Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Upgrades valem a pena? (Explicado em bicicletas)

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 03/mai/17 14:50


      Porque alguns casos o upgrade não vale a pena:



      Lelo Mig
      Membro
      # 03/mai/17 15:28 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Ismah

      Video bastante interessante.

      Mundo de realidade semelhante (em partes) a dos guitarristas e a lógica pode ser aplicada, contudo, com um exponencial bem menor, porque o mundo dos bikers é bem mais caro que o nosso, então os valores acabam tendo um peso bem maior.

      Explico:

      Em uma guitarra de 800 reais, um Nut Top de linha (Tusk XL), custa em torno de 30 reais....1/27 o valor da guita.

      Em uma bike de 2.000 reais (que seria o equivalente a guitarra de 800), um par de pedais (sim, só o apoio dos pés), da Shimano, custa em torno de 350 reais.... 1/6 do valor da Bike.... um par de manoplas Shimano 140 reais...1/14 do valor.

      Então, finalizando, para nossa sorte, o mundo dos "acessórios Bikers" é bem mais caro que o nosso, o que torna os upgrades muito mais complicados.

      A relação "qualidade do conjunto total vs. qualidade com upgrade", passa a ser bem mais relativa e maleável numa guitarra... Um bloco de ponte, Nut, Captadores, fazem uma diferença dukacete e muitas vezes é possível fazer de forma barata ou bem razoável.

      Obs: Neguinho só tem de "esquecer" agregar estes upgrades em revenda... aí não rola!

      Buja
      Veterano
      # 03/mai/17 15:53
      · votar


      Lelo Mig
      Obs: Neguinho só tem de "esquecer" agregar estes upgrades em revenda... aí não rola!

      Ai que o upgrade ja nao vale a pena. Branquinho (vamo parar de racismo) vai la e compra um strinberg les paul e acha que o captador é fraco. Junta grana e bota um set EMG ativo. A guitarra começa a gritar.
      Mas um dia cansa e resolve vender.

      Se ele pedir 500 conto (valor que comprou) ele vai achar injusto. Logico, o set EMG é 800 conto. Eu tambem acho uma barbada.
      Se ele pedir 1300 conto (valor da guita + upgrade), ninguem vai comprar. Quem da 1300 numa guita strinberg ta fumando outra coisa. Mesmo tendo EMG.

      O negocio é o cara sempre se valer da regra 50% (comprador e vendedor)
      Eu acho sempre um negocio razoavel compra algo que está a metade do preço do novo, estando, claro, num bom estado de conservacao.

      Uma strinberg com EMG em bom estado, está boa por metade de 1300...ou seja 650 reais. Até uns 750, ta ok. Se a guita ta mesmo novinha, bem conservada, tocada so no quarto, regulagem em dia.
      Passou disso, ja fica um negocio 'mais ou menos'. Deixou de ser bom. Fica somente 'mais ou menos'.

      Passou de 70% do valor dela + upgrades, ja nao é mais negocio.
      Pagar 900 conto por uma strinberg com EMG é caro.
      Se tenho 900 reais, eu compro a stringerb novinha, e dou ainda 400 reais de entrada num set, e divido o restante dos 400 em 10x de 40 reais.
      Muito melhor.

      A regra dos 50% pra mim é funcional. Ja vendi muita coisa a 50%. Mas ta dificil comprar coisa assim.
      Neguinho (quer dizer, branquinho), hoje em dia, ta jogando valor de loja, ou até mais, ja esperando a choradeira do comprador, e tendo margem pra baixar um pouquinho. Uma chatice danada.

      LeandroP
      Moderador
      # 03/mai/17 18:45
      · votar


      Por isso é legal quardar os captadores antigos e retirar os novos. Você pode aproveitar os captadores numa outra guitarra ou vende-los separadamente.

      Dependendo do upgrade, se for bem ponderado, pode ser uma boa sim.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 03/mai/17 19:09
      · votar


      Sempre repito aqui: "Up-grades" só valem à pena se respeitarem uma boa relação custo-benefício. O exemplo que o Buja deu é bem claro nesse aspecto.
      Abç

      Ismah
      Veterano
      # 04/mai/17 02:08
      · votar


      Lelo Mig

      Eu pedalo seriamente a algum tempo, cheguei por volta de 21hs de um pedal de 60km. Não com equipamento muito caro, tenho outras prioridades, e não tenho objetivos de competição...

      Estás sendo modesto! Shimano e Sram são as Fender e Gibson em ciclismo... Se quer coisa boa principalmente em speed, passe para as italianas, francesas, americanas, então só vem as japas. Ainda que referência do mercado, a Shimano lucra pela quantidade, é a marca mais popular, mas não é a melhor em vários segmentos, quadros e rodas por exemplo. Existe também um trabalho de marketing excelente por parte da marca, a mais genial sacada são os "blue angels" nas principais provas. Mas isso não importa...

      Importa que comprar um captador Gibson Custom Shop para enfiar numa Fynch, ou Fender CS para enfiar numa Tonante é tiro no pé...

      Lelo Mig
      Membro
      # 04/mai/17 08:43 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Ismah

      "Shimano e Sram são as Fender e Gibson em ciclismo...."

      Por isso mesmo citei, porque até os "não ciclistas" conhecem. (conheço a Shimano pelo mundo da pesca)

      Se, no exemplo que dei, um upgrade de Shimano não vale a pena, imagine de uma marca "boutique biker" italiana?....rs.

      O mundo biker profissa (não faço parte dele, mas conheço quem faz) é muito caro, muito caro mesmo... com 30 mil você compra "a melhor guitarra que o dinheiro pode comprar" (sim, entre aspas claro, generalizando), no mundo biker com este dinheiro não compra nem o "melhor câmbio que o dinheiro pode comprar".

      Galera, seja profissa ou hobbista, reclama muito dos preços em música, eu e mais alguns poucos aqui, defendemos que, tirando algumas exceções e modismos travestidos de boutique, os preços no mundo da música são bastante justos.

      Quem faz parte ou conhece gente do mundo Biker, Modelismo em geral, Pesca e etc, sabe que os preços nestes mundos, são bem maiores.

      Eu, por exemplo, sou um hobbista da pesca. Não compro equipo top, porque pesco só por diversão e pouco. Mas, estou razoavelmente por dentro do mercado, acompanho, leio, porque gosto.

      Uma boa carretilha, Abu Garcia Revo Rocket, por exemplo, custa U$ 200,00, R$ 1.600,00 no Brasil (não é a mais cara), e por melhor que você cuide, não vai durar 1/10 do que dura uma guitarra.

      Buja
      Veterano
      # 04/mai/17 09:10
      · votar


      Lelo Mig
      (conheço a Shimano pelo mundo da pesca)

      Eu conheco a Shimano por causa de bike mesmo. E sempre achei que Shimano fosse a D'Angelico das guitarras.

      Ismah
      Veterano
      # 05/mai/17 05:15 · Editado por: Ismah
      · votar


      Lelo Mig

      Nem diga... Acompanho a turma do vôo livre, e 50 pau é só o equipamento mediano...! E o pior: tu vê gente que tá ao menos aparentemente pior que tu, dizendo que compraram equipo X por algumas dezenas de milhares de reais. Tem mesmo músico erudito, mas esses tendem a ter nascido bem abastados mesmo.
      Mas...! Aí tu olha, e tem gente terminando o casório por meia dúzia de discos ou mesmo CD's, uma guitarrinha de mil pila... Tipo eu fico me perguntando " é sério? " rsrs

      O recado está dado, quem entendeu a analogia, entendeu. Quem não... Bem, quem sabe lê de de novo. rs

      Buja
      É meio que a Dunlop e Ernie Ball, que tá presente em tudo que é tipo de efeito... E é meio que a empresa que criou o esterótipo de "pedal de efeito pra guitarra".

      Pensando em qualidade, dá pra dizer que temos os OEM's como nas guitarras: alguém importa de uma fabrica oriental, e vende no seu país como sendo produto seu. Aí começa a Shimano, que tem a linha básica, a turismo (pra quem viaja, sem cometer grandes esforço), a meia boca. Aqui começa a Sram e vai até na linha amadora, onde começam outras marcas, Canodalle, Scoot, Trek, Specialized, Fischer (não sei se tem a ver com a Fischer que vemos por aqui). Do equipamento semi-pro até o equipamento usado em corridas reais, temos o resto e começa a ficar difícil de distinguir efeitos reais, de impressões.
      E por cima a nata, as grandes marcas com a Elite das bikes - isso seria a D'Angelico das guitarras.

      Se chegou num ponto onde o piloto/músico interfere muito mais, do que a máquina/guitarra, e a Shimano está até aqui com muitos componentes, mas nenhuma bike completamente final.
      Agora a bike de fato, toda completa quem vende e tem são, as demais marcas citadas aqui - e nem lembro de ter visto uma bike Shimano COMPLETA...
      Creio que exceção é só a Sram, e é meio que a versão européia da japonesa, Shimano.
      O forte da Shimano são componentes: sapatilhas e clips/firma pé/pedais, pedivelas, centrais (eixo e mancais do pedivela), câmbios e acionadores, freios (sapatas e pastilhas não) e acionadores.
      Tanto é que equipam boa parte das bikes das outras marcas, e ditam os rumos desses componentes geralmente - aqui entra o marketing falado, e a Sram. Shimano foi pioneira em muita coisa!
      E arriscam pôr coisas novas no mercado cada pouco, coisas que nem sempre vingam. Por exemplo coroas dianteiras ovais, supostamente para melhorar o rendimento, por ela encolher no "ponto morto" da pedalada, aumentando a potência aplicada, o que se provou que não procedia nos testes... Seriam a SG perante os olhos do Sr LesPaul, no mundo das guitarras. hehehehe

      No entanto correias, as melhores pareceu-me que é quase unanimidade: as Suecas não tem pra ninguém! Freios os americanos e europeus mandam muito bem nas sapatas. Pneus americanos, italianos e alemães dividem o globo. Lubrificantes Squirt Lube e Finish Line são o número 1 (a segunda tem alguns outros produtos de limpeza). Escovas e ferramental de limpeza a francesa Zefal tem uma certa fama...

      Já coisas como quadros, garfos, suspensões, fitas de guidão, manetes, líquido/fitas anti-furo, fitas de aro, niples (prendem a borda dos aros aos raios), capacetes, suportes e ferramentas em geral que manda. Sellins até onde sei americanos e franceses meio que detém o primeiro lugar. Raios, eixos/blocagens, aros e cubos; suspensões, mesas e guidões; roupas e acessórios eu não saberia nem referenciar marcas específicas...

      Mas realmente a nata, muito acima de mim eu realmente nem sei muitas marcas. Quadro, garfo,guidão e rodas de carbono ou titânio, custando 20 pau o guidão. Roupas com superfície anti-aderente (rugosidade natural, que dá atrito da roupa com o ar) próximo ao teflon, pneus com nanotecnologia, cubos polidos internamente por X dias... Coisa que não dá pra falar se é real ou placebo.
      Estes seriam os luthiers praticamente, que compram componentes ou as vezes fabricam o corpo (quadro da bike) e braço (garfo e guidão). E claro, tem os luthiers famosos, que fazem algumas loucuras! hehe
      É o caso de uma marca fundada por uns 3 ou 4 ex-ciclistas de speed/road, que fabricam as bikes mais leves do mundo, coisa de menos de 8kg cada. E com milhares de avisos para tomar cuidado pois tem limite de peso...

      NOTA: Não tenho certeza, mas creio que a Shimano pode ser pioneira a fabricar e exportar, como arrisco a dizer que são pioneiros na invenção, do sistema de câmbio como o conhecemos.

      Buja
      Veterano
      # 05/mai/17 09:41
      · votar


      Ismah
      É o caso de uma marca fundada por uns 3 ou 4 ex-ciclistas de speed/road, que fabricam as bikes mais leves do mundo, coisa de menos de 8kg cada.

      E eu achando que as bikes mais tops sao as de aluminio, porque sao as mais leves rsrsrs.

      NOTA: Não tenho certeza, mas creio que a Shimano pode ser pioneira a fabricar e exportar, como arrisco a dizer que são pioneiros na invenção, do sistema de câmbio como o conhecemos.

      E eua chando de novo que a Shimano so tinha sistema de cambios, e que as rodas tops era a Escape da MTB, penus bons eram Pirelli, e quadro bom era Scott e Cannondale.

      A speed mais linda que ja vi era uma da marca monaco, e qual era o sistema de cambio? Shimano. Por isso que sempre achei que isso fosse o top das galaxias.

      Ja vi nego de Specialized fazendo a volta da pampulha (bh) na mesma velocidade que eu andando de carro. Uns 50 km/h eu acho. La nao podemos voar com o carro, mas de bike, voce pode correr o tanto que sua pamturrilha aguenta. Mas a maioria das bike melhores que vejo la, sao de grupos de 6-10 ciclistas e as bikes nao tem nenhum adesivo, nao tem marca nenhuma. Nao sei porque até hoje.

      Éhh, tanto eu como o tio da loja de conserto de bike perto da minha casa temos muito que aprender.

      JJJ
      Veterano
      # 05/mai/17 11:20
      · votar


      Minha opinião (sem bicicletas envolvidas):



      Lelo Mig
      Membro
      # 05/mai/17 13:09
      · votar


      JJJ

      Esse video seu eu ainda não tinha visto. Muito bom!

      É bem como penso.

      Iversonfr
      Veterano
      # 05/mai/17 14:14
      · votar


      JJJ

      Legal seu video, sempre pensei assim também. Tive peças que me acompanharam por várias guitarras, nunca é dinheiro perdido. É só não jogar a peça original fora.

      Se bem que mesmo assim dá pra se virar. Já comprei jogo usadinho de tarraxa da Squier pra colocar numa guitarra simples que estava vendendo mas estava com tarraxas Gotoh, nem ferrando eu venderia junto! Inclusive tenho essas tarraxas até hoje. Devem ter mais de 10 anos no mínimo.

      Insufferable Bear
      Membro
      # 05/mai/17 14:38
      · votar


      Ismah
      Devolve a senha do Ismah, sall.


      Por que postagens de vlog duram 10+min onde só 2 desses minutos possuem informação relevante e o resto é encheção de linguiça e senso comum? Num texto pelo menos dá pra achar a parte interessante mais rápido...
      sinto saudades de tópicos informativos onde a informação estava no tópico.

      Buja
      Veterano
      # 05/mai/17 15:34
      · votar


      Insufferable Bear
      só 2 desses minutos possuem informação relevante e o resto é encheção de linguiça e senso comum

      Isso quando nao rola uma vinheta de 50 segundos, e mais 3 minutos pedindo pra se inscrever no canal, clicar no like, clicar no siniho de notificacoes e postar nas suas redes sociais, facebook, instagram, snapchat, porque fazendo isso voce ajudará este canal a crescer e ficar mais relevante no youtube e blah blah blah....

      JJJ
      Veterano
      # 05/mai/17 15:43
      · votar


      Insufferable Bear
      Buja

      Bom... eu tento evitar esse lero-lero... também acho insuportável.

      Mendigar inscrições é foda... Eu meto um "inscreva-se" ou algo assim no fim, nunca perdi tempo (o meu e o dos outros) com isso.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 05/mai/17 16:38
      · votar


      Eu tava pensando em trocar o cap de ma guitarra, mas ai eu ficaria com um cap parado e provavelmente gastaria mais $ porque me daria aflição ver ele parado. Certamente eu compraria um corpo,braço e ferragens só pra usar o cap ahuahuaua.

      JJJ
      já sou seu inscrito :) aquele vídeo sobre usar a chave alen pra tirar corda enroscada é útil, costuma fazer isso também. pra evitar de travar 'molho' a bolinha da corda no pó de grafite e conforme for trocando de corda vou lubrificando o canal, não travou mais.

      Buja
      Veterano
      # 05/mai/17 17:34
      · votar


      JJJ
      E voce ja reparou como sao justamente os canais que nao choramingam inscricoes, saõ os que tem mais inscritos, views e likes?

      Voce é uma prova disso. O De Ros tambem. Quando ele passou a ser mais direto, sem virgulas, o canal dele foi estratosferico.

      Ja viu o Lisciel? Aquela praga de boca suja jamais pediu um like. Pelo contrario, ele chega ao absurdo de falar assim: "Voce da like se quiser, to pouco me F pro seu like. Quer saber, to pouco me F pra esse video tb. Nao vo postar essa merda nao. !@!#@$#@!$ "

      É o video ta la. E tem views, inscritos e likes. É de doer bixo, rsrsrs.
      Mas é a verdade. Até na TV rola isso. Liga num programa que diz: 'nao saia dai, nao mude de canal, daqui a pouco voltamos, já'.

      Cara, intuitivamente a primeira coisa que voce faz é mudar de canal. E nao volta. Isso é psicologico. Vem da infancia. Se quiser que um moleke nao pegue em algo que de choque eletrico, voce nao deve falar "NAO, NAOOO, NAOOO PEGA." Isso vai fazer o moleke meter a mao na hora.
      A gente deve dizer: "PARE. SOLTE. CUIDADO." Isso faz dar um passo pra tras na hora.

      É a psicologia reversa, que funciona com criancas, e com adultos tambem.
      Quer like? Paremos de pedir. Se o conteudo for bom, o like vem sozinho, e vem mesmo.

      Mesmo nos seus videos. O dia que eu me inscrevi nao foi porque vi um "Inscreva-se" caindo na tela.
      Eu me inscrevi foi no meio de um video, num dia onde voce tava falando algo que me interessava, eu curti, queria mais e cliquei em inscrever. Nada mais. (esse negocio de parte 1- parte 2, parte 3 é viciante)

      JJJ
      Veterano
      # 05/mai/17 20:57 · Editado por: JJJ
      · votar


      Luiz_RibeiroSP

      É uma boa também.

      Buja

      O De Ros tem várias peculiaridades que o fizeram bombar (não tem nem comparação comigo, ele tem mais de cem mil inscritos). Além do cara ser fera, é gente boa, fala de coisas que o pessoal quer ouvir, dá a cara a tapa, amealhou vários patrocínios (merecidamente!), começou há mais de dez anos no youtube, enfim...

      De resto eu concordo com você. Quem sabe da próxima vez eu solte um "duvido você dar like nesse vídeo!" kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Ismah
      Veterano
      # 05/mai/17 21:56
      · votar


      Buja
      E eu achando que as bikes mais tops sao as de aluminio, porque sao as mais leves

      O carbono é muito mais duro, e menos denso. O titânio não sei falar, sei que os capacetes desse material custam uma grana preta... Por hora carbono é bem menos caro, aliás, tem se descoberto que não sabíamos nada do carbono... Por exemplo ele pode ser usado em próximas gerações de processadores, alguns nanotubos de carbono conduzem muito mais que o silício, e são menores, mais leves... O que impede, é que ainda não se sabe como fazer ele parar de conduzir (!)...

      E eua chando de novo que a Shimano so tinha sistema de cambios, e que as rodas tops era a Escape da MTB, penus bons eram Pirelli, e quadro bom era Scott e Cannondale.

      Como disse, estamos falando de um nível em que trocar as bikes praticamente não muda os resultados. Se está no limite, anualmente surgem novidades em materiais, na geometria para mais isso ou aquilo...

      as bikes nao tem nenhum adesivo, nao tem marca nenhuma. Nao sei porque até hoje.

      Essa é fácil: peso! Bikes speed se conta o peso em centésimos de grama. Más línguas dizem que alguns caras tomam laxante pra... (tu sabe pra que), e estarem "vazios" pra prova, diminuindo o peso...

      Escape da MTB

      Há um equívoco! MTB é o acrônimo de MounTain Bike. Escape é UM modelo de roda para MTB, fabricado pela Vzan. Eu tenho o modelo Aero na aro 26", e Vnine Disc na aro 29". Todos da marca.
      Talvez a Vzan seja a empresa brasileira de maior destaque na área de ciclismo. Não lembro ao menos de outra.

      speed mais linda que ja vi era uma da marca monaco, e qual era o sistema de cambio? Shimano. Por isso que sempre achei que isso fosse o top das galaxias.

      Eu sou da serra, do interior, então sou meio por fora do mundo speed. A Shimano como disse tem pra todos os bolsos, mas não é a única. Por aqui ela é a mais popular disparado, e aposto que no resto do mundo praticamente também.

      50 km/h eu acho

      Eu não sei do Giro D'Italia ou o Tour de France desse ano, mas os cara descem serra a 70~100km/h. Na perna fazem 60~64...
      Dá uma sacada:

      https://www.youtube.com/watch?v=QZBIUmulQYE

      Lá em Caxias do Sul, tem um amigo meu, que passou quase voando estes dias por mim, pedalando no vácuo. Segundo o Strava dele ele estava a mais de 87km/h... Mano velho, isso num carro não parece nada, mas numa bike que tem 20% do teu peso...! Pra mim vazaria óleo na cueca...

      Insufferable Bear
      postagens de vlog duram 10+min onde só 2 desses minutos possuem informação relevante e o resto é encheção de linguiça e senso comum?

      Porque o u2b monetiza por tempo, então quanto mais prender a atenção do expectador, mais cash pra eles...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Upgrades valem a pena? (Explicado em bicicletas)

      303.551 tópicos 7.855.123 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital