Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Qual sua opinião sobre as musicas direcionadas ao publico infantil dos anos 80?

      Autor Mensagem
      Amago
      Membro Novato
      # 22/abr/17 21:30


      Estava eu examinando algumas musicas Brasileiras dos anos 80 (direcionadas para publico infantil) e cheguei à conclusão que as musicas são bem melhores do que a maioria das musicas que tocam hoje em dia no mainstream, e que são direcionadas para o publico adulto. Então gostaria de saber se mais alguém concorda comigo?

      Lelo Mig
      Membro
      # 23/abr/17 00:57 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Amago

      Cara, não é a música dirigida ao público infantil... é toda e qualquer música, principalmente com relação as letras.

      Alguns irão dizer "Ihhh, lá vêm o papo de antigamente era melhor e blá blá blá, mimimi"... mas não se trata dessa bobagem de época, nem de subjetividade, é fato, que pode ser apurado estatisticamente, com ciência.

      O nível cultural desce ladeira abaixo numa velocidade exorbitante. A "farra" das gravadoras (com seus defeitos e qualidades) acabou e junto com ela o dinheiro.... Então, para um povo cada vez mais burro, e num seguimento cada vez mais difícil para se ganhar dinheiro.......a queda de qualidade era inevitável e vertiginosa.

      Desta feita, maior exposição para cada vez "menos" artistas......E com menos, expõe-se então quem agradar a qualquer débil mental, o mais rápido possível.

      Sempre houve muita música ruim e mal feita.... é fato. Mas, se fizer uma análise, não empírica, e sim com dados factíveis, não encontrará o mesmo nível, principalmente em termos de letra e harmonia, entre compositores populares atuais se comparar com um compositores populares dos anos 40, 50, 60 e etc.

      (Observe, estou falando em música popular. O alternativo, o experimental, o underground é outra história, não entra aqui)

      Para muitos, isso pode parecer comparações descabidas e presas ao conceito de "no meu tempo era melhor"... mas, no meu caso, tenho por hobbie estudar música no sentido histórico e documental, possuo planilhas estatísticas comparativas, tenho arquivos com todas as paradas de sucesso, de vários países, desde os anos 30 até atuais, um acervo de livros e revistas sobre música que ultrapassam os 4 dígitos.

      Me dedico, não profissionalmente, a estudar o aspecto cultural e histórico da música.

      Obviamente, isso não me gabarita a estar certo, ser o dono da verdade, ter uma visão inquestionável, ou mais correta, nem busco isso.

      Mas me gabarita a ter uma opinião fundamentada sobre o assunto, e que não aceita argumentações como "isso é subjetivo"...."isso é papo de velho".... "Naldo é tão bom quanto Mozart"... e outras tolices argumentativas, talhadas sob a ótica pedagógica de um País, cuja a cultura veio sendo ensinada, por quem acha que estes líderes revolucionários bizarros da América Latina são modelo para alguma merda além da preguiça, ignorância, idolatria, violência e miséria.

      Mas, confesso, me empolguei e fugi do tema...rs. De um exemplo de duas canções voltadas ao público infantil que você tenha examinado?

      Synth-Men
      Veterano
      # 23/abr/17 03:55
      · votar


      Musica é feito a partir dos movimentos culturais de forma analítica ou sintética.

      Dos anos 1900 aos ano 30, foram as décadas pós libertação dos escravos, das quedas de monarquias, e regimes totalitaristas, dos inicio dos fins das colonizações, das migrações e imigrações, da saudade do país, das paixões repentinas, da nova revolução industrial, econômica, comercial e da moda, de novos inventos audiovisuais, das reformulações das construções das cidades e do espaço urbano, das reformulações da vida rural, da quebras de tabus, da busca por uma vida intensa, mas longa e melhor e da busca por espaço e reconhecimento como ser humano..


      Após a segunda guerra, anos 40 e anos 50, a palavra de ordem era felicidade, restruturação, refazer, amar novamente, manter, não partir o coração e outros sinônimos destes sentidos. As músicas da época soavam nestes termos.

      Nos anos 60 os termos era a energia e a capacidade dos jovens de mudar o mundo o amor e o famoso "deixa disso, sou de boa vamos dançar". Durou até os anos 80.

      Nos anos 80, era o ano do auge da guerra fria, golfo pérsico, malvinas, a era da tecnologia, a década filosofal, dos novos pensamentos, das quedas de tabus, das quedas de regimes políticos, da desigualdade social, da preocupação com o próximo, da educação mundial rígida ou frouxa, da valorização da familia e de como seria a entrada do próximo milênio. Mais uma vez, aqui nesta década, voltaram-se para os jovens, mas desta vez foram para as crianças. Isto durou até os meados dos anos 90

      Hoje estamos na era da facilidade tecnológica, dos super avanços da medicina, da liberdade de expressão, do mundialmente politicamente correto, da frieza, da falta de expressão, do ah! isso fácil, é simples, da quebra de tabu do sexo, do tudo liberado ou libera tudo aí.

      Assim são feitas as poesias, os pensamentos, as frases, metáforas, parábolas, provérbios, linguagens, através dos movimentos culturais de todas as gamas, desde a coisa mais simples como cheirar uma flor, até as mais complexa de alguém que luta e milita para mudar um pensamento por exemplo.

      E ainda no meio disto tem o pastelão, sem compromisso, comédia e de assuntos variados.

      Talvez, a atualidade em qual estamos, ainda não surgiu nada tão marcante e impressionante, que mexesse com os os poetas, filósofos, dramaturgos, como antigamente e o mercado musical "sugere", não repetir a dose, sem antes preparar o terreno, mas sempre inovar.

      Synth-Men
      Veterano
      # 23/abr/17 04:26 · Editado por: Synth-Men
      · votar


      Concordo contigo!

      Eram produzidas por grandes gravadoras, grandes produtores e acompanhavam a qualidade de mercado da época. Tem produção infantil antiga , melhor que para o publico adulto de hoje sim.

      Hoje é o corta e cola e na verdade o padrão digital, já deu saco nos nossos ouvidos, pelo motivo de quase tudo ter a mesma sonoridade. Produzindo aqui ou na Inglaterra, no Japão ou na Nova Zelândia, a sonoridade digital está se tornando genérica. Acho que deveriam mesclar muito mais análogico/digital.


      Mas a era infantil acabou. Digo das grandes produções e investimentos voltado ao assunto e ao publico infantil. A tecnologia, os assuntos e a educação eram outras.

      Vou te dar um exemplo, estou vendo aqui em casa os 62 episódios de Espectreman. As crianças de 5 anos aqui de casa, percebe que tudo foi feito de modo rustico. Mas para mim, parecia verdade. A era, as coisas e a tecnologia da época me levaram a isto. As musicas acompanhavam esta era.

      O movimento cultural infantil hoje é outro. Devido ao avanço da tecnologia, as crianças são mas criticas e observadoras. Visualmente e auditivamente.

      Só quem salva é o SBT e o Discovery Kids. Mas veja participação e a destreza das crianças que ligam para o programa. Estão na era digital. Repare também que o programa não tem musica infantil ou atrações artísticas infantis.

      O Discovery Kids não tem apresentador infantil. São desenhos e programas ensinando o básico do comportamento cívico e social as crianças. Alguns pedagógicos e educativos. Não tem música infantil, alguém cantando voltado para isto.

      Nesta era, programa infantil não se faz como antigamente. Não tem mais musica infantil por ai, são poucos os que fazem isto. Topetão, Patati-Patatá e alguns poucos.

      Te digo que alguns evangélicos tentaram mega-produções voltadas para musica infantil e não deram certo. Sumiu igual apareceu.

      Mas como tudo um dia volta a moda, vamos esperar para ver ser ouvimos algo parecido com a década de 80 e meados de 90.





      Amago
      Membro Novato
      # 23/abr/17 07:09 · Editado por: Amago
      · votar


      Lelo Mig
      De um exemplo de duas canções voltadas ao público infantil que você tenha examinado?
      Brincar de índio da Xuxa, Trem da alegria - uni duni te.

      LeandroP
      Moderador
      # 23/abr/17 08:37
      · votar


      Tenho

      harlero rock
      Membro Novato
      # 23/abr/17 10:08
      · votar


      no canal viva, passa o programa Os anos 80 estão de volta, tem um dedicado a esse assunto.

      Lelo Mig
      Membro
      # 23/abr/17 11:24 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Amago

      Cara, Brincar de Índio, por exemplo, junto com tudo da Xuxa, Eliana, Angélica, tinham grandes produções, só isso.

      Eram compostas por compositores profissionais da parada de sucessos, tocadas e arranjadas pelos melhores músicos de studio da época, roupas, clips e tudo que tinham direito, bancado com o dinheiro farto de grandes gravadoras.

      Mas era só maquiagem.... uma bela bosta, sem conceito pedagógico algum, superficial e fútil, não ensinavam nada de útil.

      Cara, desculpe, mas tenho muita dificuldade com qualquer trabalho sem comprometimento com a arte e cultura.

      Não eram exatamente uma "música infantil"... e sim um popzinho rastaquera feito prá vender brinquedos e badulaques com a grife da apresentadora.

      Com todo respeito, mas música infantil, no sentido de ajudar no crescimento, com conceito pedagógico, é isso:



      Amago
      Membro Novato
      # 23/abr/17 12:18
      · votar


      Lelo Mig
      Achei a letra legal, mas realmente esta que voce postou e muito melhor mesmo (não conhecia)não precisa se desculpar rsrs...
      Realmente a única coisa que tinha de Xuxa lá era a Voz oque não e grandes coisas

      -Saved
      Membro Novato
      # 23/abr/17 12:37
      · votar


      O cd da xuxa tem um blues e uns jazz bacana, nao sei que album mas é aquele que toca (os patinhos foram passear)
      O Cd é top musicalmente.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 23/abr/17 14:26
      · votar


      Tenho um disco do balão magico, que ganhei quando tinha 3 ou 4 anos, nunca gostei hueheuheuhe. Gostava de escutar um vinil com musicas da jovem guarda, gostava da "musica do canhambequi" como eu falava.

      https://www.youtube.com/watch?v=RG1n03o-rXY

      Mas voltando ao Balão Magico, peguei o disco pra ver melhor, tem o Pepeu Gomes, Roberto Carlos, o Jaizinho que hoje é um excelente musico,Maestro Lincoln Olivetti, Mauro Motta produzindo...só gente boa.
      Hoje existe gente boa também, não sei como esta o nível de musica infantil porque não tenho contato, mas olhando essas letras do Balão Magico percebe-se que foram bem escritas, produzidas, tocadas....e não tinha Protools.

      Julia Hardy
      Veterano
      # 30/abr/17 14:30
      · votar


      Brincar de índio da Xuxa, Trem da alegria - uni duni te.

      Hum.

      Amago
      Membro Novato
      # 30/abr/17 15:08 · Editado por: Amago
      · votar


      Ouvia muito estas musicas quando era criança sim e não tenho a menor vergonha em admitir, tive infância e era isto que eu ouvia. Também ouvia muito Ultraje a Rigor (claro ainda ouço)apesar de não ser musica infantil.

      Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
       

      Tópicos relacionados a Qual sua opinião sobre as musicas direcionadas ao publico infantil dos anos 80?

      302.571 tópicos 7.832.750 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital