è gente, deu zebra

Autor Mensagem
raujunior
Membro Novato
# jul/13


nossa gente, to chorando aqui pelo meu bebezinho, ontem conheci uma garota legal e veio aqui em casa, tomei uns 4 litros de vinho e resolvi fazer um showzinho pra ela com meu equipamento, como sou vocalista peguei meu behringer c-3 e comecei, comecei..... acordo pelas 10 da manha e olho pro microfone todo amassadoe a luz led nao acendia mais, mas pro meu susto continuava saindo voz numa boa, agora depois dessa historia toda q vcs nao precisavam saber é o seguinte, sera q o cercado do microfone amassado ( arrumei um pouco, de pra encaixar um pouco pra dentro ) pode prejudicar na qualidade ou vou ter q comprar outro ? eu tenho um shure sm58 mas nao curto mto ele, eu gosto mais do behringer e to nessa tristeza ai, me iludo e fico com ele ou pego outro ?

kiki
Moderador
# jul/13
· votar


o "cercado" que voce diz é a gradinha?
se for isso, não interfere quase nada no som, serve mais pra proteger (se não fosse ele voce teria batido a cápsula, que é o coração do microfone) e filtrar um pouquinho os sopros, mas só isso.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


ufa cara, mto obrigado mesmo, é essa grade mesmo, ela na parte de tras saiu pra fora do microfone, ai empurrei e entrou e desentortei um pouco, a luz q acendia qdo eu ligava o phantom power nao acende mais, deve ter querado o led, seila.... mas sabe a paranoia né, vc escuta mas acha q ta ouvindo alguma coisa diferente, ai vc vem e pergunta pra alguem mais experiente como vc q tirou minha dúvida hehehehhehe, valeu mesmo irmao hj consigo dormir sem peso na cosciencia :)

kiki
Moderador
# jul/13
· votar


raujunior
não sou assim tão experiente, mas pelo pouco que já estudei do assunto acho que não terá problemas sérios.

vale a pena depois procurar uma assistencia técnica e ver se dá pra arrumar o led.

Jabijirous
Veterano
# jul/13
· votar


pera ae, 4 litros de vinho e amassou o microfone??? tu cantou o que pra ela, "kuduro"? kkkkk

waltercruz
Veterano
# jul/13
· votar


raujunior
mas diga, e a garota, rolou? ;)

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


po cara, a gata vomitou o quarto inteiro, e no outro dia eu nao conseguia nem levantar pra pegar copo de agua, deu tudo errado hehehehehe

waltercruz
Veterano
# jul/13
· votar


é. deu tudo MUITO errado. ahhahaha Melhor sorte na próxima vez!

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


isso ai chará :)

Adler3x3
Veterano
# jul/13
· votar


4 litros de vinho!?!!
Detona tudo perdemos a consciência.

Vinho é muito bom, mas...
Provavelmente o microfone já era.
Nunca mais vai funcionar direito.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


eu ja percebi isso, ja testei e ja até guardei ele, agora to usando o shure sm58, me recomenda algum microfone condesador bom ? nao me importo com o preço, quero q seja bom, e outra, ta dificil de conseguir comprar esse protools com o tal do ilok2, se vc souber de alguem q venda q seja confiavel por favor me indique, esse studio one artist é mto ruim e o q to usando magix music é mto infantil e fraco...

brunowebguitar
Veterano
# jul/13
· votar


raujunior
Baixa o Reaper cara. É avaliação, mas não expira nunca e tem todas as funções livres!!

Adler3x3
Veterano
# jul/13 · Editado por: Adler3x3
· votar


raujunior

Geral

DAW

O mercado de DAW é muito amplo, existem inúmeras opções.
O que tem que prestar a atenção é o tipo de versão de cada DAW.
Nos dias de hoje inúmeras DAWs tem diversas versões, das mais simples a versão completa.
E tem até software que leva o nome de completo, mas que não é completo.(muito cuidado aqui).
Tudo isto para atender várias faixas de preço de acordo com o poder aquisitivo.
Mas se trata de uma ilusão, as versões básicas tem muitas limitações, tais como: número de tracks, número de efeitos, edição midi limitada, importação e exportação de arquivos e muito mais.
E muitas versões simplificadas não atendem o básico do básico. (são verdadeiras armadilhas para o consumidor, depois adquirir uma outra versão mais cara).
Não adianta se iludir com versões simplificadas.
Por exemplo no caso do Magix, só vale a pena pelos instrumentos que vem junto, alguns efeitos e recursos que podem ser aproveitados, mas a edição de midi é muito precária.
E tem alguns recursos interessantes como o harmony agente, timestrecht e pitchift.
E assim esta versão simplificada pode ser considerada uma ferramenta auxiliar, assim como o Editor de Áudio que vem junto.
Pois cada DAW tem sempre alguns recursos interessantes, que podem ser aproveitados para ser trabalhar em pequenos trechos e ajustes.
E assim se exporta o áudio numa DAW e se importa em outra.
E se aproveita o que cada uma tem de bom, sempre finalizando o trabalho naquela que você considera a mais apta e que tem melhor conhecimento.
Pelo baixo valor do software até vale a pena.
A linha do Magix vai desde o básico "Magix Music Maker" as versões mais completas do Samplitude.
Nesta linha começa a valer a pena do Magix Studio para cima.
O Studio One,não sei dizer, mas também já testei uma destas versões mais simplificadas e não gostei também. (tinha até uma versão que não deixava usar VST, um absurdo).
O Studio One é uma DAW bem sofisticada, mas com estas versões de baixo custo não adianta se iludir pensando que na verdade tem o Studio One, que não tem.
E é um tal de versão essencial, padrão, pro, etc...
Acredito que tem linha que contempla mais de cinco versões. (e até mais, com outras variantes, e o consumidor fica perdido).

Da mesma forma existem várias DAWS LE, que vem junto com algum hardware que compramos, e que também são ilusão.
Você até pode ter uma versão LE do Protools, mas na verdade não tem o Protools, as limitações descaracterizam o software.
Infelizmente isto é uma prática que disseminou-se no mercado.
É um chamariz para a pessoa fazer um upgrade para a versão completa.
As DAWS LE podem ser interessantes para quem esta começando, mas tem que ter consciência das limitações, que vai usar o software só para aprender o básico, e depois na sequência vai ter que escolher ou o upgrade ou uma outra DAW.
Tem que analisar muito bem a relação custo benefício ao adquirir o hardware e a real vantagem de fazer o upgrade considerando o custo total.
Na minha opinião o Protools não é uma DAW apropriada para um home studio, que devido a sua simplicidade, muitas vezes não vai ter o hardware adequado, e conflitos podem surgir.
É outra ilusão para um pequeno estúdio caseiro.
Existem melhores opções:
- Cubase, Nuendo, Sonar, Reaper, Fruity Loops, Mixcraft, Real Tracks e muitas outras .

Então.
Qual é a melhor DAW?
Isto não existe, a melhor DAW é aquela que você melhor se adapta dentro da usabilidade de acordo com os seus conhecimentos atuais, e sua realidade financeira.
Tem muitas pessoas que são iniciantes e fazem esta pergunta.
Querem já de inicio a melhor, mas como foi dito "isto não existe", e esquecem que tudo segue uma linha de aprendizado.
O nível de conhecimento sobre a produção musical digital deve ser considerado, assim muitas vezes é melhor começar por uma DAW que tenha uma interface mais intuitiva e prática.
Pois o conhecimento se adquire de forma gradativa.
Não vale a pena utilizar versões não legalizadas.
Pois como você vai divulgar o seu trabalho?
Assim é melhor começar com uma DAW dentro das suas possibilidades, evitando versões simplificadas.
É melhor adquirir uma DAW completa de boa reputação, que pode custar bem menos, do que uma "Estrela" dita top de mercado incompleta.
E tem que levar em conta o custo anual dos upgrades. (tem que pesquisar, alguns softwares tem preços abusivos no upgrade, e outras que nem upgrade tem, e para ter a nova versão tem que comprar de novo).
E o que pode custar mais caro que a DAW são os instrumentos virtuais que se tem necessidade de adquirir, assim como os efeitos.
Assim ao se escolher uma DAW, tem que levar em consideração o que vem junto.
É um processo de aquisição de softwares que não tem fim, e assim tem que planejar e evitar a GAS(consumismo exagerado).
Este conjunto de softwares passa pela DAW, por instrumentos Virtuais, plugins de efeitos, editores de áudio, editores de partitura e muitas outras ferramentas.
No geral as DAWs de qualidade são muito parecidas, o que varia é a interface de acesso, a distribuição do menu, alguns recursos exclusivos de cada uma, e principalmente os instrumentos e efeitos nativos que só funcionam no próprio software.
Outro ponto importante é a comunidade que usa o software o suporte, os fóruns a quantidade de participantes etc...
Se o seu setup de hardware é modesto e humilde, humilde e modesto deve ser também o setup dos softwares.
Outro ponto importante é estar atento as promoções.
De tempos em tempos todos os desenvolvedores em geral fazem promoções em determinadas datas do ano, que realmente valem a pena, assim as vezes é melhor adiar a compra e esperar o momento oportuno.
Aqui no fórum tem até um tópico a respeito.
De nada adianta sofisticados softwares e instrumentos virtuais se a sua configuração de hardware é fraca.
De nada adianta também a recomendação de outras pessoas, tipo: Esta é a melhor "X", a que você esta usando é ruim?
Isto também não existe.
Ou a pessoa simplesmente desconhece e escreve por escrever, somente para criticar, ou não soube usar de forma correta o software, e todo software tem as suas limitações, e deve ter consciência disto, não dá para exigir do software um recurso que o mesmo não tem, neste caso tem que sugerir ao fabricante a inclusão do novo recurso.
Mas provavelmente a resposta que vai obter é que deve adquirir a versão "y" que tem este recurso, mas é obviamente mais cara.
E assim estão segmentando os softwares por versão.
Tem pessoas que fazem muitas perguntas aqui no fórum, mas não se dão ao trabalho de lerem os manuais dos softwares e hardwares, e fazem críticas descabidas.
Tem que ler e estudar (se não conhece o idioma, que use tradutores e faça pesquisas nos fóruns especializados).
Tem que testar e experimentar primeiro antes de comprar.
Ler os manuais (pode-se fazer os downloads gratuitamente, e verificar os detalhes, do que realmente o software oferece).
Tem que buscar um equilíbrio.
E o melhor resultado só é obtido por uma combinação de fatores de hardware(computador, interface de áudio, monitores, microfones, acessórios, etc...), ambiente acústico, software, aqui que tem que saber fazer uma boa escolha, observando a compatibilidade.
Quanto aos microfones, não faço muitas gravações e assim não devo opinar.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


poxa cara, mto obrigado mesmo, fiquei na dúvida qdo vc disse q o pro tools nao seria uma boa escolha pra se usar, eu estava querendo comprar o pro tools 10 ou 11, nao a versão HD, mas tb andei olhando o cubase e gostei, mas ai peguei o trial dele e mesmo assim como o pro tools precisa da desgraça do componente usb pra liberar o acesso e eu nao consigo nem ver como é o programa, como vou compra-lo ? é essa dica q preciso, eu ja estou confuso pq qdo começo a mecher em um programa eu descubro q ele é simples e limitado mesmo e passo pra outro, o q veio junto com meu audiobox usb studio one, justamente o q vc disse q nao da para usar vsts, é brabo.... meu hardware é um i5 6gb de ram 1gb de video, na realidade é um notebook da acer, bastante bom pra mim pelo menos, mas estou pensando em pegar um mini mac, mas ai eu pego o mac e cade o daw legal pra se usar e se dedicar a ele ? isso q ta sendo brabo pra mim cara, por exemplo o reaper, achei ele horrivel..... pra vc ter uma ideia nao sei nem onde comprar esses softwares aqui no brasil q nao seja pelo mercadolivre oq nao gosto de fazer, pra piorar nao tenho cartao de credito internacional :( ajuda ai por favor mesmo...

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


achei o cubase 7 por quase 2mil, sera q com ele consigo me dedicar a ele ?

ve esse ta completinho fazendo favor...

http://www.steinbergshop.com.br/softwares-daw/producao-musical/cubase. html

makumbator
Veterano
# jul/13 · Editado por: makumbator
· votar


raujunior

O Cubase também precisa de dongle USB (chamada de Steinberg Key). Eu uso o Cubase 7 original. Qualquer dúvida sobre ele pode me perguntar.

Caso você queira rodar a demo antes de comprar você teria que comprar a Steinberg key (cerca de U$ 29) e pedir a demo à Steinberg. O problema é que a chave aqui no Brasil é muito cara:

http://www.steinbergshop.com.br/elicenser-acessorios/elicenser/usb-eli censer-steinberg-key.html

É mais jogo importar ela direto:

http://www.ebay.com/itm/Steinberg-e-licenser-USB-Key-required-for-all- Steinberg-VST-Products-USB-Dongle-/251280559999

Obviamente quando você compra o programa completo já vem uma chave USB incluída no pacote.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


vc prefere o cubase ou protools 10 ? pra mim q gosto de fazer musicas e de cantar mtooo mesmo, qual seria o melhor ja q uso o audiobox usb da presonus...

Adler3x3
Veterano
# jul/13 · Editado por: Adler3x3
· votar


raujunior

Eu tentei comprar algo mais simples da Steinberg, o Sequel, que é interessante pelo conjunto de samplers.
Mas desisti devido a burocracia de importação. da Steinberg, e não achei o link para comprar.
E fiz um cadastro para experimentar a versão trial, fiz o download, mas o arquivo ficou danificado e não consegui testar.
A DAW que mais uso é o Mixcraft 6 pro Studio em português mantida pela D"Accord de Pernambuco, procuro sempre que posso prestigiar a industria nacional.
E comprar produtos da Steinberg aqui no Brasil tem o preço proibitivo.
O Cubase é uma baita de um DAW uma das melhores, uma das consideradas "TOP", favorita de muitos usuários.

makumbator
Veterano
# jul/13 · Editado por: makumbator
· votar


raujunior

Eu gosto mais do Cubase, principalmente por causa dos recursos midi (que são mais avançados que os do PT). Mas isso sou EU. Depende muito do gosto, bolso e uso de cada usuário.

qual seria o melhor ja q uso o audiobox usb da presonus...

A interface nesses casos tanto faz. Ela funciona com todas as DAWs atuais.

Adler3x3

O Sequel dá para comprar diretamente da Steinberg shop via download. Sem imposto e com entrega apenas eletrônica:

http://www.steinberg.net/en/shop/sequel.html

O preço do Cubase e Nuendo subiram muito aqui no Brasil (e continua o mesmo preço no exterior). O Cubase está quase 900 reais mais caro do que quando comprei aqui no Brasil mesmo (com representante oficial da marca). Na época que comprei foi um pouquinho abaixo do preço internacional convertido em reais (por causa de um descontinho que tive).

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


peguei o trial do cubase mas igual diz q precisa do treco usb :(

makumbator
Veterano
# jul/13
· votar


raujunior

Sim, eu te falei. Precisa da Steinberg key. Se quiser comprar só a chave (para rodar a demo) vai no link do ebay que coloquei. Dá uns 100 e tantos reais com o frete para o Brasil.

Adler3x3
Veterano
# jul/13 · Editado por: Adler3x3
· votar


makumbator

O que faz falta no Brasil é uma loja tanto física como virtual, que você entre e possa escolher livremente vários softwares de música, sejam em versões "box" ou para download a preços competitivos.
E posso também ver o software sendo executado em um computador de demonstração.
Mercado existe.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


pois é gente, acabei de comprar um microfone condesador neumann tlm 102 na cor preta, a aranha original dela mais o protools 11 , comprei tudo no quanta mesmo, tive um otimo suporte pelo telefone sem ter q ligar pra eles, mto bom o atendimento, espero ter feito uma boa aquisicao tanto no microfone q ele disse ser excelente pra vocalistas usado em estudios e em home estudios e pela DAW , como nunca ouvi falar mto sobre o cubase optei mesmo pelo protools pois achei o suporte mais facil caso eu tenha duvidas que logico, terei e mtos hjehehehehhe... isso ai, espero q opinem ai... um site bom pra se comprar um pop filter de boa qualidade q funcione realmente seria de extrema urgencia tb....

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


adler3x3, mas ai vou gastar 100 reais pra rodar uma demo ? quero uma versão completa, por isso peguei essa do protools 11 mesmo, quero saber o q vcs acham do microfone q peguei se é bom mesmo ou se é papo de vendedor...

Adler3x3
Veterano
# jul/13 · Editado por: Adler3x3
· votar


raujunior

Bem agora tá feito você finalizou as compras e ao meu ver comprou por impulso.
Agora o que resta é aguardar as encomendas chegarem, e por a mão na massa para testar.
E ser feliz.
Também não entendi direito esta de gastar R$ 100,00 para rodar um demo, se isto for verdade é um abuso, e não é demo, mas parece que com o key você poderia comprar no exterior com um preço mais em conta, e depois ativaria o software sem problemas.
Este sistema da Steinberg esta meio confuso, por isto que desisti do Sequel.
Devem estar perdendo muitas vendas por causa de excesso de burocracia e sistema de distribuição de vendas ineficiente.

makumbator
Veterano
# jul/13 · Editado por: makumbator
· votar


raujunior

Sim, precisa pagar para rodar a demo por você não ter a chave (assim como também não tem o ilok do pro tools, e se quisesse fazer a demo dele pagaria também).

O valor da chave pode ser abatido depois na compra do original (pelo menos é assim na Steinberg). Mas é claro que se o cidadão decidir não comprar a versão completa depois aí fica no preju.

A chave fica caro pra gente, no exterior não é considerado caro. E com ela pode-se rodar demos e ativar softwares de outras empresas e produtos. No caso da Steinberg key também ela é usada pela Vienna Software, Arturia, Cantor, entre outras.

Também acho que a compra foi um tanto no impulso, principalmente pela Quanta meter a faca (mas o atendimento é bom).

Adler3x3

Sim, também sinto falta de lojas nacionais de software (ou mesmo ter mais softwares em lojas normais de música). Mas isso é muito da cultura da pirataria, que faz o empresário ter dúvidas em investir em um negócio desses.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


pois é, bem complicadinho mesmo, eu pesquisei bem antes e foi isso q fez com que eu optasse mesmo pelo protools 11 q é so colocar ali no google ou no youtube que aparece milhares de coisas a respeito dele, nao q o cubase nao apareça, mas a popularidade do protools parece ser maior, mais amplo, seila....e o microfone o que achou ? uma boa aquisicao ou uma pessima aquisicao ? neumann tlm 102 na cor preta e a aranha original dela, agora nao acho um prop filter legal, eu vi numa foto um lance de espuma q fica em volta do microfone como uma protecao acustica, qual nome daquilo ? onde se arruma ? abraços...

Adler3x3
Veterano
# jul/13
· votar


raujunior

É bem ao contrário, acho que você não pesquisou direito.
O Cubase é mais forte na Europa.
Quanto ao microfone não sei dizer, mas parece ser uma boa marca.
Aqui mesmo no fórum devem existir mais usuários do Cubase do que do Protools.

Adler3x3
Veterano
# jul/13 · Editado por: Adler3x3
· votar


todos
É o custo Brasil que encarece os softwares.
Componentes do Custo Brasil:
- falta de planejamento e de políticas voltadas para a cultura nacional;
- desrespeito com a educação e a cultura, o pessoal que lida com a importação nem sabe que softwares de produção musical são cultura, olham os DVDs e só enxergam uma simples mercadoria;
- legislação trabalhista ultrapassada;
- muitos impostos em cascata;
- guerra fiscal entre os estados;
- falta de infraestrutura nos portos e aeroportos, são muito ineficientes, é muitos produtos são desviados e roubados, e não acontece nada;
- o custo dos seguros não para de subir, as lojas são arrombadas, os caminhões assaltados, e nada acontece, e o percentual de material recuperado é ínfimo;
- muita burocracia nos desembaraços das importações, e até desrespeito na taxação, de muitas coisas que por lei deveriam ser isentas, mas acabam cobrando imposto;
- preço do frete internacional caro, devido aos problemas de logística no nosso território;
- os atrasos nas entregas dos produtos;
- falta de mão de obra especializada;
- a margem de lucro incluída pelos distribuidores/comerciantes é muito mais alta do que lá fora;
- quando a cotação do dólar fica instável colocam uma margem maior ainda;
- inflação e manipulação da real taxa, dizem que a inflação esta por volta de 6,5% ao ano, mas o custo de vida esta muito alto, e estas taxas são só para inglês ver, o empresário percebe que a inflação esta muito mais alta, e assim se previne repassando a diferença nos preços;
- baixo consumo em função dos altos preços, e a coisa fica num ciclo vicioso;
- greves;
- e muito mais, a lista dos problemas que causam aumento do custo é enorme, pois esta quase tudo errado, vide os protestos da população, a coisa chegou num ponto que esta ficando insuportável.
Um produto lá no exterior custa Us$ 150,00, e aqui no Brasil o preço de venda fica por volta de U$ 450.00 e até mais, mas muito mais mesmo, o pessoal que compra teclados musicais também sofre na carne deste problema do custo Brasil.

raujunior
Membro Novato
# jul/13
· votar


e aquele negocio cheio de espuma q fica como um braco emvolta do microfone, qual nome daquilo ? nesse site onde compra o cubase 7 e o usb la eles tem pronta entrega sera ? pra mim nao tem problema, compro ele tb ehhehehhee

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a è gente, deu zebra