Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Samsung compra a Harman

      Autor Mensagem
      Ismah
      Veterano
      # 11/mar/17 05:30


      Que será que vem por aí? A Harman é dona de várias brands

      AKG, AMX, Bang & Olufsen, Becker, BSS Audio, Crown, DBX, Digitech, Hard Wire, HiQnet, Kardon , Infinity, JBL, Lexicon, Mark Levison, Martin, Revel, Selenium, Soundcraft, Studer...

      Na maior parte, coisas ligadas a som, automotivo, profissional e doméstico... Podemos ter agora uma empresa que vá bater de frente com a Music-Group, dona de Midas, Behringer, TC Helicon, TC Eletronics e demais...

      http://news.harman.com/releases/samsung-electronics-completes-acquisit ion-of-harman

      Casper
      Veterano
      # 11/mar/17 08:03
      · votar


      Highlander - no final só restará uma (empresa).

      TearsOfSilence
      Membro Novato
      # 12/mar/17 00:01
      · votar


      After cellphones, now even speakers and microphones will catch fire :)

      makumbator
      Veterano
      # 12/mar/17 01:00
      · votar


      TearsOfSilence

      Além de explodir, todas essas marcas vão ser comandadas direto da cadeia:

      http://www.tudocelular.com/android/noticias/n88213/samsung-presidente- lee-prisao.html

      O mais triste é saber que o presidente da marca está tendo que assistir TV na cadeia através de um aparelho da LG.

      Synth-Men
      Veterano
      # 12/mar/17 08:30
      · votar


      Há mais ou menos uns dois meses, passou uma reportagem no Olhar Digital, sobre a transação.

      Eu sou apaixonado pela Lexicon. Tenho produtos JBL.

      Segundo a reportagem a Samsung tem a intenção de ter a melhor tecnologia sonora nos dispositivos móveis.

      Lelo Mig
      Membro
      # 12/mar/17 10:50
      · votar


      Ismah

      Não creio que mude nada para o consumidor final. São atos empresariais, de busca por domínio e monopólio.

      Eles não irão mudar nada, nem os nomes.

      Uli Behringer, comprou todo mundo e não mexeu em nada... nem nos preços.

      renatocaster
      Moderador
      # 12/mar/17 13:41
      · votar


      Ismah

      Que será que vem por aí? A Harman é dona de várias brands

      A princípio, nada. Isso são apenas negócios, coisas de grupos de investimentos, acionistas. É uma prática muito comum, mas como desta vez está envolvido o nome da Samsung, daí a repercussão.

      Eu trabalho há 10 anos numa empresa multinacional que é vendida praticamente todos os anos. Só teve uma mudança significativa quando foi adquirida pela GE, e mesmo assim só ocorreram mudanças de cunho administrativo, a linha de produtos e forma de comercialização permaneceram inalteradas.

      Ismah
      Veterano
      # 12/mar/17 18:42
      · votar


      renatocaster
      Lelo Mig

      Estou me referindo a questão de investimento e pesquisa. JBL foi uma das que mais investiu no passado em pesquisa na área de áudio, a Crown conseguiu excelentes amplificadores classe D, etc...

      A Samsung é uma das grandes em várias áreas, como telefonia...

      renatocaster
      Moderador
      # 12/mar/17 21:36 · Editado por: renatocaster
      · votar


      Ismah

      Estou me referindo a questão de investimento e pesquisa.

      Acho que vai continuar a mesma coisa, não vejo como a Samsung poderia interferir de alguma forma nisso, já que ela não é uma empresa atuante nesse ramo de áudio profissional, e pelo jeito nem vai passar a ser. Ela apenas vai lucrar com os negócios da Harman e suas subsidiárias.

      A Samsung é uma das grandes em várias áreas, como telefonia...

      Exato. Então produtos como mesas, microfones, processadores digitais, Multi FXs, softwares, tudo isso vai continuar sendo produzido e comercializado pelas brands que estão abaixo da Harman. E a Samsung vai continuar produzindo smartphones, TVs, Notebooks, etc...

      Uma marca que talvez ela possa explorar diretamente seja a JBL, pois esta inclusive já atua no ramo de acessórios de áudios portáteis para smartphones.

      Ismah
      Veterano
      # 12/mar/17 21:51
      · votar


      Não sei se minha posição é diferente da sua, mas vamos ser mais claros...

      A interação de produtos de áudio, ainda é bem incomum com sistemas Android, devido a baixa estabilidade do sistema.
      Da mesma forma várias tecnologias bem populares em celulares e smart-phones, é quase inexistente em áudio e luz.

      Da minha parte eu vejo muitas coisas viáveis... Martin é uma das grandes da área de iluminação. A grandes do meio de controladoras são a Avolites e a MA Lighting, porém as duas ainda são baseadas em sistemas operacionais Linux da década de 90... Interação com gadjets é nula...

      DBX é uma marca de baixo e médio custo na questão DSP, mas desconheço algum produto que oferecesse recursos avançados, como uma simples tela touch, muito mais prática que a complexa combinação de botões, nos produtos atuais... Ou mesmo só o controle via algum aplicativo...

      São só dois exemplos...

      renatocaster
      Moderador
      # 12/mar/17 22:48
      · votar


      Ismah

      Não sei se minha posição é diferente da sua, mas vamos ser mais claros...

      Para mim está mais do que claro que são posições diferentes.

      Na sua visão, a Samsung irá usar diretamente na sua linha de produtos, tecnologia e componentes que serão trazidos das marcas que até então estavam sob a Harman.

      Pode ser que isso aconteça, especialmente na área de áudio. No texto também fala que a parceria será importante no que diz respeito aos clientes OEM.

      Mas sei lá, na minha visão, essa negociação se trata majoritariamente de negócios. Já vi acontecer isso várias vezes, em outros segmentos.

      Lelo Mig
      Membro
      # 12/mar/17 22:59
      · votar


      renatocaster

      "na minha visão, essa negociação se trata majoritariamente de negócios. Já vi acontecer isso várias vezes, em outros segmentos."

      Concordo, penso igual.

      O Uli Behringer, comprou todo mundo, empresas com muito mais "qualidade e refino" que a Behringer, que sempre foi uma empresa com pretensão popular.

      Uli não mexeu nada nas empresas prá pior, e nem usou a tecnologia delas para refinar ou melhorar a Behringer, porque sabe que isso interferiria em custo final.

      Comprou porque têm dinheiro, por vaidade, e porque é um gênio do áudio (independente do que a Behringer produz). Tirando a parte "empresarial/grana", é quase um capricho, como eu poder comprar a Fender ou a Gibson.

      Ismah
      Veterano
      # 13/mar/17 10:57
      · votar


      renatocaster
      irá usar

      Não digo que vá, mas que possa usar. Muitas destas coisas já existem no mercado paralelo, mas nenhuma grande (a Mackie talvez) que tenha explorado um pouco do segmento, mas nenhuma com bolas para fazer ser operante numa plataforma própria...

      Lelo Mig
      Uli não mexeu nada nas empresas prá pior, e nem usou a tecnologia delas para refinar ou melhorar a Behringer, porque sabe que isso interferiria em custo final.

      Conte-me então de onde saiu a ideia de usar pré-amps e conversores ADDA, MIDAS em quase toda a linha Behringela.

      Synth-Men
      Veterano
      # 13/mar/17 11:41
      · votar


      Conte-me então de onde saiu a ideia de usar pré-amps e conversores ADDA, MIDAS em quase toda a linha Behringela

      Puro Marketing. Nas entrevistas o Uli enche a boca para falar: Nós da Behringer Midas.

      Eu acredito que ele já tinha licença para utilizar itens MIDAS e agora que adquiriu, pode encher a boca de verdade. A Behringer anunciava antigamente que seus produtos topo de linha tinha padrões MIDAS.

      Igualzinho os amps Behringer com falantes Bugera. Os topo de linha da Behringer sempre tiveram falantes Bugera. Depois que a adquiriu, pode encher a boca a todo momento.

      Tenho catálogos antigos da Midas, Klark Teknik. TC Electronic. Como essas marcas tinham prestigio.

      Synth-Men
      Veterano
      # 13/mar/17 11:47
      · votar


      Ah!

      Na verdade essa transação da Samsung ai aconteceu em Out/Nov 2016 e virou até coluna em alguns principais jornais e TV.

      Buja
      Veterano
      # 13/mar/17 16:01
      · votar


      Eu nem sabia que uma marca so detinha tantas outras. Isso nunca mudou nada.
      Daqui a pouco a google compra isso tudo junto.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 13/mar/17 16:14
      · votar


      Muitas vezes o dono da empresa acaba não afetando seus processos, objetivos, visão, etc... daí acaba ficando na mesma, só mudou quem tá ganhando dinheiro.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Samsung compra a Harman

      302.603 tópicos 7.833.267 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital