Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Músicas no mesmo tom: falta de criatividade ou algo inevitavel?

Autor Mensagem
PsicoLimp
Veterano
# out/09


Olá, amigos! Estou passando por sérios problemas criativos em minhas composições e só consigo compor em tons de C e G. Atualmente essa repetição de tons está muito presente em banda da "nova geração" e, sinceramente, não quero fazer parte de um modismo. O que vocês acham do uso do mesmo tom em musicas?Falta de criatividade? Algo inevitavel?

Gianyny
Veterano
# out/09
· votar


Depende do tom de voz, não existe regra pra isso.

marcio_zav
Veterano
# out/09
· votar


Transponha para outros tons, e veja com fica. Sonoridade, conforto, sei lá.. =)

Thyagw
Veterano
# out/09
· votar


Tenta usar Bb
Eu acho o tom mais exotico em sonoridade
Transpoe suas musicas e ve como fica

Gianyny
Veterano
# out/09
· votar


Thyagw
Tenta usar Bb
Transpoe suas musicas e ve como fica

Isso depende do tom de voz, se a música for em G por exemplo, vai ficar muito alto.

Depende do tom de voz, não existe regra pra isso.

Thyagw
Veterano
# out/09
· votar


Mas se for em C é só descer um tom

Blackus
Veterano
# out/09
· votar


Eu acho que tonalidade já foi ultrapassada faz mais ou menos um século.

Gianyny
Veterano
# out/09
· votar


Thyagw
Mas se for em C é só descer um tom

Por isso citei o G.

Mais mesmo assim, acho que não é válido subir ou abaixar um ou meio só pra ficar em sustenido ou bemol, o que vale é cantar em uma altura confortável, independente de que tom esteja, seja nas escalas 'tradicionais' (se é que pode se usar esse termo) ou não.

MauricioBahia
Moderador
# out/09 · Editado por: MauricioBahia
· votar


PsicoLimp: Deixa se ser manó consigo compor em tons de C e G.

E daí? Rock é isso... Simples. De repente, sua voz se encaixa melhor nesses tons.

Abs

Codinome Jones
Veterano
# out/09
· votar


o modismo que se fala presumo estar nas letras pobres e nos aranjos clichês C-D-E (sem citações ao maiden).. tambem não vejo muita importancia em compor sempre em tons diferentes.. depois de 7 musicas dica dificil nao repetir.. concentre-se em arranjos bem feitos e se tiver que coloque D ao inves de um com /9 e inversoes para parecer mais sofisticado/complexa.. (usei D como exemplo)

nicida
Veterano
# out/09
· votar


qual é a diferença? aposto que sem nenhuma referência você não sabe dizer em que tom está uma música só de ouvido... a não ser que você tenha ouvido absoluto!

repetir o tom tem bos motivos: ou é por que é o tom mais confortável para o cantor(a), ou é por outros motivos do estilo, por exemplo, metallica compõe praticamente só em Em, pois o bicorde de E é o que soa mais pesado em um guitarra de afinação padrão...

já os blues são geralmente em E ou A, pois facilita pra fazer a levada na guitarra.. apesar de em alguns casos serem em G, para o gaitista conseguir tocar com um gaita em C, que é o tipo de diatônica mais comum.

enfim, não esquenta com isso!

PsicoLimp
Veterano
# out/09 · Editado por: PsicoLimp
· votar


o modismo que se fala presumo estar nas letras pobres e nos aranjos clichês C-D-E (sem citações ao maiden).. tambem não vejo muita importancia em compor sempre em tons diferentes.. depois de 7 musicas dica dificil nao repetir.. concentre-se em arranjos bem feitos e se tiver que coloque D ao inves de um com /9 e inversoes para parecer mais sofisticado/complexa.. (usei D como exemplo)

O modismo que eu digo são essas bandas aqui:







Todas as músicas estão em E. Para os leigos em música, isso não faz muita diferença( talvez isso explique a pobreza de acordes do rock brasileiro).

gi cassol
Veterano
# out/09
· votar


usa as mesmas notas e inclui outras no meio....tenta mudar o ritmo....mais rapido, mais devagar...

J x V x
Veterano
# out/09
· votar


PsicoLimp
Todas as músicas estão em E

Discordo, "pela última vez" está em Eb e "minha paz" está em E. =]

erico.ascencao
Veterano
# out/09
· votar


PsicoLimp
Esse negócio de o tom se repetir parece ser um traço de estilo. Já notei que algumas músicas do Dire Straits usam um conjunto bem característicos de acordes (Sultans of Swing, Money for Nothng). O Rush, banda que eu conheço por demais, também abusa de alguns acordes repetidos - o Em com o dedinho fazendo um si na corda sol (desculpem a falta de vocabulário de acordes), o F#sus[algum número] (conhecido como acorde Hemispheres Alex Lifeson Signature), etc.

Blackus
Veterano
# out/09 · Editado por: Blackus
· votar




qual é a diferença? aposto que sem nenhuma referência você não sabe dizer em que tom está uma música só de ouvido... a não ser que você tenha ouvido absoluto!


Lógico que não, todo tom tem uma característica própria, qualquer pessoa que seja minimamente sensível percebe que o caráter de um Dó maior é leve e alegre, pode ter até uma pureza, enquanto um Lá menor continua puro, mas é triste. e isso porque são relativas! Dó menor por exemplo, um tom muito sério, profundo, ou Eb menor, quase oriental... Não quer necessariamente dizer que a pessoa tenha ouvido absoluto, mas percebe-se o caráter de cada tonalidade.

É claro que eu não espero que quem só ouve rock que mal tem dinâmica vá perceber sutilezas de tonalidade...

Aliás, vale a pena ler sobre a relação de Beethoven com o tom de Dó menor, só de curiosidade.

Blackus
Veterano
# out/09
· votar


PsicoLimp
Belos exemplos que você dá ein... é pra discutir música enquanto música ou essas 'músicas' que são só fenômenos sociais, não acrescentam nada à uma discussão sobre música?

serjones
Veterano
# out/09
· votar


Acredito que seja mais por questão de conforto e hábito mesmo.
Aprendemos primeiro C (sem acidentes), depois G (1 acidente), então é natural que tenhamos maior familiaridade com esses dois tons e suas relativas, respectivamente, Am e Em.
Alguns vão além e muitos ficam por aí mesmo, coisa que, pra quem tem bom gosto e criatividade, já é mais do que suficiente pra fazer boa música.
[]s!

Sedank
Veterano
# out/09
· votar


Tom de F é bom para compor

Monsfogueri
Veterano
# out/09
· votar


PsicoLimp

cara, não se preocupa não, o hard rock é composto de uns tres ou quatro tons só.. G, D, A e C, raramente usam E

jacksonfive
Veterano
# out/09
· votar


PsicoLimp
cara , uma dica : use o tritono !!!

londrer
Veterano
# out/09
· votar


Não se preocupe... ja ouvi falar c um cd d metal q era inteiro em "Em"

Isso nao tem nada a ver... c as músicas não forem todas iguais (como as da nova geração) só o tom sendo, não há problemas.

Eu compus mta coisa em Am.. mas mta msm... até pq é a primeira pentatonica q a gente pega fluencia (em via d regra) depois em Em e fui evoluindo...

Quanto ao tom da voz, não tem tom específico pra compor pra determinada voz. Tem melodias nos tons q ficam mto graves ou mto agudas.... vc pode por uma soprano cantando uma linha melodica em C e um Baixo cantando a mesma música, mas outra linha melodica tbm em C e os dois c darem mto bom com as respectivas linhas vocais. Agora, c vc tem uma linha pronta e quer q ela continue a mesma, ai sim a mudança d tom pode interferir.

C não, pega nada.

Com o tempo vc compoem atraves do som e acaba c desapegando ao tom. Outras vc vai precisar d uma corda solta e só nakele tom específico vc vai ter...

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
 

Tópicos relacionados a Músicas no mesmo tom: falta de criatividade ou algo inevitavel?

290.211 tópicos 7.570.833 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital