Tríade com nome de Tétrade

    Autor Mensagem
    Marcos.ABMG
    Membro Novato
    # 10/fev/19 20:13


    Finalmente decidi estudar harmonia musical, formação de acordes e seus demais. Fui verificar os acordes, e percebi que no cavaco, um formato em específico de x7 era chamado assim, mesmo sem ter a tônica. Exemplo : D7 nesse formato não possui o D, mas estão presentes a terceira menor, a quinta justa e a sétima menor. reparei que mts professores,e sites usam esse formato, e o chamam assim, mesmo sendo uma tríade. Há alguma explicação para isso?

    makumbator
    Veterano
    # 10/fev/19 20:47
    · votar


    Marcos.ABMG

    A explicação é que o mais importante na cifragem é demonstrar a harmonia de maneira completa. Não importa se um instrumento x ou y está tocando apenas parte das notas do referido acorde, o fato de um instrumento em questão fazer apenas 3 notas diferentes de um acorde de quatro sons não faz a harmonia no trecho virar um tríade só por conta disso. O mais importante é o contexto geral, o que os outros instrumentos fazem (que se reflete na harmonia “geral”) e a intenção harmônica.

    Além disso, na condução de vozes de harmonia tradicional é comum eliminar algumas notas do acorde quando necessário, pois é preciso se adequar aos instrumentos usados, intenções, necessidade de gerar movimento ou não em uma mudança, necessidade de se evitar paralelismos, etc.

    Marcos.ABMG
    Membro Novato
    # 11/fev/19 19:05
    · votar


    A explicação é que o mais importante na cifragem é demonstrar a harmonia de maneira completa. Não importa se um instrumento x ou y está tocando apenas parte das notas do referido acorde, o fato de um instrumento em questão fazer apenas 3 notas diferentes de um acorde de quatro sons não faz a harmonia no trecho virar um tríade só por conta disso. O mais importante é o contexto geral, o que os outros instrumentos fazem (que se reflete na harmonia “geral”) e a intenção harmônica.

    Além disso, na condução de vozes de harmonia tradicional é comum eliminar algumas notas do acorde quando necessário, pois é preciso se adequar aos instrumentos usados, intenções, necessidade de gerar movimento ou não em uma mudança, necessidade de se evitar paralelismos, etc.


    Então esse "vácuo" deixado é preenchido por outros instrumentos? Se for assim, caso eu toque o instrumento sozinho, sem acompanhamento, o certo seria eu usar outros formatos?

    makumbator
    Veterano
    # 11/fev/19 19:54 · Editado por: makumbator
    · votar


    Marcos.ABMG
    Então esse "vácuo" deixado é preenchido por outros instrumentos?

    Algumas vezes sim, em outras não. Obviamente que depende do arranjo ao menos ter mais instrumentos, é claro.

    o certo seria eu usar outros formatos?

    Não necessariamente. Vamos supor que você fosse tocar uma música que tenha um acorde de 5 sons (por exemplo, Cmaj7#11). Pois bem, como o cavaco tem apenas 4 cordas, você ficaria impedido de expor o acorde com todas as notas soando juntas ao mesmo tempo. Mas nem por isso não poderia tocar a música fazendo justamente alguma das técnicas que falei (eliminar determinadas notas do acorde e manter as que julgar mais importante no arranjo desejado, arpejar, etc...).

    Não existe regra absoluta que te obrigue a tocar todas as notas de cada acorde durante todo o tempo em que ele figurar.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Tríade com nome de Tétrade