As 12 notas da música

Autor Mensagem
Strondell
Veterano
# jan/09


Aeee pessoal!
Eu pretendo me aprofundar o máximo possível na área da música, e comecei a pesquisar e talz. Mas comecei a pensar: na nossa música há somente 12 notas, e geralmente numa música irão haver, por exemplo, 9 dessas 12 notas... Ateh ai tudo bem. Mas há muuuuitas outras notas que a gnt naum usa. Por exemplo, do Dó pro Ré há o Dó# ou Réb, mas do Dó para o Dó# há outro som que a gnt nem explora, que seria 1/4 de um tom, e assim vai.
Alguém sabe por que naum usamos mais notas? E há como driblar isso?

Abraçãooo!

busterchair
Veterano
# jan/09
· votar


tem o si fumol!

MauricioBahia
Moderador
# jan/09
· votar


Strondell
E há como driblar isso?
Tocando desafinado! ;-) hehe
Abs

Atum Bluesman
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell
Alguém sabe por que naum usamos mais notas? E há como driblar isso?

Não usamos pois no geral tocamos instrumentos temperados, aonde as notas são mais claramente divididas.
Se usarmos instrumentos não temperados conseguimos usar mais facilmente essas notas que você fala.

Lucas_fms
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell

Esse tipo de intervalo não é usado na música ocidental. Mas se faz presente na música de diversas culturas não ocidentais

MauricioBahia
Moderador
# jan/09 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Strondell

Sante Iohannes, Ut queant laxis, Resonare fibris, Mira gestorum, Famuli tuorum, Solve polluti, Labii reatum.


Em suma, alguém teve que definir parâmetos e nomenclaturas senão as pessoas não conseguiriam tocar em conjunto, dentro de uma harmonia. Imagina o quanto desafinados ficaríamos.

Acho que foram os gregos que definiram esse sistema de notas musicais... agora não sei. Só há uma jeito de saber!!!!

Abs

james_the_bronson
Veterano
# jan/09
· votar


Não foi Pitágoras o primeiro que dividiu a escala???

Chute do meio de campo...

Strondell
Veterano
# jan/09
· votar


Mas alguém sabe qual instrumento ocidental usa afinação não-temperada??

makumbator
Veterano
# jan/09 · Editado por: makumbator
· votar


Strondell


vozes, toda a família do violino(violino, viola, cello e contrabaixo), trombone, trompa, tímpanos, contrabaixo elétrico sem trastes, etc... na verdade, quase todos os instrumentos ocidentais podem tocar notas fora do sistema de temperamento igual.

Além da música oriental, no ocidente também se usam intervalos menores que o 1/2 tom em música erudita contemporânea. Na música indiana, há sistemas de afinação com até 30 notas na oitava.

No passado do ocidente(período clássico para trás), usavam-se sistemas de afinação diferentes do temperamento igual. Bach, por exemplo, preferia o sistema Werkmeister III, que é um sistema de temperamento desigual(também são 12 notas na oitava, mas cada tonalidade tem intervalos diferentes das outras, personificando a sonoridade de cada uma).

Procure gravações de música barroca com instrumentos de época. Assim você poderá ouvir como soam alguns sistemas de temperamento desigual.

Dogs2
Veterano
# jan/09
· votar


Tem também a música microtonal, que num deixa de ser contemporânea, e usa intervalos menores que meio tom. Acho interessante pelo menos pra ouvir e entender, procura por Carrillo e Partch

mum
Veterano
# jan/09
· votar


Procure por algum baixista que esteja começando a tocar fretless que ele te mostra como é possível hehehe

Strondell
Veterano
# jan/09
· votar


Opa, agora sim!
Entom tb daria pra tirar os trastes de um violão pra "tirar" ele do sistema temperado?

Abraçãoooo, ja me tirarm mtas duvidaaas!

mum
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell
em tese sim... existe guitarra fretless também, não? o conceito é o mesmo!

Prof. Grosélio
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell
do Dó para o Dó#

Continue estudandoooooooooooooooo. E se tiver dúvida pergunte. Não há nada de errado em perguntar. O que voce não pode e nem deve é ficar na dúvida.
Um abraço

mjcmello
Veterano
# jan/09
· votar


Entom tb daria pra tirar os trastes de um violão pra "tirar" ele do sistema temperado?

É melhor tocar cítara...

jimmy vandrake
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell

A Citara é destemperada, e possue grandes variações entre uma nota e outra. Por isto sua sonoridade não agrada a ouvidos leigos.

Quem quiser experimentar pode usar o slide e observar maiores variações na guitarra ou violão.

Strondell
Veterano
# jan/09
· votar


Prof. Rosélio Araujo

XD, fmz, brigadãoo!

...Entom eu vo aproveita e bota + uma dúvida uhauah
Se eu usasse um violão sem trastes, e na minha música tivesse em tal momento um Dó sustenido por 1/4 de tom, como eu colocaria isso na partitura?

Abraçãooo!

ghostbastard
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell


Cara, eu já vi vc fazendo perguntas no forum de gaita tbm. Então acho que isso vai te interessar:

na gaita é possível, devido à execução do bend, fazer notas que estão dentro desse quarto de tom. Isso acontece com bastante frequencia, pode notar em musicas que qualquer bluesman das antiga eles usam, na nota que chamam de blues third, que fina no furo 3 aspirado, quando vc dá um bend muiiito de leve, não o suficiente pra alterar pra meio tom (o que muita gente já sofre pra fazer) mas que muda o timbre da nota.

Strondell
Veterano
# jan/09
· votar


ghostbastard

Eh sim cara, eu entrei a pouco tempo no fórum dos gaitistas xD
Me interessou sim!

Brigadãoo!

makumbator
Veterano
# jan/09
· votar


Strondell
Se eu usasse um violão sem trastes, e na minha música tivesse em tal momento um Dó sustenido por 1/4 de tom, como eu colocaria isso na partitura?

Na música contemporânea erudita microtonal, existem sinais específicos para quartos e oitavos de tom. Mas não são sinais totalmente padronizados. Desde que o autor deixe claro na bula da partitura a convenção usada, não há maiores problemas.

Consulte o livro Teoria da Música, de Bohumil Med, editora Musimed. Ele exemplifica essa questão da microtonalidade.

Tarara_Leo
Veterano
# jan/09
· votar


Imagine como deve ser escrever uma partitura para essas notas entre o dó e o dó#.

Lucas_fms
Veterano
# jan/09
· votar


james_the_bronson

Não foi Pitágoras o primeiro que dividiu a escala???

Ele mesmo!

Rafael Walkabout
Veterano
# jan/09
· votar


Bacana o tópico.Jamais pensei nisso e nem sabia desses instrumentos e a questão da microtonalidade.

Thio
Veterano
# jan/09
· votar


makumbator
Consulte o livro Teoria da Música, de Bohumil Med, editora Musimed. Ele exemplifica essa questão da microtonalidade.

Também é absurdamente bom o "Harmonia" do Arnold Schoenberg.

Vai na fé!

makumbator
Veterano
# jan/09
· votar


Thio

Esse é "o" livro de harmonia, mas é muito complexo para iniciantes, acho que pode assustar quem está começando a estudar teoria. Só juntando as notas de rodapé(presentes em quase todas as páginas) deve dar um livro de tamanho médio! Por isso sempre indico o do Bohumil nesses casos, tem teoria simplificada(sem reduções inaceitáveis) e um pouco de exercícios.

Strondell
Veterano
# mai/09
· votar


Eu vo tenta ressuscitar o tópico xD

Eu tenho uma base da teoria, sei ler partituras, formar acordes, montar escalas, ver tonalidade da música e talz. Com isso daria pra acompanhar o "Harmonia", do Schoenberg?

Ainda com o tema principal do tópico, eu to pensando em futuramente fazer aula de algum instrumento não temperado!
E pq q não colocam um Dó "semi"-sustenido, por exemplo, numa música, se pode haver situações em que ele se encaixaria?
Cara, eu ainda n entendo pq soh 12 notas, pq mesmo dando pra fazer uma infinidade d músicas, os orientais tem 1/8 de tom!
Uma nota com intervalo de 1/4 d tom já ia dar outra dimensão pra música q a gnt conhece!

TG Aoshi
Veterano
# mai/09 · Editado por: TG Aoshi
· votar


Strondell
É um livro um tanto complicado de se ler. Posso estar falando besteira, mas acho que o legal mesmo é ter uma experiência prévia com harmonia, além disso, um certo nível de treino auditivo também cai bem.

Agora, o que conta mais é você, se não tem preguiça, gosta de estudar e pesquisar, compra o livro, tenta ler, caso não consiga acompanhar, mas realmente pretende estudar teoria a sério, é um livro que invariavelmente vai acabar lendo/precisando mais tarde.

Nelton88
Veterano
# mai/09
· votar


fecha esse tópico pelo amor de Deus

Close Topic!!!

The Root Of All Evil
Veterano
# mai/09
· votar


Eu amo o makumbator.

kiki
Moderador
# mai/09
· votar


james_the_bronson
Não foi Pitágoras o primeiro que dividiu a escala???
Chute do meio de campo...

não só foi, como seu "chute no meio" foi preciso.
ele começou dividindo uma corda no meio e achando a oitava.
depois em 1/3, 1/4, 1/5
e assim nasceu o monocórdio, instrumento de uma corda só.

Strondell
Cara, eu ainda n entendo pq soh 12 notas, pq mesmo dando pra fazer uma infinidade d músicas, os orientais tem 1/8 de tom!
Por que ter todas opções do mundo não significa que vai ser útil.
Se eu te der um photoshop, ele pode te criar 16 milhões de cores, com inúmeras opções de pincel. Voce consegue fazer um desenho bom pra mim?
A limitação também propulsiona a criatividade.

A divisão em 12 semitons organiza a escala de acordo com as notas harmonicamente mais proximas. As demais subdivisões são mais dificeis de harmonizar. O que não significa que não sejam usadas, vide os vibratos, bends, slides. Mas não como notas de repouso.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a As 12 notas da música