Dúvida genuína sobre economia

Autor Mensagem
Black Fire
Gato OT 2011
# 09/abr/18 14:28


Então, economistas do fórum, na última semana rolou uma grande polêmica em Passo Fundo, o sindicato dos comerciários basicamente barrou a entrada da Havan na cidade. Segundo algumas pessoas esta loja criaria muitos empregos e essas coisas. Minha dúvida é: passado a geração de emprego inicial em outros setores até a instalação da loja, estes mega empreendimentos geram empregos mesmo? Ou a quebradeira no comércio local vai acabar gerando mais desemprego?

sallqantay
Veterano
# 09/abr/18 14:52
· votar


acho que o nível de emprego dá no mesmo, mas a condição de trabalho dos funcionários não. Eles vão ter que trabalhar todos os dias/horas/feriados. Com poucos empregadores vão ter que se sujeitar a mais coisas.

Mas isso é um chute, para saber tem que ter estudo empírico pesado (coisa que brazileiro não sabe fazer, BTW)

Juiz Federal
Membro Novato
# 09/abr/18 14:58
· votar


Sei não

Black Fire
Gato OT 2011
# 09/abr/18 15:02
· votar


achei um antigo sobre o Wal-Mart com a seguinte conclusão:

I find an increase of 100 retail jobs in the county at entry; half of that increase remains five years after entry. This effect is substantially mitigated when neighboring counties are also considered, where there is a decline of approximately 30 retail jobs. There is also a negative effect on county-level wholesale
employment. Combined, these negative effects are large enough to fully offset the gains to retail employment in the entered county.

sallqantay
Veterano
# 09/abr/18 15:04 · Editado por: sallqantay
· votar


o território no BR tem muito menos mobilidade que no US, entre outras diferenças. Dá para invalidar essas afirmações com muita facilidade.

makumbator
Veterano
# 09/abr/18 15:09
· votar


Black Fire

Aqui em Juiz de Fora a Havan entrou há algum tempo, e não me lembro de problemas com sindicatos ou associações, mas por Passo Fundo ser menor isso com certeza fica potencializado.

sallqantay
Veterano
# 09/abr/18 15:37
· votar


reductio ad juiz de foraum

Juiz Federal
Membro Novato
# 09/abr/18 16:03
· votar


Kkkkkkkkkkkkkk

makumbator
Veterano
# 09/abr/18 16:04
· votar


sallqantay
reductio ad juiz de foraum

Data venia

brunohardrocker
Veterano
# 09/abr/18 16:46 · Editado por: brunohardrocker
· votar


lrv tem havan, logo lrv > pfb

Beneficio para o consumidor da classe média que paga mais barato nas ferramentas, bombas de lavagem, roupas de segunda mão, tapetes, brinquedos.
O impacto no comércio não foi tanto. Quem não se preocupa com o comércio local é o estado que passa o chicote nos impostos, desfavorecendo quem tem menos poder de barganha ou não tem como transferir mercadorias no estoque interno de estado para estado.

megiddo
Membro
# 09/abr/18 17:21
· votar


Spread the word to other towns.

Joseph Conrad
Membro Novato
# 09/abr/18 19:37 · Editado por: Joseph Conrad
· votar


makumbator
Aqui em Juiz de Fora a Havan entrou há algum tempo,

Mas escolheram uma localização bem peculiar. Não tem nada na Av Brasil além da Havan e daquele shopping.

(Ambos sempre vazios: embora isso seja uma observação episódica de minha parte)

brunohardrocker
Veterano
# 09/abr/18 19:41
· votar


makumbator
Aqui em Juiz de Fora a Havan entrou

Até a Havan ja entrou e o juiz ainda não.

brunohardrocker
Veterano
# 09/abr/18 19:45
· votar


Joseph Conrad

Em cidades menores, uma loja do porte da Havan que funciona em horarios prolongados, inclusive sabados e domingos, fica a maior parte do tempo vazia.
Não sei qual é a ideia de planejamento deles.

makumbator
Veterano
# 09/abr/18 19:57 · Editado por: makumbator
· votar


Joseph Conrad
Mas escolheram uma localização bem peculiar. Não tem nada na Av Brasil além da Havan e daquele shopping.

Não tinha muita coisa mesmo (tinha um supermercado antes e a rodoviária que continua ali perto). Mas depois do Shopping inaugurar o movimento da Havan aumentou muito (afinal, eles são grudados).

brunohardrocker
Até a Havan ja entrou e o juiz ainda não.

Podiam não ter trazido era aquela estátua da liberdade tosca que a Havan coloca na frente das lojas. Aquilo sim é um atentado econômico e artístico

Viciado em Guarana
Veterano
# 09/abr/18 20:05
· votar


Podiam não ter trazido era aquela estátua da liberdade tosca que a Havan coloca na frente das lojas.

E acabar com um dos símbolos da classe C brasileira? Jamais!

MatheusMX
Veterano
# 11/abr/18 15:37
· votar


o sindicato dos comerciários basicamente barrou a entrada da Havan na cidade. Segundo algumas pessoas esta loja criaria muitos empregos e essas coisas.

É nitidamente um movimento protecionista esquerdoso.
A loja, por ser grande, criaria uma demanda por serviços que impactaria os preços e salários de forma geral, além de mexer diretamente com a concorrência, na oferta de produtos.
Quem saiu perdendo foi o consumidor.

Black Fire
Gato OT 2011
# 11/abr/18 15:56
· votar


MatheusMX
A loja, por ser grande, criaria uma demanda por serviços que impactaria os preços e salários de forma gera

Artigos para melhor embasamento.

MatheusMX
Veterano
# 11/abr/18 16:16
· votar


Black Fire
Artigos para melhor embasamento.

Do art. 1º ao último, do Código do Trabalho.

brunohardrocker
Veterano
# 11/abr/18 16:17
· votar


Artigos para melhor embasamento.

Artigos de cama, mesa e banho.

sallqantay
Veterano
# 11/abr/18 16:21
· votar


É nitidamente um movimento protecionista esquerdoso.
A loja, por ser grande, criaria uma demanda por serviços que impactaria os preços e salários de forma geral, além de mexer diretamente com a concorrência, na oferta de produtos.
Quem saiu perdendo foi o consumidor.


MBL feelings

Black Fire
Gato OT 2011
# 11/abr/18 16:22
· votar


MatheusMX
Só os chavão mesmo? Saia do meu tópico.

sallqantay
Veterano
# 11/abr/18 16:22
· votar


Quem não se preocupa com o comércio local é o estado que passa o chicote nos impostos, desfavorecendo quem tem menos poder de barganha ou não tem como transferir mercadorias no estoque interno de estado para estado.

MBL feelings

Bizet
Veterano
# 11/abr/18 22:29
· votar


mais um liberaloide

essa raça ruim se multiplica com muita facilidade, cada dia fico com mais saudade do stalin

One More Red Nightmare
Veterano
# 11/abr/18 22:34
· votar


Solicite junto à secretaria de fazenda ou planejamento do seu município informações sobre o investimento.

Eu até poderia dar um pitaco, mas nem sei que loja é essa haha.

brunohardrocker
Veterano
# 12/abr/18 00:20
· votar


Bizet

tem que dar uma pausa no goulag aí pra defender os empregos dos proletários das lojas menores.

Snakepit
Veterano
# 12/abr/18 00:27
· votar


Não sei qual é a história desse cara, mas qualquer coisa que cresce assim no Brasil tem algum esquema por trás.

Ele não deve pra pagando os impostos, no mínimo. Ou pegando dinheiro do BNDS. Ou tudo isso ao mesmo tempo, como fez a Itaipava.

Bizet
Veterano
# 12/abr/18 00:55 · Editado por: Bizet
· votar


tem que dar uma pausa no goulag aí pra defender os empregos dos proletários das lojas menores.

to um pouco em cima do muro nisso aí, tenho a mesma dúvida do bf (pra comunidades locais, no nosso contexto)

obviamente o certo seria deixar a loja entrar e depois a galera tomar a propriedade portando ak-47, mas enquanto isso não rolar será válida qualquer opção que melhore (ou não piore) a vida de quem tá fudido

Viciado em Guarana
Veterano
# 12/abr/18 01:21
· votar


Vai defender patrão agora é?
O pequeno sonha em crescer só pra foder igual os grandes fazem!
É tudo burguês safado!

Não... o mal grande a gente taca fogo, já o pequeno tem que sufocar pela raiz, mesmo ou aquele brotinho que tu deixou vai virar o matagal que vai encher as suas calças de micuim mais tarde.

será válida qualquer opção
Não vai, não. Baixar a cabeça jamais!
Eu não vim pra me curvar, eu vim para conquistar!

Black Fire
Gato OT 2011
# 12/abr/18 01:31
· votar


One More Red Nightmare
não sabia que era possível fazer isso.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Dúvida genuína sobre economia