Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Jason Newsted e Metallica

      Autor Mensagem
      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 13/nov/17 14:12


      Como vcs sabem, o baixista Jason Newsted passou 14 anos integrando o Metallica e durante esse período ele sofreu um tipo de "bullying" dentro da banda. Eu gostaria de saber o q vcs acham do trabalho dele tanto no Metallica quanto em sua carreira solo. Gostaria q comparações e esteriótipos fossem evitados dentro deste tópico. Seria interessante também discutir a respeito da atitude do Metallica quanto ao ocorrido com o baixista. (Não encontrei nenhum tópico q falasse a respeito)

      Lelo Mig
      Membro
      # 13/nov/17 14:51
      · votar


      Henrique RHCP

      Bom, não sou nenhum fã do Metallica, por isso acho que minha opinião é bastante isenta de passionalidade.

      Acho Jason um baixista competente, suficiente para o Metallica. Capaz de segurar a onda e manter o nivel.

      Cliff Burton, independente do gosto vs não gosto, tinha uma identidade pessoal, um estilo muito marcante. Até mesmo seu jeito de solar o baixo como se fosse guitarra, independente de gostar ou não, é uma caracteristica muito forte e de certa forma, Cliff é um dos pilares do estilo "baixo no trash".

      Jason o substituiu, esteve presente no melhores albuns (com exceção do Master of Puppets), não fez feio, mas, em minha opinião pessoal, foi apenas um substituto do Cliff.

      Buja
      Veterano
      # 13/nov/17 15:24 · Editado por: Buja
      · votar


      Que tipo de bullying ele sofreu?

      Acho o Jason uma peça importante do Metallica no período que passou lá.
      Inclusive acho o Trujillo inferior e insuficiente na comparação com o Jason.
      O Jason participu de forma efetiva nos albuns, e toco com profissionalismo as linhas deixadas pelo Cliff, do jeito que era, pra não decepcionar a banda nem os fãs.
      Ele respeitou o trabalho do Cliff e imprimiu seu proprio trabalho no que ele compos. Um baixista respeitavel. O trabalho dele no S&M foi otimo.

      Que tipo de bullying ele sofreu? So se foi alguma provocação causada pelo demente do Lars, que afinal, caça briga com todo mundo. O James so nao senta uma na cara dele porque tem dó do tamanho dele.


      https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/b1/Bulldog74.jp g/200px-Bulldog74.jpg


      Vai bater num bicho desses? Bahhh, dá até dó kkk.

      renatocaster
      Moderador
      # 13/nov/17 17:26 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Eu acho que é bem como o Lelo Mig falou...ele é um bom músico, um bom baixista. Inclusive, ele deixou para trás nos testes de audição que a banda fez para encontrar um substituto para o Cliff Burton caras como Les Claypool, Dave Ellefson, Greg Christian, entre outros.

      Só que, sei lá. Pra mim fica a impressão de que ele passou meio "batido" pelo Metallica. Tipo, não deixou nenhuma marca registrada, um "DNA", essas coisas. Já o Cliff Burton, além de ter um jeito bastante peculiar de tocar, ficou também aquela coisa "póstuma", por ter morrido tão jovem e de maneira tão trágica.

      E sobre o lance do bullying, não sei se aconteceu de fato como os fãs narram. Sabe como é né, esse papo de fã tem muito romantismo, os caras dramatizam muito a parada. Pode ter rolado mesmo, afinal o Lars é um grandessíssimo de um fdp e Hetfield não fica muito para trás. Mas eu penso que se aconteceu com o Jason, poderia ter acontecido com o Kirk também, o que aparentemente não rolou.

      Mas sei que a tensão pro lado do Jason começou a aumentar quando ele começou a se envolver com projetos paralelos. Lars e James não queriam que isso de certa forma prejudicasse o trabalho no Metallica, e rola esse papo que a dupla meio que desdenhava desses projetos dele, tentando diminuir ou algo assim para fazê-lo desistir.

      Buja
      Veterano
      # 13/nov/17 17:40 · Editado por: Buja
      · votar


      renatocaster
      Um coisa é certa.
      É bem dificil um musico, por mais experiente e profissional que seja, conseguir manter-se bem na banda e tocar projetos paralelos.
      Chega uma hora que um ou outro vai tomar a frente.
      Ou o cara sai da banda e foca no projeto, ou larga o projeto com um ou dois albuns no maximo e foca na banda.

      Pode reparar que normalmente quando o cara toca um ou mais projetos pra frente, nao demora muito e ele sai da banda, ou a banda fica em stand by.
      Vide John Frusciante, Felipe Andreoli, Kiko Loureiro, Serj Tankian, Alexi Laiho (que pinga la e cá) e varios outros do metal gotico e extreme, que parecem nunca ter banda fixa rsrs, so pra citar os que lembro. Tem muito mais.

      Esse negocio do cara tocar projeto paralelo é so um indício que que ele nao veste mais a camisa da banda, ou nunca vestiu, ou entao que sente certa insegurança na banda.
      Os que nunca fazem nada paralelo, pode garantir que sente total segurança e firmeza na banda, e não tem vontade de pular a cerca.
      Vide James Hetfield, Dave Murray, o baterista do Rush que ao que sei, nasceu e vai morrer lá.

      ps: em tempo, acho que o Tristania tambem so mantem o nome, porque todos as posicoes da banda ja sofreram rodizio.

      ps2: Em tempo 2: isso é so achismo nao. NAO TEM CERTEZA SE TA CERTO.

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 13/nov/17 21:01
      · votar


      Buja
      Vai bater num bicho desses? Bahhh, dá até dó kkk.
      KKKKKKKKKKKKKK

      renatocaster

      Se é como os fãs dizem eu também n sei direito mas são bastantes fontes q indicam q no começo da carreira de Jason no Metallica ele era vitima de brincadeiras de mau gosto, mas acho que um dos maiores vacilos msm foi alguns dias antes do lançamento de "...And Justice for All" o Lars pedir pra baixar o som do baixo na gravação a ponto de deixá-lo praticamente inaudível. Realmente não dá nem pra entender pq o Lars fez isso, já q se vcs forem pesquisar as remasterizao do álbum com baixo audível (no YouTube está nomeada "...And Justice for Jason") vão ver q as linhas são matadoras, acho q só pode ter sido o som dele de ser chato e cuzao.

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 13/nov/17 21:10
      · votar


      Eu acho ele mto bom baixista. Substituir Cliff Burton não deve ser nem um pouco fácil mas ele fez mto bem. N sei se vcs vão concordar mas um diferencial q eu vejo nele é q ele tem mto ataque e da um ótimo peso pra banda, também curto mto o timbre q ele tira no baixo. Eu vejo um ótimo trabalho dele nas músicas "Friends of Misery", "Blackened", "One", "The God That Failed", "Harvester of Sorrow" e "...And Justice for All" por exemplo

      Lelo Mig
      Membro
      # 13/nov/17 22:09 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Henrique RHCP

      "And Justice for All" o Lars pedir pra baixar o som do baixo na gravação a ponto de deixá-lo praticamente inaudível."

      Cara pode ser que isso tenha acontecido, mas se for uma cagada técnica, também não me surpreenderia.

      Afinal, entre bandas mainstream e com grana, nunca vi uma banda pra gravar mal como o Metallica. Não sei se os caras tem mal gosto, se são relaxados, se escolhem mal os produtores.... Só sei que o padrão Metallica é gravação merda.

      makumbator
      Veterano
      # 14/nov/17 00:27 · Editado por: makumbator
      · votar


      Lelo Mig
      Cara pode ser que isso tenha acontecido, mas se for uma cagada técnica, também não me surpreenderia.


      Não foi cagada técnica, foi um pedido direto e claro vindo do Lars (e aparentemente com o aval dos demais). Aqui entrevista com o cara que mixou e confirma isso:

      https://www.youtube.com/watch?v=lmFgeFh2nlw



      Quando o Metallica estava escolhendo o substituto do Jason era possível ver nas conversas que eles temiam cometer o mesmo erro que fizeram com o Newsted (o lance do bullying). Isso é facilmente perceptível no DVD que mostra o processo de escolha. Eles sacaneavam sim o Jason, e o tratavam de maneira diferente (principalmente no início, mas não apenas nessa fase).

      Lelo Mig
      Membro
      # 14/nov/17 00:43
      · votar


      makumbator

      Esse Lars é bem filha da puta né?

      Invés de perder tempo limando os outros ele devia ir treinar para conseguir segurar andamento... Eu gosto do jeito que ele toca, acho ele criativo... Mas ao vivo não segura o andamento nem fudendo...kkkk

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 14/nov/17 06:59 · Editado por: Beto Guitar Player
      · votar


      Cara, sempre fui fã do Metallica e eu já conheci na fase Jason, então eu não tinha aquele amor desmedido pelo Cliff. Sei que foi muito importante, mas pra mim Jason era O baixista do Metallica.
      Quando ele saiu, eu não tinha entendido direito os motivos, mas enfim...

      Quando soube do lance do bullying, fiquei bem decepcionado com os caras do Metallica.
      Vi um documentário onde o Jason contou toda a história, se é verdade ou não, não sei, mas não é um negócio de fã.

      Eles costumavam a chamar o Jason de Newkid (o sobrenome dele é Newsted). Certa vez eles jogaram as roupas dele pela janela do hotel... Enfim, são várias histórias.

      Imaginem vocês tocando em uma banda grande, uma banda que já tinha nome no cenário musical e vc totalmente noob... E o pior de tudo, ficar na sombra de um baixista endeusado pelos integrantes da banda e pelos fãs. Os caras se aproveitaram e sacanearam ele até onde não podiam mais, diz o Jason que aguentou tudo isso por amor à banda.

      Mas acho que o estopim de tudo foi o projeto paralelo dele chamado Echobrain (acho que é esse o nome). Reza a lenda que o James lhe deu um ultimato, "ou acaba com seu projeto paralelo, ou sai do Metallica". E aí, o resultado, todos sabem...

      Minha opinião sobre tudo isso é que a dupla James e Lars sempre foram os pilares da banda e não se importam muito com o restante da banda. Eu acho (opinião minha) que até o Kirk sofre bullying, mas com o Jason a coisa era pior e chegou em um momento que ele não aguentou mais. O Jason é um bom baixista, mas infelizmente não deixou "nada" no Metallica, com exceção de uma música, em 14 anos ele praticamente não teve participação nas composições, acredito eu que por limitações impostas pela dupla James/Lars.

      Cara, gosto muito do Metallica, mas achei muita filhadaputagem essa história toda.

      Buja
      Veterano
      # 14/nov/17 08:15
      · votar


      To escutando o "...And Justice For Jason" e realmente o timbre e a pegada estavam muito bons e firmes.
      Nunca ouvi esse album desse jeito....que coisa.

      Justo eu que sou baixista de sangue vivo...
      Ouço muito Manowar justamente porque o som do baixo simplesmente me vicia naquilo.

      brunoeZ
      Membro Novato
      # 14/nov/17 08:56
      · votar


      Me parece que os caras do Metallica, tirando o Kirk, eram uns tremendos filhos da puta.

      Mas acho que o estopim de tudo foi o projeto paralelo dele chamado Echobrain (acho que é esse o nome). Reza a lenda que o James lhe deu um ultimato, "ou acaba com seu projeto paralelo, ou sai do Metallica". E aí, o resultado, todos sabem...
      Também ouvi essa história e creio que seja verdade.

      Buja
      Veterano
      # 14/nov/17 09:20
      · votar


      Na verdade acho que so nao tiram o Kirk porque obedece as "regras" direitinho, bom menino, e porque o james ainda nao consegue fazer no wah-wah o que o Kirk faz. Senao, como toda empresa faz, pé na bunda mermo.

      renatocaster
      Moderador
      # 14/nov/17 17:25
      · votar


      Eu não acho que tiram o Kirk assim tão facilmente porque ao contrário do Jason Newsted, ele é uma parte considerável que compõe a identidade da banda. Não somente no aspecto musical, mas no pessoal também.

      Kirk é uma figura caricata, carismático, e que tomou conta do posto definitivamente depois da expulsão do Musta. Hoje eu não vejo ele fora da banda, não acho que seria uma substituição simples. Uma troca do Kirk por outro guitarrista deixaria sequelas que a essa altura do campeonato não vale a pena arriscar.

      Lelo Mig
      Membro
      # 14/nov/17 17:36 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      renatocaster

      Concordo.... Além do que se tirarem o Kirk podem enterrar a banda....ele é o unico cara simpático lá.

      O Cliff era simpático... O Musta mal humorado e pingaiada...se tivesse ficado, ele o Lars e o James tinham se matado.

      Buja
      Veterano
      # 14/nov/17 17:46
      · votar


      Se bem que botar algum guita no lugar do Kirk, tecnicamente, nao é dificil hein!
      Me da um wah-wah + uns 6 meses ai treinando que eu tiro ele de la.
      Sou mais carismatico, mais bonito e aceito ganhar menos.

      entamoeba
      Membro Novato
      # 14/nov/17 17:50 · Editado por: entamoeba
      · votar


      Robert Trujillo é ótimo, mas não tem nada a ver com o Metallica.

      Vão me chamar de herege, mas penso o mesmo do Cliff.

      E do Mustaine também (por que não?!)

      Cliff parecia um músico de Woodstock, quase hippie, fazendo um som para lá de alternativo com o baixo.

      Trujillo é o cara do Suicidal, gosta de groove funkmetal, seu jogo de palco tem essa cara.

      Mustaine era poser pra caralho, tinha pinta de guitarrista do Poison.


      Metallica = James, Lars, Kirk e Jason

      Buja
      Veterano
      # 14/nov/17 17:57
      · votar


      Pra mim Metallica sente a falta de um Cliff.
      Jason fez muito mais do que o esperado, mas tambem, nao era Metallica de sangue e alma. Sinto que ele é bem melhor aproveitado em outros estilos.

      Mustaine fez a melhor coisa do planeta: criar o megamorte.

      Metallica fez a pior coisa do planeta: chamar o Trujillo.

      Metallica = James (metallica é james), Lars (toca mal, quebrado, é uma mula manca, mas faz parte), Kirk (ou qualquer outro), Cliff (insubstituivel, e olha que ja tentaram)

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 14/nov/17 18:02
      · votar


      Acho que eles talvez não gostassem da ideia de ter um cara substituindo Cliff, já q eles não queriam ter q tocar sem o Cliff. A saída do Mustaine foi intencional da parte deles e eles provavelmente se dão mto melhor com o Kirk do q com o Mustaine. Eles talvez não tinham nenhum problema pessoal com Jason, mas detestavam a ideia de terem q colocar alguém no lugar do Cliff. Até onde sei o Jason e a banda podem ter se resolvido dps (sendo q eles tocaram juntos e até trocaram uma ideia na entrada pro rock and roll hall of fame), mas td indica q o Metallica e o Mustaine não se dão mto bem até hj. Suponho também q n tenha acontecido o msm com o Rob pq eles não queriam cometer os msm erros q cometeram com Jason, fazendo com q eles fossem bem amigáveis com ele.

      Buja
      Veterano
      # 14/nov/17 18:06
      · votar


      Foram amigaveis até demais, porque suportar um cara fazendo careta no meio da musica, e tocar parecendo que ta fazendo a dancinha do siri no meio do palco.....
      Poooo o Jason tinha muito mais tecnica, postura e atitude no contexto.
      E o detalhe é que o Jason ainda fazia bem os back vocal.

      makumbator
      Veterano
      # 14/nov/17 18:39
      · votar


      Buja
      Poooo o Jason tinha muito mais tecnica

      Mais técnica já não concordo. O Jason é ótimo (e realmente os backing dele eram excelentes ao vivo) mas pra mim o Rob é um músico mais técnico que o Jason (e aparentemente mais versátil também). Entretanto, concordo que para o Metallica o Jason era mais adequado.

      Henrique RHCP
      Membro Novato
      # 14/nov/17 22:28
      · votar


      makumbator

      Realmente eu n exatamente acho o Jason mto técnico mas ele é um exemplo tanto de músico quanto de baixista pra mim, considerando ele como um dos meus favoritos e uma das minhas influências. Ela tem uma musicalidade e uma pegada mto boa com seu instrumento, sabe bem como dar peso pra música e também quando deve se destacar. Além da sonoridade ótima e visceral q ele tira, ele tem mta energia e alta performance ao vivo.






      Aí tá um exemplo da performance dele como frontman

      Julia Hardy
      Veterano
      # 16/nov/17 14:34
      · votar


      Tanto faz. Ele apenas substituiu o Cliff(esse sim fez falta à banda). É um sortudo. No mais, James e Lars são as estrelas e os pilares do Metallica desde a saída do Cliff. Os outros que se fodam.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 16/nov/17 17:07
      · votar



      Tanto faz. Ele apenas substituiu o Cliff(esse sim fez falta à banda). É um sortudo. No mais, James e Lars são as estrelas e os pilares do Metallica desde a saída do Cliff. Os outros que se fodam.


      Julia Hardy

      Não é bem assim, não foi um sorteio, ele foi escolhido por mérito, deixando pra trás grandes baixistas.
      Cliff fez diferença no Metallica, mas ele morreu e ponto final, já era. A banda evoluiu muito sem ele e continuou a evoluir, talvez se estivesse vivo, o som do Metallica não tivesse mudado para onde mudou e talvez não tivesse alcançado tudo que alcançou. Talvez até tivesse acabado a banda, se dissolvido e o diabo a quatro.

      As pessoas tem que parar com a mania de endeusar um artista depois que ele morre. Tem que dar valor aos artistas ainda vivos.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 16/nov/17 17:11
      · votar


      Daqui a pouco o cara morre e o povo vem dizer "po, que dó, o cara era mor bom, fez um trabalho incrível no metallica e em outras bandas, etc..." ehauehauehauheuaheuah

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 16/nov/17 19:20
      · votar


      acabaramosnicks

      É bem por aí mesmo.
      Mesmo que o trabalho do cara tenha sido irrelevante (o que não foi) ele seria tido como um mestre que morreu.

      Buja
      Veterano
      # 17/nov/17 08:47
      · votar


      Pra mim essa troca de baixista so evidenciou a queda da banda.

      Cliff > Jason > Trujillo (isso no contexto do que o Metallica é)

      Buja
      Veterano
      # 17/nov/17 08:48
      · votar


      Porem, em tempo, as coisas que eu mais gosto no Metallica foram gravadas nas linhas do Jason, e nao do Cliff.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 17/nov/17 13:54 · Editado por: Felipe Stathopoulos
      · votar


      Eu não gostava do Newsted porque achava que ele tinha sido o responsável pela banda largar o thrash e se mover mais pro rock comercial, no excelente Black Album e nos péssimos Load e Reload. Eu estava equivocado, quem zuou a bagaça foi o Bob Rock, o próprio Hetfield e, principalmente, o Ulrich...

      Mas hoje acho o Newsted um baita dum baixista, um cara que é técnico, segura a onda, tem estilo, tem peso, faz backing (canta) bem pra caramba e sabe timbrar um baixo como poucos. Aliás, a única coisa que salva naqueles circos dos horrores chamados Load e Reload é o timbre de baixo dele...

      Já o Trujillo pra mim num fede nem cheira. Acho bacana a performance de palco dele, e só. Tecnicamente é muito inferior ao Newsted e milhas abaixo do Burton; consegue ser ainda mais apagadão e escravizado do que era o Newsted...

      Agora, quanto a essa parada da mixagem do And Justice, concordo que foi sacanagem, mas também tem o outro lado da moeda: o cabra tem que saber se impor, e baixista de rock então, que normalmente é relegado a segundo plano, e muito leigo nem sabe que existe, mais ainda.

      Baixista de rock ou se impõe ou desaparece...

      Ali era pro Newsted ter botado o pau na mesa e trucado os caras, mas deixou o bosta do Ulrich fazer o que queria, deu no que deu...

      Em tempo: eu não sou nenhum papa em termos de gravação, e concordo que o Metallica tem na sua carreira umas cagadas fortes (o exemplo maior é o And Justice), mas dizer que os caras SÓ gravam mal aí é sacanagem... O Black Album é até hoje um paradigma em termos de produção de som: uma bateria perfeita, guitarras esmagadoras, um baixo primoroso e vocais espetaculares...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Jason Newsted e Metallica

      303.734 tópicos 7.859.862 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital