sobre keith emerson ELP

    Autor Mensagem
    fernando tecladista
    Veterano
    # set/06 · Editado por: fernando tecladista


    eu tinha salvo uns textos sobre ele que achei no orkut um tempo atras, hoje procurando algumas coisas aqui no hd achei isso:


    ---------------------------------------------------------------------- ----
    O Keith comprou sim um GX-1 do John Paul Jones! Mas...deixe-me contar como foi.
    O pioneiro a usar foi mesmo o Emerson no Works I. O Emerson em sua mansao na Inglaterra deixava seu GX-1 num local proximo a uma porta quadriculada de vidro pelo que eu entendi e um dia um trator fazendo um servico em sua mansao se desgovernou e arrebentou a porta e destruiu o GX-1! O Emerson ficou inconsolado e procurou o pessoal da Yamaha que disse nao poder fabricar mais aquele teclado. Ele procurou alguem que o tivesse e encontrou o John que o vendeu a ele! Para registros existe oficialmente mais um com o Jurgen Fritz do extinto grupo Triumvirat que usou o mesmo GX-1 no album "Pompeii"
    ---------------------------------------------------------------------- -

    Sobre trator passei essa informacao tirada de um site ingles ou americano nao me lembro qual foi...mas eu a li por volta de 1999. Iclusive esse site foi tirado do ar por exigencia do Emerson por se tratar de um site pirata! Sobre o John Paul Jones, o GX-1 foi comprado justamente porque o Emerson teve essa informacao que ele poderia ser vendido, entao ele o procurou e acertou tudo com o John! Como havia dito o Jurgen Fritz tambem tem (ou tinha um GX-1)usado no album "Pompeii" de 1977! Eram poucos instrumentos como aquele na epoca e realmente numa materia do "Fantastico da Rede Globo" em fins de 1976 apresentaram o instrumento como grande sensacao em termos de teclados!!!!
    ---------------------------------------------------------------------- ---------

    O GX-1 foi destruido num periodo compreendido entre a pos-gravacao do Love Beach e antes da gravacao do Emerson,Lake & Powell! O Emerson queria manter os timbres do GX-1 no seu set-up e nao queria de jeito algum aceitar a perda da sonoridade que ele possuia. Ai procurou o John Paul Jones que aceitou vendo-lo a ele. Essa eh toda a estoria.

    ---------------------------------------------------------------------- ----------

    Sobre os teclados com timbre antigo se nao me engano, em 1997 ou 1998, saiu uma entrevista na revista Cover Teclado, onde o Emerson denunciava o que os fabricantes de teclados industriais (marcas como Roland, Korg e etc...)agiam. Ele contou que qdo. um teclado dava problema ou se quebrava a pessoa ou o musico, procurava a fabrica para um conserto do equipamento e os fabricantes vinham com essa: "-Nos nao temos uma peca para repor em seu instrumento, mas lancamos esse teclado mais avancado que pode ajuda-lo a ter uma sonoridade melhor". e como o Emerson disse na entrevista:"-Muitas vezes aquele novo teclado nao reproduzia o timbre da epoca...".
    Para manter tambem os teclados antigos em funcionamento como o Hammond L-100(o qual sempre em seus concertos eh esfaqueado)foi contratado o engenheiro de som o Sr. Will Alexander, que ateh hoje cuida dos teclados do Emerson, e os conserta qdo algo saia errado!
    Em 1997, no concerto de SP conheci o Will e ele me confirmou ser ele o responsavel por cuidar dos teclados, entre outros tambem, do Modular Moog (que eh aquele sintetizador que mais parece uma estrutura monolica cheia de fios)!
    Qto ao GX-1 realmente foram produzidas poucas unidades desse equipamento, mas sem pecas de reposicao suficientes em estoque!
    ---------------------------------------------------------------------- -----------

    Eh uma pena que pensem assim e tirem equipamentos magnificos como o GX-1!
    O Roland D50 usado pelo Emerson na excusao americana do ELPowell, era um sintetizador com timbres fantasticos e tambem foi tirado de circulacao! Ai...por esse motivo o Emerson nao usa
    esse instrumentos.
    De vez em qdo pego uma revista Keyboard aqui dos E.U. e vejo o proprio Emerson anunciando a venda de algum de seus instrumentos! Logico, meus amigos que o preco eh meio Salgado! Mas como se trata do Keith Emerson, as pessoas interessadas sempre aparecem!
    ---------------------------------------------------------------------- --
    o tal do
    GX - 1 de cara parece orgão, mas os botões são controles de filtro, adsdr e outras coisas de synth

    gustavorino
    Veterano
    # set/06
    · votar


    fernando tecladista

    valeu pela informação.. eu sabia que ele tinha um GX-1 ... e que esse teclado foi a máquina mais cara já inventada pela yamaha e foi presenteada para certos musicos ( o que eu não sei se é verdade) ...

    Curly
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Fiquei muito surpreendido com esse camarada aqui, nunca vi covers tão perfeitos em termos de interpretação e recriação dos timbres, inclusive da maior parte das faixas do Brain, Salad & Surgery que são as mais complexas do Keith Emerson:

    http://www.youtube.com/user/kshacklett

    Cleber Vaz
    Veterano
    # jul/10
    · votar


    Curly

    Esse cara é muito bom, tenho a impressão de que ele usa aqueles CDs da AKAI com timbres do Emerson...

    edweste
    Veterano
    # 16/abr/18 17:33
    · votar


    Incrivel história do Yamaha GX-1, só foram fabricados 11 deles.

    A Yamaha do japão queria produzir em meados de 1972 um grande instrumento capaz de produzir síntese, afim de que os organistas pudessem usar algo melhor que Hammond, pois, foi o contrário, acabou sendo diferente do Hammond apesar de produzir sons de órgão, os organistas não gostaram do preço, que dava para comprar quase 8 carros populares da época, e não tinham acesso nas lojas, pois a Yamaha muito esperta pagou caro para divulgar em revistas e Tv na Inglaterra, USA que eram os lugares onde o dinheiro estava. Mas, por azar, somente as grandes bandas compraram, e depois se arrependeram, pois, as reclamações era que ele não fazia muito comparado a outros equipamentos como Moog e quando surge o Synclavier em 1978 o mundo mudou e foi bem melhor, pois, ali estava um teclado descente para competir com o Moog.

    Hoje o tempo passou e sabemos como o GX-1 soa defasado em relação aos Moogs, a verdade é um só, o Moog é capaz de um pletora de combinações, enquanto o GX-1 é extremamente limitado e foi a pior aposta da Yamaha.

    Para piorar a Yamaha produz em larga escala os órgãos FX-20 e HX-1, eu pessoalmente já sentei em todos eles, e me desculpem, é nojento o som que aquilo produz, é a primeira leva da onde PCM digital, eram caros demais.

    Valeu 'Keith Emmerson' que grande músico que era, conseguiu tirar um som do GX-1, pois sua habilidade profissional em síntese trouxe isso, mas, os mesmo discos poderiam ter sido feitos no Moog e Hammond, que esses sim, tem uma concepção autentica de som. Depois do GX-1 o único grande acerto da Yamaha foi o DX-7, aí sim pode competir com Moog.

    fernando tecladista
    Veterano
    # 16/abr/18 23:13
    · votar


    edweste
    FX-20 e HX-1, eu pessoalmente já sentei em todos eles, e me desculpem, é nojento o som que aquilo produz
    Fala isso não do FX20, eu me seguro pra não comprar um quando aparece um jo ML
    Amo a sonoridade FM dele

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a sobre keith emerson ELP