Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Cordas de Nylon de alta tensão em violão de Nylon sem tensor?

      Autor Mensagem
      josevie
      Membro Novato
      # 02/mar/18 02:44 · Editado por: josevie


      Galera, to interessado em testar as cordas Magma (https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-962805193-cordas-violo-nylon- magma-assemble-tenso-alta-_JM) e a cordas Augustine (https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-834187203-encordoamento-violo -nylon-augustine-regal-blue-original-usa-_JM) de tensão alta. Porém, meu violão é um das series do anos 90 da Giannini que nem é mais produzido (http://www.giannini.com.br/catalogos-antigos/gwnm4/683/). Ele foi feito a mão e com madeira Brasileira, porém tenho medo que pelo fato de ele não ter tenso, seja uma ideia ruim testar cordas de alta tensão nele. Alguém já teve alguma experiencia parecida e poderia por favor compartilhar? Ou até mesmo uma opinião já é bem vinda :)

      Valeu.

      fernandotieppo
      Membro Novato
      # 02/mar/18 21:13 · Editado por: fernandotieppo
      · votar


      josevie

      Temos um tópico dedicado somente para isso, mas respondendo sua pergunta... não tem problema algum mudar a tensão das cordas, isso tem mais a ver com a maneira que você toca do que com qualquer outra coisa (geralmente quem tem mão mais pesada ou utiliza as cordas mais baixas acaba por preferir tensões mais altas).

      Vou repetir o que comentei no outro tópico sobre isso.

      Mas falando em números, vou pegar como exemplo as cordas da D'Addario

      Se pegarmos as cordas EJ45 (tensão pesada) nós teremos a seguinte distribuição de tensão em libras:

      E: 16,81
      B: 12,42
      G: 12,30
      D: 16,24
      A: 16,96
      E: 15,21

      Total: 89,94 lbs

      Já se pegarmos as cordas EJ44 (tensão extra pesada) teremos:

      E: 17,41
      B: 12,88
      G: 12,66
      D: 16,24
      A: 16,96
      E: 15,66

      Total: 91,81 lbs

      A diferença é de 1,87 libras, é algo mínimo, somente num violão de muito baixa qualidade ou muito sensível (como alguns violões de alguns luthiers) aconteceria algum problema por causa dessa mudança de tensão.

      Já sobre as cordas em si

      As Regals são as melhores cordas em questão de sonoridade, porém cuidado que tem muita falsificação por ai, eu compraria ou em uma loja de confiança ou na Strings by Mail, demora mais pra vir, mas vale a espera pela garantia.

      rodrigo monteiro
      Veterano
      # 03/mar/18 01:24
      · votar


      Perfeito o que o fernandotieppo disse, está aí a sua explicação.

      Se o seu medo é empenar, ele pode empenar com cordas médias ou pesadas.

      josevie
      Membro Novato
      # 03/mar/18 20:49
      · votar


      Fernandotieppo e Rodrigo,

      Meu medo é justamente empenhar. Melhor esquecer então?

      Fernando,

      To ligado que tem bastante cópia das augustines, eu pretendo comprar pela strings by mail. Em relação ao tópico que você linkou, não conheci nada que sabe minha dúvida nele. Apenas falam das características de cada corda, pelo que vi.

      fernandotieppo
      Membro Novato
      # 06/mar/18 04:51
      · votar


      josevie

      Citei o outro tópico pois tinha respondido uma dúvida parecida (foi onde mostrei esses cálculos)... mas enfim, não é a tensão das cordas que vai fazer teu violão empenar, mesmo se você colocasse cordas de aço seria mais provável o cavalete descolar do que o braço empenar, ainda mais com essas especificações, talvez você só precise fazer algum ajuste no rastilho pela questão da altura das cordas, mas não é pouco menos de 850g de pressão que vai empenar um pedaço de cedro com pau ferro, não se preocupe, geralmente os empenos se dão por questões de conservação mesmo.

      rodrigo monteiro
      Veterano
      # 07/mar/18 00:02
      · votar


      Exatamente, mais fácil o cavalete descolar do que empenar o braço.

      Melhor deixar mesmo. O braço já é feito para aguentar a tensão das cordas, e de média para alta não é tanta coisa assim a ponto de empenar.

      Digo que, se for mal construído ou estiver com defeito, vai empenar independente da tensão que vc colocar.

      josevie
      Membro Novato
      # 07/mar/18 18:44 · Editado por: josevie
      · votar


      Fernando e Rodrigo, Obrigado pelas respostas!

      Desculpa por fazer mais uma pergunta kkk (O medo de danificar o violão é grande), mas supondo que o cavalete descole, é algo que um luthier conseguiria arrumar sem grandes perdas sonoras e estéticas? O violão não parece ser mal construído, considerando que já aguentou tanto tempo, posso deduzir então que a chance de o cavalete descolar é pequena?

      Meu conhecimento do impacto que as cordas podem causar no violão é zero, então me desculpem.

      Ah, Rodrigo, o que você quis dizer com "melhor deixar mesmo"?

      rodrigo monteiro
      Veterano
      # 08/mar/18 01:43
      · votar


      Oi Josevie, eu quis dizer em "deixar pra lá", não se preocupar com isso. Se o braço empenar, ele vai empenar de qualquer jeito, com certeza por causa de um defeito dele mesmo e não por causa das cordas. Mas isso é muito relativo, ele acaba empenando por causa das cordas de aço, não de nylon.

      Sim, se o cavalete descolar um luthier pode resolver fácil. Na verdade se você tiver a habilidade e paciência, consegue recolar o cavalete sozinho. Em ambas as opções, normalmente fica melhor e mais resistente do que de fábrica - lá eles acabam fazendo as pressas e economizam na cola, por exemplo. Mas não digo isso de todas as fábricas, é claro. Só que algumas definitivamente economizam na cola e o coitado acaba soltando (depois que ele solta dá pra ver que tinha pouca cola no cavalete e o contato com o tampo nem sempre estava bom).

      É preciso ter uma prensa para isso também, e esperar pelo menos um dia com o violão prensado. Eu me aventurei e comprei um violão usado com o cavalete descolado para praticar essa habilidade. Tenho que te dizer que conseguir e já faz um bom tempo e o cavalete está firme e forte.

      Seguem dois vídeos para você ver, um da colagem e outro do violão após o processo:

      https://youtu.be/PmkMRCy5K88
      https://youtu.be/q8hZfxmp0ys

      Não precisa se desculpar! Muito pelo contrário, o bom é buscar informação quando não se tem certeza. Mas esse teu violão aguenta sim, até porque o impacto ou diferença entre tensões não vai ser muita coisa. Se fosse um violão lá de 1920 etc aí tudo bem, poderia até se preocupar, mas não é o caso.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Cordas de Nylon de alta tensão em violão de Nylon sem tensor?

      306.454 tópicos 7.907.990 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital