Técnica Vs Feeling by Jim Marshall

    Autor Mensagem
    PGilbert
    Veterano
    # abr/10


    Peguei outro texto do blog, só que este foi escrito pelo Jim Marshall vale a pena a leitura!

    --------------------------

    Com certeza um assunto que gera discussões por horas a fio em qualquer roda de amigos, músicos ou não, e que dificilmente deixará de causar polêmica tão cedo.Mas afinal de contas quais as razões de tanta rivalidade?

    É simples, quer dizer...nem tão simples assim, pois algumas pessoas mesmo nos dias de hoje, confundem os conceitos e acabam gerando certos preconceitos.
    Tentarei dar uma separada nas coisas para facilitar o entendimento, vamos por partes:

    Técnica: é o procedimento ou o conjunto de procedimentos que têm como objetivo obter um determinado resultado. Ou seja, é a habilidade de se conseguir executar algo, qualquer que seja a área.
    Dada essa definição concluímos que um músico, no nosso caso guitarrista, que possui uma boa técnica é aquele que consegue executar com qualidade e facilidade determinadas frases ou músicas que para outros são mais dificeis.

    O que normalmente acontece é confundir técnica somente com velocidade extrema e sem sentido. A maioria das pessoas acha que estudar técnica é apenas ligar o metronomo no 280 bpm e gastar toda a sua coleção de palhetas em 1 hora, e é ai que está o engano.

    Ser um guitarrista técnico é ter segurança na execução de um lick, conseguir acertar os tons e semitons na hora do bend, dominar a alavanca, evitar notas fantasmas, conhecer o equipamento e ter condições de timbrá-lo adequadamente.

    Como prova disso temos diversos guitarristas que mesmo não fazendo solos na velocidade da luz possuem uma técnica apurada e dominam tanto o instrumento quanto os periféricos que geram o "timbre dos sonhos" da grande maioria dos guitarristas. Vou citar apenas dois : Mark Knopfler (Dire Straits) e Brian May (Queen).

    É claro que ser rápido também entra no quesito técnica apurada, mas tenha em mente que se quiser estudar para ter a palhetada mais rápida do Oeste nunca esqueça de manter o som das notas bem nítidas, pois de nada adianta tocar 1 milhão de notas por segundo se a grande maioria delas soar embolada. Estude SEMPRE com o metrônomo e mantenha um ritmo de estudo diário e frequente.

    Feeling: palavra derivada do verbo sentir, em Inglês "To Feel". Significa sentimento e emoção.
    No mundo guitarrístico ter ou tocar com feeling representa saber emocionar as pessoas que escutam sua música, conseguir expressar o que se sente através de notas. Um solo com feeling podemos dizer que é um solo que emociona o ouvinte e é capaz de causar diversas sensações e emoções.

    Porém, tocar fazendo caras e bocas ou tocar chorando não vai tornar você um guitarrista "feelento", até mesmo porque a idéia é emocionar a platéia e não fazê-la rir com expressões faciais ou gestuais forçadas e/ou caricatas.

    Você realmente deve passar sentimento através do seu intrumento seja ele uma guitarra, piano, banjo, baixo, saxofone, gaita, apito, etc...

    E como fazer isso?... você deve estar se perguntando... ah! agora é que chegamos no "X" da questão: Técnica ...pois de nada adianta você ter mil idéias na sua mente se não conseguir transpô-las para a sua guitarra, nesse momento uma técnica em dia ajuda em muito na hora de compor, na hora de um improviso com a banda ou em uma simples jam com os amigos.

    Percebe agora como a técnica e o feeling são importantes e um complementa o outro? Afinal sem técnica tudo o que fizer vai sair de maneira tosca e não natural, por outro lado sem feeling você não consegue transmitir tudo o que a música significa e tão pouco o público consegue captar o que a música passa.

    Tocar com feeling também não significa tocar todos os solos como se estivesse em câmera lenta, só fazendo bends ou começar a lembrar da namorada que te largou e solar chorando, mas também não vá tocar uma música triste com um sorrisão estampado no rosto e pulando como se estivesse em uma micareta, lembre-se de que expressão corporal também é muito importante!

    Por essa razão é necessário manter o bom senso entre os dois mundos.

    Conclusão
    Não importa se o guitarrista toca rápido ou devagar, desde que a música seja boa o resto é resto ! Nada de preconceitos ok ?

    Reflita sobre isso e procure usar sempre a técnica para facilitar suas idéias. Mantenha sempre o bom gosto.

    Abraço e bons bends !

    folha_nunes
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    PGilbert

    é como casamento:
    só existe se tiver dois elementos; o homem e a mulher
    se vc tem tecnica tem feeling e se tem feeling tem tecnica eles estao juntos para sempre

    Lucast
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Nem entro nessas discussões...
    Os dois tem que andar juntos.

    Ótimo post, PGilbert!

    aurelio_kotzen
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Ótimo POst!


    concordo. os Dois devem andar juntos.

    Gui SILLEN
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    ótimo texto :D

    PGilbert
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Lucast
    Ótimo post, PGilbert!
    aurelio_kotzen
    Ótimo POst!
    Gui SILLEN
    ótimo texto :D

    Quem escreveu o texto foi o usuário Jim Marshall! Só postei porque achei o texto muito bom!

    Will Bejar
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    folha_nunes
    o homem e a mulher
    hoje em dia nem isso é mais necessário...

    Jim Marshall
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    PGilbert

    Obrigado pela citação !


    Abraço,

    See ya!

    Lucast
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Então, foi ótimo compartilhar o texto do Jim conosco! =)
    Ontem estava pensando um pouco mais sobre isso. Pensando em como a técnica dá mais segurança ao tocar, e com essa segurança, acaba que dá pra tocar com mais feeling, sem medo.

    Jim Marshall
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    UP !

    :)

    Eagleyes
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Olha, eu não quero criar polêmica nem nada, só mostrar minha opinião. Eu particularmente acho que feeling não tem nada a ver com técnica, as vezes fica mais fácil de se expressar mas eu acho que não é necessária técnica para a musica ter feeling.

    Um exemplo que eu acho disso é o blues dos anos 30. Eles não tinha muita técnica (as vezes nenhuma) e a maioria aprendia sozinho mas quando tu escuta, da pra sentir a tensão e a dor que a musica passa. Eu por exemplo sinto arrepios com várias musicas desse tipo.

    Aqui vai um exemplo:


    Jg Destroyer
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Eagleyes
    Acho que você não leu o texto direito então.

    Nosso amigo da Guitarra Rosa disse que a técnica serve também para se ter uma certa segurança, saber o que você tá fazendo.
    Esses seus amigos do Blues tinham essa segurança, apesar de nunca ter tido uma aula ou estudado modos gregos e cromatismos.

    You got it? =)

    Eagleyes
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Se eu tiver segurança em coisas simples quer dizer que eu tenho técnica? Acho que um guitarrista com técnica não é só segurança, tem que ter segurança e fazer coisas que são mais complicadas e exigem mais habilidade... Pelo menos é isso que eu acho.

    makumbator
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Eagleyes

    Ele quer dizer(e no que concordo totalmente), que técnica é mais que velocidade(aliás, praticamente só guitarristas encaram técnica dessa forma, outros instrumentistas encaram técnica como uma ferramenta muito maior que isso).

    Para se expressar com sentimento no instrumento(qualquer um) é preciso técnica, pois é justamente ela a ferramenta que torna possível que outras pessoas ouçam o que o ouvido interno e o cérebro do músico querem expressar. Não adianta ter um ouvido e "coração" extremamente musical, se nada daquilo consegue sair da maneira que se pensou.

    Portanto, não existe músico sem nenhum grau de técnica. O instrumento, como o próprio nome diz, é apenas o meio para a pessoa se expressar, e todos o fazem através do uso da técnica. O que pode acontecer é o músico em questão não ter a técnica suficiente para se expressar totalmente da maneira que gostaria, e para isso deve estudar aspectos técnicos, para que a barreira que o impede de se expressar de tal maneira seja removida.

    Nesse ponto, tanto B.B. King quanto o Michael Angelo tem técnica, pois ambos tocam seus instrumentos e expressam sua forma de pensar a música com uma estética própria.

    Eagleyes
    Veterano
    # abr/10 · Editado por: Eagleyes
    · votar


    Entendi, mas mais técnica não representa mais feeling né? Com pouca técnica ainda se pode tocar uma musica com muito mais feeling do que uma musica mais complicada que exige muito mais técnica.

    Johnny Favorite
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    É comum a confusão, eu particularmente sinto mais as performances quando o instrumentista está atuando no limite da sua técnica, quando o sentimento dele está além do que ele consegue transmitir. É lógico que isso num profissional que já tem uma "carga" técnica muito elevada e não em iniciantes que não tem nenhuma técnica.

    makumbator
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Eagleyes

    Exato, mais técnica não quer dizer necessariamente mais feeling, mas para expressar muito feeling, é preciso boa dose de técnica(específica para se extrair isso no instrumento)

    Um músico bastante "feelento" é por essência um instumentista muito técnico, mesmo que ele não domine tocar muitas notas por segundo, sweeps, two-hands, etc..., ele domina outros aspectos da técnica instrumental(e tão importantes quanto os demais) .

    Por exemplo, Não é preciso ter bastante controle técnico e domínio do instrumento para tocar um solo do Gilmour(Pink Floyd) de maneira correta?

    Acertar os bends na afinação e velocidade de subida correta, a variação de dinâmica sonora(volume), o vibrato bonito, o ataque perfeito nas notas, fraseado adequado, extrair muita expressividade, etc...tudo isso é técnica.

    Eagleyes
    Veterano
    # abr/10
    · votar


    Ah sim, entendi sim. Valeu o/

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Técnica Vs Feeling by Jim Marshall