no Fl Studio, que repito é muito bom.

      Então, todos os dias tem que:
      - estudar teoria musical;
      - praticar no seu instrumento favorito;
      - praticar no Fl Studio;
      - ler os manuais e sempre buscar tutoriais;
      - compor e compor músicas, com o tempo vai crescer;
      - observar como os outros músicos fizeram suas músicas no Fl Studio, para isto basta seguir os exemplos e baixar na Internet os arquivos de projetos, que tem uma grande quantidade aliada a uma boa base de estilos musicais.
      - monte no computador no editor de textos e planilhas um glossário sobre os termos técnicos e de teoria musical, vai copiando e colando as partes que você acha interessante, e de tempos em tempos imprima a versão mais atualizada, para deixar do lado computador, para fazer pesquisas e consultas enquanto vai fazendo a música no FL.
      E mais que um simples glossário, vá montando o seu livro sobre a teoria musical e prática em softwares, deixe tudo bem organizado, que vai facilitar o seu estudo.

      E boa sorte, mas lembre só a força da perseverança te vai levar para a frente, sem esquecer das sutilezas da beleza da música, e com o aumento do conhecimento diário você vai chegar onde quer.

      Para futuras consultas recomendo imprimir o presente post.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 15/set/17 10:07
      · votar


      Eita, pergunta complexíssima essa... Com certeza depois de algumas respostas aqui, a pessoa que perguntou já até desanimou...

      Mas é assim mesmo, o que você quer saber é "como mixar uma música" e essa tarefa é realmente complicada.
      Softwares para isso existem aos montes, mas o que você precisa saber primeiro é o fundamento da coisa.
      Trocando em palavras muito simplórias, seria algo do tipo:
      - Gravar cada instrumento individualmente;
      - "Juntar" tudo regulando volumes e panoramas;
      - Limpar ruídos, ajustar frequências e comprimir;
      - Acrescentar efeitos e modulações;

      Falando de forma bem grosseira mesmo...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Alguém pode me dar dicas de iniciante de como juntar instrumentos em uma música, combinando com a

      303.304 tópicos 7.849.410 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital