Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Amplicficação ridícula na linha CTK iniciante da CASIO

      Autor Mensagem
      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10


      Qual o porquê de amplificadores tão fracos nos modelos atuais CTK-2000, CTK-2100, CTK-3000 e CTK-4000? Hoje em dia é possível comprar rádios baratos com boa amplificação: 6W ou até 8W totais; enquanto se paga mais de R$500 nesses modelos para uma amplificação dessas!.. O CTK-2000 tem 2W por caixa, totalizando 4W. O CTK-2100, que seria uma suposta evolução do CTk-2000 vem com 1,6 por caixa! Ou seja, "evoluiu" de 2 para 1,6 watts :D. O CTK-3000 vem também com 4W totais e o CTK-4000 com 5W totais em duas caixas. Cito o exemplo do teclado chinês ARK-2173 que tem duas saídas de 6W cada, totalizando 12W, já tá melhor. Não tem porque uma empresa como a Casio fazer isso com seus produtos. Poderia ser melhor. Um abraço a todos. Raul.

      fontes:
      www.casio.com.br/emi/standard/ctk2000.html
      www.casio.com.br/emi/standard/ctk2100.html
      www.casio.com.br/emi/standard/ctk3000.html
      www.casio.com.br/emi/standard/ctk4000.html
      www.made-in-china.com/showroom/aierke/product-detailWoXJApkHVQhm/China -Musical-Instrument-ARK-2173-.html

      www.palcomp3.com.br/raulmendes

      PauloFernando
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Colocar mais potência exige componentes mais caros. Potência implica em fontes melhores, disspadores de calor e outros items.

      Além disso some mais 2 items, se é para iniciante ele apenas vai estudar, 4 watts é suficiente.
      Se for para tocar pra outros vc precisa e sempre precisará de um amp.

      E o outro fator é estratégia de market. Uma empresa sempre deixa um item faltante nas linhas de baixo para forçar você comprar um ou uns nivel(is) acima. Isso é feito porque instrumentos top tem mais valor agregado com custo relativamente próximo a uma linha inferior.

      ThyagoAmaral
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Em potência 6w + 6W não é 12... é 7w isso não é uma soma linear!!! É uma soma logarítima!!!

      tecladoprofusao
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      ThyagoAmaral
      Isso não seria no caso da potência em DbW?

      TrebleH
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      teclado chinês ARK-2173

      Falando nisso... esses teclados tem futuro?? tipo eu n conheço eles de som não.. só de vista.. me pareceram teclados de brinquedo... plastico ruim.. etc etc etc.. penso q estão abaixo de Casio.. mais qm v tecla n v som ne??....

      Como são esses teclados.. to com razão ou to enganado??

      ThyagoAmaral e tecladoprofusao


      Me senti uma capivara aki agora.. .xD.. n entendi nada kkkkkkkkkkkkkkk.. (vcs conhecem viu>...)

      rodolfo1982
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      ThyagoAmaral
      m potência 6w + 6W não é 12... é 7w isso não é uma soma linear!!! É uma soma logarítima!!!


      Cara, lembro de tu ter comentado algo parecido em outro tópico também. Há uma confusão de nomenclaturas e medidas aí.
      Em se falando de potência (que é medida em Watts), a soma é linear sim. Dois alto-falantes ou amplificadores de 100W, juntos, dão 200W, o dobro de potência.
      Lembrando da física, eletricidade e Lei de Ohm, isto é simples: Potência = V (tensão) X I (corrente). Se eu tenho uma fonte de tensão (o sinal musical), e coloco uma carga (um alto-falante), tenho uma determinada potÊncia. Se eu coloco outro alto-falante em paralelo, mantendo a tensão, a potência dobra.

      Neste caso, há a confusão com "nível de intensidade sonora", este sim medido em dB, e que nÃo é linear de acordo com a potência.
      Na escala logaritmica, 3 dB seria o dobro. Ou seja, se tenho um alto-falante de 100W e coloco outro de 100W junto, terei sim 200W. Mas, em termos de intensidade sonora, aumentei apenas 3 dB, o que é pouco para o ouvido humano. Por isso que o dobro de potência, embora eletricamente e fisicamente esteja correto, não é tanto assim para nosso ouvido.

      Se aumento em 6dB o nível de intensidade sonora, aí sim já é um valor mais perceptível, mas isto equivale a quadruplicar a potÊncia, ou seja, transformar 100W em 400W.

      Enfim, estamos falando da mesma coisa, mas o termo seria o nível de intensidade sonora, e nÃo a potência, pois a potência é sim a soma linear dos amplificadores ou caixas de som.

      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10 · Editado por: Raul Vinícius
      · votar


      TrebleH

      É que eu abordei apenas a questão da amplificação, não qualidade de timbres, ritmos etc...

      TrebleH
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Raul Vinícius

      não brother.. eu perguntei soh de curiosidade mesmo...!!

      xD

      tecladoprofusao
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      rodolfo1982
      Tá... Vou tentar explicar rsrs...

      "Bel" (B) é uma relação usada para comparação entre duas potências. É definida por Log (P1/P2). Como essa relação é grande pras aplicações comuns, usa-se o Decibel (dB), sendo definida por 10 Log (P1/P2). Isso serve pra potência de amplificadores, energia propagando em ondas mecânicas (ou som rsrs), irradiada por antenas, por luzes, etc. É simplesmente uma relação matemática entre dois valores. Pra som, a unidade certa é dB SPL (Sound pressure level - nível de pressão do som)

      Então... onde entra o volume do som em decibéis? Simples. Fazemos igual a temperatura: tomamos uma referência e chamamos ela de zero. No caso do som, tomamos como padrão o valor de pressão dinâmica de 20 uN/m², que é na média a menor intensidade que o ouvido humano consegue captar. Transcrevendo o exeplo do livro hehe... se em um ambiente a energia acústica no ar provoca uma pressão dinâmica de 2 N/m², temos 2 * 10 Log (2/0,00002) = 20 Log (100.000) = 100 dB SPL.

      A mesmíssima coisa acontece com potência de amplificadores: se definirmos um "zero" de 1 W, podemos representar a saída de qualquer amp em uma relação de decibéis, expresso por dBW. Por ecemplo, um amp com 100W RMS tem uma saída de 10 Log (100/1) = 10 Log 100 = 20 dBW


      No caso do amplificador, 6W + 6W = 12W. O ganho de potência é de 10 Log (12/6) = 3dB. A potência total é de 7,8 dBW. O volume do som depende da eficiência do alto-falante e construção das caixas.

      Pra quem quiser uma leitura interessante e agradável sobre engenharia de áudio, eu recomendo o livro "Áudio Engenharia e Sistemas - A Bíblia do Som" de Luís Fernando Cysne. ;)

      rodolfo1982
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      tecladoprofusao
      Sim, isto está certo.
      Mas você mesmo disse: 6W + 6W =12W. Isto é fato !

      É isto que eu me referí. A potência total de duas caixas de som, em Watts, é a soma linear das duas sim.
      Aquilo que o Thyagoamaral quis dizer é a expressão do ganho de potência em dB, lembrando que o ganho, não sendo em dB, é o dobro, e em Watts também.
      A soma não é linear apenas se estivermos falando do ganho de potência em dB, e da relação entre as duas potências.

      Pois dizer que duas caixas de 3W juntas não dão 6W está totalmente errado. Duas caixas de 3W produzem sim a mesma potência do que uma caixa de 6W. Foi a essa afirmação que eu me referí, que lí em outro tópico também. Há uma confusão entre unidades e nomenclaturas.

      fernando tecladista
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      teclado chinês ARK-2173 que tem duas saídas de 6W cada, totalizando 12W
      CTK-4000 com 5W totais em duas caixas

      é tudo relativo, primeiro que já virou festa essa coisa de medir potencia, cada um fala uma coisa, mesmo quando se fala em RMS
      tem um "radinho" aqui em casa que diz que tem 100W "RMS" com dois falantinhos ridiculos, dá até dó de quando olho pro meu ampli com falante de 15 que também tem 100W RMS

      esses 5W da casio devem soar bem melhor que os 12W de um ARK

      hoje qualquer teclado tem o basico estudar em casa e só
      é só lembrar da linha PSR X00: 200,300,400,500 e 600
      um 300 tinha muito mais potencia que um 310 que tem mais potencia que um 313 de hoje

      não é só a casio que é "malvadinha"

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # jun/10 · Editado por: Jonathas Lacerda
      · votar


      Olhando as funcionalidades só pela foto, para iniciantes, os importadores brasileiros CSR, Gang poderiam trazer esses aqui:

      SONOR (OEM) 3005

      Meike MK 935

      DRM 610A

      DRM 620C

      Página da Meike/Dynasun
      Página da DRM/LIDA/Hunter

      Cleber Vaz
      Veterano
      # jun/10 · Editado por: Cleber Vaz
      · votar


      Se for para tocar pra outros vc precisa e sempre precisará de um amp.

      Justamente, não tem porque esperar que um teclado tenha grande potência nos falantes embutidos.

      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      fernando tecladista

      Oi Fernando tecladista, acho que o seu "radinho" estaria indicando potência PMPO, não?

      fernando tecladista
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      acho que o seu "radinho" estaria indicando potência PMPO, não?
      não pmpo passa dos 1.000
      :)

      hoje vi em uma loja um treco desse e lembrei do tópico
      http://www.p4c.philips.com/cgi-bin/dcbint/cpindex.pl?ctn=MCD388/55&scy =BR&slg=pt

      cada orelha dele 20W mais o sub com 60W
      duvido que isso bate junto com um ampli de guitarra ou teclado de 100


      ---------------------
      estava vendo os psr

      os 313, 413... pelo que li também tem lá 2x2.5W


      dá uma pequisada outros modelos da casio e vai ver que é diferente:
      um ctk 5000 ou um WK tem 2x6W

      e não dá pra passar disso, os PSR 600e 510 que tive tinham potencia boa, nem dava pra colocar no talo porque o teclado tremia todo

      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Jonathas Lacerda

      Realmente, Jonathas. Esses teclados são até bem completinhos. A Groovin importa o Meike MK-2061 e o vende como GSR-6100.

      fernando tecladista
      O CTK-5000 é de "alta tecnologia", então cabe essa potência nos falantes. Além do mais são 4 falantes porque há duas saídas em cada lado.

      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10 · Editado por: Raul Vinícius
      · votar


      Cleber Vaz
      não tem porque esperar que um teclado tenha grande potência nos falantes embutidos

      Oi Cleber, depende... veja só o Privia PX130: ele tem 16W de potência, alto falantes(13cm + 6cm)x2 embutidos de de 8W cada, são quatro saídas. Numa sala, se todos fizerem silêncio, é possível ouvir o som dele sem a necessidade de um amplificador extra.

      tecladoprofusao
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      fernando tecladista
      hoje vi em uma loja um treco desse e lembrei do tópico
      http://www.p4c.philips.com/cgi-bin/dcbint/cpindex.pl?ctn=MCD388/55&scy =BR&slg=pt

      cada orelha dele 20W mais o sub com 60W
      duvido que isso bate junto com um ampli de guitarra ou teclado de 100

      Da Philips eu acredito que bata sim. Tenho tido ótimas experiências com aparelhos dessa marca, principalmente com fones. Tanto Philips, como Pioneer e agora Hercules. ^^

      rodolfo1982
      Isso! =)

      fernando tecladista
      e não dá pra passar disso, os PSR 600e 510 que tive tinham potencia boa, nem dava pra colocar no talo porque o teclado tremia todo
      O PSR 2100 tem 2 x 11W. Quando coloco o volume no talo e jogo um grave bem dado, o bicho parece que vai explodir. Não acho que 2W sejam suficientes pra qualquer equipamento que não saia de um quarto ou sala. E se usaram alto-falantes mais sensíveis e caixas mais bem construídas, faz sentido, e muito, evoluir de 2W pra 1,6W se o volume no final for o mesmo ou maior.

      Cleber Vaz
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Raul Vinícius

      Numa sala, se todos fizerem silêncio, é possível ouvir o som dele sem a necessidade de um amplificador extra.

      Com certeza, assim como um CTK, porém para tocar com outros instrumentos o silêncio fica fora de questão.
      O YAMAHA P70, por exemplo, também tem um som legal mas não serve para tocar com mais instrumentos, elétricos pelo menos.
      Toda sexta feira eu participo de umas Jams na casa de um amigo que tem um CTK e liga no amplificador, porém quando não tem mais ninguém, o som dos falantes dá pro gasto, é pouco mas serve ao propósito de tocar só.

      Raul Vinícius
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Então, qual seria o propósito de uma amplificação de 3,2W(1,6+1,6), como no CTK-2100? Mesmo sendo um teclado de iniciante, ele tem 48 notas de polifonia. Um grave bem dado, como disse Tecladoprofusao, faria essas caixas tremerem e o som sair feio, realmente, não entendo... :(

      Cleber Vaz
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Raul Vinícius

      Então, qual seria o propósito de uma amplificação de 3,2W(1,6+1,6

      Como foi dito mais acima, 1,6W + 1,6W não é 3,2W, a soma não é linear mas isso não vem mais ao caso pois essa questão é realmente simples, se você quer praticidade e quantidade de equipamentos minimizada você usa fones de ouvido ou os falantes embutidos, mas se a questão é potência a amplificação integrada do CTK esta fora de questão; mas mesmo assim eu não a considero ridícula.

      Gus79
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Olha, o melhor falante de um teclado arranjador que tive foi... o do Medeli MC-760!!!

      Tinha um de 15W e outro de 2W de cada lado. Total: 34W!!!

      Realmente o bichinho falava beeeem alto. Era mais que suficiente para animar uma reuniãozinha com instrumentos acústicos em uma sala, e até aguentava levar o som quando alguém levava uma viola plugada em um daqueles amplizinhos pequenos de violão e guitarra.

      Surpreendente!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Amplicficação ridícula na linha CTK iniciante da CASIO

      306.280 tópicos 7.905.261 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital