Digitação para instrumentos de pistos.

    Autor Mensagem
    Luiz Almeida
    Veterano
    # jun/09 · Editado por: Luiz Almeida


    Olá a todos os interessados na "familia" dos pistos (Trompete, Flugelhorn, Cornet, Trombone de pisto, Sousafone, Tuba, Euphonium, Saxhorn e Barítono).

    Vou tentar passar alguma coisa do pouco que sei, pois já desisti de tocar os instrumentos dessa familia.

    O que vou postar aqui, foi em sua maioria colhida do site da Weril.
    www.weril.com.br

    -Digitação para Trompete, Trompete Poket, Cornet, Flugelhorn e Saxhorn. A página está em arquivo .pdf:

    http://www.weril.com.br/escalas/Trompete.pdf

    Trompete em Dó Notem a distância da campana para a 1° volta, essa é uma característica que diferencia o Trompete em Dó para o Trompete em Sib.

    Trompete em Sib Notem a distância da campana para a 1° volta, essa é uma característica que diferencia o Trompete em Sib para o Trompete em Dó.

    Trompete Poket

    Cornet

    Flugelhorn

    Saxhorn


    -Digitação para Euphonium (Bombardino), Barítono e Trombone (de pisto). A página está em arquivo .pdf:

    http://www.weril.com.br/escalas/Bombardino.pdf

    Euphonium (Bombardino)

    Barítono

    Trombone Curto de Pisto em Dó

    Trombone Longo de Pisto em Sib

    -Digitação para Tuba (Bombardão) e Sousafone. A página está em arquivo .pdf:

    http://www.weril.com.br/escalas/Tuba.pdf

    Tuba (Bombardão)

    Sousafone

    Nas digitações aparecem os números "0, 1, 2 e 3". Esses números se referem as válvulas a serem acionadas, e aos dedos da mão direita que acionam as respectivas válvulas.
    O "0" indica que nenhuma válvula/pisto ou tecla/chave deve ser acionada.
    O "1" indica que o dedo indicador deve acionar a primeira válvula/pisto do instrumento. A válvula 1 é a que fica próximo ao bocal em relação a campana. Apenas a 1° válvula será acionada.
    O "2" indica que o dedo médio deve acionar a segunda válvula/pisto do instrumento. A válvula 2 é a que fica após a válvula 1 no sentido bocal/campana. Apenas a 2° válvula será acionada.
    O "3" indica que o dedo anelar deve acionar a terceira válvula/pisto do instrumento. A válvula 3 é a que fica após a válvula 2 no sentido bocal/campana. Apenas a 3° válvula será acionada.
    Quando aparecer os números "1 e 2", devem ser acionadas as válvulas 1 e 2, sem acionar a válvula 3.
    Quando aparecer os números "2 e 3 ", devem ser acionadas as válvulas 2 e 3, sem acionar a válvula 1.
    Quando aparecer os números "1 e 3", devem ser acionadas as válvulas 1 e 3, sem acionar a válvula 2.
    Quando aparecer o número "4", esqueça, pois estamos só tratando por enquanto de instrumentos de 3 válvulas, e o número 4 representa a 4° válvula, que em alguns instrumentos pode ser acionada pelo dedo mínimo da mão direita, como também pelo dedo indicador da mão esquerda. E eu não tenho conhecimento para falar da 4° válvula.

    Notem que na clave de Sol todas as digitações são as mesmas.
    Independente da afinação do instrumento, é essa a digitação que deve ser feita, não importa qual o som da nota que irá soar.
    Se por um acaso a partitura for para um instrumento de afinação diferente do que se irá utilizar, deve-se fazer a transposição.

    Depois eu colocarei a descrição das partes de um Trompete, tipo:
    -Campana.
    -Bocal.
    -Válvulas.
    -Pompas ou voltas.

    Por enquanto é isso.

    Luiz Almeida
    Veterano
    # jun/09
    · votar


    Algumas imagens com as descrições:

    trompete:
    http://www.clubedoacordeom.com/extras_fabio_drechsler_9003.html

    Trompete (acho que está em alemão):
    http://www.kidsnet.at/jpg/trompete.jpg

    Bocal:
    http://otrompetista.wordpress.com/2008/03/13/informacoes-de-bocais-par a-trompete/

    Lúthien Tasardur
    Veterano
    # jul/09
    · votar


    Cadê pra trompa?? =p, existe trompa de pisto tb ^^

    Luiz Almeida
    Veterano
    # jul/09
    · votar


    Lúthien Tasardur

    Eu já vi trompa de pisto, mas hoje em dia parece que só válvulas "rotativas", acho que é isso.

    A digitação da trompa é diferente, e eu nunca peguei em uma.

    Se você colocar algo a respeito das trompas iremos ficar agradecidos.

    Luiz Almeida
    Veterano
    # jul/09
    · votar


    Alguns vídeos sobre trompetes:


    http://www.youtube.com/watch?v=-rXtynxrnrs&feature=player_embedded


    http://www.youtube.com/watch?v=Fvl-MGN3sDk&feature=player_embedded


    Trocando a afinação de Sib para C:


    http://www.youtube.com/watch?v=MQrQwcrV4FQ&feature=player_embedded

    Luiz Almeida
    Veterano
    # jul/09
    · votar


    Um link muito bom:

    http://otrompetista.wordpress.com/2008/03/14/a-familia-de-trompetes/

    "O Trompetista Weblog, 14 Março, 2008
    A familia de trompetes

    Depois de falar sobre instrumentos transpositores, nada melhor que apresentar alguns modelos de trompetes e afinações correspondentes, pois muitas pessoas fazem confusões sobre as afinações e tambem sobre determinado tipo de trompete, por isso estarei colocando algumas fotos para ilustrar.

    No mercado atual, encontramos com maior facilidade os trompetes afinados em Sib (Bb) e em Dó (C), sendo os afinados em Bb mais utilizados para musica popular e os em C para musica sinfônica. Alem dos instrumentos afinados em C para uso sinfônico, temos tambem alguns afinados em Ré (D) e Mib (Eb). Este trompete pode ser encontrado dependendo o fabricante na configuração de dupla afinação (Eb/D). De uso sinfônico alem desses, temos o Cornet afinado em Bb e o Piccolo Trompete que normalmente é fabricado em dupla afinação, Sib e Lá (Bb/A).

    Para a musica popular, alem do trompete afinado em Bb, temos o Flugelhorn que é afinado em Bb e o Flugelhorn que utiliza 4 pistos para uso sinfônico.

    Lembrando que para todos os trompetes, o quarto pisto serve como uma chave de pedal de oitava, colocando o trompete 1 oitava mais grave do que o normal. Esse quarto pisto é aplicado muito no Trompete Piccolo, ja que ele soa 1 oitava a cima do trompete normal, acionamos esse quarto pisto para que ele possa soar 1 oitava abaixo, ou seja, tocar na mesma região da Tessitura que o trompete tradicional trabalha.

    As afinações comentadas até agora são basicamente encontradas em quase todos os fabricantes de trompete, mas tambem temos alguns trompetes com afinações exclusivas para utilizar como efeito, ou preenchimento de naipe dentro de um grupo de metais, do que conheço, apenas a Bach fabrica essas versões. Esses trompetes são: Trompete Contralto afinado em F; Sopranino em F e Sopranino em G.

    Alem da Bach, a Schilke fabrica Cornets afinados em C, Eb, e a Benge e a Courtois (BUFFET CRAMPON & CIA) para o Flugelhorn com opcão de 4 pistos.Segue abaixo algumas fotos para ilustrar a diferença entre os trompetes. Tambem tem uma foto do trompete de rotor, muito utilizado pela Orquestra Filarmonica de Berlin.
    "


      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Digitação para instrumentos de pistos.