Pedaleira com Midi footswitch existe?

    Autor Mensagem
    Kboreal
    Membro Novato
    # 27/abr/21 02:38


    Koeh! Boa noite a todos! Espero que estejam bem!
    Cara, sou bem old school, mas ganhei de presente de um amigo o plugin do Gojira (Neural DSP). Fiquei revoltado quando pluguei a guitarra direto no Pc e dei de cara com a latência e os caramba, até que entendi que tinha que ter uma interface de áudio (coisa que descobri o que é só recentemente, hehe).

    Peguei uma Behringer um2 mas esse mesmo amigo me intimou a pegar uma Scarlett Solo 3° Geração... Agora me vi com uma baita interface e estou fascinafo por esse novo mundo! Mas tô vendo que vou ter que mudar tudo aqui em casa. Eu que me segurava com um Marshall mg10cd tô pensando em pegar um ampli melhor mas uma coisa eu sei que vou fazer: Comprar uma pedaleira! Sou o recém dono de uma linda Dean C750 CBK (7 cordas) Com EMG 81-85 que foi o motivo que fez esse amigo me presentear com o plugin do Gojira, hehehe.

    No entanto, seria interessante saber se existe alguma pedaleira que seja capaz de controlar os plugins de guitarra e tal. Assim eu teria as 2 funções em uma só aquisição. A ideia é ter o pedal e um amplificador (tô de olho em uns Orange, mas por hora o Marshall Code 50 e Vox Pathfinder estão na frente) pra ensaios e pequenas apresentações quando 2020 parte II terminar. Mas e aí? Tem alguma pedaleira que TB controle plugins em DAWs como o Ableton?

    Desde já agradeço a paciência em ler esse imenso testamento, kkkkk. Se ng aqui me fizer mudar de ideia devo ir na G5n da Zoom que até onde vi não parece ter essa função.

    No mais uma ótima semana a todos! Vlw ai!

    LeandroP
    Moderador
    # 27/abr/21 09:18
    · votar


    Kboreal

    A Behringer tem uma controladora midi com vários foots programáveis e dois pedais de expressão também programáveis (volume, wah-wah, etc).

    Ela é gigantesca, porém robusta e funciona muito bem. Eu tive uma que usava pra controlar o V-Amp II. A controladora é excelente, porém, o V-Amp é um lixo! Acabei me desfazendo dos dois. Não vi mais ofertas dessa controladora no mercado. Contudo, você pode pesquisar por "Controladora Behringer FCB 1010".

    Algumas pedaleiras bem antigas da Digitech também possuíam a função de controladora midi.

    Ningen
    Veterano
    # 27/abr/21 12:26
    · votar


    Kboreal

    Não é difícil encontrar uma pedaleira que também possa controlar os seus VSTs, DAW e etc via MIDI ou USB. Mas sugiro, antes, que você já pesquise uma pedaleira que te atenda no quesito timbre e preço, pois, de nada adianta ela enviar MIDI se não os timbres não te agradam ou se você não pode pagar.

    Kboreal
    Membro Novato
    # 27/abr/21 15:22
    · votar


    Obrigado, senhores!
    Não é difícil encontrar uma pedaleira que também possa controlar os seus VSTs, DAW e etc via MIDI

    Pow, a g5n não faz, né?
    Eu cheguei a testar essa em loja muito antes de saber que existiam plugins. Gostei bastante. A maioria das coisas (pedaleiras) lançadas pela zoom e line6 lançadas até 2016 eu conheci bem pq além de fazer estágio de luthier eu ia direto em Studio. Tive acesso a muita coisa pra conhecer.

    Ningen
    Veterano
    # 27/abr/21 16:19 · Editado por: Ningen
    · votar


    Kboreal

    Pow, a g5n não faz, né?

    Apesar de eu não ter encontrado nada em específico, eu aposto que sim.

    Só achei esse vídeo de um cara usando em um tablet:
    (Não entendi se ele está usando os pedais da pedaleira ou do Guitar Rig)



    Kboreal
    Membro Novato
    # 28/abr/21 15:40
    · votar


    Apesar de eu não ter encontrado nada em específico, eu aposto que sim.


    Valeu pela resposta! Pow, tomara! Devo pegar o Marshall Code 50 junto com a g5n. Até dava pra usar o MG10 com uma 505 quando era só minha ESP, mas colocar minha Dean 7 cordas neles é sacanagem kkkkk

    Mas vai ser só isso TB. Chega de GAS. Monitores edifier, Marshall Code 50 e a g5n, depois acabou!

    Se alguém tiver como dar certeza se serve agradeço!

    LeandroP
    Moderador
    # 28/abr/21 23:50 · Editado por: LeandroP
    · votar


    Ningen

    Me pareceu que ele usa a saída usb da pedaleira como saída de áudio e envia o sinal pro tablet, que por sua vez modela o amplificador/gabinete. Depois o sinal do tablet é enviado pro amplificador dele (ou uma mesa de som). Os efeitos que ele demonstrou são da pedaleira mesmo, inclusive o drive. Achei interessante, pois ele usa o tablet como se fosse um pedal simulador de amplificador. O que ainda me deixa com a pulga atrás da orelha é a latência nesses sistemas. Por mais bonito que seja o timbre, a latência mata qualquer performance.

    Ningen
    Veterano
    # 29/abr/21 14:44
    · votar


    LeandroP

    a latência nesses sistemas

    Pois é.. e dando essa volta toda.. rsrs

    Ningen
    Veterano
    # 29/abr/21 14:51
    · votar


    Kboreal

    Achei esse post dizendo que a G3 faz isso.

    Você não consegue testar em alguma loja?

    Em último caso, comprando pela internet você tem 7 dias para desistir. Talvez compense.

    Kboreal
    Membro Novato
    # 29/abr/21 21:51
    · votar


    Pow, eu n tô saindo de casa não, maninho, kkkkkk
    Mas se a G3 faz n faz sentido a G5n n fazer.

    LeandroP
    Moderador
    # 30/abr/21 07:33
    · votar


    Ningen

    Eu me aventurei a experimentar essas coisas há muitos anos, logo quando surgiram softwares capazes de modelar o som de amplificadores e principalmente de gabinetes. Era uma loucura! Muito trabalho pra configurar as coisas manualmente, vários textos na internet pra ler, cabos e adaptadores, pra no final ter um timbre razoável em troca de uma latência repressora rs

    Não sei como isso acontece hoje. Preciso mudar meu mindset rs

    Ningen
    Veterano
    # 30/abr/21 11:59
    · votar


    LeandroP

    Na época era tudo mato né? rsrs

    Cara, hoje em dia a latência deu uma melhorada, tanto os processadores estão mais velozes, quanto as interfaces também estão trabalhando com um sample rate alto, o que permite uma latência menor. Sem falar que as próprias simulações deram uma evoluída em direção à realidade.

    O mais legal dessa tecnologia, para mim, é a possibilidade de reamp (você grava usando um amplificador real, mas o sinal limpo que chega na DAW, o que dá liberdade na edição). Tocar usando fones de ouvido, ou mesmo monitores, pra mim, não tem muita graça. Talvez para treinos, mas para tocar/compor mesmo, nada como o tesão de um amp de guitarra. Claro que cada um tem seu processo, então fica a critério rs.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Pedaleira com Midi footswitch existe?