Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      :: IA compõe album de metal ::

      Autor Mensagem
      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 13:27


      Talvez já tenham lido isso em algum lugar, mas tambem nao vi topico aberto sobre isso aqui nao.

      Moderadores, se acharem um topico aberto com esse assunto, sintam-se livres pra fechar esse. Nao sou mimimizento chorão não ;)

      ---

      O fato é que inteligencia articial é uma área do qual venho engatinhando, e me interessa bastante. E não é tao simples quanto parece.
      O conceito é complicado e na prática, é bem mais fácil ensinar um cachorro a compor metal e toca-lo na sua guitarra, do que ensinar uma máquina a fazer isso.

      Tanto que venho lutando a quase um ano tentando criar um joguinho de xadrez com IA, (coisa que já existe) e na boa....o buraco é bem mais embaixo. Não é simplesmente prever 10, 100, 1000 movimentos a sua frente pra jogar não. Isso até o chess do windows faz.
      A idéia é mais parecida com o fifa18, que realemtne aprende com o tempo seu estilo de jogar e projeta ofensivas e defensivas mais "inteligentes" de acordo com uma estratégia final.....e tal.....enfim....nao é isso que vim dizer.

      Vim falar disso:

      https://dadabots.bandcamp.com/album/coditany-of-timeness

      Esse album foi composto por um algoritmo criado por um cara ai, que é engenheiro lider de uma equipe que cria uma daw chamada Crowd Remix.
      Alem disso, professor e entusiasta de IA.

      Esse cara escreveu o algoritmo baseado no conceito de aprendizagem profunda, (que é o conceito mais basico de IA) onde você expoe o algoritmo ao uma qualidade absurda de informação pra ele "pegar a idéia" da coisa, e criar algo parecido em cima disso.
      É tipo o Neo do Matrix quando aprende a lutar karatê simplesmente fazendo upload de um milhao de livros na mente rsrs.

      Esse é o jeito básico do cérebro de aprender coisas do mundo ao nosso redor. Somos expostos a milhões de informações o tempo todo, e o cérebro vai juntando padrões para formar algo da nossa base de conhecimento.

      É assim também que aprendemos a compor alguma música de metal, por exemplo....tocamos tantas musicas e riffs e isso tudo tem um padrão.
      Ao juntar padrões do que conhecemos e um pouco do nosso senso estético, compomos musicas de metal (que é a parte dificil de fazer uma maquina "entender").
      Motivo esse tambem o porque encontrarmos musicas bem parecidas umas com as outras.

      O link acima é do album que foi composto com este algoritmo.
      Nao to conseguindo abrir essa porcaria aqui no trabalho, por causa do proxy,
      mas nao resisti e abri o topico assim mesmo, já que os comentarios web afora tem sido positivos.

      E ai, acha que os robôzinhos estão batendo o Sepultura, o Gorgoroth, o Mercyful Fate?

      Comente ai abaixo, desde aquele joinha maroto, que voce me ajuda a trazer mais conteudo e ajuda este canal (forum) a crescer e ficar mais revelante .... ahh ja entenderam.

      makumbator
      Veterano
      # 06/dez/17 13:32
      · votar


      But IA can djent or not?

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 13:40 · Editado por: Buja
      · votar



      for 1..10000000 loop
      play 0 or pause;
      end loop;



      ----0--000-000-0-----0---00----000000000-00-------0------------0--0--0 00---0000-0--0

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 06/dez/17 13:59
      · votar


      Buja
      Cara, que horrível esse álbum.
      Mas sobre o assunto, hoje pela facilidade em criar um som instrumental com apps, samples, etc, acho que seja irrelevante uma IA para compor. Tem um mar de composições por aí.
      Agora, se a gente falar em mercado de trilhas sonoras, ferrou. Uma empresa compra a licença da IA e vende músicas para filmes, jogos, eventos, etc a preço de banana e deixa os compositores a ver navios.

      metal_ofender
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:08 · Editado por: metal_ofender
      · votar


      Não gosto do estilo de música, então não gostei do album também, mas não vem ao caso.

      Da pra perceber que ele realmente pega os padrões e coloca, bem interessante e assustador, claro que teve muita coisa ali esquisita, mas é o primeiro né....

      É assustador e triste que talvez daqui alguns muitos anos, isso será a nossa nova música, criada por robô, sem coração, sem senso crítico, etc..

      Talvez também daqui algum tempo, como você citou o exemplo do Neo aprender karatê, para ser guitarrista, basta ficar internado um mês tomando soro de guitarrices (se esses youtubers guitarristas já não fazem mais ou menos isso).

      No fim, posso dizer que o album é melhor que o Luan Santana tocando Metal.

      o IA ajuda o mundo em muita coisa, e é uma coisa extremamente fantástica e complexa, mas acho que não seria legal ter uma coisa dessas na Arte.

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 14:14
      · votar


      Pleonasmo
      Cara, que horrível esse álbum.

      É ruim? To curioso pra ouvir. O proxy da empresa nao deixa acessar...aff.

      hoje pela facilidade em criar um som instrumental com apps, samples, etc, acho que seja irrelevante uma IA para compor. Tem um mar de composições por aí.


      Um software copiar e colar sequencias de samples é muito facil.
      Aleatorio até, ou pode seguir algum padrão.
      Mas IA nao é isso. A ideia é que os samples que voce enfia na cabeca do IA nao sejam usados na composicao final.
      Eles so servem de aprendizado.

      Senao, seria como voce pegar licks de um monte de musica, toca-los em sequencia e dizer que compos uma musica. Quem ouvisse, iria dizer que é burro, que nao tem nada de inteligencia nisso.
      Quando voce compoe, voce usa tudo que sabe pra compor algo novo.

      Esse é o desafio da IA...mostrar a ela um monte de quadros e fazer com que ela crie uma pintura, mas sem jogar pincel prum lado e pro outro sem sentido.
      Seria mostrar a IA uma desenho de uma arvore isolada, o desenho de um passaro isolado e o desenho de um sol, e fazer com que ela consiga pintar uma paisagem.

      Uma empresa compra a licença da IA e vende músicas para filmes, jogos, eventos, etc a preço de banana e deixa os compositores a ver navios.


      Comprar licenca da IA nao tem jeito, porque nao é um software...é um conceito.
      Mas isso pode (e acredito que vai sim acontecer) num futuro nao tao distante assim.

      Wade
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:15
      · votar


      Melhor e mais autêntico do que uns 90% das bandas que se dizem Black Metal hoje em dia.

      A terceira música é bem massa e ouviria de boa em casa ou no carro.

      JJJ
      Veterano
      # 06/dez/17 14:17
      · votar


      achei ruim pra k7

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:25
      · votar


      Buja
      Um software copiar e colar sequencias de samples é muito facil.
      Aleatorio até, ou pode seguir algum padrão.
      Mas IA nao é isso. A ideia é que os samples que voce enfia na cabeca do IA nao sejam usados na composicao final.
      Eles so servem de aprendizado.


      O que eu quis dizer é que todas essa facilidades já auxiliam as pessoas a criar uma música de maneira muito fácil, isso já satura bastante a composição. Tendo isso em vista, a IA não me impressiona nesse sentido.

      Comprar licenca da IA nao tem jeito, porque nao é um software...é um conceito.
      Mas isso pode (e acredito que vai sim acontecer) num futuro nao tao distante assim.


      Certamente, mas estou pensando la na frente, depois que essa IA já estiver incorporada em um software e sendo vendida no mercado.
      O conceito de IA está aí para fazer dinheiro e acredito que embarcar IAs em softwares e vender, é uma boa forma de ganhar dinheiro em todas as áreas.

      Gabezorx
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:28
      · votar


      Achei pior do que o "raw" BM do início dos 90's.

      But IA can djent or not?(2)

      Me lembrou do The Algorithm:



      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 14:37
      · votar


      Bem, o que eu acredito é que o IA hoje ainda é muito primitivo. Burro até falar chega. Aprende pior do que um mosca.

      Se voce pensar bem, uma mosca nasce voando aleatoriamente por todos os lados, numa entropia doida sem sentido. A funcao do cerebro é seguir o instinto, baseado na manutencao do corpo. Voar feito louca até achar comida.
      É até muito facil matar uma mosca filhote. Nao há nocao nem antecipa de perigo. Nao há senso de vida ou morte.

      Mas a medida que cresce, ela vai "aprendendo" que nem toda comida é segura, e nem todo lugar tem comida.
      Ela sabe que perto de lagoas com sapos, tem comida, mas nao é seguro.
      E ela tambem aprende que se sua casa ta limpíssima, ali tambem nao tem comida dando sopa. O resto do tempo é voando aleatoriamente sobre lampadas e ambientes mesmo. Claro, ela usa os sentidos pra isso, mas os sentidos humanos, nao sao nada mais que inputs de dados externos para o cerebro. Sao nossos drives de DVD e USB.

      Mas o IA de hoje em dia, aprende na base da repetição de estimulos inputados por apenas 1 canal: dados enfiados no cerebro.
      A forma de aprender é por redução de probabilidade...quanto menor a entropia do resultado final, mas certo de se estar do que se espera.

      Assim a IA nao consegue desenvolver Arte. Pois o conceito de arte nada tem a ver com resolução de padroes. Algo nunca jamais passado pelas nosso sentidos, pode ser interpretado pelo nosso cerebro (instantaneamente) como arte ao primeiro contato. Depende da reação que isso causa as areas do cerebro relacionadas a emoção.


      Mas isso nao seria bem impossivel para se fazer artificialmente.
      A teoria é que, ha reigoes no cerebro que trabalham memorias (sentidas) e regioes que as ativam. Em suma, sao descargas eletricas pra la e pra ca, muito grosseiramente falando. Algum dado (estimulo) externo, poderia desencadear uma descarga e reações no lado que processa memorias e lembrancas, e estas podem evocar novamente a regiao que trabalha as emocoes, que nada mais sao do que efetuar respostas nos nossos sentidos, como disparar o coração, descer uma lagrima, arrepiar a pele, etc

      Talvez daqui a muitos e muitos anos mesmos, poderia ser feito esse conceito na IA...e uma maquina a receber um estimulo (entrada de dados), poderia acessar a memoria, fazer o conflito do dado contra a memoria, e em caso de match, evocar respostas no modulo de comandos dos componentes....simulando emocoes.

      Volto a dizer, simulando.....pois é inimaginavel (nao digo impossivel) que a IA possa desenvolver senso de arte, etica e processamento de emocoes mais complexas;

      entamoeba
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:50 · Editado por: entamoeba
      · votar


      Buja
      Assim a IA nao consegue desenvolver Arte. Pois o conceito de arte nada tem a ver com resolução de padroes. Algo nunca jamais passado pelas nosso sentidos, pode ser interpretado pelo nosso cerebro (instantaneamente) como arte ao primeiro contato. Depende da reação que isso causa as areas do cerebro relacionadas a emoção.

      Mas isso nao seria bem impossivel para se fazer artificialmente.


      A IA pode conseguir emular arte porque ela pode "aprender" os padrões de gosto de uma população, assim, ela pegaria os juízos emprestados do senso estético humano para selecionar o que deve ou não deve ser feito. Mas não será arte, devido à falta de um sujeito querendo se expressar.

      Para dizer a verdade, não me sinto confortável com o termo IA. Primeiro, porque mal sabemos o que é inteligência. Depois, porque um algoritmo é só a extensão do intelecto humano, não é uma consciência autônoma.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 06/dez/17 14:54
      · votar


      Mas não será arte

      Ou a arte será o próprio algoritmo.

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 15:00
      · votar


      entamoeba
      Na verdade o ser humano está construindo pedacinhos de cerebro...
      no dia em que conseguir juntar tudo, ele terá feito o cerebro de uma mosca em estagio embrionário....e olha lá.

      Isso me leva a pensar num punhado de coisas que nao cabe falar nem nesse forum em em publico...melhor pensar pra mim mesmo...mas o fato é que já temos IA nos smartphones a algum tempo, e tambem no balanço do mercado mundial.

      Ja tem software de previsão baseado em IA nos lances do bitcoin, e carros hibridos (nao os autonomos, esses ja nao sao mais novidade) tambem ja tem computadores de bordo com previsão de consumo e autonomia.


      O termo realmente ta errado. O que é inteligencia? Dificil de responder a isso mesmo. Mas é o termo que pega melhor, numa maquina que mesmo que de forma burramente rudimentar, "pensa" e nao so segue ordens.

      makumbator
      Veterano
      # 06/dez/17 15:04 · Editado por: makumbator
      · votar


      Acho que o que mais prejudicou o tal álbum é a produção ruim. Precisam fazer também uma IA de gravação, mixagem e masterização pra consertar isso.


      entamoeba
      Mas não será arte, devido à falta de um sujeito querendo se expressar.
      Ou a arte será o próprio algoritmo.

      Exato. Pode-se até considerar artista o cara que criou e refinou a inteligência artificial. A expressão musical do algoritmo é o reflexo do criador da inteligência artificial em questão. Ainda há o toque humano, mesmo que indiretamente.

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 06/dez/17 15:09
      · votar


      Buja
      Quando eu era criança comecei a fazer a programação, mas aí eu empaquei no JavaScript e acabei largando kkk.

      Lelo Mig
      Membro
      # 06/dez/17 15:09 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      double

      Lelo Mig
      Membro
      # 06/dez/17 15:09 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Há pelo menos algumas décadas leio e escuto sobre a "maravilha da composição com algoritmos"...

      ... até hoje não ouvi nada que presta. Só bosta!

      Quem gosta dessa merda é matemático....que, muitas vezes conhece música, mas nada de arte e de senso estético.

      O africano banguela e semi analfabeto com o violão de uma corda só, faz música muito melhor...

      Obs: Com relação ao referido álbum......lixo! ainda que o "guitarrista" seja mais orgânico que muito guitarrista de metal por aí.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 06/dez/17 15:11
      · votar


      tenho uma teoria sobre esses experimentos....
      Ha pouco tempo atrás li uma matéria sobre artistas falsos

      Spotify é acusado de criar artistas falsos para incluir faixas em playlists
      http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/07/1900988-spotify-e-acusa do-de-criar-artistas-falsos-para-incluir-faixas-em-playlists.shtml

      Artistas falsos, sucessos inventados: o mundo misterioso do Spotify...
      https://blogdobarcinski.blogosfera.uol.com.br/2017/08/02/artistas-fals os-sucessos-inventados-o-mundo-misterioso-do-spotify/

      Basicamente alguns produtores criam vários artistas e composições e vendem esses produtos, para pessoas que querem "musica para relaxar", "musica para lavar louça" , etc. Ou seja, musica só para ser pano de fundo de qualquer banalidade que estejamos fazendo, como já é a forma de se consumir musica já que todo o conceito artístico de um álbum físico perdeu um pouco de sentido depois de mp3.
      Acredito que agora querem desenvolver maquinas para produzir musicas que atendam esta nova finalidade e exclua boa parte do trabalho de um produtor. Assim vai ficar mais barato e aumentar a produção.
      Devo sempre esteve certo, em pouco tempo estaremos morando em cavernas e comendo carne crua.


      makumbator
      Veterano
      # 06/dez/17 15:12
      · votar


      Lelo Mig
      O africano banguela e semi analfabeto com o violão de uma corda só, faz música muito melhor...

      Mas ele faz djent? Isso é o mais importante de tudo. É o equivalente musical ao "Mas, roda crysis?"

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 06/dez/17 15:17
      · votar


      metal_ofender
      Não gosto do estilo de música(metal)

      Nome irônico esse hein?

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 15:17
      · votar


      xmarhunterx
      Quando eu era criança comecei a fazer a programação, mas aí eu empaquei no JavaScript e acabei largando kkk.


      Volta ...que é legal! JS hoje nao é tao chatinho quando era antigamente nao.

      Luiz_RibeiroSP
      Um dia viveremos no mundo de Wall-e.

      Lelo Mig
      Ja fizeram uns pops por ai....mas nao curti tambem nao.

      Lelo Mig
      Membro
      # 06/dez/17 15:21
      · votar


      makumbator

      "É o equivalente musical ao "Mas, roda crysis?""

      Não...é o equivalente a "invenção da roda".



      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 06/dez/17 15:28 · Editado por: xmarhunterx
      · votar


      Buja
      Mas não consome muito tempo não? 45 min por dia dá pra aprender de bouas?

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 15:32
      · votar


      xmarhunterx
      nada...da de boa....

      começa estudando o material da w3schools....muito de boa de estudar.
      depois estuda jQuery....facilimo tambem....vai fazer coisas bem interessantes na parte web
      Cuidado, que logo apos estudar isso, vc vai desanimar total com o layout do forum kkkkk

      Insufferable Bear
      Membro
      # 06/dez/17 15:38
      · votar


      Acho composição algorítmica no meio computacional que tenta imitar composições reais é algo que nunca deve sair da academia, é um assunto de pesquisa bem interessante, mas IA nenhuma está perto de fazer algo minimamente interessante nesse sentido.
      Tem coisa boa no meio, tipo o uso de cadeias de Markov para analisar solos de jazzistas para criar um solo em cima de uma progressão dada, (e.g. Impro-Visor) mas isso serve mais como uma ferramenta de análise do que pra produção artística.

      Por outro lado, composição algorítmica para produzir coisas que são impossíveis de uma pessoa calcular por conta própria é algo que sempre me interessou.
      Xenakis deve ser o cara mais popular no gênero, e John Cage, de certa forma, aplicava algorítmos, mesmo que sem computadores.

      Falando sobre algorítmos sem computadores, o método existia desde a era mediavel, li um livro que comentava por cima mas não sei muito além disso.

      Buja
      Veterano
      # 06/dez/17 16:02
      · votar


      A IA pode nao ter senso de arte, mas vai ser mais inteligente que 99% da humanidade, isso vai.

      Ismah
      Veterano
      # 07/dez/17 09:09 · Editado por: Ismah
      · votar


      Acho que tem nego que tem menos capacidade de aprender e compreender coisas que um TL072... Gostaria de ouvir esse álbum TOCADO por músicos reais, ao que parece é gravado pela IA também. Junte a isso uma boa produção e voi la... MA$$$$...

      Andras
      Veterano
      # 07/dez/17 10:09
      · votar


      Essa IA já é mais inteligente que essa galerinha "mimimi Black Metal" daqui...

      Já tem IA produzindo roupas, mas é importante diferenciar IA de "Artificial Inteligence" de "Augmented Inteligence", que é o que já temos em mercado hoje em dia.

      Ramsay
      Veterano
      # 08/dez/17 01:52
      · votar


      Buja
      Honestamente falando, eu acho que é muito ruído pra pouca música.
      A inteligência artificial não está nem perto do que se pode chamar de realidade, simplesmente pq ela não tem os sentidos biológicos animais e se baseia só em algoritmos que não refletem a realidade dos fatos (arrebentei nessa não??).

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a :: IA compõe album de metal ::

      303.879 tópicos 7.863.284 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital