Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Inteligência artificial substituirá músicos?

      Autor Mensagem
      Classic_guit
      Veterano
      # 13/mar/17 12:38


      Depois de aplicativos de aulas, estúdios virtuais, chegou a hora da composição virtual, feita por inteligência artificial. Músicos irão perder seus empregos para as máquinas?

      Não acredito, óbvio. Mas olhem isto aqui:
      http://musicaemercado.org/inteligencia-artificial-substituira-musicos/

      Os caras estão pondo as máquinas para fazer jazz!!!!!!!

      Synth-Men
      Veterano
      # 13/mar/17 12:57
      · votar


      Para programar a maquina, o programador terá que entender de música.

      Restará ainda alguns moicanos.

      Snif!

      HortaRates
      Membro
      # 13/mar/17 13:01
      · votar


      Synth-Men

      Para programar a maquina, o programador terá que entender de música.

      Restará ainda alguns moicanos.


      Na verdade não. Com as técnicas atuais de machine learning não será preciso que a máquina seja programada com conhecimentos de música. O algoritmo irá analisar sozinho as peças e deduzir por conta própria as regras de música, conseguindo assim compor de forma autônoma.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 13/mar/17 13:24
      · votar


      Synth-Men
      A idéia da inteligência artificial é justamente fazer a máquina ampliar sua própria programação sozinha, como se estivesse aprendendo.
      Ou seja, não é um programa que simplesmente roda, é um programa que ao rodar modifica a si mesmo com base em determinadas análises, roda de novo, e o ciclo recomeça.
      Será que as máquinas conseguiriam imitar ou aprender até mesmo esses lances de feeling e talz? Eu não faço idéia do que temos pela frente...

      JJJ
      Veterano
      # 13/mar/17 14:29 · Editado por: JJJ
      · votar


      "primeiro é preciso escolher o gênero, o estilo e definir o tempo de duração da composição." e apertar o botão, claro.

      Nada conceitualmente muito diferente do que softwares como Jammer e Band in a Box fazem há mais de década.

      Não é "revolução", é "evolução".

      O dia em que um computador acordar inspirado e fizer tudo sozinho quando quiser, aí eu começo a me preocupar...

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 13/mar/17 14:40
      · votar


      JJJ
      Esse que é o problema, o computador fica fazendo sem parar, o ser humano precisa de descanso e condições ideais pra produzir bem. Eu começo a me preocupar na hora que as máquinas fizerem o trabalho com a mesma qualidade.

      Buja
      Veterano
      # 13/mar/17 14:55
      · votar


      Um software IA reconhece padroes e executa com base nestes padroes. É basicamente o que o cerebro humano faz. Isso já existe, é realidade, a google que voces estão pesquisando está fazendo isso agora mesmo.

      Mas o que um software jamais fará, e eu digo com enfase, NUNCA, é criar arte. Isso é um privilegio do ser humano que nenhuma ciencia ainda conseguiu explicar. A capacidade de admirar influencias externas jamais vistas e recompilar isso no cerebro com o intuito de criar algo fora deste ambito.

      Ex.: Minha ex-professora de pintura conseguia criar quadros com base no que ouvia, ou seja, no sentimento que sentia. E os quadros dela já foram expostos no telao do faustao, ou seja,nao é qualquer bobagem. Nao se preocupem. A maquina é capaz de reconhecer padroes, nao estetica. A maquina jamais fará isso. JAMAIS.

      Magno Ferreira
      Membro Novato
      # 13/mar/17 15:14
      · votar


      Vcs ouviram as composições que tem no link?

      Adler3x3
      Veterano
      # 13/mar/17 15:19 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Não vai substituir a tecnologia a disposição é apenas mais uma ferramenta.
      E como toda a ferramenta tem que saber utilizar para alcançar um bom resultado.

      O fator humano é imponderável, por exemplo numa música de amor, o músico por ter vívido uma experiência imprime estes sentimentos numa peça musical, quando o computador jamais faria isto pois não viveu um grande amor e muito menos teve namorada.

      A mesma coisa numa música religiosa de ardor, o computador nunca vai compreender estas impressões.

      Outro exemplo, o músico resolve compor uma música sobre uma viagem, viu a paisagem, sentiu o cheiro, sentiu calor, sentiu frio, enfim interagiu durante o seu périplo, e o computador por melhor que seja o seu banco de dados, nunca vai conseguir interpretar tudo isto.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 13/mar/17 15:27
      · votar


      Outro ponto pra polemizar mais ainda:

      Sabemos que as musicas mais populares, que fazem mais sucesso comercial, normalmente são musicas que seguem um certo padrão e tem pouco desvio deste padrão. Será que por causa disso, musicas "pop" (no sentido de popular, não o gênero necessariamente) poderiam ser criadas com êxito por computadores? Seria uma mão na roda para gente por exemplo, que produz para bandas popzinhas, modinha, etc...

      Adler3x3
      Veterano
      # 13/mar/17 15:38 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      acabaramosnicks

      Acho que isto já acontece não necessariamente tudo no computador.
      Mas a forma musical é seguida com poucas variações nas sequências de acordes, e as melodia e os riffs são criados a partir de um certo modelo, sem muita imaginação ou criatividade, basta ver que muitas introduções e principalmente finais são muito parecidos.

      O modelo ocidental de criação de músicas esta esgotado.
      E nas músicas populares entra em cena a repetição de muitas partes quase que a exaustão, que conforme o ritmo pode contagiar e o pessoal fica horas e horas ouvindo aquilo.
      Para um bom compositor a repetição em excesso é evitada, mas na prática popular o que ocorre é o oposto pois a criatividade é limitada.
      Intro - Vers 1 Chorus 1, Verso 2, Chorus 2, Ponte, Chorus 3, Final.
      E as variações são mínimas tanto nos versos como no coro, ou bem dizer inexistentes.

      Se a música ficar muito sofisticada o povão não vai entender, o seu cérebro esta acostumado a escutar certas sequências, que é o modelo do sucesso.
      Não que envolva preconceito de inteligência e coisas parecidas, mas se a pessoa só ouve músicas simples, não entende nada quando ouve algo mais complexo.
      Para melhorar o nível tem começar a escutar mais músicas diferentes, e aos poucos ir aguçando a sua audição e começar a aprender a apreciar melhor a arte da música, sem as limitações do básico do básico.

      Tem músicas que nem introdução tem e muito menos final.
      A Introdução dá uma ideia geral de como a música vai progredir, o final seria uma síntese, uma conclusão, muito difícil de se conseguir.
      Tem muita música de percussão que é um tropeço só.

      O final é uma das partes mais difíceis de compor.
      Tem muitas músicas que tem uma boa introdução, bons versos e tal, mas não tem um final condizente com o todo.
      E existem muitas músicas top que nem final tem.

      Buja
      Veterano
      # 13/mar/17 15:40
      · votar


      acabaramosnicks
      Outro ponto pra polemizar mais ainda:


      E ainda mais:

      As musicas 'eletronicas' pra mim sao perfeitamente factiveis por IA, ou até menos.

      Synth-Men
      Veterano
      # 13/mar/17 16:40
      · votar


      Alguém mais curioso que eu testou o sistema?

      Ouvi a música, achei a dinâmica exagerada do clarinete. Mas não da para saber se foi composto por maquina ou humano. Não tem mesmo. Talvez já o tenham feito assim, para dar alguma dica. Sei lá.

      Eu estou falando da dinâmica exagerada (muitos sobes e desces), mas já viram este flautista alguma vez? O Pulmão dele não é de gente.




      Ken Himura
      Veterano
      # 14/mar/17 21:23
      · votar


      chegou a hora da composição virtual, feita por inteligência artificial
      Já existe, desde os anos 80. Procure por Emily Howell e David Cope.

      Um dos campos que se usa disso hoje em dia é a modelagem sistêmica composicional.

      HortaRates
      O algoritmo irá analisar sozinho as peças e deduzir por conta própria as regras de música, conseguindo assim compor de forma autônoma.
      Ainda não, não existe esse tipo de tecnologia ainda. Ainda é necessário que o computador seja programado em algum momento e que o programador entenda algo sobre regras de criação musical. E, geralmente, quem programa isso são os próprios compositores, então é uma espécie de composição assistida, principalmente em algoritmos que necessitam de aprovação humana.

      acabaramosnicks
      Será que por causa disso, musicas "pop" (no sentido de popular, não o gênero necessariamente) poderiam ser criadas com êxito por computadores?
      Cara, isso já existe há seculos. Uso de fórmulas é tão velho quanto o sucesso musical. A diferença é que agora, você pode mandar o computador acelerar o processo, ao invés de fazer tudo na mão.

      Lelo Mig
      Membro
      # 14/mar/17 21:36 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Relaxem..... o nível de composições tá tão ruim e nivelado por baixo que não vejo a hora de isso acontecer.

      O ser humano chegou em seu estágio máximo de evolução.... de agora em diante estaremos retornando a nossa condição de primata estúpido.

      Creio que mais duas ou três décadas estaremos enfiando o dedo no furico do outro e cheirando......quer dizer, têm baile funk que já rola umas paradas desse naipe.

      Que venham logo os processadores de 10, 11 geração...

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 15/mar/17 10:00
      · votar


      Até enxergo um futuro onde as máquinas executem a música com uma perfeição ímpar (mas nesse dia tenho certeza absoluta que as pessoas procurarão a música tocada por pessoas, exatamente por causa das imperfeições).

      Mas só acreditarei em inteligência artificial no dia em quem uma máquina compuser uma "5a Sinfonia de Beethoven"...

      Máquinas não podem sentir. Logo, não podem produzir nada melhor do que aquela música tipo rock japonês, bonitinho, certinho, quadradinho, e ordinário.

      Buja
      Veterano
      # 15/mar/17 10:10
      · votar


      Felipe Stathopoulos
      não podem produzir nada melhor do que aquela música tipo rock japonês, bonitinho, certinho, quadradinho, e ordinário.
      Com um pouco de randomize elas conseguem.
      Inclusive um dos fundamentos da IA se baseia nisso. Inicialmente o aprendizado acontece por erro e acerto feito por força bruta baseado em apostas ramdomicas.
      Daria pra se criar musicas com dinamicas, e 'imperfeições'.

      O grande pulo do gato é o que voce citou:
      Máquinas não podem sentir.

      Nenhum algoritmo consegue simular as imperfeições na musica causadas pela emoção.

      Tipo, quando uma banda está fervendo num solo tipo Tornado of Souls do Megadeth, naquela hora o cara erra, e muito. E ele transforma um bend errado num harmonico e joga o sustain da nota la no alto, enquanto o vocal da um grito arregaçador e a bateria começa a comer os pratos todos. O solo se estende, a improvisação começa, os caras brincam de jam, e o show pega fogo total.

      Aquilo é emoção, e as maquinas mesmo utilizando IA ou ramdomizes nao simularão isso JAMAIS.

      Ningen
      Veterano
      # 15/mar/17 10:24
      · votar


      Claro que sim!

      Afinal, existem músicos que compõem usando fórmulas prontas, notas aleatórias, misturam ritmos simplesmente para encontrar algo novo... Esse tipo de trabalho é facilmente programável.

      Agora, sabemos que não só de receitas vivem as composições. E quando às criadas através de descargas emocionais? Vão botar os computadores pra compor a cada tela azul?

      HortaRates
      Membro
      # 15/mar/17 10:58
      · votar


      É uma ideia difícil de ser aceita pelas pessoas. A humanidade sempre acreditou ser especial. Se acreditava que a pequena rocha que vivemos era o centro de todo o sistema solar e do universo e que tudo rodava em volta da gente. Alguns acreditam que existe um ser criador do universo todo poderoso que fez dos humanos sua própria imagem.
      E tem gente, como eu, que acredita que somos apenas primatas um pouco mais inteligentes. Nosso cérebro é um processador, o mais poderoso que já vimos, mas ainda sim é um processador biológico.
      A música ocidental como conhecemos é composta baseada em regras matemáticas bem claras. Obviamente as grandes genialidades estão nas extrapolações dessas regras, mas via de regra 99% das composições não são genialmente inovadoras.
      Dito isso, acho que é relativamente simples e estamos perto de ter uma IA que compões tão bem quanto 99% dos músicos.
      Quanto aos outros 1%, é uma questão de tempo e de evolução da tecnologia. Quantas composições será que um gênio precisou de fazer antes de chegar na sua obra prima? Quantas tentativas e erros?
      Se criarmos uma máquina capaz de analisar uma grande quantidade de música, e puder produzir uma grande quantidade de música por dia, inevitavelmente uma hora sairá uma composição tão genial como qualquer outra já criada pelo homem. É uma questão de probabilidade.
      Mas mesmo assim ainda haverá resistência, haverá as pessoas que acreditam que a "alma" é a responsável pela bela música, e que isso só é possível por seres humanos.

      locostras
      Membro Novato
      # 15/mar/17 11:15
      · votar


      Acho que os computadores estão caindo de nível se o homem não acordar para esta realidade que "o mundo faz muito tempo" do agora "la vem eles outra vez reinstalar o sistema" Polegar Indicador Todos Todos Indicador "piti".
      O homem é capaz de fazer clones de homens e mulheres mas não consegue se mudar o mundo, pois a palavra vem da natureza, do mundo das idéias.
      Talvez se fôssemos como lagartos, saberíamos tudo, mas o homem não pode se desligar da razão e nem esta deste, e ela faz o homem ler alguma coisa e se corromper,...todo homem é corrupto pois já teve contato pelo menos uma vez na vida.
      Já o computador é impossível sentir-se feliz, apenas consegue ligar e desligar, receber ordens e cumpri las mas pode salvar seres humanos, como alguém que gosta de se comunicar, estudar, ler, ouvir música, globalizar o mundo "the man who sold the world".

      Lelo Mig
      Membro
      # 15/mar/17 11:30 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Emoções?
      Felicidade?
      Sentimentos?

      Porque raios vocês acham que "máquinas" não irão ter/sentir isso nunca?

      Precisam parar de ver os "robôs" com o estereotipo do R2-D2. Pedaços de lata com fala "robotizada".

      O caminho rumo a cada vez maior complexidade das I.As, a nano tecnologia, o desenvolvimento de chips orgânicos, com e de matéria orgânica, é sem volta.

      Estas "máquinas" não só existirão como irão nos superar.

      Achar que o homem é o "produto perfeito" da natureza é um conceito religioso. O homem é só mais um ser, a diferença nossa para uma barata é pifia. Temos algumas capacidades superiores e outras inferiores aos demais animais.

      Robôs inteligentes, não só existirão como, nos substituirão no topo da cadeia.

      locostras
      Membro Novato
      # 15/mar/17 11:45
      · votar


      Antroporfomismo talvez seja a principal revolução da ciência e a batizou com aquele ismo.
      Quem acredita que Sócrates realmente existiu tem em mãos a certeza do homem.
      Se Platão foi discípulo de Sócrates e este lhe deu o Ocidente é porque Sócrates era a natureza que o homem retira o sustento. Ideias ideais ideologias bem mal corpo alma consciente inconsciente

      Synth-Men
      Veterano
      # 15/mar/17 12:13
      · votar


      Blade Runner - Humanos Robôs e Robôs Humanos.

      locostras
      Membro Novato
      # 15/mar/17 12:22
      · votar


      Um planeta sem mártir

      Buja
      Veterano
      # 15/mar/17 12:42
      · votar


      É por isso que o forum é legal. É um lugar para se debater de forma sadia.

      Do post do HortaRates pra baixo nao concordo nem nada.

      Mas tenho direito de discordar e voces total direito de discordar de mim e do resto tambem.

      Qualquer coisa desenvolida por nós pode nos superar em alguma finalidade para a qual ela foi desenvolvida.
      Um guindaste por exemplo, é muito mais forte que qualquer ser humano. Consegue levantar corpos com peso muito alem da capacidade dos nossos musculos. Bom, ele foi feito pra isso e nisso ele nos supera.

      O submarino se locomove rapido e consegue permanecer por muito tempo embaixo da agua, sob enormes pressoes, coisa que nenhum humano faz. Foi feito pra isso. Isso vale pra tudo, carro, avião, foguete, tesoura, etc.

      Poderiamos criar um maquina capaz de raciocinar? Sim.
      Mais rapido que nós? Alias, já existe. O celular no seu bolso processa informacao e faz operacoes matematicas basicas milhoes de vezes mais rapido que voce.

      E daria pra criar uma maquina capaz de demonstrar emocoes similares a que temos? Por exemplo, um maquina capaz de ter senso de justiça, e ser usada no lugar de um juiz, para decidir por homicidio doloso ou culposo?
      Bom, acredito que sim.

      Alias, os carros que derigem sozinhos ai, que estavam (ou estao) em teste em alguns paises estão realmente nesse dilema. No caso de estarem digirindo sozinhos, e de repente um idiota atravessa a rua na frente deles, sendo que há uma ambulancia logo atras com a sirene ligada e 100 km/h.

      O algoritmo está sendo feito e testado para decidir se o carro atropela o pedestre a fim de nao atrapalhar a ambulancia que passa, ou se o carro para para nao matar o pedestre mas corre o risco de causar um acidente fatal para a vitima que vai na ambulancia, ou se o carro vira para o passeio, salva o pedestre, a ambulancia e mata o passageiro que ele mesmo está levando.

      Isso é um caso de IA que está sendo feito, estudado e que nao envolve simplesmente um calculo basico de evitar um numero maior de vitimas.
      Nos seres humanos tomamos decioes assim, com relativo sucesso dia-a dia, e o carro terá que tomar (e vai tomar) decioes melhores que as nossas.

      Mas, de forma evolutiva, uma maquina nao criará copias de si mesmas e se aperfeicoará sozinhas. Essa é minha opiniao. Desta forma seria muito razoavel concluir que ao invez de macacos virarem humanos com o passar dos milenios, era pra um pedaço de pedra virar ponta de lancar, depois virar arco e flecha, virar um revolver, e apos trilhoes de anos virar uma bomba de hidrogenio. É so uma comparacao ridicula, mas serve pra exemplificar que a evolucao deveria acontecer em qualquer tipo de arranjo atomico, será nas moleculas que nos compoem, seja nas moleculas que compoem uma rocha.

      Com isso quero dizer, que, nao é questao de maquina ser inferior ou superior a nós. Quero dizer que ela vai fazer até mais que nos em muitos aspectos, tal qual um hericoptero é capaz de voar e nós nao, mas nao fará mais do que nós a desenvolvemos pra isso.
      Ela não vai conseguir tocar melhor que nós a menos que a desenvolvamos para isso.

      locostras
      Membro Novato
      # 15/mar/17 13:33
      · votar


      Acredito que um robô não poderá ser fiel a roboa. Homens controlam máquinas e se fosse o contrário o homem com certeza iria ser conveniente querer ser controlado.
      O robô não roubou minha vida mas roubou o meu dinheiro.

      Buja
      Veterano
      # 15/mar/17 14:07
      · votar


      locostras
      Acredito que um robô não poderá ser fiel a roboa.
      Ri alto

      -Dan
      Veterano
      # 15/mar/17 14:38
      · votar


      Inteligência artificial substituiu ilustradores?

      -Dan
      Veterano
      # 15/mar/17 14:39
      · votar


      Mas na boa, qualquer robô consegue compor umas musicas de bandas como Ramones, Iron, etc

      Buja
      Veterano
      # 15/mar/17 14:45
      · votar


      -Dan
      Puts lancou a semente da discordia kkkk

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Inteligência artificial substituirá músicos?

      302.603 tópicos 7.833.269 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital