Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Blues - História, Personagens e Linguagem/Termos Peculiares

      Autor Mensagem
      Curly
      Veterano
      # set/10
      · votar


      MMI

      Quando penso em NO o artista que mais lembro é o grande Dr. John, o cara é um enciclopédia viva dos estilos da cidade. Outros que também merecem citação são o grande compositor Allen Toussaint e Clarence "Gatemouth" Brown (nascido na Lousiania mas tem tudo a ver com NO)



      MMI
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Curly

      Calma que eu to em Memphis... kkkkkk
      Acho que vou desviar um pouco até Nashville, vamos ver.

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Esse aqui Penta_Blues?

      :)

      buddy guy
      Veterano
      # nov/10 · Editado por: buddy guy
      · votar


      Curly
      MMI




      http://www.youtube.com/watch?v=GI3NRlgN7RY&feature=player_embedded#!


      O diabo é um homem ocupado



      Eu vou te mostrar uma coisa que vai te deixar apavorado....
      O diabo é um homem ocupado...
      Ele esta sempre no meu rastro.....
      Toda vez que tento fazer algo certo......
      Ele aparece no meu caminho........
      Tudo que faço,parece que faço errado.....


      Rapaziada,rachei de rir desse negócio..ashuahsuahsuhsuahs....Eu tinha que dar jeito de assistir isto aí...hehehee...Bluseirassa pura !!!!

      buddy guy
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      http://www.youtube.com/watch?v=0QghyiS1Gk0


      buddy guy
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      http://www.youtube.com/watch?v=QeP8qBCOc20


      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Já que o assunto tá em pauta no FCC, um up pra conhecimento geral.

      Aproveitando, ROBERT JOHNSON (1936)



      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Alguns bluesmans das antigas:

      Alger "Texas" Alexander
      Pink Anderson
      Barbecue Bob Hicks
      Scrapper Blackwell
      Black Ace
      Blind Blake
      Big Bill Broonzy
      Richard "Rabbit" Brown
      Willie Brown
      Bumble Bee Slim
      Gus Cannon
      Bo Carter
      Sam Collins
      Floyd Council
      Ida Cox (1896-1967)
      Gary Davis (1896-1972)
      Sleepy John Estes (1904-1977)
      Blind Boy Fuller (1908-1941)
      Jesse Fuller (1896-1976)
      Billy Garland (1918-1960)
      Jazz Gillum (1904-1966)
      Shirley Griffith (1908-1974)
      Arvella Gray (1906-1980)
      Smokey Hogg (1914-1960)
      Lightnin' Hopkins (1912-1982)
      Son House (c. 1902-1988)
      Peg Leg Howell (1888-1966)
      Alberta Hunter (1895-1984)
      Mississippi John Hurt (c. 1893-1966)
      Jim Jackson (c. 1884-1937)
      John Jackson
      Skip James (1902-1969)
      Blind Lemon Jefferson (1893-1929)
      Blind Willie Johnson (1897-1945)
      Lonnie Johnson (1894-1970)
      Robert Johnson (1911-1938)
      Tommy Johnson (1896-1956)
      Huddie William "Lead Belly" Ledbetter (c. 1889-1949)
      Furry Lewis (1899-1981)
      Mance Lipscomb (1895-1976)
      Cripple Clarence Lofton (1887-1957)
      Robert Lockwood, Jr. (1915-2006)
      Mississippi Fred McDowell (1904-1972)
      Brownie McGhee (1915-1996)
      Blind Willie McTell (1901-1959)
      The Memphis Jug Band
      Big Maceo Merriweather (1905-1953)
      Eugene "Buddy" Moss (c. 1914-1984)
      Memphis Minnie (1897-1973)
      Charlie Patton (1891-1934)
      Piano Red (1911-1985)
      Ma Rainey (1886-1939)
      Tampa Red (1904-1981)
      Bessie Smith (1894-1937)
      Victoria Spivey (1908-1976)
      Frank Stokes (c. 1888-1955)
      Sonny Terry (1911-1986)
      Henry Townsend (1909-2006)
      Sippie Wallace (1898-1986)
      Washboard Sam (1910-1966)
      Curley Weaver (1906-1962)
      Peetie Wheatstraw (1902-1941)
      Bukka White (1909-1977)
      Josh White (1914 or 1915-1969)
      Sonny Boy Williamson I (1914-1948)

      Marthin87
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Daria pra ler somente este tópico pro resto da vida.
      MauricioBahia
      Up do ano, hein?

      MauricioBahia
      Moderador
      # nov/12
      · votar


      Marthin87

      Acho que vale como fonte de consulta/conhecimento e não foi um "up" sem motivo, mas para enriquecer o tópico.

      :)

      Frozza
      Veterano
      # nov/12
      · votar


      Esse Big Bill Broonzy é fantástico, o Clapton toca algumas musicas dele.
      No youtube tem um video muito bom.
      http://www.youtube.com/watch?v=N-pShRISHnQ&feature=list_other&playnext =1&list=RD04Fm1qtX7Mz5w

      MauricioBahia
      Moderador
      # dez/13 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Frozza: Esse Big Bill Broonzy é fantástico

      http://www.youtube.com/watch?v=N-pShRISHnQ&feature=list_other&playnext =1&list=RD04Fm1qtX7Mz5w

      Revival de Natal! Ho, ho, ho!! Muito mojo!



      MMI
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      MauricioBahia

      Um dos tópicos de maior mojo do FCC!

      MauricioBahia
      Moderador
      # dez/13
      · votar


      MMI

      E muito miojo apreciando as postagens! hehe

      Valeu xará!

      nichendrix
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      MauricioBahia
      A primeira vez que ouvi essa música foi aqui:


      Acho muito foda essa pegada meio country que ele tem e que é bem precursora do rock and roll, por quase 6 anos só consegui achar um disco dele, uma coletânea dessas de gravadora pequena e independente que você nem sabe de onde é, depois foi que consegui pegar mais coisa.





      Fica muito claro de onde vem o Rock and Roll quando você olha pra negões de country blues que tinham uma raiz forte no country, como o Big Bill Broozy e o Leadbelly.





      MauricioBahia
      Moderador
      # dez/13
      · votar


      nichendrix

      +1

      Que tal?



      True!!!

      Marquezin
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Quando eu li os primeiros posts desse tópico, eu fiquei justamente procurando o nome Big Bill Broonzy na relação, afinal, muitos o consideram o primeiro bluesman da história... bom... talvez tivessem outros na mesma época, mas ele é um dos mais antigos que conheço, eu tenho bastante material dele aqui, de musica a revistas muito antigas que coleciono a anos.

      Rosetta Tharpe se tornou uma pessoa muito querida no mundo da musica gospel americana, apesar de existir outras cantoras de muito mais talento, ela tinha um carisma que poucos artistas tinham, era vista como uma big mamma...rs

      Embora em minha opinião, a verdadeira "Big Mamma" seja a Big Mama Thornton...rsrsrs

      Por falar nela, sinta a potência da voz, acompanhada por um Buddy Guy com cara de moleque!


      nichendrix
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      MauricioBahia

      Acho massa o som dela, mas eu queria mesmo era essa SG Custom hehehehehehhehehehe

      Marquezin

      Tem caras bem mais antigos que o Big Bill Broozy ao menos em termo de gravações, o Blind Lemon Jefferson é um deles, embora seja até um pouco mais novo que o Broozy, começou a gravar antes dele.



      Um que gosto muito da década de 30 é o Lightning Hopkins, que junto com o Blind Lemon Jefferson foram os caras que criaram o Texas Blues. Aliás uma vez recebi a resposta mais infame da GP, porque mandei um email reclamando que eles traduziram uma matéria da GP americana sobre Texas Blues e tiraram o Lightning Hopkins e o Gatemouth Brown para botar o SRV e o Jimmy Vaughan, aí disseram que eu deveria ficar feliz porque botaram o SRV, que é mais famoso e mais legal, pode uma marmota dessas?



      Pra mim o grande problema dessas Blues Womans é que elas se acabam muito rápido, em geral são mulheres muito sofridas que se afundaram em álcool e drogas, o que terminou por limitar a ascensão delas para uma carreira estável, Big Mamma Thornton e Etta James que o digam, no caso da Etta James ainda pôde curtir algum sucesso comercial, mas logo decaiu, mesmo sendo uma das vozes mais fodas que já ouvi.

      Uma que também se manteve numa carreira bem sucedida foi a Koko Taylor, que é outra voz do caralho:




      Uma que tem mais fama como cantora de Soul do que de Blues, mas que manda bem pra caramba cantando blues é a Gladys Knight, não consigo ouvir essa negra sem me arrepiar todo e nessa participação no B.B. King and Friends está foda a performance dela em Please Send Me Someone to Love.



      Marquezin
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      nichendrix

      Um que gosto muito da década de 30 é o Lightning Hopkins, que junto com o Blind Lemon Jefferson foram os caras que criaram o Texas Blues. Aliás uma vez recebi a resposta mais infame da GP, porque mandei um email reclamando que eles traduziram uma matéria da GP americana sobre Texas Blues e tiraram o Lightning Hopkins e o Gatemouth Brown para botar o SRV e o Jimmy Vaughan, aí disseram que eu deveria ficar feliz porque botaram o SRV, que é mais famoso e mais legal, pode uma marmota dessas?

      Sacanagem essa aí, o cara devia ser um retardado bitolado que estudou demais e achava que sabia muito ou que realmente não sabia nada...rsrsrs

      Pra mim o grande problema dessas Blues Womans é que elas se acabam muito rápido, em geral são mulheres muito sofridas que se afundaram em álcool e drogas, o que terminou por limitar a ascensão delas para uma carreira estável, Big Mamma Thornton e Etta James que o digam, no caso da Etta James ainda pôde curtir algum sucesso comercial, mas logo decaiu, mesmo sendo uma das vozes mais fodas que já ouvi.

      Eu concordo totalmente com você nesse ponto, minha cantora preferida é a Bessie Smith, apesar dela ter morrido jovem de uma forma trágica e (por causa de um hospital F*** da P*** que se recusou a atendê-la por que ela era negra) e não por causa de drogas e álcool, ela já estava nessa vida destrutiva antes mesmo do acidente, provavelmente sua voz não iria sobreviver por muito tempo.

      Uma que também se manteve numa carreira bem sucedida foi a Koko Taylor, que é outra voz do caralho:

      Outras cantoras (não necessariamente Blues Womans) que também mantiveram uma carreira até bem sucedida e sem muitos problemas foram Mahalia Jackson, Nina Simone e Aretha Franklin.
      Acho que no caso delas pelo fato de manterem aquele pé na igreja, sempre tendo no repertório o Gospel... creio que deve ter sido o motivo delas não se afundarem na pinga...rs

      Essa musica da Mahalia Jackson no vídeo abaixo é de um filme que ela mesmo canta, não consegui encontrar um com a cena do mesmo, mas vendo o filme, a emoção dos atores no momento é tão forte (é um funeral), que dá pra perceber que eles estão tocados verdadeiramente com a música...


      Muito bom o som da Gladys Knight, apesar de ser um vozerão poderoso, tem aquele "quê" de uma voz jovem, lembra bastante o timbre a Tina Turner...rs
      E ela é uma simpatia também!

      MMI
      Veterano
      # dez/13 · Editado por: MMI
      · votar


      Marquezin

      Eu concordo totalmente com você nesse ponto, minha cantora preferida é a Bessie Smith, apesar dela ter morrido jovem de uma forma trágica e (por causa de um hospital F*** da P*** que se recusou a atendê-la por que ela era negra) e não por causa de drogas e álcool, ela já estava nessa vida destrutiva antes mesmo do acidente, provavelmente sua voz não iria sobreviver por muito tempo.

      Muita coisa foi contada, mitos, inverdades, "causos", para contar as narrativas do blues e seus personagens, muito para acrescentar uma dose de dramaticidade nas estórias e histórias.

      De acordo a Wikipédia:

      "Após a morte de Smith, surgiu um boato dizendo que ela teria morrido por não ter sido admitida no hospital exclusivo para "brancos" em Clarksdale, o mito começou quando o compositor e produtor de jazz John Hammond em um artigo impreciso que apareceu na edição de Novembro de 1937 da revista Down Beat. As circunstâncias da morte de Bessie e o rumor promovido por Hammond serviram de tema para uma peça de teatro de um ato feita por Edward Albee chamada The Death of Bessie Smith (A Morte de Bessie Smith)."

      O fato é que houve um acidente na famosa Route 61, não muito longe do pretenso local onde Robert Johnson teria feito seu pacto na encruzilhada (história criada por Son House já na década de 60), onde Bessie Smith sofreu um grave acidente. Houve uma demora grande para a ambulância chegar ( porém os motoristas de ambulância nem consideravam o fato de levar negros para hospitais brancos), ela foi atendida por um médico no local do acidente onde praticamente havia amputado o braço. Foi levada à Clarksdale (onde viveu Ike Turner, Muddy Waters etc.) no G.T. Thomas Hospital, um hospital para negros, no quarto 2. O Hospital depois virou um Hotel, onde se hospedaram muitos nomes do blues. Estive lá, diria que é um local "sinistro", mas o papo de hospital para brancos não corresponde com a verdade.

      Marquezin
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      MMI

      Muita coisa foi contada, mitos, inverdades, "causos", para contar as narrativas do blues e seus personagens, muito para acrescentar uma dose de dramaticidade nas estórias e histórias.

      Entendo, lendo sobre ela no artigo em inglês, diz que outro carro se envolveu no acidente enquanto ela era atendida, um casal dirigindo por ali bateu no carro do médico quase passando por cima dela e ele, não houve vitimas nesse segundo acidente. Pouco depois chegaram duas ambulâncias, uma com destino ao hospital de Branco e outra para o hospital de Negros.

      The young couple in the new car did not have life-threatening injuries. Two ambulances arrived on the scene from Clarksdale; one from the black hospital, summoned by Mr. Broughton, the other from the white hospital, acting on a report from the truck driver, who had not seen the accident victims.

      Mas mesmo assim, a história dela ainda é muito interessante, e continua fazendo parte da história da segregação racial nos Estados Unidos.

      Ramalokion
      Membro Novato
      # fev/14
      · votar


      Desculpem o "up", mas o motivo é simples: esse tópico é bom demais para não estar sempre em evidência!!

      JeGuitar
      Veterano
      # fev/14
      · votar


      Marcando aqui pra acompanhar!

      MauricioBahia
      Moderador
      # fev/14
      · votar


      Ramalokion
      JeGuitar

      Kkkk! Modéstia à parte e com a gentil contribuição de muito amigos do FCC, esse tópico tá bom mesmo viu... o/

      :)

      buddy guy
      Veterano
      # abr/15 · Editado por: buddy guy
      · votar


      Upzinho básico pra postar este documentário aqui,que muitos tenho a certeza que já procurou pra assistir e nunca que achava(eu por exemplo) !!
      Valeu !!




      Gilberto Juba
      Veterano
      # abr/15
      · votar


      buddy guy
      Valeu, marcando para ver mais tarde..

      buddy guy
      Veterano
      # abr/15
      · votar


      Gilberto Juba
      buddy guy
      Valeu, marcando para ver mais tarde..


      \m/

      TheChaosSpirit
      Veterano
      # abr/15
      · votar


      Até hoje não entendi o verdadeiro significado de Mamma
      tem tantos que não faço ideia de qual seja

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/15
      · votar


      TheChaosSpirit: Até hoje não entendi o verdadeiro significado de Mamma tem tantos que não faço ideia de qual seja


      Pra mim, significava apenas "mamãe" ou "mãe".

      buddy guy

      Show de bola

      :)

      nichendrix
      Veterano
      # abr/15 · Editado por: nichendrix
      · votar


      O documentário mais foda sobre blues que vi nos ultimos anos foi o B.B. King: The Life of Riley. Aqui vai o trailer:



      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Blues - História, Personagens e Linguagem/Termos Peculiares

      304.173 tópicos 7.868.892 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital