Mesa Boogie Mark 2C+

    Autor Mensagem
    luckneto
    Membro Novato
    # 11/dez/17 21:08


    Back in Black

    Uma tentativa de mostrar um pouco o timbre do amp.

    Gravado em uma tomada apenas...portando desconsiderem os erros...rs

    Abraço!

    rafael_cpu
    Veterano
    # 12/dez/17 20:17
    · votar


    luckneto

    Muito legal! Baita som :)

    T+

    Felipe Stathopoulos
    Membro Novato
    # 12/dez/17 22:15
    · votar


    Baita sonzão.

    Ordinaire
    Membro Novato
    # 12/dez/17 23:27 · Editado por: Ordinaire
    · votar


    Cara, onde tu arrumou um desses? Eu fiz um clone dele e sempre me bate uma dúvida se ele soa como o original, visto que só tenho referência dos videos de youtube e não tenho como gravar o audio com qualidade pra fazer uns testes decentes....

    luckneto
    Membro Novato
    # 13/dez/17 00:12
    · votar


    rafael_cpu e Felipe Stathopoulos

    Obrigado! O som desse amp realmente é especial. Tem ao mesmo tempo aquele som mais grave característico de mesa e bastante médio/agudo...um som que se destaca bastante no conjunto com outros instrumentos. É dificil de explicar...eu diria que o drive dele se parece com uma mistura de mesa e marshall. O som limpo também impressiona. Não é a toa que foi um amp usado em várias gravações famosas...do jazz ao metal.

    Ordinaire

    Um amigo foi para os EUA recentemente. Dei a sorte dele aparecer a venda na reverb no periodo em que meu amigo ficou la. Sempre procurei um mark 2c+, mas é bem dificil de aparecer um completinho assim com equalizador gráfico, reverb, simulclass e feito em madeira. Quem tem geralmente não vende. Ainda por cima foi revisado pelo Mike Bendinelli (criador do circuito deste amp) na Mesa em abril desse ano. Então comprei na reverb, mandei entregar no hotel do meu amigo e ele trouxe para mim.

    Também não tenho equipamento para gravação, mas se quiser, grava algo simples no celular mesmo que agente tenta comparar.

    Abraço!

    Fugitivo
    Veterano
    # 13/dez/17 11:38
    · votar


    luckneto
    Tem como tirar umas fotos pra gente?

    luckneto
    Membro Novato
    # 13/dez/17 12:46
    · votar


    Essas são as fotos do anúncio dele na reverb:

    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9

    Iversonfr
    Veterano
    # 13/dez/17 13:30
    · votar


    luckneto

    Demais! Faria mais jus com uma interface/mic, mas já deu pra ter uma boa ideia. Quanto saiu a brincadeira?

    Ordinaire
    Membro Novato
    # 13/dez/17 16:37 · Editado por: Ordinaire
    · votar


    luckneto
    Consegue gravar alguma base estilo metal? Sem BT etc...
    Testa essas configurações:

    () = Knob puxado

    Volume1 - 8
    Treble - (7)
    Bass - 2
    Middle - 4
    Master - 2
    Lead Drive - (7)
    Lead Master - 2
    Presence - 3
    Reverb - 0

    Pro equalizador gráfico, segue a imagem do meu amp (melhor abrir o link em nova aba, pois a imagem está gigantesca no post):
    https://uploaddeimagens.com.br/images/001/210/636/original/20171128_19 1003.jpg?1513187315


    Se for como estou pensando, o seu amp deve ter bem menos ganho que o meu clone, pois eu ainda estava no 2° semestre do curso de eletrônica quando comecei o projeto e acabei fazendo um monte de cagadas (obviamente por falta de conhecimento e de experiência) e uma delas foi ter confiado cegamente no esquema, pois o mesmo continha erros e um deles é no master volume, o que fez com que o pré amp tenha muito mais ganho do que deveria, é tanto que posso deixar o master no 0 que sai som normalmente... Como agora entendo esse circuito de cabo a rabo, só falta uma última revisão para deixar 100% e mais um extra: uma chave triodo/pentodo.

    Os Boogie Mark IIC+ são ligeiramente diferentes em cada unidade, mesmo sendo a mesma "versão" do amp.
    O simul-class por exemplo, além do power ser diferente, pois as válvulas da extremidade operam na configuração triodo, o circuito do pré tem algumas pequenas alterações, se bem me lembro bem são 2 capacitores a menos e 1 de valor diferente e os próprios simul-class poderiam ser tanto com EL34 nas extremidades quanto com um quarteto de 6L6's, o que já muda consideravelmente o timbre. Já as versões 60/100W tem o power com as 4 válvulas operando em pentodo. Isso fora outras coisas, como o fato de que eles eram feitos a gosto do cliente, com ou sem GEQ, Reverb, Combo/Head, Short/Long Head etc, é tanto que o IIC+ que o James Hetfield usava, era um long head que tinha o knob de presence na frente no lugar do knob de reverb.
    O mais interessante é que mesmo que a maioria desses amps não soem exatamente iguais, todos mantém o mesmo DNA e é aí que eu fico com a pulga atrás da orelha, será que o meu clone tem esse mesmo DNA? Certamente tem o dna da série Mark em geral, porém comparando com os vídeos do youtube, achei o timbre do meu mais próximo do Mark IV do que do IIC+. Apesar que do Mark II ao Mark IV, os amps tem essencialmente o mesmo "esqueleto", a diferença é que a cada versão foi acrescentando mais coisas, mas poucas são as alterações bruscas no circuito base (ou esqueleto).

    Pra fechar, deixo essas duas imagens do meu amp antes de eu envernizar o courvin do gabinete... que idéia maluca, me arrependo até hoje e certamente está na lista para a última revisão "desenvernizar courvin":

    https://uploaddeimagens.com.br/images/001/210/736/original/IMG-2017031 3-WA0005.jpg?1513189981

    https://uploaddeimagens.com.br/images/001/210/740/original/IMG-2017031 3-WA0006.jpg?1513190204

    luckneto
    Membro Novato
    # 13/dez/17 21:40
    · votar


    Iversonfr

    Cara...não sai barato não. US$ 3.700...sem choro.

    Ordinaire

    Esta sua configuração não está muito longe da que utilizei. Na minha tem um pouco mais de agudo, presença e ganho basicamente. O eq gráfico que está bem diferente.

    Metal não é muito a minha praia, mas vou tentar tirar uns riffs, colocar esse ajuste que sugeriu e gravar algo.

    Iversonfr
    Veterano
    # 14/dez/17 01:48
    · votar


    luckneto

    Se vc morasse mais perto eu ia querer ver se o modo IIC+ do Mark 35 realmente parece com o original rs. Belo ampli, parabéns! Poste mais videos se puder, abs!

    Schenker
    Veterano
    # 14/dez/17 18:42
    · votar


    () = Knob puxado

    Volume1 - 8
    Treble - (7)
    Bass - 2
    Middle - 4
    Master - 2
    Lead Drive - (7)
    Lead Master - 2
    Presence - 3
    Reverb - 0



    Configurações clássicas do Mk IIC e MkIII. não tem como dar errado :-)

    Ramsay
    Veterano
    # 14/dez/17 19:54
    · votar


    luckneto
    Esse amplificador é muito bonito, inclusive eu curti mais a aparência do que o som propriamente dito.
    Nas fotos da Reverb que vc postou (4 e 5) nota-se que o amp está com 2 válvulas 6L6 e 2 EL34, quando o normal seria ele ter quatro válvulas 6L6.
    Afinal com quais válvulas veio o seu?

    luckneto
    Membro Novato
    # 14/dez/17 20:39
    · votar


    Iversonfr

    Cara, estou para ver se consigo um som parecido com o dele no meu mark V. Mas estou sem tempo. De cara já percebi que a configuração que usava no V pra simular um mark IIC+ não tem muito a ver com o original...pode ser esse power misturando 6L6 e EL34.

    Schenker

    Tá manjando heim! Rs

    Ramsay

    O meu já veio com 2 6L6 e 2 EL34. Esse amp é simulclass. Geralmente quem tem o simulclass faz essa mistura. As válvulas de power externas operam em classe A e bem quentes. As internas em classe AB. Nas externas é possível utilizar EL34, 6CA7 e, se não me engano, KT66. Também da pra usar 6L6 desse que sejam mais frias.

    Ordinaire
    Membro Novato
    # 14/dez/17 21:13
    · votar


    Na verdade o amp todo opera em classe AB, o simul-class era só uma jogada de marketing da Mesa Boogie na época. É verdade que o par das extremidades operam conduzindo mais corrente, ou seja, mais quente, mas isso é só meia verdade para os modelos com EL34 nas extremidades, visto que a mesma naturalmente opera mais quente do que a 6L6.
    A grande sacada é que o "outer pair" era feito na configuração triodo, por isso independente dele ser full 6L6 ou 6L6/EL34, quando a chave está na posição "class A" o timbre fica bem diferente de um típico par de 6L6 ou EL34, justamente por ser muito mais comum usá-los como pentodo em amplificadores de guitarra em geral.

    Eu particularmente não curti muito a EL34 funcionando como triodo, o timbre fica meio murcho comparado com a mesma em pentodo, por outro lado, ela junto com um par de 6L6 em pentodo soa muito bem... por esse motivo que pretendo instalar um chava triodo/pentodo no meu amp, assim dá pra ter o melhor dos 2 mundos hehehehe, assim como o Mark IV.

    luckneto
    Membro Novato
    # 23/jan/18 16:03
    · votar


    Mesa Boogie Mark IIC+ clean tone

    Um sonzinho limpo. Guitarra direto no amp.

    Releed
    Veterano
    # 23/jan/18 16:12
    · votar


    Um sonzinho limpo. Guitarra direto no amp.
    Lindo!

    luckneto
    Membro Novato
    # 24/jan/18 22:20
    · votar


    Releed

    Obrigado!

    A idéia era mostrar um pouco a versatilidade do amp. Se for pesquisar, quase tudo que encontrará sobre ele será mais na praia do high gain.

    Abraço!

    NeoRamza
    Veterano
    # 26/jan/18 11:57
    · votar


    Ordinaire
    Onde você pegou os schematics, e onde você comprou os transformadores?

    Ordinaire
    Membro Novato
    # 26/jan/18 17:47 · Editado por: Ordinaire
    · votar


    NeoRamza
    O único esquema decente só fui achar no forum "sloclone", tem alguns errinhos mas tirando isso está 1:1 com o original. Os trafos mandei fazer, tem diversos tópicos desse amp no sloclone, praticamente toda a informação necessária para construir um está lá.

    NeoRamza
    Veterano
    # 27/jan/18 18:10
    · votar


    Valeu Ordinaire, vou pesquisar o assunto.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Mesa Boogie Mark 2C+