Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      é plágio compor uma música com a melodia parecida com outra

      Autor Mensagem
      Kamil
      Membro Novato
      # jun/15


      oá, eu quero saber se eu compor uma música com a melodia parecida com outra música, com poucas diferenças, mas com a letra totalmente diferente seria plágio?

      makumbator
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Kamil

      Se entendi bem sua hipótese, você estaria usando a melodia composta por outra pessoa e apenas fazendo pequenas modificações para que ela não fique 100% igual. Nesse caso poderia ser encarado como plágio.

      fernando tecladista
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      praticamente voce vai fazer uma versao, se voce falar que é sua é plagio
      se voce assumir que a letra é sua, mas citar o compositor correto da música, deixa de ser plagio, mas você precisa de autorização do compositor pra gravar algo assim se fazer algo e sair divulgando vai ter problemas com direito autoral

      FELIZ NATAL
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      post para o Jimmy Page.

      Ismah
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      fernando tecladista

      Salvo se for na internet. Infelizmente, a lei diz que não se pode faturar em cima da ideia alheia, assim, não se pode divulgar isso em mídia física.

      makumbator
      Veterano
      # jun/15 · Editado por: makumbator
      · votar


      Ismah

      Nem na internet ou meio algum, já existente ou que venha a ser criado no futuro. Na legislação (eu tenho livros sobre esse assunto) não há qualquer menção a meios digitais ou coisa parecida. Na verdade a proibição é sobre a criação do plágio, não havendo diferenciação sobre ser ou não exibida ou distribuída. E o fato de não se obter lucro sobre ela também não importa na questão.

      Adler3x3
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Se for toda a melodia da música é plágio sim.

      Agora podem acontecer pequenos trechos parecidos, e isto é discutível assim como uma sequencia de acordes.
      Mas se você esta compondo em cima das músicas dos outros, recomendo que mude a sua postura, e seja mais criativa, estude um pouco mais de teoria musical e procure ser mais original.
      Este método de compor copiando os outros não é saudável.
      Na música gospel dá para perceber que o pessoal copia a vontade, simplesmente substitui a letra, com algumas alterações.
      E o que eles chamavam de música profana e demoníaca passa a ser sacra, uma hipocrisia.

      Buja
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Melodia parecida eu nao encaro como plagio. Letra parecida sim. Alias, ja vi musicas com letras semelhantes, porem, semelhantes nas ideias, nao nas frases ou estrofes.

      Melodia parecida ja vi um tanto. Pegue qualquer djent e verá grandes semelhancas de ritmos, acordes e notas. Ademais, ja vi solos parecidissimos.

      Plagio, ao meu ver (nao tecnico, nao tenho conhecimento do assunto), é quando se copia algo de alguem, e diz que é seu. Isso é plagio. Se voce criar algo seu, e coincidentemente ficar parecido com de alguem, nao poderia ser chamado de plagio, ao meu ver.

      Se eu compor uma melodia, usando os acordes Am F G C (mais comum impossivel), com uma batida um tanto a la folk, twang twang de violao (super comum) e colocar poema meu que eu ache que encaixe bem, nao seria plagio.

      Adler3x3
      Veterano
      # jun/15 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Kamil.

      Tente cantarolar as suas letras.
      E grave sem se preocupar num primeiro momento com a qualidade e sim em registrar uma possível melodia.
      Depois com calma você vai lapidando a melodia, e quando estiver pronta e completa você faz o processo de cifragem ou de harmonia conforme os instrumentos que vai usar.
      E vá experimentando, criando diferentes versões, isto é versos.
      Se tiver dificuldades de obter as notas de ouvido para registrar na partitura, use algum software que faz esta detecção. (Magix Music Maker. é uma DAW de nível entry com um bom custo/benefício)
      E se você ao cantarolar desafinar use o software do Magix para corrigir, e alterar a melodia até que soe bem.
      Tente se inspirar, pois as vezes saímos cantando uma melodia de outro compositor que esta no nosso subconsciente.
      De um certo tempo, e vá cantando gravando.

      Ou proceda de outra forma:
      - Crie uma progressão de acordes com o instrumento que sabe tocar, e depois crie a melodia respeitando as notas que podem ser usadas.
      Pode ser necessário ter que adaptar a letra aos compassos da sequência de acordes que vai surgir, cortando algumas palavras ou incluindo outras, ou fazendo algumas substituições e reduções.
      E também pode usar os dois métodos, pois as vezes é necessário encaixar bem segundo a boa teoria musical.
      Crie também algumas paradas e mudanças na forma da batida de tocar o violão ou piano por exemplo, para enriquecer o arranjo.
      Crie algo inesperado para chamar a atenção do ouvinte, capriche nos detalhes, podendo até fazer pequenas variações no tempo de tocar.
      Insira mais instrumentos no arranjo respeitando a tessitura de cada um.
      E na questão de melodias, pode criar até mais de uma melodia, para uma segunda voz que vai ser cantada ou tocada simultaneamente.
      Existem "n" formas diferentes de compor melodias, usando em vez da voz instrumentos musicais, e depois se faz a transposição para o vocal conforme o tom que o cantor(a) pode atingir sem forçar, que cante naturalmente.
      Isto não acontece de uma hora para outra, tem que estudar e se dedicar.
      Assim primeiro estude e pratique, para depois ingressar no fascinante universo da composição.

      Se não sabe tocar nenhum instrumento comece com uma DAW (Digital Audio Workstation) e use o piano roll, ou até partituras para criar a melodia e os acordes, ritmos, bateria etc...) alocando nas tracks (trilhas) os instrumentos virtuais.
      E lide também com instrumentos reais como por exemplo o violão e um teclado eletrônico.
      Grave também improvisos usando um instrumento real ou até um teclado controlador, e depois analise o áudio/midi, e aproveite o que de bom apareceu (algumas frases e partes), pois nem tudo fica bom, e depois repita o processo de improviso começando com uma parte boa, tentando encaixar uma sequência, respeitando é claro a teoria musical.

      A melhor forma de aprender teoria musical é usar um Editor de Partituras.em conjunto com a DAW (algumas DAW tem dentro de si editores de partituras também), mas o melhor mesmo e usar um programa especializado dedicado 100% a notação musical.

      E sempre estude pesquisando fórum e tutoriais.
      Umas boas vídeo aulas são do Murilo OSPM.
      Assista todas as aulas deste PM que se dedica a banda de forma tradicional, mas a teoria que ele ensina se aplica a qualquer estilo de música, ele tem uma didática diferente, muito esclarecedora.
      É um excelente professor.
      Segue o link de uma vídeo aula, e tem muitas, e tem apostilas também:

      https://www.youtube.com/watch?v=PM3LyJsaMXU

      Ismah
      Veterano
      # jun/15 · Editado por: Ismah
      · votar


      makumbator

      Muito bom saber. Quanto o ao vivo, qual teu parecer?

      EDIT: http://versoesbrasileiras.blogspot.com.br/

      Destaque pra essa



      Lelo Mig
      Membro
      # jun/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Os direitos do autor possuem uma importância fundamental no desenvolvimento social da humanidade. A constituição o elencou como direito fundamental no inciso XXVII, onde assegura aos autores o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras.

      Referente ao plágio, aspecto particular do direito autoral. O mesmo constitui em prática criminosa. O crime de plágio está tipificado no artigo 184 do Código Penal.

      Plágio direto
      Plágio direto é quando o se copia na integra (palavra por palavra, nota por nota, traço por traço e etc) um conteúdo (ideia, texto, imagem, códigos, entre outros) de outro autor sem fazer referência do mesmo ou da obra. Chama-se plágio direto porque, de acordo com a normalização vigente no pais, cópias literais devem ser indicadas com citação direta.


      Plágio indireto
      Neste tipo de plágio o plagiador utiliza suas próprias palavras (notas, acordes, traços, técnicas), porém a obra elaborada não é original, claramente consultado/inspirado em uma fonte alheia. Trata-se de plágio indireto e a normatização brasileira determina que tal procedimento seja feito por meio da citação indireta.

      Plágio de fontes
      Nesta modalidade o plagiador reproduz em seu trabalho citações utilizadas por outro autor. A forma da citação e até mesmo a fonte consultada é identificada, entretanto, o modo como a informação foi obtida é o que caracteriza o plágio. Trata-se, pois de um conteúdo obtido por outras pessoas e que é utilizado por um terceiro como se ele estivesse consultado o documento original.

      Conforme a colocação de sua pergunta, se o autor da obra original identificar plágio relativo a obra dele, poderá acioná-lo judicialmente.

      Se o tribunal julgar procedente você poderá ser condenado. Plágio é um crime doloso que não admite a forma culposa (se plagiou "sem querer" e provar isso, não será qualificado como crime de plágio).

      Dependendo dos fatores agravantes pode chegar a 4 anos de reclusão.


      Espero ter colaborado....

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      E como faz pra ter certeza que a música não é plagio? Fiz uma musica aqui e um amigo meu disse que ficou parecendo Rage Agaisnt The Machine, que eu aliás, só fui ouvir hoje pra ver se parecia mesmo. : /

      cafe_com_leite
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      que ficou parecendo Rage Agaisnt The Machine,

      Qual música?

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      cafe_com_leite
      Ele não disse...
      Procurei hoje e não achei também. Tem alguma música deles que se baseia principalmente na progressão C/ C/ Em/ Em (ou em outro tom) com um ritmo de violão a la Vem, Esta É A Hora?

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      P.S.: Ele pode ter errado a banda... ele tem TDAH.

      Lelo Mig
      Membro
      # jun/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Thiago Livgren que toca mais ou menos

      "E como faz pra ter certeza que a música não é plagio?"

      Como tudo em legislação não há certeza, tudo é sempre interpretativo.

      Se o artista lesado achar que foi plagiado poderá acioná-lo judicialmente e um corpo de juízes qualificados irá interpretar, ouvindo, analisando transcrições em partitura e etc., se tal música, ou trecho dela, pode ser caracterizado como plágio ou não.

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      Lelo Mig
      Saquei...
      Valeu. o/

      Adler3x3
      Veterano
      # jun/15 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      Bem tem este site, mais de informação sobre sequência de acordes, que talvez seja útil neste caso:
      Se você digitar a sequência de acordes vai aparecer uma relação de músicas que tem estes acordes (no banco de dados do aplicativo, que é grande mas restrito), mas isto por si só não caracteriza plágio, pois se assim fosse a música teria poucas composições originais de verdade:

      Na verdade é uma ferramenta musical:

      http://www.hooktheory.com/trends#node=1.b3.5/5&key=C

      agora musicas que tem C e Em tem aos milhares e o que você indicou não chega a ser um progressão de acordes, é muito simples.

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15 · Editado por: Thiago Livgren que toca mais ou menos
      · votar


      Adler3x3
      Valeu aí! Das que apareceram lá nenhuma lembra a minha.

      agora musicas que tem C e Em tem aos milhares e o que você indicou não chega a ser um progressão de acordes.
      Na verdade é que fica repetindo, hehe:
      C Em C Em C Em C Em

      Também não acho que só a progressão configura plágio (o tanto de Goxxxxxpel G D Em C que tem por aí é assustadora!). É que do jeito que meu amigo falou, deu a entender que a forma de tocar também ficou parecida.

      Adler3x3
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Tiago

      Não esquenta.
      Tempos atrás um amigo meu também disse que uma música minha parecia com a do M Jackson, mas não disse qual.
      Isto é só uma impressão passageira.
      Nunca fui fã do M Jackson e não sofri influências dele, deve ter sido uma sequência de acordes que ficou meio parecida, mas isto não configura plágio.
      Tem várias nuances em jogo, o ritmo da batida, o tempo, as linhas dos outros instrumentos e principalmente a melodia.
      Se escutei alguma música dele foi de forma indireta por estar de passagem por algum lugar que a música estava tocando..

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15 · Editado por: Thiago Livgren que toca mais ou menos
      · votar


      Adler3x3
      Tô ligado... E eu nunca tinha ouvido Rage Against The Machine. Espero que não configure plágio mesmo... Ficou até legal a música, já pensou perde-la por isso? kk

      Lelo Mig
      Membro
      # jun/15 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      Thiago Livgren que toca mais ou menos

      Uma progressão de acordes nunca irá determinar um plágio.

      O que comumente determina um plágio (em música) é a melodia. E não é a sequência de notas e sim toda a caracterização da melodia (sequencia de notas, duração, tempo, pausas e etc).

      Exemplo:

      Sol/Sol/Sol/Mi que é a sequência inicial da Quinta de Beethoven, ainda que você transponha, tons acima ou tons abaixo, se for a mesma sequencia de intervalos, com os mesmos tempos e durações, irá soar igual, não vai deixar de ser a Quinta... portanto plágio!


      Obs: onde lê-se "Uma progressão de acordes nunca irá determinar um plágio." entenda-se "Uma progressão de acordes muito dificilmente irá determinar um plágio."

      Isso, porque numa música de harmonização muito complexa ou caracterizada, esta harmonia poderá marcar absolutamente à canção.

      Um exemplo, Blackbird dos Beatles, composta sobre uma sequência harmônica.

      Buja
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Lelo Mig
      Faz sentido. Isso sim eu chamaria de plagio. A quantidade de musicas com a mesma batida que eu consigo tocar usando sequencia de 4 acordes é gigantesca. Mais na melodia em si difere bastante em termos se intervalos, pausas, tempos e durações.

      Thiago Livgren que toca mais ou menos
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      Lelo Mig
      Entendi... Me tranquiliza um pouco. kk
      Valeu aí. o/

      Ismah
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Não se estiver falando de sertanejo kkk

      Motorbreath
      Membro Novato
      # jun/15 · Editado por: Motorbreath
      · votar


      Pelo que sei (não muito), se um sample (de uma música, por exemplo) usar mais de 8 compassos (ou são notas, não me lembro) de outra música, é considerado plágio. Tomando os samples como exemplo (que não é o que cê fez), acho que não há problema algum, ainda mais aqui, que se não me engano, não há lei/regra alguma sobre isso.

      Dá uma lida nesse caso:
      http://www.conjur.com.br/2004-mar-11/utilizacao_minima_trecho_musica_n ao_fere_direito


      E saindo dos exemplos voltados pro Rap, aqui tá um exemplo Heavy Metal (ou "Proto-Heavy Metal"?) de provável inspiração pra uma música clássica, mas nem de longe é plágio:
      https://www.youtube.com/watch?v=rvXxlXg_V-k

      Nos comentários, até o "plagiador" zoa.

      makumbator
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      Motorbreath
      Pelo que sei (não muito), se um sample (de uma música, por exemplo) usar mais de 8 compassos

      Não existe isso na legislação. É um mito que se propaga por aí. Não há qualquer menção a compassos (até por existir música sem compasso) ou porcentagens de música copiada para ser caracterizado plágio. É tudo subjetivo e julgado caso a caso analisando o contexto global das músicas em questão.

      LeandroP
      Moderador
      # jun/15
      · votar


      Se for sertanejo universitário não tem problema. O que eu mais vejo é isso.

      Motorbreath
      Membro Novato
      # jun/15
      · votar


      É tudo subjetivo e julgado caso a caso analisando o contexto global das músicas em questão.

      Ah, bom! O que eu sabia era o conhecimento público mesmo, não tinha certeza se era mesmo um fato ou não, mas de tanto propagarem isso, tava convincente. Valeu por esclarecer!

      Ismah
      Veterano
      # jun/15
      · votar


      LeandroP

      Não leu o que postei?! kkkk

      Mas diferente de nós rosqueiros, os caras lá são unidos e incentivam essa cópia. Tão pouco se lixando se são copiados ou não...

      Alguns de nós fica até ofendido se disser que banda toca cover, sob o pretexto "banda tem que ser autoral"... Mas ao mesmo tempo, acha péssimas as composições da maioria das bandas regionais... E acha eles ruins... Sem falar que boa parte de nós só escuta as mesmas bandas antigas que nossos pais e, de alguns os avós já escutavam...

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a é plágio compor uma música com a melodia parecida com outra

      305.751 tópicos 7.895.444 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital