Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Headroom: potência amp X potência alto-falante

      Autor Mensagem
      TFHG
      Veterano
      # jan/09


      Olá a todos!
      Su novato nesse fórum, e tenho lido o maior número de tópicos possivel.

      No entanto, me ocorre uma dúvida no que se refere à relação potencia do amplificador X potencia de alto-falante quando nos referimos a amplificadoes para instrumentos.

      Em sonorização automotiva, em especial no que tange aos graves, aplica-se ao subwoofer até o dobro de sua potencia RMS em razão dos picos (em alguns casos, até mais que o dobro): Amp de 400 watts RMS em sub de 200 watts RMS (tenho usado essa "regra", e os resultados têm sido ótimos). Justifica-se isso para que o amp trabalhe com folga, conseguindo extrair o máximo do alto-falante, sem sinal clipado.

      Em amplificadores para instrumentos, mais especificamente para contra-baixo, esse artifício também é aplicável? Ou usa-se potência do amp = potência do alto-falante ou potencia do amp < potencia do alto-falante?

      Obrigado!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      TFHG
      Exatamente, vc tem que aplicar o mesmo princípio. A "potência" admissível do falante tem que ser maior que a fornecida pelo amp. Claro que deve se levar em conta a impedância mínima de saída do amp (geralmente 4 ou 8 ohms), como a sensibilidade do falante, que deve ser igual ou maior que 97dB por 1W/1m.
      Abç

      pasb2006
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Em amplificadores para instrumentos, mais especificamente para contra-baixo, esse artifício também é aplicável? Ou usa-se potência do amp = potência do alto-falante ou potencia do amp < potencia do alto-falante?

      Em guitarras, e acredito que em contra-baixo também(só esperar um baixista de plantão confirmar), nos amps transistorizados, recomenda-se que o falante tenha ao menos dobro da potência do amp(pode ter mais sem problemas). Já no caso dos valvulados, recomenda-se 3 vezes a potência do amp, o que não é problemas já que os maiores amps valvulados costumam ter cerca de 100 Watts RMS.

      TFHG
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      Olá! Obrigado pelas respostas.
      Bem, então, em amp para instrumentos, a "regra" é invertida, correto? Ou seja, o alto-falante deve ter o dobro da potência do amp?

      Em sonorização automotiva, para um amplificador de graves de 400 Watts RMS, usa-se um subwoofer de 200 watts RMS

      Em instrumentos, para um amplificador de 100 watts RMS usa-se um alto-falante de 200 watts RMS. É isso?

      Obrigado!

      DotCom
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      TFHG
      Isso, em amplificadores pra instrumentos a coisa é ao contrário...
      Deixa-se pelo menos uma folga, não necessariamente o dobro (tem ampli de 20w com falante de 30, amplificador de 100 com falante de 150...)

      Se o falante tiver uma especificação de potência muito maior que a do ampli, geralmente você tá perdendo em sensibilidade (visto que falantes mais potentes tendem a ter sensibilidade menor), e o som pode ficar "choco".

      abraços

      alele
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      DotCom
      acho que ele trocou as bolas e quis dizer amp de 200W em subwoofer de 400W

      se não, vai queimar o falante... não importa se é pra som de carro ou pra instrumento, amp é amp, falante é falante, menino é menino e macaco é macaco! :-)

      TFHG
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      acho que ele trocou as bolas e quis dizer amp de 200W em subwoofer de 400W
      Não não. É Amp de 400w e sub de 200w mesmo (em aplicação automotiva, apenas).
      Com isso o amp não trabalha em seu limite máximo de distorção, além de ter sobra para os picos de grave. Via de regra a potencia divulgada é obtida com senoidal de 60 ou 100hz. Assim, ele "sofre" com as freq prox de 30hz. Dai, pode usar (a selenium inclusive recomenda isso) amp com o dobro de potencia do sub. Eu, por exemplo, uso um sub de 180watts RMS, com um amp de 400w RMS.

      A minha duvida era se em instrumentos também se aplicada essa técnica de instalação. Pelo que vi é o contrário.

      DotCom
      Veterano
      # jan/09
      · votar


      alele
      em sonorização automotiva (e pelo que vi, em PAs também é recomendado) usa-se um amplificador mais potente que os subs.

      O motivo é que o amplificador de sub não trabalha no máximo o tempo todo, só é exigida uma grande potência em poucos momentos (um slap ou kick do bumbo), e os falantes aguentam um pico de potência maior do que sua potência RMS por um curto período de tempo.

      Com isso, o amplificador tem uma "sobra" para não distorcer nesses momentos.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Headroom: potência amp X potência alto-falante

      300.594 tópicos 7.796.529 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2016 Studio Sol Comunicação Digital