Alguém poderia me dizer qual o gênero dessa música?

    Autor Mensagem
    TheXablau
    Membro Novato
    # 22/mai/19 18:32 · Editado por: TheXablau




    Alguém poderia me dizer qual o gênero/estilo dessa música?
    Parece um jazz, mas me parece ter uma vertente, gostaria de saber qual é.
    Ou se puderem me detalhar mais sobre :)

    Obrigado!

    Ningen
    Veterano
    # 22/mai/19 19:26 · Editado por: Ningen
    · votar


    É um "Frank Sinatra" que não canta lá essas coisas montado no autotune...

    Lelo Mig
    Membro
    # 23/mai/19 15:56
    · votar


    TheXablau

    Isso não é jazz...é uma balada romântica.

    A associação ao Jazz se dá por conta do vocal à lá Frank Sinatra, mas Sinatra assim como outros cantores de jazz gravaram muitas baladas.

    My Way, por exemplo, não é jazz.

    TheXablau
    Membro Novato
    # 23/mai/19 20:08
    · votar


    Isso não é jazz...é uma balada romântica.

    Mas balada romântica se encaixaria em qual gênero musical?

    Lelo Mig
    Membro
    # 23/mai/19 21:36
    · votar


    TheXablau

    Balada é, no geral, um estilo de composição cadenciada e tematica romântica.

    É um estilo por sí só (romântico)... acontece que todo mundo, Pop, Rock, Jazz, MPB e etc. gravam baladas.

    Você até pode por um peso "balada rock", um suíngue, e etc... a banda Panic at the disco é considerado rock alternativo, mas balada é balada!

    fernando tecladista
    Veterano
    # 23/mai/19 22:43
    · votar


    Mas balada romântica se encaixaria em qual gênero musical?

    gênero "mela cueca"

    Ramsay
    Veterano
    # 24/mai/19 23:56
    · votar


    TheXablau
    Trata-se apenas de uma balada lenta convencional.
    O termo "romântico" é aplicável ou não, dependendo do contexto.

    JJJ
    Veterano
    # 25/mai/19 18:12
    · votar


    Gênero: música chata. Parece tema de desenho animado da Disney.

    Só esse começo com uma sequência harmônica mais manjada que I IV V em 12 compassos já me deu vergonha alheia.

    Siruiz
    Membro Novato
    # 26/mai/19 23:27
    · votar


    O começo, que repete toda a música, é muito parecido com "Carinhoso" de Pixinguinha.
    Será plágio?

    Não sei nomear esse gênero, eu suporia um rock com canto de Jazz e uma balada à Pixinguinha no fundo. De algum modo me lembra Coldplay, contudo.

    Lelo Mig
    Membro
    # 26/mai/19 23:45
    · votar


    "eu suporia um rock com canto de Jazz e uma balada à Pixinguinha no fundo"

    Galera complica....isso não existe.

    Balada é balada! Assim como valsa é valsa, bolero é bolero e etc....


    putakipariu!

    fernando tecladista
    Veterano
    # 27/mai/19 20:40 · Editado por: fernando tecladista
    · votar


    com canto de Jazz

    pela mor de deus, jazz passou longe disso, quanto o rock progressivo passa longe do ximbinha

    custa chamar só de "balada"
    só isso nada mais

    se a pessoa não entende ai você explica falando "balada romantica"
    se mesmo assim a pessoa não entende chama só de romantica ou lentinha

    mas é balada
    E SÓ



    é muito parecido com "Carinhoso" de Pixinguinha.
    Será plágio?


    meu é só a 5ª andando nada mais
    plagio é se o cara pegar isso e sair cantando "meu coração..." e cantar uma frase inteira
    se isso for um plagio qualquer Do7 chamando o refrão em F será plagio de hey jude


    não compliquem o inecomplicavel

    música é simples

    Siruiz
    Membro Novato
    # 28/mai/19 12:26
    · votar


    A não ser que haja alguma gravação ou partitura anterior a Pixinguinha indicando algo semelhante, para mim fica meia orelha e inteira pulga.

    Para além das notas, o ritmo é quase idêntico.

    Considero gênero musical campo de abstrusas simplificações; simpatizo com neologismos e compostos, afinal, "muita coisa importante falta nome".

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 28/mai/19 12:59
    · votar


    Siruiz
    O gênero musical te coloca numa caixinha pequena, apertada, te limita. A primeira vista, isso pode parecer ruim, mas não é. O importante é vc saber que na verdade o gênero não está te limitando, e sim descrevendo algumas características que são aplicadas a vários artistas, um padrão. Veja, no metal vc espera nota pedal cavalgada, mas vc pode tocar metal sem isso, e existem músicas com isso que não são metal. Se vc começa a explicar demais uma obra específica, vc não está separando (criando, identificando) um gênero, vc está simplesmente descrevendo aquela obra específica.

    Siruiz
    Membro Novato
    # 28/mai/19 16:15 · Editado por: Siruiz
    · votar


    Se vc começa a explicar demais uma obra específica, vc não está separando (criando, identificando) um gênero, vc está simplesmente descrevendo aquela obra específica.

    Gostei desse argumento.
    Mas o contraponto é que, só esse descontentamento faria surgir um novo gênero.
    O que significa, afinal, dizer que aquela canção é uma balada?

    Considero que a definição de gênero deve se dar pelos elementos que constituem a compreensão por um determinado público. E nisto que hodiernamente isto é problematissíssimo, dada a facilidade de qualquer um acessar, num youtube da vida, um mundo de conteúdo ao qual não se está genericamente preparado para escutar/compreender.

    acabaramosnicks
    Membro Novato
    # 28/mai/19 17:18 · Editado por: acabaramosnicks
    · votar


    Siruiz
    Mas o contraponto é que, só esse descontentamento faria surgir um novo gênero.

    O que significa, afinal, dizer que aquela canção é uma balada?

    Considero que a definição de gênero deve se dar pelos elementos que constituem a compreensão por um determinado público.


    Sim, isto é verdade, em partes. Se todo mundo começa a chamar o cavalo de onça, não significa que o cavalo agora deve ser chamado de onça, significa que todos, em sua ignorancia, estão errados. Isso porque os termos já foram previamente estabelecidos. Se depois surgir um cavalo pintadinho, podemos dizer que a diferença é grande o suficiente pra chamá-lo de cavalo-onça, sendo esta uma nova espécie, porque é algo novo e se parece com outras coisas que já existiam, mas o cavalo continua sendo cavalo e a onça continua sendo onça. A menos que MUITA GENTE MESMO comece a chamar o cavalo de onça, daí realmente teve uma mudança na linguagem. Ainda não é o caso da balada, o termo não deixou de significar este gênero, somente tomou mais um significado, que é aquele lugar lá onde tem música alta e luzes etc... ce ta ligado do que eu to falando...

    Um exemplo mais prático e atual disso é o funk. Porque o povo chama o funk de funk se funk não é funk? Funk é funk, não funk. Percebe? Está errado chamar o funk de funk porque o termo já era utilizado antes pra designar outra coisa.

    Daí vc pode dizer que o idioma (e a linguagem de maneira geral) é mutável, que termos antigos caem em desuso e os mesmos termos mudam de significado ao longo do tempo. Mas até isso acontecer, quem chama a balada de outra coisa está errado. E quem começa a colocar subgêneros de baladas não está necessariamente errado, só está prestando um desserviço ao aumentar a complexidade da categorização, que era pra simplificar as coisas. Daqui 10 anos pode ser que isso já não seja verdade, como pode ter acontecido com o funk (infelizmente).

    Realmente, o fato de o povo estar não somente mais ignorante, como também mais convicto de que sua ignorância está alinhada com a verdade, pode fazer com que esse tipo de problema ocorra com mais frequência e mais cedo.

    makumbator
    Veterano
    # 28/mai/19 17:41
    · votar


    acabaramosnicks
    Percebe? Está errado chamar o funk de funk porque o termo já era utilizado antes pra designar outra coisa.

    O chamado funk carioca é sim funk, pois um universo grande de pessoas o chamam assim. Não importa se o nome já era usado antes pra outro tipo de música (se assim, fosse, não poderíamos ter palavras iguais significando coisas completamente diferentes, como a manga (fruta) e a manga (de camisa)).


    Nem vejo como um fator de ignorância ou não das pessoas. A língua está sempre mudando (como você mesmo observou), e está "cagando" para o fato de ser correto ou não. Um monte de palavras hoje dicionarizadas nasceram de erros e corruptelas vindas de outras línguas. Então, funk, no Brasil, não é mais apenas aquele estilo lá do James Brown e similares.

    Siruiz
    Membro Novato
    # 28/mai/19 18:09
    · votar


    Iaguara em tupi era onça.
    Era também o único - ou quase - mamífero feroz da América do Sul.

    Não conheciam, naturalmente, os cachorros, que, enquanto mamíferos ferozes, passaram a também serem chamados de Iaguara.
    Em seguida, a onça virou Iaguareté (ou onça(Iaguara) verdadeira(eté))

    Na mesma linha,o funk raiz poderia vir a ser o fanqueté.

    Lelo Mig
    Membro
    # 28/mai/19 19:06 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    acabaramosnicks
    makumbator

    As coisas não surgem "do nada"... um termo pode se desviar de sua origem mas tem motivo.

    Os bailes "de favela" existem desde o final dos 60. Os DJs tocavam "música de preto"... Muito James Brown, Parliament Funkadelic, The Meters... Cassiano, Tim Maia, Banda Black Rio, Gerson King Combo... eram chamados de Bailes Funk.

    Com o tempo os DJs foram incluindo RAP, Hip Hop, Break, com a inclusão de MCs começaram a fazer suas músicas e não só tocar. Surge o Funk Carioca.

    O nome Baile Funk se manteve e o termo Funk Carioca é por causa dos bailes.

    Beijinho na bunda de vocês!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Alguém poderia me dizer qual o gênero dessa música?