dos ritos de passagem contemporâneo

    Autor Mensagem
    sallqantay
    Veterano
    # 23/jan/18 09:23


    Acabei de depositar, pela primeira vez na minha vida, 320 marcelas na conta de um sindicato (tá certo que a firma vai reembolsar). É possível trabalhar nesse mundo sem pagar dízimo para o estado, banco e sindicalistas gordos?

    dissertem

    brunohardrocker
    Veterano
    # 23/jan/18 09:29
    · votar


    Mas o Presidento Princepe Michel não tinha acabado com essa mamata?

    sallqantay
    Veterano
    # 24/jan/18 09:42
    · votar


    acabado com essa mamata?

    Qual? Sistema S, conselhos de classe, etc, etc.

    Se nego acaba com a mamata perde a cabeça no dia seguinte

    brunohardrocker
    Veterano
    # 24/jan/18 09:51
    · votar


    ritos de passagem

    Ou o Estado é pai, ou não é pai:
    Maluco sai com caminhão roubado de patio de empresa, bate em caminhão estacionado e moto, causa prejuízo, abandona o caminhão e some no mundo. Povo chama a policia. A policia pede se há vitimas. Não há, então passa para a guarda. A guarda vem, faz o BO e vaza. Ao saber do roubo, a PM vem, faz o BO e vaza.
    O proprietario do caminhão estacionado vai ser ressarcido de alguma maneira? Quem vai intermediar a negociação entre as partes? Quem vai correr atrás do meliante que pode estar nas redondezas?
    Legal. Mais um arquivo. Se virem aí.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a dos ritos de passagem contemporâneo