Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Hendrix e o Experience Music Project em Seattle

      Autor Mensagem
      MMI
      Veterano
      # jan/13 · Editado por: MMI


      Seattle é a terra do grunge, da Boeing e de Jimmy Hendrix. Nesta cidade existe um grande parque, onde se situa museus e o Space Needle, uma grande torre, famosa dessa cidade. Um dos museus é o Experience Music Project, um museu sobre música, interativo. Na parte de baixo tem a exposição fixa, tem uma área para shows, uma famosa torre de violões e guitarras que os instrumentos tocam músicas (tem um aparelho no braço e uma palhetinha que ataca as cordas em vários instrumentos), uma parte sobre instrumentos antigos ou famosos e uma exposição sobre o grunge, tem também uma ala só para Jimmy Hendrix. O amigo Ogner queria ver fotos e explicações da exposição do Hendrix, fica também como um presente ao amigo nichendrix, basicamente traduzi uns textos explicativos de lá, mas foi uma tradução livre onde tirei umas poucas partes e acrescentei umas outras. Na parte de cima do museu tem uma exposição itinerante, quando fui era sobre o AC/DC e uma sessão-estúdio, onde se pode tocar os instrumentos, aprender umas notinhas e executar riffs famosos e salinhas isoladas que se pode tocar em conjunto também, as Gibson, Fender, baixos, baterias e teclados ficam a vontade ali, mas tem um limite de tempo (acho que é 10 minutos). São várias salas acusticamente isoladas e moderadamente tratadas.

      Jimmy Hendrix nasceu em Seattle, Washington, em 27 de novembro de 1942. Cresceu no distrito central da cidade, tímido, sensível e profundamente afetado por problemas familiares, tais como o divórcio dos seus pais em 1951 e a morte de sua mãe em 1958, quando ele tinha apenas 16 anos. Era muito afeiçoado à sua avó materna, que possuía sangue cherokee, e que incutiu no jovem Jimi um forte sentido de orgulho de seus ancestrais nativos norte-americanos. Nesta cidade conheceu e começou a se influenciar pelo blues, rock e música regional. Sua primeiras aparições em palcos foram nesta época, como baixista ou guitarrista, com as bandas Velvetones, Rocking Kings e James Thomas & the Tomcats.

      Na Washington Junior High School teve um grande amigo, Joe Gray, que possuía esta guitarra Sears Silvertone. Como Hendrix não possuía guitarra nenhuma, no fim de 58 até o meio de 59 pegava emprestada esta guitarra para tocar com os Velvetones. Em setembro de 59 os amigos continuaram seus estudos em escolas diferentes, se separando, Hendrix entrou para o grupo Rocking Kings e seu pai, Al Hendrix, comprou sua primeira guitarra, uma Supro Ozark. Esta guitarra foi roubada depois de uma apresentação, então Jimmy comprou uma Danelectro e pintou nela o nome de “Betty Jean”, sua namorada na High School.

      Em maio de 1961 Hendrix se alistou no exército, fez treinamento na California e foi enviado para Fort Campbell, Kentucky, próximo de Nashville, Tennesse, na 101st Airborne Division. Lá formou o grupo The King Kasuals com seu amigo Billy Cox e após darem baixa começaram a tocar em Nashville, um dos locais mais importantes do Chitlin` Circuit. Também tocou como guitarrista contratado com outros artistas, como Little Richard, Ike & Tina Turner e outros.

      O Chitlin` Circuit eram os locais no leste e sul dos EUA onde negros podiam se apresentar na época da segregação racial, do fim do século 19 até os anos 60. Grandes nomes trabalharam nessas casas, como Count Basie, George Benson, Cab Calloway, Ray Charles, Sammy Davis, Jr., Duke Ellington, Ella Fitzgerald, The Jackson 5, Aretha Franklin, Jimi Hendrix, Billie Holiday, John Lee Hooker, Etta James, B.B. King, Patti LaBelle, Gladys Knight & the Pips, Otis Redding, Dr. Lonnie Smith, Little Richard, Smokey Robinson, Ike & Tina Turner, The Supremes, The Temptations, Muddy Waters, entre outros. B. B. King foi o primeiro negro a se apresentar a uma plateia branca nos EUA, Elvis foi o responsável por ser branco e levar a música negra aos brancos americanos, nesses tempos de segregação racial.

      Em 1963 Hendrix comprou esta Gibson Les Paul Custom Em Nashville com Larry Lee, um amigo guitarrista, com quem tocava no grupo Bob Fisher & The Bonnevilles. Seis meses depois e apenas um mês antes de Woodstock , convidou Larry Lee e Billy Cox para formar a banda Gypsy Sun and Rainbows. Lee tinha acabado de voltar do Vietnam com o exército e estava sem guitarra, então Hendrix deu a ele a Les Paul, com a qual se apresentou em Woodstock.

      No meio de 65, depois de deixar a banda de Little Richard pela segunda vez, Jimmy Hendrix se estabeleceu em New York, na Greenwich Village, um centro de jazz, folk, blues e rock`n roll. No meio de 66 formou sua própria banda, Jimmy James and the Blue Flames e tocou em vários locais no Village. Linda Keith, a namorada de Keith Richards, ficou impressionada com a banda e apresentou Hendrix a Chas Chandler, o baixista da banda The Animals e aspirante a empresário. Chandler convenceu Hendrix que a próxima fase de sua carreira deveria ser em Londres.

      Em julho de 1967 teve a chance de revisitar Greenwich Village na primeira turnê do Jimi Hendrix Experience nos EUA. Lá ele encontrou seu antigo companheiro de banda, Curtis Knight e tocou este baixo de 8 cordas em duas gravações no PPX Studio 76 com Knight e a banda The Squires. Estas gravações influenciaram a evolução do som de Jimmy Hendrix.

      Em 23 de setembro de 1966 Chandler e Hendrix voaram do aeroporto JFK para Heathrow (NY para Londres) e neste vôo conversaram e criaram o nome da nova banda, The Jimi Hendrix Experience. Chegando em Londres foi bem recebido e logo fez jams com Eric Clapton, Jeff Beck e outros. Rapidamente Chandler havia arranjado músicos para o Jimi Hendrix Experience, o guitarrista que virou baixista Noel Redding e o baterista Mitch Mitchell. Em maio de 67 já haviam lançado 3 singles e um álbum completo, em 69 quando desmancharam eram uma das bandas mais populares de rock no mundo. Em Londres foi reconhecido pela inovadora abordagem do blues, extravagante presença de palco, assombrosa forma de tocar guitarra com os dentes e nas costas, além de despedaçar e queimar guitarras.

      Fragmento da Fender Stratocaster pintada e quebrada por Jimi Hendrix no Monterey International Pop Festival, 18 de junho de 1967. Junto, fragmento de Fender Stratocaster sunburst, quebrada por Jimi Hendrix no Royal Albert Hall, Londres, 24 de fevereiro de 1969.

      Hendrix usou esta Fender Stratocaster branca para tocar a mitológica versão de “The Star Spangled Banner” (sim, galera foi com ESTA guitarra!), o momento mais legendário do Woodstock Music and Art Fair, na manhã de 18 de agosto de 1969. Quase meio milhão de pessoas foram ao festival, mas devido a atrasos, o Gypsy Sun and Rainbows tocou para somente 30 mil espectadores. Hendrix comprou esta guitarra em 1968 e tocou em várias apresentações com ela, como em Newport Pop Festival em 1969 e seu concerto final na Ilha de Fehmarn em 6 de setembro de 1970.

      Em 18 de setembro de 1970 a jornada criativa de Hendrix foi interrompida por uma overdose acidental de remédios para dormir.

      Outras fotos:

      SG de Duanne Allman

      Eddie Van Halen (turnê 1984)

      Protótipo da Flying V, 1957

      Gibson Les Paul 1952, com seus "defeitinhos"

      SG de Angus Young

      Gretsch de Malcom Young

      Nirvana

      Desculpem o gigantesco texto... kkkkk

      Abç

      leo.grazziani
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      up com certeza!! \o/ Rock!

      Felippe Rosa
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Caraca ......
      Queria ter essa sua sorte.

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      leo.grazziani

      Poxa achei que ninguém ia ler isso tudo... kkkkk

      Valeu!

      Felippe Rosa

      Se fosse sorte estava bom... Iria jogar na Mega Sena direto! huahuahua

      Obrigado. ;-)

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Mais umas fotos da parte do Nirvana...

      Baixo Gibson de Novoselic

      Mosrite Gospel, tocada por Kobain de 90 a 91 e uma das favoritas dele. Usada na apresentação do OK Hotel de Seattle em 17 de abril de 1991, onde tocaram pela primeira vez em público Smells Like Teen Spirit.

      Instrumentos de kobain ,foto1 e foto2

      Electric Eye
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Muito bom o texto, ainda irei conhecer esse lugar um dia.

      juninholiveira
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      parabens!! mas a controvérsias sobre a morte dele... Será que foi Overdose 'acidental' de remédio para dormir? ou homicídio... ah sei lá, só sei que a música dele é muito boa e é meu guitarrista preferido.

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Electric Eye

      É um lugar muito bacana de se conhecer. Paixões a parte, musicalmente e em termos de instrumentos Memphis e o Mississipi é mais legal, mas Aquela região é bem bacana.

      Conhecer a fábrica da Boeing, por exemplo, e ver que os caras fazem um 787 Dreamliner em 3 dias, é impressionante. O museu da aviação é legal também, pode-se conhecer aviões como o Concorde ou o Space Shuttle. Não muito longe ao norte, está o Canadá , com Vancouver e a Ilha Victoria, bons passeios. Em Victoria se pode fazer passeios onde se vê baleias (várias orcas), águias, Sitka Spruce (tampo de violões), leões marinhos etc. além de ter um dos jardins mais bonitos do mundo. Mais ao sul está Portland, no Oregon, onde é excelente para comprar pois é um dos poucos locais nos EUA onde tudo é isento de taxa. De quebra, em Portland tem a Apple Music Row, a loja de instrumentos que mais me impressionou na vida, os velhinhos lá são fod@. É um museu!

      juninholiveira

      Essa parte foi uma tradução literal do que estava escrito no museu. Controvérsias a parte... rsrs

      Eu pensei que isso iria gerar contestação, por isso coloquei exatamente o que estava lá. O fato é que isso levou um dos caras mais brilhantes que tocou guitarra como ninguém.

      ogner
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Up e marcando pra ler depois!!

      \o/

      ogner
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Muito bacana velho!!
      Esses textos são a tradução ( livre como vc disse ) dos textos que aparecem nas fotos, certo?

      Muito bacana! Tenho muita coisa do negão. Uma das mais bacanas é isso aqui:
      http://www.amazon.com/Jimi-Hendrix-An-Illustrated-Experience/dp/074329 7695
      Fotos diferentes. Reproduçoes de cartas dele enviadas para o pai quando estava no exercito, de desenhos feitos por ele, letras de musica em comandas de hotel e muita coisa!!

      Valeu M.

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      ogner

      Esses textos são a tradução ( livre como vc disse ) dos textos que aparecem nas fotos, certo?

      Exatamente. Uma ou outra parte que acrescentei, por exemplo, achei que o pessoal não saberia o que era o Chitlin` Circuit, então botei uma explicação. No museu simplesmente falava que o negão tocava nesse Chitlin` Circuit, desconfiei que teria gente que não saberia do que se tratava.

      Nem imaginava que eu iria achar essa música do baixo, foi com as referências do texto. Confesso que não conhecia, mas é muito a cara do Hendrix, né?

      Abç

      ogner
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Nem imaginava que eu iria achar essa música do baixo, foi com as referências do texto. Confesso que não conhecia, mas é muito a cara do Hendrix, né?

      Nessa musica o baixo e a guitarra são do Hendrix!?

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      ogner

      Me dá a sensação que tem 2 guitarras em algumas partes, tem uma guitarra com wah que é muito a cara dele! Mesmo porque naquela época, quem mais usava wah? Eu acho que tem guitarra dele sim ali...

      renatocaster
      Moderador
      # jan/13
      · votar


      MMI

      Muio legal a história, mais ainda com a ilustração das fotos. Me senti como se estivesse ido lá, hehehehe.

      Gibson Les Paul 1952, com seus "defeitinhos"

      É uma pena isso, porque eu acho a ponte dessa LP 1952 o máximo!

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      renatocaster

      É uma pena isso, porque eu acho a ponte dessa LP 1952 o máximo!

      Achar legal é uma coisa, eu também acho. Mas ela é toda errada! kkkkk

      Muio legal a história, mais ainda com a ilustração das fotos. Me senti como se estivesse ido lá, hehehehe.

      Que bom, fico contente. Legal saber que você deu uma "viajada" no papo, achei que só o Ógner e o Nichendrix iriam ter a paciência de ler e ver as fotos. Mas o fórum surpreende, vai aparecendo gente que encara o desafio, mais legal ainda é ver os amigos aparecendo.

      Valeu.

      Shredder_De_Cavaquinho
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Opa, eu também tive paciência! haha
      Muito legal essa viagem. Tu devia fazer um Blog pra postar essas coisas.

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Shredder_De_Cavaquinho

      Tenho a sensação que não tenho tanto material para um blog. Viajo um pouco, mas com vários outros interesses além da música, então sobre esse tema acaba que não tenho tanto a falar, pelo menos é minha sensação. Por outro lado, quando fiz de Memphis a New orleans, a Rota do Blues, uns colegas do fórum pediram para eu ir mostrando algumas coisas e dando notícias. Fiz um blogzinho de viagem... Depois o amigo Nichendrix resolveu fazer um blog, depois pediu que eu escrevesse melhor sobre esses locais, então participei do blog dele. Acho que isso era o melhor que eu tinha a mostrar, o resto são alguns momentos, flashes de locais e experiências, como o Show Beatles do Cirque du Soleil em Las Vegas, por exemplo. Mas ainda assim, será que teria informação em volume e qualidade para isso?

      De qualquer forma, agradeço sua paciência e atenção ao meu "textinho". Achei que podia ocorrer a eventualidade de alguém ler mesmo, por isso que eu acabei criando um tópico e não mandei por email aos dois amigos apenas. Fico bem contente que outros colegas leiam e curtam, afinal deu algum trabalho fazer, se bem que deu mais foi prazer em rever e lembrar destes momentos na verdade.

      Valeu!!!!!

      ogner
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Me dá a sensação que tem 2 guitarras em algumas partes
      Sim, tb percebo pelo menos 2 guitarras..Acho que algumas partes, tipo oq poderia ser um bridge aparecem 3.
      tem uma guitarra com wah que é muito a cara dele! Mesmo porque naquela época, quem mais usava wah?
      Meu parco cenhecimento não me ajuda nessa, hehehehe!! Mas não acho que eram muitos não...Ainda mais da forma que o James Marshalll usava!!

      E depois dos 4:30 mais ou menos vira a Flashing, com um baixão mega frenético!!

      Hansen
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      Em 1963 Hendrix comprou esta Gibson Les Paul Custom Em Nashville com Larry Lee, um amigo guitarrista, com quem tocava no grupo Bob Fisher & The Bonnevilles. Seis meses depois e apenas um mês antes de Woodstock , convidou Larry Lee e Billy Cox para formar a banda Gypsy Sun and Rainbows. Lee tinha acabado de voltar do Vietnam com o exército e estava sem guitarra, então Hendrix deu a ele a Les Paul, com a qual se apresentou em Woodstock.

      Este parágrafo ficou confuso... o Woodstock foi em Agosto de 1969, não poderia ser "seis meses depois" de 1963 rssss

      acho que faltou algum texto aí no meio, pois em 1963 nem existia o Jimi Hendrix Experience...

      renatocaster
      Moderador
      # jan/13
      · votar


      MMI

      Achar legal é uma coisa, eu também acho. Mas ela é toda errada! kkkkk

      É, vc já havia falado que essa ponte tem um erro de projeto :(

      Que bom, fico contente. Legal saber que você deu uma "viajada" no papo, achei que só o Ógner e o Nichendrix iriam ter a paciência de ler e ver as fotos. Mas o fórum surpreende, vai aparecendo gente que encara o desafio, mais legal ainda é ver os amigos aparecendo.

      Tudo depende da fonte, hehehe. A credibilidade do autor conta muito nessas horas! ;)

      Abraço!

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      ogner

      Curioso... Este som é de 67. Nesta época, o topo de tecnologia era gravar em 4 canais com os Studer, os Beatles foram os primeiros a gravar com 2 desses aparelhos em Abbey Road (sincronizados "na mão"), usaram os Studer J37 em 67, coincidentemente, em Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band. Não sei qual era desse estúdio, mas com certeza nem o sucesso de Hendrix se comparava aos Beatles nem o estúdio com Abbey Road. Quero dizer com isso que uma faixa a mais ou a menos de guitarra custava muito em equipamento e trabalho. Porém a influência de Hendrix já era importante, neste álbum os Beatles também usaram o efeito do novo pedal wah-wah e da fuzzbox.

      Hansen

      Putz, que mancada! Não sei onde eu estava com a cabeça quando escrevi esta parte (lembro que fui interrompido), mas o texto diz:

      Seis anos depois e somente 1 mês antes de Woodstock, Hendrix convidou Lee para se juntar a nova banda... (que voltava do exército, estava sem guitarra, deu a guitarra a ele e tal).

      Mancada minha, valeu por avisar.

      renatocaster

      vc já havia falado que essa ponte tem um erro de projeto

      Essa guitarra emputeceu profundamente Les Paul. Está na foto:

      Esta "bridge-tailpiece" não ficava afinada, e foi redesenhada no ano seguinte.

      Olha lá, as cordas saíam por baixo, quase que impossibilitava usar "palm mute", as cordas deslizavam na ponte, não regulava oitavas, uma tragédia. Pior ainda, essa acho que foi a quarta Les Paul deste ano que vi pessoalmente, é bem mais fácil encontrar uma dessas que uma 59 da vida...

      Valeu!

      clebergf
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI

      Muito bacana cara, uma excelente experiência!!

      famosa torre de violões e guitarras
      Que louca essa torre....

      esta guitarra Sears Silvertone
      Essa guita é mto linda, não conhecia ela...fiquei curioso para ouvir o timbre dela, depois irei procurar algum som dela...



      Bem loka essa gravação do negão no baixo, é interessante qdo se lê um pouco mais sobre a história da pessoa vc começa a perceber e entender como que o som do cara foi moldado...

      buddy guy
      Veterano
      # jan/13 · Editado por: buddy guy
      · votar


      MMI

      Baita tópico,camarada MMI. Muito legal !!


      EDIT.....Legal que "fui fazendo uma viagem aqui"!!!

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      clebergf

      famosa torre de violões e guitarras
      Que louca essa torre....


      Eu, que curto, fiquei impressionado ao ver de longe. Tive que me aproximar para ver melhor, qual não foi minha surpresa que não estão ali só enfeitando, elas tocam! Achei muito legal.

      Essa guita é mto linda, não conhecia ela...fiquei curioso para ouvir o timbre dela, depois irei procurar algum som dela...

      Era meio que as mais em conta que se podia comprar na época, amplamente distribuídas pelas lojas Sears, altamente popular. Muita gente teve uma dessas, principalmente o pessoal do Blues que era bem humilde, se não me engano foi o primeiro instrumento de BB King (um violão dessa marca). Teve vários nomes, como Danelectro, National, Harmony, Kay and Teisco (acho que agora você reconheceu!). Pode procurar caras tocando, como Jimmy Page, Pete Townshend, John Fogerty, Tom Fogerty, Joan Jett, Jack White, James Hetfield, Dave Grohl, Mark Knopfler, Brad Paisley, Eric Clapton, George Harrison...

      A Sears ainda é bem comum nos EUA. Talvez você se lembre, os velhos de guerra daqui com certeza vão se lembrar de uma época que muito garoto daqui nem era projeto. Houve um tempo que pelo menos aqui em São Paulo, os lugares para se fazer compras era a Sears e o Mappin. A Sears era onde hoje fica o Shopping Paulista, ou seja, era enorme, tinha de tudo numa época que não se fazia compras pela internet. O Mappin era na Praça Ramos, na frente do Teatro Municipal, também era tão grande quanto. Tenho grandes lembranças desses lugares, como a emoção de ir comprar com meu pai meu primeiro relógio de pulso no Mappin, para começar a parecer "gente grande". kkkk (tá bom, sessão saudosismo off)

      buddy guy

      Baita tópico,camarada MMI

      Em tamanho você diz, né? Enorme! kkkkkk

      O bom de fazer esses tópicos de vez em quando é ver aparecer os velhos camaradas sumidos e que fazem falta nessas paradas. Bom te ver, rapaz, apareça mais! Vamos conversar de vez em quando!

      Abç

      buddy guy
      Veterano
      # jan/13 · Editado por: buddy guy
      · votar


      MMI
      buddy guy

      Baita tópico,camarada MMI

      Em tamanho você diz, né? Enorme! kkkkkk

      O bom de fazer esses tópicos de vez em quando é ver aparecer os velhos camaradas sumidos e que fazem falta nessas paradas. Bom te ver, rapaz, apareça mais! Vamos conversar de vez em quando!

      Abç



      Ashuahsuahsuahsuhas.....................não,não,quis dizer que está bacana mesmo...hehehe..

      Estamos sempre passando por cá. As vezes mesmo em off,para ver coisa boa(quando camaradas que acrescentam,resolvem fazer coisas bacanas)...rsrs.
      E por falar em camaradas sumidos.........tem muita gente que anda fazendo muita falta por aqui,mesmo.......E neste quesito,nem preciso citar nomes.Pois o amigo bem sabe quais são.....E nesta,a gente fica meio "treslocado" e um tanto triste em postar. Mas de sorte,ainda resta muita gente bacana.Que por conta destes,a gente ainda anima em postar!!



      E como o assunto aqui é Jimi Hendrix......Este aqui,eu não poderia deixar de postar!!



      Abração !!!

      clebergf
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI
      Eu, que curto, fiquei impressionado ao ver de longe. Tive que me aproximar para ver melhor, qual não foi minha surpresa que não estão ali só enfeitando, elas tocam! Achei muito legal.

      Imagino sua cara ao ver a paradinha fazendo um som..rs...

      Danelectro, National, Harmony, Kay and Teisco

      De nome só conheço a Danelectro...

      Eu lembro do Mappin de qdo eu era muleque, ia lá de vez em qdo com minha mãe...rs..mas a única lembraça q eu tenho de lá é o estilo do nome e que tinha um monte de coisas de cama, mesa e banho, o que a minha comprava normalmente por lá..rs..

      nichendrix
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      MMI

      Um milhão de anos depois de ter lido o tópico a primeira vez, finalmente consegui o tempo para postar aqui...

      Há muito tempo eu quero ir nesse museu, que apesar do nome, não tem nada a ver com o espólio da família Hendrix e sim com a coleção particular de instrumentos e memorabilia do Rock/Blues de propriedade do Paul Allen, um dos fundadores da Microsoft.

      O acervo inicial do Museu, inclusive a guitarra quebrada e queimada em Monterrey e a Olimpic White de Woodstock por exemplo, são dele (como creio que seja a maioria dos instrumentos do museu). O cara coleciona muita coisa, em especial do Hendrix e de várias outras bandas psicodélicas dos anos 60. Não sei se ainda está no Museu, mas quando ele abriu, havia uma sessão dedicada especialmente a uma das fissuras do Paul Allen que é colecionar guitarras destruídas pelo Hendrix e pelo Pete Townsend, que chegou a ter pelo menos umas 15 guitarras detonadas pelos 2.

      Não dá pra negar que fiquei babando em algumas guitarras, a Lespa Custom do Hendrix é a mesma que eu sempre pedi a Deus e ele ainda não mandou a ordem pro Papai Noel vir deixar aqui, e essa SG do Duane é de matar.

      Enfim, dizem que a cidade é meio enjoadinha e que quase nunca abre o céu pra cair um sol lá, mas o passeio vale muito a pena. Só acho paia o desperdício que é a torre de guitarras, mas até isso é massa de ver, nem que seja pra dizer que é desperdício... hehehehhehehehehehe

      MMI
      Veterano
      # jan/13
      · votar


      nichendrix

      A exposição sobre o Hendrix é fixa, mas mudam os objetos. Todo o resto varia, menos a torre. Então de guitarra despedaçada nem sempre estava lá e as do Townshend não estavam por lá.

      A cidade é das que mais chovem por lá. Mas tive sorte de pagar bastante sol. Pode ir que é legal!

      Obs: essa Custom é de pirar o cabeção mesmo... Sabia que você ia gostar de ver.

      Lord-g
      Veterano
      # nov/13
      · votar


      MMI
      Cara ótimo tópico!!!
      Valeu por compartilhar.

      Nunca tinha lido sobre Hendrix com tanto detalhe, fenomenal.

      MMI
      Veterano
      # nov/13
      · votar


      Lord-g

      É legal até para quem não é tão fã do Hendrix. Depois de tantos anos da morte dele, dá para entender por que o cara é tão mítico.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Hendrix e o Experience Music Project em Seattle

      303.906 tópicos 7.863.842 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital