Black Sabbath (1970) - 50 anos depois.

Autor Mensagem
Julia Hardy
Veterano
# 19/fev/20 10:56


Já passou alguns dias, mas, enfim...

O que ficou desse disco pra vocês? Qual é o legado dele, na opinião de vocês?

Beto Guitar Player
Veterano
# 19/fev/20 11:06
· votar


Dizem por aí que esse álbum foi o grande precursor do Heavy Metal e de uma importância inigualável para a história do Rock. Concordo com tudo isso.

Lelo Mig
Membro
# 19/fev/20 11:48 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Julia Hardy

"Qual é o legado dele, na opinião de vocês?"

Eu tenho uma opinião, que muita gente discorda, e já até brigaram comigo por isso, mas é opinião pessoal.

"Independente de gostos pessoais, tirando os Beatles, o Black Sabbath é a banda mais influente no rock".

E, vou mais longe, à partir dos 80, a presença de DNA do Sabbath é maior que de Beatles.

Tudo que veio se tornar o rock pesado, de meados dos 70 com o nascimento do New Wave of British Heavy Metal (Iron Maiden, Judas Priest, Venom, Def Leppard, Saxon, Motorhead e etc), até o mais atual, bandas pós 2010, como Bloody Ceremony, Volvhammer possuem o DNA do Sabbath muito notavelmente.

Do "trio" que definiu o rock pesado, Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath, as características do Sabbath são as que mais deram frutos (porque o metal se subdividiu em centenas de sub estilos) e se manteve menos diluída na mistura.
A importância do Sabbath é indiscutível.

"O que ficou desse disco pra vocês?"

Claro que não ouço mais direto... mas é um álbum que quando ouço ainda me dá prazer. Não me cansa. Também não é datado, soa agradável até hoje.

E, eu tenho a vantagem, que a maioria aqui, infelizmente, não pode ter, de relembrar a experiência sonora, o impacto que esse álbum causou quando o ouvi pela primeira vez no começo dos 70. Foi uma experiência única. Então, ao ouvi-lo eu tenho um plus à mais, que é a lembrança dessa experiência, destas coisas que marcam nossa juventude prá sempre.

BrotherCrow
Membro Novato
# 19/fev/20 12:39
· votar


O primeiro disco do Black Sabbath é lendário e foi um momento especial na história do rock. Era inédito na musicalidade e na temática. No meio de um monte de bandas "paz e amor" com harmonias perfeitinhas, chegam quatro fodidos fazendo música intencionalmente feia.

Eu nasci em 82, então não tive o privilégio de viver essa época, mas sou velho o bastante pra ter visto passar muita coisa e isso me deu uma perspectiva do que é a música que permanece e a que vai embora. Quando eu estava no segundo grau rolou a volta da formação original, com o "Last Supper". A molecada de 15, 16 anos estava pirando com músicas da década de 70. O Black Sabbath me parece ter mais fãs jovens hoje em dia do que a média das bandas da época.

Analisando friamente, a banda melhorou exponencialmente com cada um dos 3 primeiros discos. Master of Reality vai sempre ser o meu preferido. Mas esse primeiro é a revolução.

JJJ
Veterano
# 19/fev/20 12:46
· votar


O disco é bom.
As músicas são boas.
A sonoridade é única (até aquele momento).
A gravação (com os descontos pela época) é bem legal.
As ideias ainda estão naquele momento inicial, cheias de vigor.

Um clássico.

entamoeba
Membro Novato
# 19/fev/20 13:08
· votar


Nunca tinha ouvido o álbum inteiro (até agora). Conhecia N.I.B. e The Wizard.

Não tem músicas icônicas como Paranoid, mas é um bom álbum.

-Dan
Veterano
# 19/fev/20 13:29
· votar


Não suporto a voz do Ozzy no fim das contas.

Sabbath foi lindo com o Ian Gillan

Julia Hardy
Veterano
# 19/fev/20 14:47
· votar


entamoeba

Realmente, não tem músicas acessíveis como Paranoid.

Lelo Mig
Membro
# 19/fev/20 15:01
· votar


Julia Hardy

"Realmente, não tem músicas acessíveis como Paranoid."

Na verdade não creio que sejam acessíveis (com exceção da Paranoid, que nem era prá estar no álbum* e talvez Iron Man).

* Paranoid foi composta em 20 minutos, no próprio studio, porque o produtor falou que faltavam uns 3 minutos de música para "encher o álbum". Iommi fez o riff, Geezer meteu a letra inspirado pelo momento ruim que vivia no casamento, e colocou o nome de Paranoid porque achava que paranoia era a mesma coisa que depressão. Com a música pronta ele achou uma merda e disse pro Iommi que o riff era plágio de Communication Breakdown do Zeppelin, Iommi ficou puto!

A canção entrou assim mesmo, e o nome do álbum foi mudado de War Pigs para Paranoid, porque a gravadora achou que o nome War Pigs ia queimar o filme deles no lançamento nos EUA, já que o clima lá, por conta da guerra do Vietnã estava tenso.

JJJ
Veterano
# 19/fev/20 16:55
· votar


-Dan
Não suporto a voz do Ozzy no fim das contas.
Sabbath foi lindo com o Ian Gillan


HEREGE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beto Guitar Player
Veterano
# 19/fev/20 17:16
· votar


-Dan
JJJ

HEREGE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ²


Coverdale é Whitesnake, assim como Gillan é Purple, assim como Ozzy (e Dio também, vai) é Black Sabbath.

Buja
Veterano
# 19/fev/20 17:22
· votar


Lelo Mig

Historia legal, nao sabia dessa.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 19/fev/20 19:05
· votar


-Dan
Não suporto a voz do Ozzy no fim das contas.
Sabbath foi lindo com o Ian Gillan

HEREGE MALDITO!!!

Julia Hardy
Lelo Mig
Concordo inteiramente com o Lelo com um adendo: A influência dos Beatles transcende o rock e a música em geral, é MUITO abrangente.
Mas no rock a influência do Sabbath (que tive a honra de ver 3 vezes ao vivo!), é maior hoje.
O Sabbath nº 1 não é meu disco preferido da banda (tenho tudo!), mas a sonoridade e os vieses musicais abertos por ele são icônicos. Discaço!
Abçs

Lelo Mig
Membro
# 19/fev/20 19:33 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Mauricio Luiz Bertola

"A influência dos Beatles transcende o rock e a música..."

Também concordo!

"O Sabbath nº 1 não é meu disco preferido da banda (tenho tudo!)"

Concordo e não concordo... O Sabbath é a única banda que não consigo ter um álbum favorito... cada vez que ouço um álbum, acho que é este o favorito...kkkk

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 19/fev/20 20:13
· votar


Lelo Mig
Meus favoritos são o Vol. 4, Sabbath Bloody Sabbath, Sabotage e Heaven & Hell...

JJJ
Veterano
# 19/fev/20 20:25
· votar


Vol. 4, Sabbath Bloody Sabbath e Sabotage são os meus preferidos.

Lelo Mig
Membro
# 20/fev/20 01:03
· votar


JJJ
Mauricio Luiz Bertola

Uma coisa é fato, o Sabbath têm 19 álbuns de studio, alguns até são meia boca, razoáveis, mas ruim não tem nenhum. Até os piores álbuns do Sabbath são melhores que muita coisa por aí.

O Iommi é foda!

Luiz_RibeiroSP
Veterano
# 20/fev/20 01:35
· votar


Com a música pronta ele achou uma merda e disse pro Iommi que o riff era plágio de Communication Breakdown do Zeppelin, Iommi ficou puto!

HUEHUEHUEHUEHUEHUEHUEHEUHEUHEU

leiam a biografia da banda, escrita pelo mick wall. eu rachei de rir do começo ao fim. tudo é hilario.

Ozzy conta que achou um lsd no bolso,tomou e saiu andando. encontrou um cavalo e ficou la conversando com ele uns 30mim. no final o cavalo mandou ele se F0#$#% hauhauhauh

Glezzer disse que ficava pesquisando sobre ocultismo só por "prazer mórbido" enquanto era seminarista. Um dia ele viu uma figura com capuz preto no pé da cama, ficou paralisado de medo, e a figura falou: ou você jura fidelidade eterna ou para de fazer merda uhauhauhauhauhuah. ai ele parou de pesquisar essas coisas e a musica black sabbat é um alerta sobre os perigos do ocultismo.

JJJ
Veterano
# 20/fev/20 07:39
· votar


Luiz_RibeiroSP
ou você jura fidelidade eterna ou para de fazer merda

Provavelmente era outro seminarista, mais sacana, fantasiado...

JJJ
Veterano
# 20/fev/20 07:39
· votar


Luiz_RibeiroSP
ou você jura fidelidade eterna ou para de fazer merda

Provavelmente era outro seminarista, mais sacana, fantasiado...

Julia Hardy
Veterano
# 20/fev/20 07:50
· votar


JJJ

Pois é. A noite é uma criança, por isso padre gosta.

-Dan
Veterano
# 20/fev/20 10:07
· votar


Top 3 Melhores vocalistas do Black Sabbath:

1 Dio
2 Gillan
3 Glen Hughes

Julia Hardy
Veterano
# 20/fev/20 12:47
· votar


Dio, Gillan, Glenn e Tony são substitutos de luxo. Mas, não se equiparam a fase Ozzy. Apesar das outras serem boas também.

Luiz_RibeiroSP
Veterano
# 20/fev/20 17:17
· votar


JJJ
Ele morava sozinho, disse que não tinha usado nada. Deve ter sido pesadelo ou aconteceu mesmo huahuaua.

Julia Hardy
não tinha padre na banda, as noitadas desregradas foram feitas por roqueiros, não padres.

Julia Hardy
Veterano
# 20/fev/20 21:28 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Luiz_RibeiroSP

Você está certo disso?

Julia Hardy
Veterano
# 21/fev/20 11:30
· votar


Por falar nisso, da santa Trindade, quem é o mais icônico, mais influente? Sabbath, Purple ou Led?

Lelo Mig
Membro
# 21/fev/20 12:09 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Julia Hardy

"quem é o mais icônico, mais influente? Sabbath, Purple ou Led?"

Na duração, cujo o DNA é percebido e presente até hoje de forma mais clara e rendeu mais sub gêneros... sem dúvida o Sabbath!

No início dos 70, a influência do Zeppelin foi maior. Pode se dizer que o Led definiu o "Hard Rock" (apesar de já existir), mas o Led é o marco e o molde do estilo. Influenciou inclusive o próprio Sabbath e o Deep Purple.

Posso afirmar isso, porque quando o Sabbath estava preparando material para seu primeiro álbum, o primeiro álbum do Zep saiu. Eles conheciam o Robert Plant pessoalmente. E o jimmy Page já era famoso na Inglaterra (no meio musical) por causa dos Yardbirds.
Ozzy ouviu o álbum e gostou bastante. Perguntou ao Iommi o que ele tinha achado e ele disse: "O álbum é bastante bom, mas o nosso vai ser ainda mais pesado". E "pesou" mais a mão para as canções do primeiro álbum do Sabbath.

O Deep Purple é mais antigo, seus primeiros álbuns são bons, mas são apenas "mais uma banda da onda British Rock" do final dos 60. Você percebe a "mudança", que o DP ganha a sua cara, justamente em 1970 no álbum In Rock (que, diferente do Led e Sabbath) já era seu QUINTO álbum.

E o que muda? Justamente o peso. Ocorreu a mesma coisa que com o Sabbath. Blackmore sugere a John Lord que eles precisam soar mais pesados, inclusive eles mudam o baixista e o vocalista para tal feito, é quando entram Ian Gillan e Roger Glover e o In Rock é bem pesado.

(obs: alguns podem dizer, mas peraí? tem o Orchestra antes... já com Gillan e Glover. Mas este não conta, isso foi praticamente um projeto solo do John Lord que já estava "programada" e ocorreu bem nessa mudança de formação).

Até meados do 70 o Zep é a mais bem sucedida, tanto como influência, como sucesso de shows e vendas.

O Sabbath nesta fase inicial, não era "grande", não era como vocês os veem hoje em dia. É só vocês procurarem e compararem os shows do Zeppelin nos 70 (Madison Square Garden - Royal Albert Hall) e do Sabbath. Sabbath só tocava em muquifo.

O DP era outra pegada... um lado mais "músico", mais elite. Tocavam em festival de Jazz, Montreaux, este tipo de coisa, mais fusion. Arrebentar a boca do balão mesmo eles arrebentaram no Japão, alguns anos depois.

E a influência direta do DP, também será mais tarde, nas bandas dos anos 80. Deep Purple e, principalmente o Rainbow, são a grande influência do Metal Melódico.

Mas, o tripé Led, Sabbath e Purple é essencial e de certa forma se soma e definem quase tudo que virá depois.

JJJ
Veterano
# 21/fev/20 12:34
· votar


Lelo Mig
á era seu QUINTO álbum.

fiquei na dúvida aqui...

Shades of Deep Purple;
The Book of Talyesin;
e, como você falou, o da orquestra...

faltou um aí que eu não conheço.

Lelo Mig
Membro
# 21/fev/20 13:16 · Editado por: Lelo Mig
· votar


JJJ

1 - Shades of Deep Purple (1968) - O que têm Hush, certo?

2 - The Book of Taliesyn (1968) - O da capa toda desenhada que têm Wing That Neck, certo?

3 - Deep Purple (1969) - O terceiro, da capa que (senão me engano) é uma pintura do Hyeronimus Bosch, que têm Chasing Shadows.

4 - Deep Purple Orchestra

Deep Purple 3

JJJ
Veterano
# 21/fev/20 20:45
· votar


Lelo Mig
3 - Deep Purple (1969) - O terceiro, da capa que (senão me engano) é uma pintura do Hyeronimus Bosch, que têm Chasing Shadows.

Cara... não lembro desse... será que não saiu no brasil?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Black Sabbath (1970) - 50 anos depois.