Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Sobre criminalizar o Funk

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 12/jul/17 03:02 · Editado por: Ismah
      · votar


      Eu vi essa notícia a um tempo no Face. O cara é só um radical, e não sabe o que tá fazendo. Me lembra os red neck sulistas, odiando negros, e atirando em tudo que se mexer dentro da sua propriedade...

      A real é que o gênero musical não importa. Ainda que se banido, vai surgir algo no lugar dele, mas com formato diferente - seja rap, reggae, samba... O mainstream do gênero, está migrando para algo mais pop, atrás de melhorar a aceitação na nata social e manter o pouco de mídia que tem...
      Alguns produtores e empresários do ramo, já reconhecem que o limite foi ultrapassado.

      Indo além, mesmo que proibido, é complicado fazer valer essa lei. As forças policiais vão receber formação musical agora? Como saber que em nenhum local mais possa rolar isso?

      Essa é pior que a cobrança de ingresso único em festas - que já era vigente, mas só agora, em função de uma reportagem do Fantástico, é que se tocaram de patrulhar isso...

      fernando tecladista

      O chato é o ruído, não o teor musical. Pode ser uma banda tocando, uma furadeira, ou um carro com som... Isso é crime, e uma ligação para a polícia é questão de cidadania. Se não resolver, abra um processo por perturbação do sossego.

      Havia esse problema aqui. Nunca reclamei deles ouvirem nada
      madrugada a dentro. Mas os forçava a ouvir Death (banda) e outros também, além de aturar minhas guitarrices.
      Certo dia a polícia bateu na minha porta. No dia seguinte, pus um oficial de justiça na porta deles, com um mandado, um relatório constando horas e volume de som que eles emitiam, com registro em vídeo, e aferição por equipamento aprovado pelo INMETRO, e alguns BO's não representados... Apenas exerci meu direito legal, e fiz uso do meu conhecimento.

      Pouco provável que o processo iria adiante, ou daria em algo. Mas dessa vez quiseram medir quem toca mais alto, com a pessoa errada. Nunca mais tive problemas, mas também me privo de emitir volumes exagerados.

      ALIÁS em som automotivo a coisa é mais simples, pois a regra vigente é clara: sistema de som não pode ser ouvido no exterior do veículo, independente da intensidade. Salvo se o " seu puliça " for surdo, ele vai ao menos multar o cara, e se estiver num dia ruim pode aprender o carro! Esqueça a cena de ir pra praia, com uma loira gostosa, num conversível vermelho ouvindo ACDC... A lei diz veículos, assim, caminhonetes e pick-ups com som na caçamba, conversíveis, triciclos e motos estão lascados, pois não tem como " abafar " o som... Até o teto solar é problema!

      Estão bloqueando a rua? Ela é pública, só pode ser fechada com autorização da prefeitura. E essa dá ao menos uns dias de cadeia!

      Estão impedindo sua passagem de alguma forma? Isso é cerceio, e que é um abacaxi bem grande pra descascar. Pois uma foto da "multidão" é suficiente para fazer o réu ter de sorrir amarelo e pedir desculpas...

      A polícia não vem? Talvez não, pois existe ordem de prioridade, e querendo ou não estamos sujeitos a vontade deles. Um caso de atentado contra a vida, bens, etc é atendido primeiro que um caso de poluição sonora. Simples assim.

      Então a insistência, seguida de uso dos meios legais é a saída. A maioria dos processos citados, cai em pequenas causas e não tem o que a defesa alegar. E vale a pena a dor de cabeça. Toda vez que algo do tipo rolou, eu nem fui nas audiências, mas pro réu é muito importante ir, e isso dá dor de cabeça para a defesa - só por isso já vale bastante a pena.

      Infelizmente as pessoas de modo geral não querem se envolver etc... Quando o custo disso é quase zero, pois pode-se solicitar um advogado público... Talvez este nem seja necessário (aqui fiz na amizade).

      makumbator
      Ou aguentar pastor vomitando decibéis na vizinhança.

      E quando ele se põe a cantar )desafinado)? rsrs

      KenACwb
      Membro Novato
      # 12/jul/17 08:06
      · votar


      O maior crime é terem se apropriado do nome "funk"...

      Exato, sem contar que muitos nem conhecem o verdadeiro Funk :-(

      renatocaster
      Moderador
      # 12/jul/17 08:31
      · votar


      fernando tecladista

      - não tendo letra falando: arrebita a bunda e senta na piroca!

      Ué, tem gente que gosta. Não é vc querendo passar a sua régua moral que vai impedir isso.

      - não atrapalhando o transito

      É relativo. Um culto evangélico também pode atrapalhar o trânsito; um encontro de roqueiros motoqueiros também pode atrapalhar o trânsito. E por aí vai...

      - não vindo gente de sei lá da onde que fica olhando estranhamente pra tua casa...

      Então são só os funkeiros que agem com essa atitude suspeita? Vc não é nem um pouco preconceituoso, hein...

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 12/jul/17 08:51
      · votar


      Antes eu até achava que certa repressão devería ser feita contra os tais "proibidões" que fazem apologia da violência, da criminalidade, da "putaria" e do tráfico de drogas.
      Agora eu acho que só se combate uma doença combatendo suas causas e não seus sintomas - Falta educação...
      Concordo com o JJJ que o maior "crime" foi a apropriação indébita do nome Funk... Kkkk....
      Abç

      renatocaster
      Moderador
      # 12/jul/17 10:02
      · votar


      Reprimir as famosas 'raves' que são regadas a bebidas e drogas (incluindo consumo e tráfico) ninguém quer. Porque não é o pobre preto e favelado que frequenta, em sua grande maioria são os playboyzinhos da classe média. Aí é maneiro, é cool...tá certo.

      Só para deixar claro, também não suporto o funk proibidão. Aquele batidão com letras de apologia ao crime é bizarro mesmo, não tem como ouvir aquilo e gostar. Assim como também não suporto esse sertanejo universitário que só fala de farra, bebedeira e sofrência. Mas isso é o meu gosto pessoal, é problema meu. Não é pq eu não gosto que eu vou achar certo em reprimir ou fazer algo do tipo.

      Ainda sobre as letras de apologia ao tráfico e a violência, não custa lembrar que os rappers americanos já fazem isso desde os anos 80 e tem muita gente que acha foda só pq é gringo. Hipocrisia, não?

      Marquezin
      Veterano
      # 12/jul/17 10:52
      · votar


      Essa proposta aí é apenas fruto da inveja que os "tiozão Sukita" tem das putaria nervosa que rola nos pancadão.

      JJJ
      Veterano
      # 12/jul/17 14:21
      · votar


      Marquezin

      Sempre se comeu e se deu e nunca se precisou de música ruim pra isso...

      Ismah
      Veterano
      # 12/jul/17 15:41
      · votar


      renatocaster

      A diferença é que as raves rolam numa esfera meio paralela a sociedade... Meio que na mesma onda de " o que acontece em Vegas, fica em Vegas " . Logo a maioria nem sabe o que rola numa rave.

      JJJ
      Sempre (...) se deu

      Fale por ti kkkk

      renatocaster
      Moderador
      # 12/jul/17 16:17
      · votar


      Ismah

      A diferença é que as raves rolam numa esfera meio paralela a sociedade... Meio que na mesma onda de " o que acontece em Vegas, fica em Vegas " . Logo a maioria nem sabe o que rola numa rave.

      Sim, lógico. Esfera muito paralela. A negada começa a frequentar as raves e depois sai de lá viciado em drogas e traficando. Mas isso com certeza não vai refletir na sociedade "aqui fora" não, pode confiar...

      Julia Hardy
      Veterano
      # 12/jul/17 16:40
      · votar


      Não li do que se trata, mas, já sei que é uma merda. Coxinhas.

      Ismah
      Veterano
      # 12/jul/17 16:48
      · votar


      Reflete aqui fora em maior quantidade de usuários, e potenciais criminosos.

      Agora que uma certeza eu tenho: ninguém pergunta ao usuário onde e porque ele começou a usar drogas!
      Falando por mim, o cigarro é meu ansiolítico, o remédio de fato, me trazia alucinações, paralisia do sono etc... Comecei a fumar porque estava numa pilha de nervos, e resolvi arriscar.

      Não lembro de ouvir falar que o LSD ou ecstasy levou alguém a morar na rua. Claro, podem ser e são porta de entrada para outras drogas.
      O tráfico nesse contexto CREIO que seja apenas para sustentar o vício. Raramente quem trafica por dinheiro se arrisca a usar.

      Creio também que um grande erro, é criminalizar o usuário. Não sei seu nível de convívio com viciados, mas eu tenho um chegado, que acorda e doma um copo de cachaça. Se não fizer isso, ele não consegue trabalhar, fica agressivo etc... Isso não é o playboy que vai pra rave usar drogas, é o cara que só consegue ter uma vida normal, se usar drogas...

      American Jizuz
      Membro Novato
      # 12/jul/17 18:12
      · votar


      Nossa, só tem funkeiro nesse fórum :(

      Ismah
      Veterano
      # 12/jul/17 19:02
      · votar


      renatocaster

      Pensando além, se for ver o tráfico antes do funk carioca, se disseminava entre outras culturas... O próprio rock tem muito disso, nos 70~80 me parece ser o auge da relação rock e drogas.

      JJJ
      Veterano
      # 12/jul/17 19:43
      · votar


      Ismah

      Não eu, né?

      Marquezin
      Veterano
      # 12/jul/17 20:39
      · votar


      JJJ
      ...e nunca se precisou de música ruim pra isso...

      Então o problema não é as putaria, as drogas e a apologia ao crime, é o fato de ser um estilo musical que os "tiozão" não gosta.
      Humm... tá certo.

      JJJ
      Veterano
      # 12/jul/17 20:48 · Editado por: JJJ
      · votar


      Marquezin

      Rapaz... eu nem comentei sobre criminalizar ou não, mas se estás interessado... estou numa linha "tolerância zero" total. Cansei da putaria (não sexual) em que esse país se transformou. Por mim, latrocínio, sequestro ou estupro seguidos de morte não deveriam ter perdão nenhum, nunca. Tinha que ser forca e fim de papo.

      Quanto à putaria (sexual), cada um faz o que quer, não tenho nada com isso.

      E quanto às dorgas, sou favorável à liberação das leves. Quando a sociedade brasileira "crescer" (o que vai levar um bom tempo), serei favorável à liberação total (quem quiser que se mate e eu não tenho nada com isso).

      E cantar que "as cachorra faz au-au", eu tô pouco me lixando. Podem cantar a merda que quiserem... tô nem aí...

      Se eu gosto? Claro que não. Posso?

      TWT ICE
      Veterano
      # 12/jul/17 20:48 · Editado por: TWT ICE
      · votar


      renatocaster
      Reprimir as famosas 'raves' que são regadas a bebidas e drogas (incluindo consumo e tráfico) ninguém quer. Porque não é o pobre preto e favelado que frequenta, em sua grande maioria são os playboyzinhos da classe média. Aí é maneiro, é cool...tá certo.

      amigo, em que mundo vc vive pra falar que rave é regada a bebida e drogas e exclui todos os outros em rolam drogas e bebidas (incluindo trafico)?

      já foi em show de rock? então, lá tb é regado a bebida e droga

      usa quem quer

      e seu post é apenas uma amostra de preconceito.. quis acusar o preconceito contra o funk e ao mesmo tempo foi preconceituoso

      Marquezin
      Veterano
      # 12/jul/17 21:37
      · votar


      JJJ
      Se eu gosto? Claro que não. Posso?

      hehehehe
      Eita!! Acertei uma veia ali...rs
      Você tá muito fácil de ser provocado homem.
      Eu concordo com você, eu também não gosto da musica. Acho que essas pessoas deveriam ouvir outra coisa.

      No caso dessa proposta de lei, isso me preocupa profundamente. Como muitos outros, acredito que isso vai abrir margem pra pessoas tentarem fazer o mesmo com outros estilos, somente por que não gostam.
      Minha opinião é a mesma do Mauricio Luiz Bertola nesse caso, educação ajuda.

      JJJ
      Veterano
      # 12/jul/17 21:45
      · votar


      Marquezin
      Você tá muito fácil de ser provocado homem.

      Pavio curtíssimo!!! kkkkkkkkkkkk

      Eu nem "li" a lei, mas a ideia é bizarra em si mesma, por isso nem comentei. Se o problema é apologia ao crime, é desnecessário, porque já existe lei pra isso. O resto é gostar ou não gostar...

      Marquezin
      Veterano
      # 12/jul/17 21:52
      · votar


      JJJ
      Eu nem "li" a lei, mas a ideia é bizarra em si mesma, por isso nem comentei. Se o problema é apologia ao crime, é desnecessário, porque já existe lei pra isso. O resto é gostar ou não gostar...


      Mais bizarro ainda é que por ironia do destino, e senador sorteado para ser o relator dessa proposta é o Romário...rs

      https://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2017/06/22/romario-quer-lev ar-anitta-ao-senado-para-debater-criminalizacao-do-funk.htm

      JJJ
      Veterano
      # 12/jul/17 22:13
      · votar


      Marquezin

      Aí virou festa... mas a gente vive num circo mesmo...

      entamoeba
      Membro Novato
      # 13/jul/17 12:39
      · votar


      Marquezin
      é o fato de ser um estilo musical que os "tiozão" não gosta.

      Ou qualquer um que tenha cérebro, a despeito da sua aversão por "tiozões".

      Uma música nunca é um acontecimento isolado, ela sempre é parte importante de algum movimento na cultura. Aí, não dá para reduzir a crítica a gosto!

      Não é preciso se esforçar muito para saber que existem movimentos na cultura que são uma bosta - vide crenças que levam as suicídio coletivo, machismo, homofobia, moralismos etc. - logo, movimentos culturais podem e devem ser examinados, criticados e, eventualmente, coibidos (mas, não pela lei - pela própria cultura).

      Ismah
      Veterano
      # 13/jul/17 13:20
      · votar


      Acho que o erro começa a piorar, quando querem levar a Anitta... Deviam levar ao menos o Renan da Providência...

      JJJ
      Veterano
      # 13/jul/17 14:17
      · votar


      Ismah

      E tu acha que o Romário prefere quem na frente dele?

      Ismah
      Veterano
      # 13/jul/17 14:38
      · votar


      Pelo jeitinho dele ele prefere ter gigantes por trás, mas não admite.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Sobre criminalizar o Funk

      303.326 tópicos 7.849.939 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital