Marshall valvestate 8080 pode pode serconsiderado hibrido ?

    Autor Mensagem
    marcosdepaula51
    Veterano
    # jan/10


    Muita gente fala que prefere um amp hibrido com um clean melhor , a um valvestate , não entendo .
    o vs 8080 tem os mesmos controles e funções do vulcano por exemplo.
    o vs possui 2 canais com 2 timbres cada

    >canal limpo , com clean e crunch
    >canal sujo, com OD1 e OD2
    loop effect (com Level e Switch que o vulcano não possui )

    to com essa curiosidade pq to pensando em comprar , e to em duvida entre o vs e o vulcano. o vs me agrada mais , mais o vulcano tem um clean mais "aberto" com mais presença.

    GarrafaSK8
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Eu já toquei nos dois amplis, e se eu fosse você iria de Marshall

    GarrafaSK8
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Eu já toquei nos dois amplis, e se eu fosse você iria de Marshall

    DotCom
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Marshall valvestate 8080 pode pode serconsiderado hibrido ?
    Ele é.... Costuma se chamar de híbrido amplis que têm o pré valvulado e o power transistorizado.

    Ao que me parece, a válvula do valvestate só funciona no canal de drive, então o canal clean é todo SS.

    Bombastik
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    marcosdepaula51

    cara, o Vulcano dá muitos problemas relacionados à qualidade de construção. eu evitaria ele. fora isso, não gosto do drive dele, soa muito grave e embolado. e também o bicho embola muito quando usado com pedais de distorção, já testei com vários modelos diferentes e pra timbrar é triste. comparado à outros híbridos, a simulação de válvula dele é das piores na minha opinião...

    já usei vários Marshall da série VS (mas não o 8080), prefiro qualquer um deles ao Vulcano.


    Muita gente fala que prefere um amp hibrido com um clean melhor , a um valvestate , não entendo .

    Ao que me parece, a válvula do valvestate só funciona no canal de drive, então o canal clean é todo SS.


    eu não tenho certeza mas creio que o DotCom esteja certo. pra mim, esse clean é o ponto fraco nesses amps (ou não, questão de gosto) pois além de soar muito "seco" e distorcer no mau sentido, costumam ser ruins pra se timbrar com pedais. pelo menos na minha experiência...

    FirebirdVII
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Cara, já tive o 8080, e te digo uma coisa.

    Se a guitarra é o pa*, MARSHALL são as bolas.

    Vá de Marshall sem erro...

    Hansen
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Eu particularmente não me adapto aos híbridos.
    Principalmente porque a válvuula só funciona no canal sujo e o power onde o verdadeiro calor sonoro é gerado é transistorizado.

    Em amps com potência transistorizada, eu dou mais valor a um bom clean e a distorção eu escolho com um bom pedal, mesmo pq essas distorções que vc encontra em amps assim são basicamente um circuito de pedal acrescentado no sinal.

    Eu iria atrás de um Fender transistor mesmo, pelo clean. Daí a distorção/overdrive eu me acharia com pedais.

    Uma vez o Bertola disse que um híbrido que faria sentido no que se refere a benefício ao timbre seria um pré transistorizado com potência valvulada. Concordo plenamente.

    PEMAMETAL
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    marcosdepaula51

    Muita gente fala que prefere um amp hibrido com um clean melhor , a um valvestate , não entendo .
    o vs 8080 tem os mesmos controles e funções do vulcano por exemplo.
    o vs possui 2 canais com 2 timbres cada


    Cara, tanto o Vulcano quanto o Marshall Valvstate são híbridos pois como disseram acima tem a seção de pré-valvulada e o power transistorado, a impressão que deu no seu comentário é de que voce encaixaria os valvestate numa categoria diferente das de híbrido, tipo superior, se for isso mesmo, vc está enganado pois os Valvestate são híbridos sim.
    Eu tenho um Valvstate AVT-50 que inclusive esta a venda no ML, mas nunca comparei lado a lado com o Vulcano. Ele tem um som muito bom, inclusive fiz um tópico uma vez com sons do valvestate comparando com um handmade valvuldado, muita gente não soube diferenciar.

    Bombastik
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    PEMAMETAL

    meio que desvirtuando mas vc chegou a comparar seu AVT com a série VS? se sim, o que achou?

    PEMAMETAL
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Bombastik

    Não cara, nunca comparei lado a lado, mas ja toquei num Vs também, se não me engano era o 8080, eu não prestei muita atenção.
    Mas como foram em lugares e dias diferentes não da pra dizer qual era melhor, mas o VS tinha duas opções de drive enquanto o meu AVT50 tem só uma, isso teoricamente da mais versatilidade ao amp, mas nem sempre isso é regra. As vezes menos é mais né, senão o PLexi e o JCM 800 são seriam as lendas que são.

    Bombastik
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    PEMAMETAL

    bom, é que eu acho a série AVT muito superior à VS. acho que dá pau em todos os outros híbridos que testei, de qualquer marca.

    a maioria das pessoas não concorda, diz que é a mesma coisa da série VS antiga e tal. pra mim essa série VS tem um som limpo péssimo.

    mas era apenas curiosidade, queria sbaer se alguém tb tinha essa impressão.

    abraços.

    shoyoninja
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    marcosdepaula51
    Tenho um Vulcano e, apesar do clean ter um timbre legal e ser utilizável, as distorções são ruins.

    Abraços

    Guguminator
    Veterano
    # jan/10 · Editado por: Guguminator
    · votar


    Que eu saiba, no VS/AVT a válvula é só pra distorção, é como um pedal de distorção valvulado metido lá dentro.

    Se for isso mesmo, não acho que possa ser considerado um amplificador híbrido.

    DotCom
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Que eu saiba, no VS/AVT a válvula é só pra distorção, é como um pedal de distorção valvulado metido lá dentro.

    Se for isso mesmo, não acho que possa ser considerado um amplificador híbrido.

    Vários amplis com pré valvulado funcionam dessa forma... Se considera híbrido porque sim, existe uma distorção proveniente de válvula ali. Mas não é o pré todo.
    De qualquer forma, é bom pra galera se alertar que se comprar um ampli desses e só usar no clean, você estará 100% transistorizado. (Nenhum problema com isso, só não vá dizer "essa válvula deu um brilho no meu clean")

    Bombastik
    Veterano
    # jan/10 · Editado por: Bombastik
    · votar


    DotCom
    De qualquer forma, é bom pra galera se alertar que se comprar um ampli desses e só usar no clean, você estará 100% transistorizado. (Nenhum problema com isso, só não vá dizer "essa válvula deu um brilho no meu clean")

    com relação aos amps Marshall AVT, essa afirmação é incorreta.

    na série AVT, o canal limpo tb usa a válvula, o que pra mim, dá o grande diferencial em relação às outras marcas/modelos de híbridos. há um controle de ganho mas é possível saturá-lo apenas no volume. fica um "crunch" bem legal tipo blues mas o melhor resultado é com pedais dando uma empurrada. essa simulação deixa o timbre bem parecido com o "real", pelo menos pros meus ouvidos.

    essa informação consta no manual. segue aí:

    Valve Drive Pre-amp

    It is not only the power stage that has been significantly improved in the VS2000 Series. Much careful attention to detail and many hours of development have also gone into the preamp section too. As a result, each AVT channel offers the widest possible range of control and shape to your sound, with an ECC83 (a.k.a.12AX7) preamp valve adding to the all-important tone and feel of these latest Marshall creations.

    Valve Drive Pre-amp

    As just stated, each amp in the VS2000 range boasts a preamp stage equipped with an ECC83 Dual Triode valve. As a result, the clean sounds ring with the 'bell-like' harmonics that only a valve preamp can deliver and, when pushed, the break-up is never harsh or unnatural sounding.

    Clean Channel Gain Control

    This rotary control regulates the drive into the two cascaded valve stages of the preamp. Lower settings will give you a wide range of well defined, warm clean tones. At higher Gain settings you will pass through natural, valve-induced compression and into an increased level of desirable 'breakup' (a.k.a. 'crunch') which is perfect for subtly overdriven blues/rock.

    Clean Volume Control

    Due to the remarkable realism of our Advanced Valvestate Technology, once the Volume control is turned-up past a certain point the preamp will start to push the power amp section into creating its own, desirable distortion - just like an all-valve Marshall amp. When this occurs, the AVT's power amp will start to add musical harmonics, compression and 'break-up' into your sound.


    fonte: download Marshall AVT-100 user manual

    marcosdepaula51
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    pesquisei um pouco o AVT e fiqui um pouco empolgado , o preço é mais salgado que o VS mais ta valendo. Mais ainda tenho que tocar em um p ver.

    marcosdepaula51
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    animei , pelo fato de ter um som limpo proveniente de valvula .
    mais eu toco hard southern, blues , tenho que ver como fica os drives nele, e axei estranho ele ser fechado atras , tenho que tocar p ver o som nele.

    marcosdepaula51
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    alguem conhece o marshall G80rcd ?

    Guga Ramone
    Veterano
    # jan/10 · Editado por: Guga Ramone
    · votar


    Pra quem não sabe, o Vulcano é cópia da primeira série dos Valvestates. as únicas diferenças são o fato de ter mais potência e de os falantes serem MUITO ruins, ao contrário dos Celestions q vinham nos Marshall's. A distorção deles, tanto do Vulcano quando dos VS, não é valvulada. Existe uma válvula, q só atua no canal Boost (OD1/OD2) mas ela está lá mais como "filtro", só pra dar uma aveludada no som. A distorção deles é proveniente de LED's clipando o sinal, igualzinho a um pedal de distorção.

    marcosdepaula51
    Quanto o G80RCD, tenho um e, na minha opinião, é um amplificador honesto, podendo ser encontrado bem mais barato que os Valvestate e com um som bem próximo. O clean dele é razoável e aceita bem pedais de distorção. O drive é na praia britânica, bem típica desses amps, com predominância de frequências médio-agudas e agudas.

    Bombastik
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    marcosdepaula51

    bicho, o preço cobrado pelos amps da série AVT são fora da realidade. é um ótimo amp, mas já vi neguim cobrando o preço de um valvulado nele... aí já acho melhor ir direto num all-tube.

    se achar um num bom preço, vale sim. se for muito caro, prefira valvulados de verdade.

    Zeraus
    Veterano
    # jan/10
    · votar


    Ao que me parece, a válvula do valvestate só funciona no canal de drive, então o canal clean é todo SS.

    Principalmente porque a válvuula só funciona no canal sujo
    Que eu saiba, no VS/AVT a válvula é só pra distorção

    De qualquer forma, é bom pra galera se alertar que se comprar um ampli desses e só usar no clean, você estará 100% transistorizado. (Nenhum problema com isso, só não vá dizer "essa válvula deu um brilho no meu clean")

    Eu tive um Valvestate VS65R e, pelo que me lembro, a válvula de pré dele atuava no clean e no drive. Eu gostava muito desse amp.

    cauesc
    Membro Novato
    # jun/15
    · votar


    A linha valvestate é excelente, um amp de alta qualidade pelo preço de um mediano, o vulcano nem se compara

    Iversonfr
    Veterano
    # jun/15
    · votar


    cauesc
    A linha valvestate é excelente, um amp de alta qualidade pelo preço de um mediano, o vulcano nem se compara

    Concordo e já tive um também, só não precisava ter upado um tópico de 2010 só pra falar isso... Você com certeza usou a busca, o que já é excelente, mas sempre preste atenção na data do último post antes de postar algo pra não reviver tópicos sem sentido. Abs!

    Alex guitar man
    Veterano
    # jun/15
    · votar


    Eu gostei bastante do timbre desse marshall, mas achei que ele tinha pouco volume

    eric bluesman
    Veterano
    # jun/15
    · votar


    Eu tenho um Valvestate 8080 , é um ampli muito bom gosto muito do som que os celestions mandam , realmente sao bem mais secos que um fender , eu tinha um 212 frontman , realmente e uma boa diferença mas percebi que ele nao se entendia melhor com os drivesnos pedais que o marshall .

    Alex guitar man
    Veterano
    # jun/15
    · votar


    eric bluesman

    A mais pura verdade, na antiga banda eu usava o frontman ao lado do 8080 do outro guitarrista que tinha a mesma guitarra que eu, cara, que amp...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Marshall valvestate 8080 pode pode serconsiderado hibrido ?