Marshall 1959HW Super Lead 100watts

    Autor Mensagem
    fa41ano
    Veterano
    # jul/11


    Olá pessoal, eu gostaria que me ajudassem e já pesquisei em outros tópicos, mas ninguém respondeu com clareza, "me perdoem se estou entrando novamente em um assunto já existente".

    A questão esta nos canais de um Marshall 1959 JPM conhecido popularmente como PLEXI, não conheço ninguém que tenha um Marshall 1959 para me explicar como realmente funciona seus 2 canais, pelo que intendi através de outros tópicos e que o I canal é para um timbre mais agudo brilhante (High) com duas entradas e o II canal para um timbre mais Grave Suave (Low) também com duas entradas e existe Volume I para o primeiro canal e o Volume II para o segundo, então se eu quiser ganho terei que usar o amplificador em autos volumes?
    E para timbre limpo vou ter que usar o amplificador em baixo volume?


    Sei que também é possível fazer ligação dos dois canais utilizando a segunda entrada do I canal e a primeira entrada do II canal para um timbre diferenciado.

    É que eu estava pensando adquirir um Marshall Vintage Modern 2466 de 100watts, por causa do timbre maravilhoso dos vintage's, mas quando conheci a nova linha de amplificadores chamados de HandWired circuitos feitos de fio a mão como os primeiros originais fabricados em 1959, fiquei interessado em comprar o modelo JMP 1959HW Super Lead 100watts e trocar as válvulas de potência e usar as KT66 como os primeiros amplificadores (E claro para ter o timbre próximo do Angus Young), já tenho o gabinete novinho um Marshall 1960AX com os famosos falantes ortofônicos clássicos que muitos ainda não acreditam não influenciar no timbre, e também tenho o atenuador THD Hot Plate 16Ohms Azul para não ficar surdo!


    Agradeço a paciência de todos o integrantes deste tópico um abraço e sucesso a todos!!!
    [/b][b]

    fa41ano
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    Referente aos falantes digo Celestion 4xG12M-25watts Greenback e tecido ortofonico do gabinete!!!

    Grato estou no aguardo!

    carlos adolphs
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    fa41ano
    Os dois canais tem o mesmo ganho eletrônico, apenas um é mais agudo e o outro mais grave.Usar em auto-volume seria volume automático, mas em alto-volume, sim vc teria que usar pois o circuito não é Hi-gain.Não vejo vantagem nem diferença de timbre em trocar as originais do circuito que são as 6550 pelas KT66(nem poderia direto, pois elas entrariam em curto), pois as KT66 equivalem às 6L6, e não aguentariam direto no circuito, tanto pelo bias quanto pela alta.Colocar série KT seria a KT88 e não a Kt66(de acordo com os esquemas que tenho, originais da Marshall).Abcs.

    fa41ano
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    carlos adolphs

    Muito ogrigado por me explicar e enquanto a valvula pensei que seria possível, isso que da ficar ouvindo boatos o despois queimar o amplificador por besteiras vou manter as originais quando comprar, Obrigado!!!

    Ian Anderson
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    eu tenho a duvida dessa junção dos 2 canais do que acontece

    E para timbre limpo vou ter que usar o amplificador em baixo volume?
    ai tu usa o volume da guitarra

    Jg Destroyer
    Veterano
    # jul/11 · Editado por: Jg Destroyer
    · votar


    fa41ano
    Será que não rola um AB Box? Tipo:


    |Guitarra ---->| A | ------> [High]
    |--------------| B | ------> [Low]


    Sacou? Daí quando quiser clean, manda pra uma entrada e quando quiser drive manda pra outra, já que tem controle independente no amp =)

    marv
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    Jg Destroyer

    O JCM 800 2203 possui 2 entradas (low e high) mas não é possível utilizar o AB box para controlar qual entrada utilizar sem implementar um MOD no amp.

    Acredito que o Plexi siga o mesmo princípio.

    Você pode conseguir maiores informações no forum da Marshall :
    http://www.marshallforum.com/


    []'s

    gustom
    Veterano
    # jul/11 · Editado por: gustom
    · votar


    O 1959Slp é um amp sem master volume, de modo que a única função que controla o volume do ampli é o knob de ganho que vem antes do pré amp. Para você obter drive do próprio ampli é preciso forçar um pouco o pré amp para o sinal chegar forte no power para obter um bom tibre.

    Dessa forma você seta o volume da guita no 10 para solos, 6,7 para base e 4 para som "limpo". A timbragem fica toda ela controlada nos knobs da guita, volume e tom .

    Já vi na net um teste que esses amplificadores podem chegar até a 175W de potência real, uma vez que os 100W anunciados são medidos antes de distorção do power amp. Um atenuador é mais do que obrigatório se quiser comprar o amp, usar de forma como deve ser usado e não ficar surdo. Sai caro a brincadeira, mas é sem dúvida o Marshall mais clássico que existe. Esse amp dominou os anos 70.

    Pelo que eu vejo desse amp, quase todo mundo usa um jumper para poder usar os 2 canais ao mesmo tempo, assim você pode usar os volumes (ganhos) como uma equalização antes do pré.
    Se você não sabe como fazer da uma olhada aqui

    aí voce liga a guita no jack 1 que sobrou.

    Outra coisa, apesar de se chamar 1959, esse amp foi criado em 1970. As nomenclaturas da Marshall não fazem sentido, o JTM45 que foi o primeiro Marshall, foi criado em 1962.

    Jg Destroyer
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    marv
    gustom
    Ótimas informações, caras! +1

    fa41ano
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    gustom

    Valeuuuu conheço e adoro o JTM 45 um dos amps com uma história encrivel, não sabia que os plexi não tem controle de ganho mas mesmo assim adoro e sobre as nomenclaturas JTM 45 (Jim e Terry Marshall) nome do dono Jim e do filho e 45 era e potencia que muitas vezes chegava a 50w mas não acredito muito hoje eles trabalhão com 35w de fabrica os reissues, os JMP (Jim Marshall Products) que em meados dos anos 60 a 70 tinha o modelo chamado Major os Plexi de 200watts reais encrivel alguns musicos achavam um mostro.

    Obrigado e um abraço a todos!!!

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    fa41ano
    Cara, só uma pergunta: Você toca numa banda REALMENTE grande? Ou já tocou com um amp desses numa caixa 4X12?
    Te pergunto isso pois em 90% das aplicações de palco, no Brasil e no mundo, raramente vc iría sequer usar a metade do volume de um amp desses, o que sería, não apenas um desperdício e uma sub-utilização, como o rendimento timbrístico dele não atingiría a "faixa ótima".
    Já toquei em palco várias vezes ao longo dos últimos 20 anos, e nunca ví um guitarrista realmente precisar de um amp desses... E quando aconteceu, o máximo que conseguiu foi atrapalhar o resto da banda com seu volume excessivo, ou simplesmente colocando-o baixinho sem utilizar o potencial do amp e trazendo um trambolhão para o palco e chato de transportar (principalmente depois do show...).
    No mais das vezes, um amp valvulado de, no máximo, 30WRMS é o suficiente para 90% das aplicações de palco..
    Abç

    gustom
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    O Mauricio tem razão, mas é de certa forma a mesma coisa que dizer, para que comprar uma Ferrari que chega a 300km/h se o limite de velocidade no Brasil é 110Km/h.

    De qualquer forma, sem dúvida te digo, que o Vintage Modern 2266 50W é a melhor escolha se vc quer o som bem clássico em um canal com Master Volume (som bom com volume mais baixo).

    fa41ano
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    Mauricio Luiz Bertola

    Sim amigo estou siente de tudo isso, mas como já sitei tenho um atenuador bem legal para utilizar no amp e com essa uma potencia tenho tudo que preciso para mantelo em ordem só falta ele chegar, intedo muito bem o grande poder dele, mas sempre sonhei em ter um em casa nunca que vou utiliza-lo em apresentações para perder rapido e jogar um buta de investimento fora. Muito obrigado e um abraço

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # jul/11 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
    · votar


    fa41ano
    Cara, desculpe a franqueza (posso estar errado), mas dá pra perceber que vc não tem a mínima idéia do que seja um amp desses... Com atenuador, ou não....
    Faça o seguinte: Siga o conselho do gustom sobre o Vintage Modern 2266 50W e reze para não sofrer com sérios problemas de audição, nem por ser processado por seus vizinhos...
    Abç

    gustom
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    Se você tiver interesse em mais info no Vintage Modern e souber inglês, entra nesse forum aqui.

    http://marshallvintagemodern.com/

    Tem tudo sobre o ampli, inclusive o engenheiro da Marshall que criou o ampli (Steve Dawson) posta direto altas manhas do ampli.

    fa41ano
    Veterano
    # jul/11
    · votar


    Eu creio que estão todos certos, vou pensar um pouco e preciso de uma opinião geral para um amp clássico o JTM 45 de 35 a 40w (Plexi), este amp talvez seja o que preciso, mas sobre o Vintage 50w estou pesquisando inclusive tem um vídeo no you tube que mostra todas as funções do amp apresentado por Chris George ótimo amplificador.

    http://www.youtube.com/results?search_query=vintage+modern&aq=f

    Agradeço a todos pelas opiniões postadas neste tópico e um abraço.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Marshall 1959HW Super Lead 100watts