Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Jason Newsted e Metallica

      Autor Mensagem
      makumbator
      Veterano
      # 17/nov/17 15:48 · Editado por: makumbator
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Ali era pro Newsted ter botado o pau na mesa e trucado os caras, mas deixou o bosta do Ulrich fazer o que queria, deu no que deu...

      Ele nem sabia o que fizeram antes do resultado final. Deixaram ele totalmente no escuro nessa questão. Ele gravou o baixo e na edição só ficavam o Lars e o James A única atitude dura que ele poderia tomar seria sair do grupo após o lançamento, uma vez que a opinião dele na banda (ainda mais no início) valia menos que dólar do Zimbábue. Ele engoliu o sapo em nome de ficar no Metallica, simples assim. Eu provavelmente faria o mesmo.

      Buja
      Veterano
      # 17/nov/17 16:07
      · votar


      makumbator
      Imagino como é...é como entrar numa multinacional, no exterior, ganhando bem e chance de crescimento gigante no curriculo.
      Se o chefe de la faz bullying com sua cara no inicio, voce passa por alto, negole, e pensa....no futuro vai me dar resultado.

      E no amis ele nao tava errado.
      Deu resultado mesmo.

      Hoje todo mundo conhece o Jason, e está aqui falando sobre ele, justamente pelo fato de ter feito seu nome no Metallica, sendo injustiçado ou nao.

      Mas caso nao tivesse suportado, hoje poderia ser um baixista muito bom, mas desconhecido, ou no maximo aparecesse na pagina 42 da Bassplayer como baixista revelação, que ninguem conhece, que faz parte da banda Joseph & Brothers, desconhecida tambem.

      O que ele fez, foi pelo sangue, mas nao sejamos emotivos, foi principalmente pelo lado profissional. O curriculo do cara cresceu e muito.

      Lelo Mig
      Membro
      # 17/nov/17 16:08 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Felipe Stathopoulos

      Cara, além do que o makumbator escreveu, você esta desconsiderando um fato: Algumas bandas tem aquele perfil "amigos adolescentes que formam uma banda"... Outras, caso do Metallica, AC/DC, Kiss e etc., não são assim, estas possuem donos, algumas vezes, tiranos.

      O Jason não era ninguém antes do Metallica. Eu no lugar dele também, conheceria o mundo tocando musicas legais, aproveitava o sucesso, oportunidades e ganharia muito dinheiro, a troco de obedecer o "patrão", acontece em qualquer empresa que trabalhamos.

      Quando ele tava cheio da grana e partiu pro trabalho solo dele (que todos sabem Lars e James eram contra) caiu fora.

      O Trujillo é mais um funcionário. O Kirk também, mas é um pouco mais respeitado porque tem história antes do Metallica. Foi membro fundador do Exxodus ( é amigo dos caras até hoje) e tinha relacionamentos com caras famosos, como o Satriani, quando Metallica era uma bandinha underground.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 17/nov/17 16:42
      · votar


      Beto Guitar Player
      Não é bem assim, não foi um sorteio, ele foi escolhido por mérito, deixando pra trás grandes baixistas.

      É. O Les Claypool fez o teste.

      https://whiplash.net/materias/curiosidades/131891-metallica.html

      Só faltava você dizer que o Jason é melhor que o Les.

      Cliff fez diferença no Metallica, mas ele morreu e ponto final, já era. A banda evoluiu muito sem ele e continuou a evoluir, talvez se estivesse vivo, o som do Metallica não tivesse mudado para onde mudou e talvez não tivesse alcançado tudo que alcançou. Talvez até tivesse acabado a banda, se dissolvido e o diabo a quatro.

      Puro achismo da sua parte. Além disso, não acho que o Metallica evoluiu tanto. A não ser que você considere Load e Reload evolução. Eles simplificaram o som deles. O que não é necessariamente bom, nem ruim. Musicalmente, eles evoluíram até o ...And Justice For All(que nem tem baixo). Depois disso, fizeram o Black Album que foi a cartada comercial deles. Não deixe de ser bom por isso. Mas, o que veio depois é de chorar.

      As pessoas tem que parar com a mania de endeusar um artista depois que ele morre. Tem que dar valor aos artistas ainda vivos.

      Tem que valorizar quem é bom, independente de estar vivo ou morto. Eu não vejo nada de extraordinário em Jason Newsted. É um baixista competente como tantos por aí. Acho que você está endeusando o cara demais.

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 17/nov/17 19:06
      · votar


      Buja
      Sobre o Jason e Cliff eu acho q cada um deles tem qualidades diferentes. Tanto Jason quanto Cliff são ótimos baixistas. Ao meu ver e considerando as gravações, o Cliff é um pouco mais criativo, enquanto eu curto mais o som q o Jason tira do baixo. Eles tem suas qualidades tocam de maneira diferente um do outro.

      Quanto ao Robert Trujillo, aparentemente forte tecnicamente quanto Cliff e Jason falando de técnica, porém não vejo isso nas suas gravações e também não sou muito fã de suas linhas. Ele talvez não queira se destacar ou esteja sendo barrado por Lars e James, igualmente aconteceu com Jason, que não teve muita chance de mostrar sua habilidade em compor no Metallica (se estiverem interessados em conhecer um pouco de sua composição acessem o canal "Jason Newsted" no YouTube). Umas das coisas que eu gosto do Rob é ele conseguir tocar com o baixo lá embaixo msm kkkkk. Enfim, essa é minha opinião sobre o Robert.

      Felipe Stathopoulos
      Ali era pro Newsted ter botado o pau na mesa e trucado os caras, mas deixou o bosta do Ulrich fazer o que queria, deu no que deu...
      Verdade cara, o Newsted era bonzinho dms com o ego do Lars e do James...

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 17/nov/17 19:25
      · votar


      Buja
      Sobre o Jason e Cliff eu acho q cada um deles tem qualidades diferentes. Tanto Jason quanto Cliff são ótimos baixistas. Ao meu ver e considerando as gravações, o Cliff é um pouco mais criativo, enquanto eu curto mais o som q o Jason tira do baixo. Eles tem suas qualidades tocam de maneira diferente um do outro.

      Quanto ao Robert Trujillo, aparentemente forte tecnicamente quanto Cliff e Jason falando de técnica, porém não vejo isso nas suas gravações e também não sou muito fã de suas linhas. Ele talvez não queira se destacar ou esteja sendo barrado por Lars e James, igualmente aconteceu com Jason, que não teve muita chance de mostrar sua habilidade em compor no Metallica (se estiverem interessados em conhecer um pouco de sua composição acessem o canal "Jason Newsted" no YouTube). Umas das coisas que eu gosto do Rob é ele conseguir tocar com o baixo lá embaixo msm kkkkk. Enfim, essa é minha opinião sobre o Robert.

      Felipe Stathopoulos
      Ali era pro Newsted ter botado o pau na mesa e trucado os caras, mas deixou o bosta do Ulrich fazer o que queria, deu no que deu...
      Verdade cara, o Newsted era bonzinho dms com o ego do Lars e do James...

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 22/nov/17 07:49 · Editado por: Beto Guitar Player
      · votar


      Julia Hardy


      Só faltava você dizer que o Jason é melhor que o Les.

      Para o Metallica, o Jason foi melhor, tanto que ele conseguiu a vaga na banda. Acho que se um cara vai fazer um teste para entrar em uma banda, o mínimo que ele deveria saber é tocar as músicas da banda, detalhe esse que influenciou a entrada do Jason, que sabia tocar todas as músicas.

      E o que seria melhor ou pior pra você? Se eu disser que o Jason é melhor, de que maneira você poderia contestar? Com base em que?

      Puro achismo da sua parte.

      É claro que é achismo, já que o Cliff vivo hoje é só uma situação hipotética. Nunca será possível saber como a banda estaria hoje com ele vivo.

      Além disso, não acho que o Metallica evoluiu tanto.

      Essa é somente sua opinião. Até o Master of Puppets, a banda era grande dentro do seu cenário musical, hoje a banda é muuuuuuito maior por causa de, entre outras coisas, dos álbuns posteriores ao último álbum do Cliff.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 22/nov/17 10:14
      · votar


      makumbator

      É verdade. Mas se o cara queria se impor de verdade era pra ter colocado o pau na mesa na primeira vez que escutou. Não fez. Não adianta reclamar que foi "limado" na mix...

      Lelo Mig

      Concordo também. Money talks, é o "capitalismo malvadão", e querendo ou não deu certo, tanto é que o Metallica hoje é uma das maiores bandas do mundo.

      Porém não apaga o fato incontroverso, notado por 11 em 10 pessoas, de que o baixo do And Justice sumiu, e isso não por culpa do baixista, mas do desgraçado do Ulrich e do banana do Hetfield, que fizeram a mixagem.

      Pra concluir, claro, estou bem ciente de que cada banda tem sua dinâmica de trampo e tals. Certas coisas são "desculpáveis", sei lá, por exemplo, o baixista ou os vocais ter um papel meio secundário numa banda de thrash metal que aposta, em essência, em guitarras e bateria.

      Mas coisas como limar o baixo de uma mix ou jogar as roupas do cara pela janela são desrespeito ao trabalho e à pessoa. É o caso de montar no primeiro vôo e ir pra casa.

      Mas claro, cada um cada um; cada um sabe o limite que aguenta em prol de algo "maior"...

      Abçs

      Buja
      Veterano
      # 22/nov/17 10:22 · Editado por: Buja
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Mas claro, cada um cada um; cada um sabe o limite que aguenta em prol de algo "maior"...


      E tenho convicção de que ele suportou isso e muito mais, em prol de hoje ser conhecido por todos como baixista do Metallica por mais de uma década.
      Ele fez um nome, e sangrou muito pra isso.

      O que seria Jason sem ter entrado no Metallica? Nao sei....mas ele nao é burro. É comercial tambem.

      Igual o Kiko Loureiro. Na boa, o que que ele ta fazendo la no Megadeth? Sabe o que? NOME.
      Nao adianta tocar horrores numa banda que chega num status e nao consegue mais passar daquilo.
      O que adianta tocar horrores e lutar pra vender um album solo de rock/choro?
      Melhor tocar mais ou menos, sendo guitarrista solo do Megadeth, uma das maiores bandas de thrash metal de todos os tempos, do que ser uma guitarrista extremamente versatil e tecnico, que fica tocando em workshops no Japão, e aparecendo em guitar players como guitar hero. Isso o Mateus Asato e outros mils fazem. Isso nao da grana alta real! Tocar no Megadeth sim.

      Jason fez a mesma coisa. E hoje ainda come bastante caviar do nome que fez no Metallica, passando raiva ou nao.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 22/nov/17 11:20 · Editado por: Felipe Stathopoulos
      · votar


      Buja

      Então man, concordo. É o que eu disse: cada banda tem sua dinâmica, e cada um sabe os sapos que aguenta engolir em nome do objetivo maior. E haja sapos, rsrsrs...

      Mas uma coisa é não deixar o cara influenciar muito nas composições, como faz o Mustaine com o Loureiro. A banda é do cara, tem um estilo, e ele é quem manda ali e boa: não gosta, dá pista, "sem perder a cabeça, sem perder a amizade"...

      Outra coisa é limar o trampo do cara na mixagem, ou jogar as roupas do cara pela janela do hotel. Isso é mulecagem da braba, é desrespeito ao trampo e à pessoa, e é o caso de subir no primeiro avião e vazar sem olhar pra trás.

      Mas claro, cada um cada um... Se o Newsted teve sangue de barata pra aguentar isso aí, parabéns a ele: merece a grana e a fama que tem...

      Abç

      Buja
      Veterano
      # 22/nov/17 11:22
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Falou tudo.

      Tenho certa pena do Jason por isso, mas nem tanto....tenho mais dó de mim que nao ganho 1% do que ele ganha kkkk.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 22/nov/17 11:28
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      Buja

      Pior de tudo é pensar que, apesar da grana e de tudo que ele alcançou no Metallica, hoje ele foi quase que completamente esquecido.

      Será que valeu tanto a pena aguentar o que aguentou?
      Tenho minhas dúvidas.

      Buja
      Veterano
      # 22/nov/17 11:37
      · votar


      Será que valeu tanto a pena aguentar o que aguentou?

      Cara, Tiradentes viveu uma vida absurdamente sofrida e morreu enforcado aos 47 anos como um martir por promover e criar a Inconfidencia Mineira, no seculo 18. A vida dele (de uma perspectiva de quem a vive) foi um inferno total, mas hoje seu nome está inscrito no Livro dos Heróis da Pátria desde 21 de abril de 1992, e hoje temos um feriado em nome dele, uma cidade historico com o nome dele, e ele é lembrado com honra pelos seus feitos.

      Estamos aqui no Brasil, falando do Jason, a 16 anos depois que ele saiu do Metallica. Ele ganhou reconhecimento internacional e vitalício, e uma boa fatia de grana. Mas a vida dele no Metallica pode ter sido um inferno. Valeu a pena?

      Lelo Mig
      Membro
      # 22/nov/17 11:40 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Buja

      Dá um toque lá pros caras: Se o Metallica quiser que eu faça o baixo do próximo álbum só pra me trollar... Desde que eu saia nos créditos e na turnê, to dentro.

      Ainda faço Black Friday, vou pela metade do preço do Jason...kkkkk.

      Buja
      Veterano
      # 22/nov/17 11:45
      · votar


      Lelo Mig
      É isso ai.

      Me pagando bem, pode jogar minhas roupas pela janela todo dia se quiser. Eu ainda ajudo!

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 22/nov/17 12:30
      · votar


      Tudo depende da perspectiva...

      Tiradentes morreu por um ideal e aguentou o que aguentou, não porque ele queria ser lembrado ou ser mártir. Se hoje lembramos do seu nome é pela importância que nós creditamos a ele.

      Jason está longe de ser um Tiradentes, kkkkkkkkk.
      Mas eu (falando só por mim) não aceitaria ser taxado de babaca pro mundo inteiro só porque ganho bem e toco numa banda grande. Mandaria esses caras pro inferno.

      Lelo Mig
      Membro
      # 22/nov/17 12:46
      · votar


      Beto Guitar Player

      "não aceitaria ser taxado de babaca"

      Acho que bem ou mal todo mundo gosta do Jason.

      Acho que quem tem fama de babaca no Metallica é o Lars.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 22/nov/17 14:44
      · votar


      Buja
      Cara, Tiradentes viveu uma vida absurdamente sofrida
      mas hoje seu nome está inscrito no Livro
      Estamos aqui no Brasil, falando do Jason, a 16 anos depois que ele saiu do Metallica

      Nossa cara, ficou meio forçado isso. Já viu aquela expressão: prefere ser um covarde vivo ou um herói morto? Então, eu sou daqueles 90% que prefere ser um covarde vivo, e mesmo assim eu faria o que o Jason fez black friday stile como disseram aí, pela metade do salário dele. Ele abraçou a oportunidade que lhe apareceu e aguentou até onde achou conveniente, acho que qualquer um faria isso, a diferença é até onde cada um aguentaria; e pode ter certeza que teve muita encheção de saco alí que não tá escrito em jornal nenhum.

      makumbator
      Veterano
      # 22/nov/17 15:19
      · votar


      acabaramosnicks
      Ele abraçou a oportunidade que lhe apareceu e aguentou até onde achou conveniente

      Claro. O pessoal fala, mas no dia a dia engolem sapo em empregos que não pagam nem 1% do que o Jason recebia. Outro detalhe que as pessoas esquecem (ou não sabem) é que o Jason estava totalmente quebrado quando entrou no Metallica (ele mesmo já contou isso. Não tinha aonde cair morto se o lance não desse certo).

      Julia Hardy
      Veterano
      # 23/nov/17 19:35 · Editado por: Julia Hardy
      · votar


      Beto Guitar Player

      Concordo que o Jason tenha conseguido entrar na banda por mérito dele. Ele já tinha uma história no Flotsam and Jetsam que é uma das bandas pioneiras de Thrash metal. Mas, isso não significa que em um contexto musical mais amplo ele seja melhor que um músico como o Les Claypool. E, não é. Mas, já que estamos falando de Metallica, tudo bem.

      Eu posso contestar se o Jason é melhor ou não de várias maneiras. Até pq a sua opinião não é definitiva e pelo que eu notei, baseada em gosto pessoal.

      Pois bem, o Jason foi crucial para o direcionamento musical do Metallica? James e Lars sempre cuidaram disso. Kirk e Jason estavam lá para auxiliá -los. Ele foi crucial para que a banda continuasse existindo. Sim e não. Sim por ele entrar na banda. Não por que eles teriam encontrado outro baixista. Ele compôs alguma música que se tornou hit? Não que eu me lembre. Quantas músicas ele compôs para o Metallica? Ele fez algum arranjo de violão como o Cliff fez para o Metallica? Não. Não é a toa que você não ouviu mais algo assim no Metallica. O que ele fez de relevante fora do Metallica? Você coloca que o Jason foi responsável por levar o Metallica ao estrelato e que com o Cliff a banda teria acabado. Bom...

      Outra coisa: você diz que o Metallica evoluiu por que ficou mais famoso após a entrada do Jason. Sim e não. Sim por que ele estava lá e participou daquilo tudo. Não por que ele não era o cara que estava no comando, nem ditava os rumos musicais da banda. Além do mais, o Bob Rock foi uma pessoa importante para que o Metallica chegasse onde chegou. Ele transformou o Metallica numa banda mais palatavel ao público. O Metallica está aí até hoje sem o Jason. Eles precisam dele? Não. É, musicalmente eles não evoluíram. Eles se adequaram ao mercado musical norte americano a partir do Black album. Isso não é opinião, é fato.

      Não me intérprete de maneira errada. Ele teve competência pra entrar numa banda como o Metallica (eles nunca iam admitir um cara tosco na banda)e fez a vida dele ali. Quando ele se cansou daquilo, saiu fora. Certamente, deve receber religiosamente um chequinho da banda e viver numa boa. O problema aqui é que você está endeusando o cara baseado em achismos. Mas, tudo bem, você é fã. É compreensível esse tipo de coisa.

      makumbator
      Veterano
      # 24/nov/17 00:44 · Editado por: makumbator
      · votar


      Julia Hardy
      Ele compôs alguma música que se tornou hit? Não que eu me lembre.

      Hit não, mas uma das melhores do Metallica, Blackned, tem participação importante dele na composição (o riff principal em 7/4 é criação do Jason).

      Quantas músicas ele compôs para o Metallica?

      Das creditadas a ele são poucas, média de menos que uma por disco de músicas inéditas em que ele gravou (ou seja, sem contar ao discos vivos e os de covers). Eu lembro da Blackned, My friend of mysery (com um riff muito bonito do baixo) e Where the wild things are. Acho que é só mesmo.

      Buja
      Veterano
      # 24/nov/17 11:09
      · votar


      Blackned, My friend of mysery, Where the wild things are

      Umas das mais bonitas e que eu mais gosto do Metallica.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 24/nov/17 14:50
      · votar


      makumbator

      Das creditadas a ele são poucas, média de menos que uma por disco de músicas inéditas em que ele gravou (ou seja, sem contar ao discos vivos e os de covers). Eu lembro da Blackned, My friend of mysery (com um riff muito bonito do baixo) e Where the wild things are. Acho que é só mesmo.

      Contribuiu pouco e bem. Só que aí colocar o sujeito como salvador do Metallica é um tremendo exagero. Se o James e o Lars não aproveitaram melhor o cara, pior pra eles.

      hdab
      Membro Novato
      # 24/nov/17 18:22
      · votar


      hallo!

      vale a pena conferir o dvd "some kind of monster". é o relato dos tempos em que a banda fez terapia de grupo. percebe-se claramente a disputa de egos entre o hetfield e o ulrich - aliás, graças a esse prego que a RIAA entrou com força nessa história de caça àqueles que baixavam música na net. (além de acabar derrubando por tabela o maravilhoso audiogalaxy e o não tão maravilhoso, mas bom, napster. algum tempo depois ele meio que fez um mea culpa, falando que foi um exagero.) uma outra coisa que se nota também é o jeitão meio bananão de ser do hammett.

      há uma passagem no documentário em que os caras vão a um teatro em que a banda do newsted iria tocar. o bicho nem papo quis com os caras.

      sobre o trabalho do newsted solo, eu não sei o que dizer, mas uma coisa é certa: o "... and justice" pode ter músicas f*díssimas, mas é muito mal gravado. :| se isso foi feito intencionalmente pra quebrar o recém-chegado ao grupo, aí vou dizer: que bando de pregos. :P (é necessário dizer que gosto da banda até o "and justice", porque depois disso eles sofreram um acidente, os caras morreram, e entrou no lugar um grupo que começou a fazer um monte de coisas no mínimo discutíveis... hahahah!

      Lelo Mig
      Membro
      # 24/nov/17 18:29
      · votar


      hdab

      "relato dos tempos em que a banda fez terapia de grupo. "

      Banda de trash metal fazendo "terapia de grupo"?? kkkkkkkkkkkk... uiiii

      "Buááá...........Mãe o Lars pegou o meu todinho........!!!!!"

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 24/nov/17 18:31
      · votar


      Eu posso contestar se o Jason é melhor ou não de várias maneiras. Até pq a sua opinião não é definitiva e pelo que eu notei, baseada em gosto pessoal.

      É justamente o que eu quis dizer. Qualquer argumento seu ou meu para decidir quem é melhor dos dois, depende basicamente de opinião pessoal. Então, não há como tomar essa decisão.


      Pois bem, o Jason foi crucial para o direcionamento musical do Metallica?


      Eu nunca disse que foi...


      Ele compôs alguma música que se tornou hit?

      Além da música que o Makumbator citou, outra ótima música que surgiu graças ao Jason foi My friend of misery. É um hit? Não, mas não deixa de ser uma ótima música.



      Você coloca que o Jason foi responsável por levar o Metallica ao estrelato e que com o Cliff a banda teria acabado.

      Kkkkkkkkkk, aonde eu disse isso?? Vc não entendeu e ainda distorceu tudo que eu disse.

      Leia de novo o que eu escrevi. Não creditei em nenhum momento o estrelato do Metallica ao Jason e nunca desmereci o Cliff. Só disse que as pessoas não deram valor ao Jason que ficou 14 anos na banda e nos principais momentos de alcance de mercado. É inegável que a banda é do Lars e James, nunca questionei isso.

      makumbator
      Veterano
      # 24/nov/17 18:38
      · votar


      Lelo Mig
      Banda de trash metal fazendo "terapia de grupo"?? kkkkkkkkkkkk... uiiii

      Os caras tão tudo véio! Hahah! Eu curto essa foto mais ou menos recente deles em compras em Paris (ou fâs troo from hell ficaram putos):

      https://duckduckgrayduck.files.wordpress.com/2012/11/james-hetfield-ar mani.jpg?w=500

      .Mãe o Lars pegou o meu todinho.......

      E ele pega mesmo hein! Fica dando mole!

      hdab
      Membro Novato
      # 24/nov/17 18:45
      · votar


      Lelo Mig

      "relato dos tempos em que a banda fez terapia de grupo. "

      Banda de trash metal fazendo "terapia de grupo"?? kkkkkkkkkkkk... uiiii


      é sério! hahah! o mustaine inclusive aparece lá, pra botar a m* no ventilador e falar que eles foram muito otários com ele e não sei o que lá mais.

      a época era extremamente conturbada e a banda esteve para acabar. na ocasião o hetfiled tava se internando em uma clínica de reabilitação, por conta da bebedeira e tal. vale a pena ver o vídeo, mas é um festival de mimimi entre os caras.

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 26/nov/17 12:52
      · votar


      hdab

      Esse documentário é puro mimimi dos caras hahaha

      O Bob Rock chega a sugerir q a banda troque os solos de guitarra do Kirk por riffs de guitarra pra ficar mais atual kkkk Mostra até o Lars tendo um ataque no Concerto do projeto Echobrain do Newsted pq ele foi bem sucedido. O álbum q veio em seguida do documentário foi o St Anger (na minha opinião o álbum mais horrendo do metallica) q foi um trabalho q praticamente foi feito só pelo Lars, James e Kirk (com um pouco mais de participação). Sem falar q as 16h eles tinham q parar de trabalhar no álbum só pra ninguém fazer nada sem o James kkkkkkk

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Jason Newsted e Metallica

      303.882 tópicos 7.863.345 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital