É comum um tenor lírico-ligeiro pegar notas muio graves?

    Autor Mensagem
    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 02/mar/19 12:15 · Editado por: Sr.Ainz-Sama


    Eu faço aulas de canto faz um tempo, e fui avaliado pelo meu professor no começo como tenor ligeiro, porém passando a fase da puberdade minha voz deu uma encorpada e ele me reclassificou como lírico-ligeiro, o estranho é que eu andei lendo alguns artigos sobre os 1°s tenores, e vi que é muito dificil para eles alcançarem uma nota abaixo do C2, já no meu caso consigo ir com tranquilidade ao B1 ou até mesmo um A1 sustentado( mesmo eu quase nunca fazendo isso), as notas graves dificeis para mim são a partir do G1 porque saem quase sem nenhum volume(mesmo assim eu consigo ir até o D1).
    Minha zona aguda é bem desenvolvida e consigo pegar um B3 ainda com voz de peito com facilidade, e quando uso os outros registros consigo atingir até mesmo um C5 ou mais (dependendo do dia e da minha saúde).
    Eu fiquei meio confuso, porque aé onde eu saiba isto não é uma coisa comum, espero que possam responder a minha pergunta.

    OBS:Os graves que costumo atingir normalmente são G2s e E2s, dependendo da canção fasso um D2 ou mesmo um C2.

    Mário Sampaio
    Veterano
    # 02/mar/19 13:01
    · votar


    No livro Training Tenor Voices, o Richard Miller comenta a respeito. Segundo ele, alguns professores chegam a ser levados a erro e classificam tenores leggeros como barítonos em razão dessa facilidade que alguns leggeros tem com notas graves.

    Então, a princípio, nada de incomum com sua voz.

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 02/mar/19 14:16
    · votar


    No livro Training Tenor Voices, o Richard Miller comenta a respeito. Segundo ele, alguns professores chegam a ser levados a erro e classificam tenores leggeros como barítonos em razão dessa facilidade que alguns leggeros tem com notas graves.

    Então, a princípio, nada de incomum com sua voz.


    Ok Mário, obrigado pela resposta, eu tava até preocupado que pudesse ser algum erro de classificação, porque eu li em um monte de sites e todos os autores afirmavam convictos a mesma coisa( que o extremo grave dos 1°s tenores era o A1), porém minhas caracteristicas vocais são de 1° tenor.
    Novamente agradeço pela sua resposta.

    icarosantos
    Membro Novato
    # 02/mar/19 18:50 · Editado por: icarosantos
    · votar


    Isso é normal, ainda mais na fase da puberdade, eu também sou tenor, consigo um G1, já conseguir um E1 eu consigp ir ate o C4.

    Tipo 8
    Membro Novato
    # 04/mar/19 00:34 · Editado por: Tipo 8
    · votar


    Sr.Ainz-Sama

    Me confunde um pouco qdo vcs usam a notação americana, então vou falar sempre com a brasileira. Na verdade a extensão pode variar bastante e vc pode ter uma voz leve e ter graves na extensão. O que vale mesmo é como eles são. Alcançar é legal pq em estúdio vc pode emitir uma nota real sem manipulação, mas em termos de uso prático é quase nulo. São notas sem brilho e muito menos volume. Tenores lirico ligeiros com a voz bem aquecida do fá2 para baixo já soam bem pouco. (pensando na tessitura de tenor dó2 a dó4). Então não é isso que faz a diferença. Extensão grande com graves dá um som mais rico, mas isso no geral. Mesmo porque tenor tem que fugir dos graves. O negócio de tenor não é grave e nem volume de voz. A praia do tenor é o brilho, a voz penetrante. A última coisa importante para um tenor são os graves.

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 06/mar/19 09:53
    · votar


    Sr.Ainz-Sama

    Me confunde um pouco qdo vcs usam a notação americana, então vou falar sempre com a brasileira. Na verdade a extensão pode variar bastante e vc pode ter uma voz leve e ter graves na extensão. O que vale mesmo é como eles são. Alcançar é legal pq em estúdio vc pode emitir uma nota real sem manipulação, mas em termos de uso prático é quase nulo. São notas sem brilho e muito menos volume. Tenores lirico ligeiros com a voz bem aquecida do fá2 para baixo já soam bem pouco. (pensando na tessitura de tenor dó2 a dó4). Então não é isso que faz a diferença. Extensão grande com graves dá um som mais rico, mas isso no geral. Mesmo porque tenor tem que fugir dos graves. O negócio de tenor não é grave e nem volume de voz. A praia do tenor é o brilho, a voz penetrante. A última coisa importante para um tenor são os graves.


    OBS:Eu usei a conotação brasileira cara!

    E outra cara o que você diz é verdade, minha área de brilho são os agudos que são estridentes, só que o que me deixou em dúvida que vários sites dizem que 1°s Tenores não conseguem notas graves com facilidade, já eu consigo,porém como você mesmo disse "com pouco brilho"e não tem uma ressonância boa,digo, eu consigo sentir a ressonância mas para quem tá ouvindo sai quase como um susurro ou menos.

    Tipo 8
    Membro Novato
    # 07/mar/19 16:01 · Editado por: Tipo 8
    · votar


    Eu usei a conotação brasileira cara

    Vc falou em C5. Estava falando sobre qual registro? Pq voz plena é uma oitava abaixo disso. Vc faz o mesmo som de uma soprano em falsete entao.

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 09/mar/19 15:49
    · votar


    OVc falou em C5. Estava falando sobre qual registro? Pq voz plena é uma oitava abaixo disso. Vc faz o mesmo som de uma soprano em falsete entao.


    Com a voz de cabeça consigo ir até um D5 dependendo do dia, com falsete a minha maior nota(obtida até então) foi um F5.

    Tipo 8
    Membro Novato
    # 09/mar/19 15:54 · Editado por: Tipo 8
    · votar


    Sr.Ainz-Sama

    Não bate isso aí. Vc não canta D5. Sendo tenor vc chega com voz de cabeça num ré4 e não 5. Por isso falei. Só se fosse notação americana.

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 09/mar/19 15:58
    · votar


    Por isso falei. Só se fosse notação americana.


    Entendi.

    edtruth
    Membro Novato
    # 12/mar/19 13:19
    · votar


    Para se alcançar notas mais graves ou agudas basta treinar, qualquer um pode se utilizar de técnicas vocais para alcançar um C10 ou um C0 rs

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 13/mar/19 14:23 · Editado por: Sr.Ainz-Sama
    · votar


    edtruth
    Para se alcançar notas mais graves ou agudas basta treinar, qualquer um pode se utilizar de técnicas vocais para alcançar um C10 ou um C0 rs


    Eu nunca treinei a área grave, sempre foquei nos agudos aonde tenho mais brilho, porém não sabia que um primeiro tenor conseguia ir abaixo do C2 com tanta facilidade, pensei que pudesse ser um Lírico com capacitações vocais próximas do ligeiro, mas pelo que percebi não é isso.
    Obrigado pelo seu comentário.

    Tipo 8
    Membro Novato
    # 13/mar/19 14:50 · Editado por: Tipo 8
    · votar


    Para se alcançar notas mais graves ou agudas basta treinar, qualquer um pode se utilizar de técnicas vocais para alcançar um C10 ou um C0 rs

    Sr.Ainz-Sama (o comentário acima não é meu)

    Não vá atrás disso, porque não existe, é tolice. O cara está zoando.
    Alguns tem alcance maior ou menor, mas treinar não vai fazer vc chegar em super graves pq seu tipo de voz não tem isso. Vai ficar limitado a duas oitavas e pouco em voz plena, não mais que isso. Outros registros podem fazer vc pegar mais agudo (voz mista, falsete, etc). Na parte grave não tem nada mais ridículo do que uma pessoa de voz leve querendo fazer vozeirão.

    Ningen
    Veterano
    # 13/mar/19 15:11
    · votar


    Concordo em 100% com o Tipo 8.

    Sr.Ainz-Sama
    Membro Novato
    # 13/mar/19 18:40 · Editado por: Sr.Ainz-Sama
    · votar


    Tipo 8
    Sr.Ainz-Sama (o comentário acima não é meu)

    Perdão, eu fiz a mensão errada porque esqueci de verificar o texto

    edtruth
    Para se alcançar notas mais graves ou agudas basta treinar, qualquer um pode se utilizar de técnicas vocais para alcançar um C10 ou um C0 rs

    Não foi por isso que eu abri o tópico, mas obrigado pela resposta.

    E por fim Tipo 8
    Não vá atrás disso, porque não existe, é tolice. O cara está zoando.
    Alguns tem alcance maior ou menor, mas treinar não vai fazer vc chegar em super graves pq seu tipo de voz não tem isso. Vai ficar limitado a duas oitavas e pouco em voz plena, não mais que isso. Outros registros podem fazer vc pegar mais agudo (voz mista, falsete, etc). Na parte grave não tem nada mais ridículo do que uma pessoa de voz leve querendo fazer vozeirão.


    Eu sei e não era o pretendido, eu só queria saber se era normal um primeiro tenor conseguir notas abaixo do C2 com facilidade, mas obrigado pela sua resposta.

    novonews
    Veterano
    # 29/abr/19 11:59 · Editado por: novonews
    · votar


    É possível com certeza. Não é porque uma pessoa é tal voz que não possa atingir notas graves ou aguda. Um Tenor pode ter graves e um Barítono pode ter belos agudos. O que vai determiná-los é o timbre, o brilho dessa voz, a tessitura e depois a extensão.
    Realmente ocorrem muitos equívocos nas classificações vocais. Estou saturado de muitos por aí que amarram e engessam a pessoa à extensão. Dizem que tenor tem (obrigatoriamente) que emitir C2 até C4, Barítono A1 até A3, Baixo F1 a F3, e por fim nos deparamos com surpresas como a que você citou: um tenor leve alcançando abaixo de C2. Além disso existem tenores que alcançam Gb1, F1, bem como Barítonos chegando em Sb3 e Tenores que chegam ao A3 e Sib3 igual alguns barítonos e daí o povo fica todo doído.
    O problema é que muitos se esquecem que o mais importante é cantar bem e o que classifica uma voz é seu brilho, timbre e tessitura. Esguelar e atingir notas das profundezas da terra e notas acima da extratosfera não são determinantes fundamentais.

    Gui_23
    Membro Novato
    # 16/jul/19 19:35
    · votar


    Eu sou contratenor e também consigo fazer um A2 ( lá1 na notação brasileira), mas soa fraco e sem potência. Até mesmo mulheres contraltos podem atingir um A2/lá1 - estou utilizando a notação americana. Não existe nada de anormal em um tenor (qualquer tipo de tenor) fazer qualquer grave entre Sol1 e dó2. Não tem nada de surpreendente nisso. Se você estivesse fazendo algo como um Dó1, ré1 ou algo do tipo seria surpreendente.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a É comum um tenor lírico-ligeiro pegar notas muio graves?