Sara e sua evolução

Autor Mensagem
Silspiders
Membro Novato
# 30/jun/20 17:34
· votar


Isso aí. Rs

JJJ
Veterano
# 30/jun/20 17:45
· votar


E eu quero a insígnia veterano.

Pararam de fabricar em 2012.


É, quando o mundo acabou, acabou isso daí junto.

Lelo Mig
Membro
# 30/jun/20 19:03 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Quando o user é bem dotado a insígnia é apenas:

Membro, com a medalhinha "Top User"... já fica subentendido. Mas não adianta falsificar o currículo, têm fiscalização rígida.

Silspiders
Membro Novato
# 30/jun/20 19:08
· votar


Risos

makumbator
Veterano
# 30/jun/20 19:14
· votar


Eu atestei in loco a potência do Lelo. Top User mesmo. Podem confiar.

brunohardrocker
Veterano
# 30/jun/20 22:41
· votar


Eu quero a volta de um representante da direita na moderação. Volta Marco Alan!

Abraços.

makumbator
Veterano
# 30/jun/20 22:55
· votar


brunohardrocker

Abaixo o esquerdismo na moderação!!!!!!!

LeandroP
Moderador
# 30/jun/20 23:15
· votar


makumbator

Eu nasci assim, tá?!
Eu pago mais caro na guitarra!

Lelo Mig
Membro
# 30/jun/20 23:51
· votar


brunohardrocker
makumbator

Vocês estão lançando a campanha "moderação sem partido"?

brunohardrocker
Veterano
# 01/jul/20 08:47
· votar


Lelo Mig

Eu defendo ao menos uma "rachadinha na moderação".
:)

Drinho
Veterano
# 01/jul/20 09:43
· votar


Que Sara nada...

Já viram essa doida opressora aqui?

https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2020/06/30/influencer -que-disse-evitar-contratar-mulheres-tera-que-se-retratar.htm

Essa aí dá um chá de porrada no esquerdóide que o cabra fica até desnorteado....

JJJ
Veterano
# 01/jul/20 10:03
· votar


Drinho

De um ponto de vista de extrema direita (que não é o meu, só estou fazendo um exercício mental filosófico), ela atira no próprio pé.

Quando as mulheres descoladas, independentes e resolvidas resolvem trabalhar e - pelo modelito dela - deixam de ter filhos, o resultado é o crescimento populacional na outra ponta: uma legião de pobres, com certeza um pesadelo pra quem pensa como ela.

Por outro lado, acho absurdo essa multa aí. É uma opinião, ora bolas. Acho que ela tem o direito de expressar o que pensa, concordemos ou não. Vou até um pouco mais longe: acho que temos, sim, aqui e ali, alguns direitos em excesso. Certa vez, Sarney disse, sobre a Constituição de 88, que ela tornaria o Brasil "ingovernável", justamente por esse excesso de direitos sem a contrapartida necessária. Ulisses - grande orador, grande político, mas um tantinho demagogo, convenhamos - retrucou eloquentemente "ingovernável é a fome!". Muito bonito, mas sempre com aquela pontinha de desprezo pela evidência de que dinheiro não dá em árvore, nem cai do céu...

Lelo Mig
Membro
# 01/jul/20 12:03 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Drinho

Sou contrário a multa, a ter de fazer vídeo se retratando e o caralho, radicalmente contra. É a opinião dela, ela têm direito a pensar dessa forma.

Porém, esta "colocação", tanto dela quanto da justiça, mostra o mundo irreal que vivemos.

A sociedade não deveria ser balizada pelo viés econômico e profissional, porque isso é um erro e uma questão de interesses. Explico:

Ainda que ela fosse empresária e fosse de direita, se ela tivesse uma fábrica de brinquedos ou uma rede de escolinhas para crianças, ela seria a primeira a incentivar leis que protegessem grávidas, porque filhos de mãe desempregadas, não consomem ou consomem menos.

O problema, no meu entender, é essa visão comercial, trabalhista e consumista balizando todo o pensamento da civilização moderna.

Mas, ela mesmo deixa claro quando diz "cada um com o seu". E este é, via de regra, o pensamento comum a maioria, dos "empresários"; que só enxergam o outro quando é para vender seus produtos ou quando precisam de um político para propor algum "negócinho esperto".

entamoeba
Membro Novato
# 01/jul/20 14:02
· votar


Drinho
Essa aí dá um chá de porrada no esquerdóide que o cabra fica até desnorteado...

Mulher burra pra caralho!

"nutricionista e influencer", é esse o perfil intelectual da alt-right.

st.efferding
Membro
# 01/jul/20 15:47
· votar


Lara Nesteruk
"nutricionista e influencer"

lambia até o caroço do butiá (contabilizando macros)

makumbator
Veterano
# 01/jul/20 16:12
· votar


JJJ
Quando as mulheres descoladas, independentes e resolvidas resolvem trabalhar e - pelo modelito dela - deixam de ter filhos, o resultado é o crescimento populacional na outra ponta: uma legião de pobres, com certeza um pesadelo pra quem pensa como ela.

Acho que não, pois ela contrata basicamente mulheres mais pobres. Dentro dessa ótica, se elas não tiverem tantos filhos, melhor (mas na real, ter um monte de filhos em série é burrice mesmo). A mulher descolada como ela não vai ser contratada. A descolada também monta seu negócio para contratar outras pessoas de camadas sociais mais baixas como "colaboradoras".

Mas falando a verdade, principalmente para o pequeno empreendedor, é trágico ter uma empregada que engravide. Nesse ponto, é muito mais lógico do ponto de vista do negócio contratar homens (ou mulheres após menopausa). Menos risco de ter que arcar com os custos de uma licença maternidade. A influencer só falou o óbvio (e que muita gente faz, mas sem admitir).

Por outro lado, acho absurdo essa multa aí. É uma opinião, ora bolas. Acho que ela tem o direito de expressar o que pensa, concordemos ou não.

Concordo contigo nisso. A justiça basicamente está coagindo uma pessoa a fingir publicamente não ter a opinião que tem, sob risco de ter que pagar uma grana violenta só por não pensar como a justiça gostaria que ela pensasse. E ela vai fazer o vídeo de desculpas meramente por conta da pena em dinheiro, e não por ter mudado de ideia repentinamente.

Lelo Mig
Membro
# 01/jul/20 16:45
· votar


st.efferding

"lambia até o caroço do butiá"

Isso seria o mesmo que beijo grego?

st.efferding
Membro
# 02/jul/20 09:52
· votar




Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Sara e sua evolução