Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Radiohead processa Lana Del Rey por plágio de 'Creep'

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 09/jan/18 00:22
      · votar


      Considerando que "Creep" é propriedade da Warner Music, hoje dona da antiga gravadora deles (a Parlophone), eu apostaria que foi ela que começou o litígio. Se tem alguém querendo faturar nessa história, imagino que seja a Warner.

      Como sempre foi, a banda leva a culpa e uma parcela da grana, a gravadora só uma grande parcela de grana...

      Ningen
      Veterano
      # 09/jan/18 09:33
      · votar


      Já que os conspiracionistas estão aparentemente de férias digo eu: puro marketing. rsrsrs

      metal_ofender
      Membro Novato
      # 09/jan/18 11:15
      · votar


      Marketing de que lado ?

      De alguém que teve a ousadia de fazer Kid A e Ok Computer, acho difícil em.

      Ningen
      Veterano
      # 09/jan/18 16:17 · Editado por: Ningen
      · votar


      metal_ofender

      O que não quer dizer que não seja interessante se manter em evidência, nas primeiras páginas de sites musicais, incitando discussões como essa, gerando views...

      Não dizem por aí que "qualquer publicidade, é publicidade"...

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 09/jan/18 17:44
      · votar


      metal_ofender
      Acho que isso de certa forma é benéfico para os dois lados.
      1- Vai dar mais visibilidade ao disco da LDR.
      2- Se o processo for favorável ao Radiohead, vai cair uma graninha pra eles e pra Warner.

      Todo mundo tem algo a ganhar nessa história. E esse golpe de marketing funcionou tão bem que eu estou perdendo meu tempo escrevendo sobre ele.

      Lelo Mig
      Membro
      # 09/jan/18 18:24 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Alguns falaram em "batida" ou progressão harmônica.

      Isso não existe. Raríssimo a chance de um plagio ser reconhecido pelo ritmo ou harmonia. O que define um plágio é a "assinatura musical". E isso se dá pela sequência melódica, nem são as notas musicais.

      Exemplo:
      Parabéns à você --> pa ra bens à vo ce = do do re do fa mi.

      Mesmo que eu mude o tom (sol sol la sol...) a sequencia melodica formada pelas notas, duração, tempo e intervalos, definem a "assinatura musical" ou seja, qualquer um identifica a canção original, não faz diferença o tom, o ritmo ou a harmonia de base que eu use.

      Quando essa assinatura musical é copiada, inteira ou em partes, caracteriza um plágio técnico, indiscutivel.

      Quando não é assim fica um plágio da "intenção". Não é igual, mas lembra, remete. Neste caso é avaliado e dependerá de subjetividades, ainda que a defesa e acusação usem de analises técnicas. É o caso aqui do tópico.

      Parece mas não é, por si só não caracteriza plágio.


      Progressão harmonica e ritmo, muito improvavel resultar em plágio, a não ser que a sequência harmonica seja "melodizada" por riffs ou licks... (Intro de stairway to heaven, por exemplo).

      Obs: usei parabéns à você de exemplo, mas esta canção, hoje em dia é domínio popular.

      Ismah
      Veterano
      # 10/jan/18 01:40
      · votar


      Lelo Mig
      Parabéns à você --> pa ra bens à vo ce = do do re do fa mi.

      Ou tu tem um vozeirão ou tu tem uma vozinha chata pra burro, porque cantar Parabéns em C é pra acabar com a festa - ao menos se alguém resolve fazer em G, dá um peso a mais... rsrs

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 10/jan/18 09:56
      · votar


      Ou tu tem um vozeirão ou tu tem uma vozinha chata pra burro, porque cantar Parabéns em C é pra acabar com a festa - ao menos se alguém resolve fazer em G, dá um peso a mais... rsrs

      Ismah

      Quando aprendi na guitarra, foi em C...

      Lelo Mig
      Membro
      # 10/jan/18 10:16
      · votar


      Ismah

      "Ou tu tem um vozeirão ou tu tem uma vozinha chata..."

      Vozeirão de macho!

      Mas, independente da testosterona farta, a maioria das partituras da melodia de "parabéns" estão em Dó.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 10/jan/18 18:35 · Editado por: Julia Hardy
      · votar


      Tem gente falando que é marketing. Isso é coisa de subcelebridade. Não de uma banda como Radiohead. Até parece que eles precisam desse tipo de publicidade. É cada uma que eu leio.

      Ningen
      Veterano
      # 10/jan/18 18:51 · Editado por: Ningen
      · votar


      Julia Hardy

      Isso é coisa de subcelebridade. Não de uma banda como Radiohead.

      Hmmmm. Acho não é bem por aí não hein...

      Antecipando-se a Elvis e aos Beatles, o elegante crooner Frank Sinatra inaugurou o fenômeno das fãs. Em 1942, seu assessor de imprensa George Evans teve a feliz ideia de selecionar colegiais capazes de gritar muito, convocando-as para shows e aparições públicas do ídolo. Em troca de cinco dólares, as meninas berravam feito possuídas e fingiam desmaios. Essa fraude foi a fagulha que acendeu o mito Swoonatra (trocadilho do nome dele com a palavra swoon, desmaiar) e deu início ao fenômeno: anos depois, também Brian Epstein, empresário dos Beatles, contrataria moças para gritar nos shows do quarteto de Liverpool.
      Fonte

      Wade
      Membro Novato
      # 11/jan/18 10:22
      · votar


      Não de uma banda como Radiohead.

      Tem quanto tempo desde a última vez que o Radiohead teve realmente alguma relevância sob a luz dos holofotes do mainstream mundial? 20 anos?

      Qualquer artista, por maior que tenha sido, quando tá no limbo...

      Wade
      Membro Novato
      # 11/jan/18 10:25
      · votar


      http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2018/01/09/radiohead-represent antes-lana-del-rey/

      Lelo Mig
      Membro
      # 11/jan/18 10:51 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Nao conheço muito o trabalho dessa Lana Del Rey...

      É coisa de hipster, né? Pop caretinha e bunda mole metido a alternativo cabeça?

      Coisa de barbado que dá a bunda porque é sensivel.... "mas é macho"...

      Ou to enganado?

      renatocaster
      Moderador
      # 11/jan/18 12:00
      · votar


      Lelo Mig

      Quando não é assim fica um plágio da "intenção". Não é igual, mas lembra, remete. Neste caso é avaliado e dependerá de subjetividades, ainda que a defesa e acusação usem de analises técnicas. É o caso aqui do tópico.

      Acho que é exatamente isso. Inclusive os caras do Radiohead falaram nesse link que o Wade compartilhou agora:

      "Segundo eles, há apenas conversas com os representantes de Lana Del Rey sobre as “claras semelhanças” entre as duas canções, mas nenhuma ação legal foi tomada, e o Radiohead nunca teria dito que está atrás de 100% dos direitos de “Get Free”

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 11/jan/18 13:39 · Editado por: xmarhunterx
      · votar


      Lelo Mig
      Mais ou menos isso. Mas também tem bastante coisa bacaninha no indie.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 11/jan/18 20:00 · Editado por: Julia Hardy
      · votar


      Ningen

      Circunstâncias completamente diferentes. Não sei se você percebeu.

      Wade

      Faz de conta que o Radiohead está no limbo há vinte anos.

      Quanto a Lana, não conheço e nem quero. Não me faz falta.

      Mykeleaomachado
      Membro Novato
      # 12/jan/18 18:59 · Editado por: Mykeleaomachado
      · votar


      “Responsável pelos direitos comerciais da banda Radiohead, a gravadora Warner/Chappell nega ter processado a cantora Lana Del Rey por plagiar trechos de Creep, o maior sucesso dos britânicos, na música Get Free, um dos singles do disco mais recente da americana. Por meio de um comunicado publicado na revista Rolling Stone, um porta-voz deu a versão da empresa sobre os fatos.
      ‘Como distribuidores do Radiohead, é verdade que estabelecemos um diálogo desde agosto do ano passado com os representantes de Lana Del Rey. Está claro que os versos de Get Free usa elementos musicais encontrados nos versos de Creep, e nós pedimos que isso seja reconhecido a favor dos autores da música.’
      Nesta semana, Lana comentou sobre um suposto processo em sua conta no Twitter. Em sua publicação, a artista afirma ter oferecido ao Radiohead 40% dos direitos sobre a música, mas a oferta foi recusada. Segundo a artista, os advogados da banda exigiram 100% dos direitos.”

      Fonte: http://www.cifraclubnews.com.br/noticias/133664-gravadora-do-radiohead -nega-processo-contra-lana-del-rey-por-plagio.html


      Acho que se não houvesse plágio musical, boa parte das musicas que conhecemos hoje não existiria.... rsrs...

      Inspiração descarada da melodia de Whole Lotta Love, do Led Zeppelin, rs:


      Tinha postado essa versão em algum tópico daqui, é uma música do Willie Dixon. O Robert Plant robou na cara dura até o jeito de cantar do Steve Marriott.

      MauricioBahia
      Moderador
      # 13/jan/18 13:36 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Daqui a pouco vai achar a versão original da música, num clássico hindu, de 2 mil anos A.C. kkk

      Nas artes, principalmente na música, é fácil achar similares. As vezes o artista ouve e, não percebe. Aí num belo dia ele compõe uma melodia parecida. Aquilo estava impregnado no subconsciente. Isso acontece com símbolos e na música não é diferente. Às vezes a pessoa até sonha com uma música que na verdade ela havia ouvido mas não tinha consciência pois a mente estava concentrada em outra tarefa.

      Mas indo direto a questão se é plágio ou não, tá na cara que a influência da música do Radiohead.

      O que eu fico espantado é que a banda acusada de plágio parece não assumir a similaridade. Isso é completamente sem sentido. Não precisa de advogados basta assumir um fato.

      Mas parece que para algumas pessoas é difícil ver a realidade. É o ego inflado que cega. Sem querer julgar mas geralmente o ego que está por trás de todas as insanidade do ser humano.

      Abs

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 13/jan/18 14:38
      · votar


      MauricioBahia
      Deve alguém no radiohead que quer dar uns pegas na LDR aí eles não querem prejudicar a moça, escravocetas.

      gpeddino
      Veterano
      # 13/jan/18 16:06 · Editado por: gpeddino
      · votar


      Tem quanto tempo desde a última vez que o Radiohead teve realmente alguma relevância sob a luz dos holofotes do mainstream mundial? 20 anos?

      O último disco deles, de 2016, saiu no Top 10 de praticamente todas as listas de melhores do ano. Em 2007, o In Rainbows foi o primeiro disco de grande relevância lançado como pague-como-quiser e foi notícia no mundo inteiro como um abalo na indústria fonográfica. Se isso não é relevância, eu não sei o que é.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 13/jan/18 21:45
      · votar


      Todos os discos do Radiohead dos últimos estão no top ten da Billboard.

      renatocaster
      Moderador
      # 14/jan/18 13:56
      · votar


      MauricioBahia

      Mas indo direto a questão se é plágio ou não, tá na cara que a influência da música do Radiohead.

      Pois é, pelo menos aqui neste tópico isso é praticamente unânime. A gente ponderou, confrontou, contemporizou, sobre ter sido ou não um caso de plágio, tecnicamente e legalmente.

      Mas a mim, pelo menos, o ouvido não engana. Tirando todas essas questões subjetivas e complicadas de se chegar a um consenso, para mim foi um caso de plágio sim. Mesmo se o caso for pra justiça e o juiz der o veredicto de que não foi plágio, eu vou continuar achando que foi, hahahaha!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Radiohead processa Lana Del Rey por plágio de 'Creep'

      305.415 tópicos 7.889.889 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital