Tem algum guita brasileiro especialista em poli-ritmia, out-of-time e speed-freak ?

Autor Mensagem
Fernando de almeida
Veterano
# dez/12


Galera, tem algum guitarrista brasileiro especialista em poli-ritmia, out-of-time e speed-freak ????

Tomei como base o baterista Virgil Donati e é óbvio o guitarrista da banda dele ... Como o Virgil só "toca torto", o guitarrista tem que acompanhar o cara ...

Sei que no Brasil tem baterista estudando essas técnicas "virgildonatianas" ... Mas tem algum guitarrista estudando ou especialista nessas técnicas????

ABR

Rafael.Guitar.YwT
Veterano
# dez/12
· votar


Fernando de almeida

O Mateus Starling tem umas aulas falando sobre polirritmia, ele frequenta bastante este fórum, vale a pena conferir.

Fernando de almeida
Veterano
# dez/12
· votar


Rafael.Guitar.YwT
O Mateus Starling tem umas aulas falando sobre polirritmia
Dei uma conferida lá .... legal mas eu digo polirritmia mais torta ainda ...

Eu penso em algo do tipo que rola a partir dos 30 segundos do vídeo abaixo (são quase 40 minutos no total de maluquisse total ... hehehehe):



Fernando de almeida
Veterano
# jan/13
· votar


Ninguém sabe????

Ou não tem nenhum guita estudando isso no Brasil????

De Ros
Veterano
# jan/13
· votar


Brasileiro não conheço. Mas esse cara aqui achei muito foda:

http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/227454/

eo.
Veterano
# jan/13
· votar


Não sou especialista, mas se quiser uma ajuda em algo........ zuera

Do Brasil nunca ouvi nada, mas curto umas bandas ai como Animal as Leaders e Blotted Science, acho que entram ai nessa onda.

Bom, que bela contribuição minha para o tópico =]

Lelo Mig
Membro
# jan/13 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Fernando de almeida

Fernando, é preciso separar alguns detalhes.... por partes...rs

A polirritmia no Brasil é muito mais comum do que no rock. Muito da MPB, Choro, Bossa e "Fusions Brazucas" usam e abusam da polirritimia. No rock, tirando os progressivos e experimentais dos 70, somente essa geração do Virgil esta dando uma roupagem nova à coisa.

Com esta "guitarra rock" do teu vídeo do Virgil, não me lembro de nada , mas nos Progs Brasileiros dos anos 70 e nos guitarristas na linha MPB/Jazz/Fusion, você acha muita coisa.

Contudo, para "estudar" o caminho é o mesmo e basta aplicar à linguagem rock.

No Prog Rock Brazuca dos 70:



Na MPB Fusion



No Experimentalismo Brazuca



Fernando de almeida
Veterano
# jan/13
· votar


De Ros
Brasileiro não conheço. Mas esse cara aqui achei muito foda:http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/227454/

Realmente esse cara atende ao item speed-freak ... notei uns outsides tb ...


eo.
Bom, que bela contribuição minha para o tópico =]
Tudo postado com objetivo é boa contribuição ... vou procurar por essas bandas ...


Lelo Mig
No Prog Rock Brazuca dos 70:
LEgal, mas eu penso em algo mais torto ainda ... algo do tipo 1 compasso ternário, depois o próximo quaternário, o outro ternário, o próximo setenário, depois uns oito compassos em quaternário (pra dar uma sensação de repouso) depois volta a quebrar de novo ... além de compassos diferentes, as divisões rítimicas tortas com abuso de quialteras (preferencialmente umas Septinas, Quintinas, etc) .... e é óbvio, isso tudo soar bem musical, sem parecer bagunça sem sentido.

Na MPB Fusion
Já vi esse quarteto ao vivo ... muito bom ... o guita é professor no IGT ...


No Experimentalismo Brazuca
Muito bom os caras ...

Fernando de almeida
Veterano
# jan/13
· votar


up

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14
· votar


Galera, upando o tópico ...

Ainda não achei guitas brasileiros que estudem essa praia que citei ... Mas o pessoal citou uns gringos tops e se der uma pesquisada dá pra encontrar vários outros gringos ...

Pesquisem e FIQUEM PASMOS com:
- Voice Gajic;
- Ron Jarzombek;
- Tosin Abasi.

Voice Gajic


Ron Jarzombek (o vídeo é longo porque tem a aula sobre cada detalhe da música e no fim a música completa)


Tosin Abasi


makumbator
Veterano
# ago/14 · Editado por: makumbator
· votar


Fernando de almeida
LEgal, mas eu penso em algo mais torto ainda ... algo do tipo 1 compasso ternário, depois o próximo quaternário, o outro ternário, o próximo setenário, depois uns oito compassos em quaternário (pra dar uma sensação de repouso) depois volta a quebrar de novo ... além de compassos diferentes, as divisões rítimicas tortas com abuso de quialteras (preferencialmente umas Septinas, Quintinas, etc) .... e é óbvio, isso tudo soar bem musical, sem parecer bagunça sem sentido.

Mas isso não é polirritmia, é meramente a alternância de fórmulas de compasso diferentes (pouco usual no rock, mas comum na música erudita, por exemplo). O uso de várias quiálteras irregulares e incomuns também não é necessariamente polirritmia.

Polirritmia é a sobreposição de mais de uma estrutura rítmica ou métrica diferente (e conflitante) ao mesmo tempo.

Sugiro esse livro para você estudar:

Rítmica viva: a consciência musical do ritmo.
Autor: José Eduardo Gramani.

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14 · Editado por: Fernando de almeida
· votar


makumbator
Mas isso não é polirritmia, é meramente a alternância de fórmulas de compasso diferentes (pouco usual no rock, mas comum na música erudita, por exemplo). O uso de várias quiálteras irregulares e incomuns também não é necessariamente polirritmia.
Polirritmia é a sobreposição de mais de uma estrutura rítmica ou métrica diferente (e conflitante) ao mesmo tempo.


Bom, tem razão ... Então imagine tudo o que vc citou simultâneo com tudo o que eu citei ...

Sobreposições de estruturas rítmicas + alternância de fórmulas de compasso = algo bem TORTO (mas tem que soar bem MUSICAL) - fora as harmonias e melodias insanas que também seriam parte disso tudo .... foi isso que eu quis dizer ...

makumbator
Veterano
# ago/14 · Editado por: makumbator
· votar


Fernando de almeida
Bom, tem razão ... Então imagine tudo o que vc citou simultâneo com tudo o que eu citei ... Algo bem TORTO mas soando bem musical .... foi isso que eu quis dizer ...


Caindo pra esse lado mais rock não conheço outros além dos já citados.

Mas se quiser ouvir polirritmia mesmo tente achar algum guitarrista que faça música tradicional do Gamelão...hashsahs!

Ou música búlgara (essa tem guitarra, baixo, bateria, etc... e fica massa quando a mulher entra cantando no meio):

https://www.youtube.com/watch?v=wCweFfcV7Xo&feature=youtu.be

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14
· votar


makumbator
https://www.youtube.com/watch?v=wCweFfcV7Xo&feature=youtu.be
doidera o cara no clarinete ....

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


isso é poli-ritmia?
https://soundcloud.com/bruno-innarelli/red-tomatoes

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14
· votar


INNARELLI
isso é poli-ritmia?
https://soundcloud.com/bruno-innarelli/red-tomatoes

Não fera, creio que não ... O esquema desse som creio que esteja mais para OUTs, onde as notas, em um processo 100% consciente do músico (e não de modo aleatório), toca a nota "fora" de tempo em relação à levada da música e existem várias possibilidades de execução desse "fora" (desde simples mudança do tempo forte do compasso até mudança de figura rítmica, pausas inpensáveis, etc - lembrando tudo isso consciente e sabendo onde está o andamento real da música).

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


Fernando de almeida
vc salvou a minha semana, vou pesquisar mais sobre OUTs.
Tosin Abasi é o cara, nao apenas por tocar uma guitarra de dez cordas como ter um amp daquele. hehe

Thiago Livgren que toca mais ou menos
Membro Novato
# ago/14
· votar


Só por curiosidade, essa poli-ritmia tem alguma coisa a ver com aquele ritmo Guitarra X Rhodes em Money e Time do Pink Floyd?

makumbator
Veterano
# ago/14
· votar


Thiago Livgren que toca mais ou menos

Não.

Thiago Livgren que toca mais ou menos
Membro Novato
# ago/14
· votar


makumbator
Blz. Valeu.


Correção a tempo: Nessas músicas o piano usado foi um Wurlitzer e não um Rhodes, segundo fontes.

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14
· votar


Thiago Livgren que toca mais ou menos
Tem não mano ...

INNARELLI
vc salvou a minha semana, vou pesquisar mais sobre OUTs.
Fera lembrando que tem o OUT de notas (notas tocadas fora da harmonia/escala da música mas que soam top - é também um processo consciente e não tocar qq nota) e tem o OUT de tempo (é o Out-Of-Time - notas tocadas fora de tempo, ou fora da rítmica, ou fora do tempo forte do compasso, etc - em processo consciente e soa muito top).

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


Thiago Livgren que toca mais ou menos
pink floyd = us and then = selfish

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


Fernando de almeida
https://soundcloud.com/bruno-innarelli/red-tomatoes seria out de tempo?

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14 · Editado por: Fernando de almeida
· votar


INNARELLI
https://soundcloud.com/bruno-innarelli/red-tomatoes seria out de tempo?

Seria um pouco sim ... teve um trecho que sim ... embora precise ser estudado para soar mais interessante ... na gravação um trecho ficava interessante e o próximo nem tanto ...


Saca um som out que eu acho legal ... É um som do baterista Virgil Donati que foi gravado por Bruno Valverde (atual batera do Angra):

https://www.youtube.com/watch?v=Fva0UAyhO0k

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


da hora hein véi

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


o igor cavalera toca isso ae fácil

Fernando de almeida
Veterano
# ago/14
· votar


INNARELLI
o igor cavalera toca isso ae fácil
Mano ... vc acredita que nunca parei pra ouvir o Igor Cavalera? Vou procurar alguma coisa sobre ele pra ouvir ...

INNARELLI
Membro Novato
# ago/14
· votar


territory tuba ae live at sao paulo 1996

Johnpdv
Veterano
# ago/14
· votar


https://soundcloud.com/labbra/letters-from-the-vessel talvez encaixe no estilo...

ALF is back
Veterano
# ago/14 · Editado por: ALF is back
· votar


Fernando de almeida
O André Nieri tem se metido nessas paradas escalafobeticas aí, justamente com a banda do Virgil Donati...nao sei se é polirritimia ou que outro diabu seria....na verdade, entrei nesse tópico Super curioso pra saber do que se trata esses termos malucos....quando li "speed freak" pensei imediatamente no Faiska e seu metrônomo de ventilador...mas meu bom sendo ta assoprando aqui que não tem nada a ver com o assunto
Certo de que não ajudei em nada, me recolho na minha ignorância e ficarei acompanhando o tópico na maciota!

Edit: segue um link do nieri
http://m.youtube.com/watch?v=PWHkHSz17iE

Pessoalmente, vejo o A Nieri como um dos guitarristas mais tops do mundo em técnica e até musicalidade atualmente...é um espírito fusion intenso e um fingerstyle apuradíssimo....tbm curto mto um prog metal, é a minha raiz, na verdade...mas esse trampo louco ai acho meio exagerado...vejo esse video e classifico como "muito legal", mas não veria de novo....acho que a genialidade vem quando o feeling do som pega na veia, causa uma sensação boa, de musica mesmo...e isso não sinto nesse som do Donati aí...mas quando ele aparecer com um som maluco que faça isso, pagarei mais pau ainda!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Tem algum guita brasileiro especialista em poli-ritmia, out-of-time e speed-freak ?