Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      O que torna uma banda imortal?

      Autor Mensagem
      Fugitive
      Veterano
      # fev/08
      · votar


      Lançar varios grandes albuns em sequencia, msm q nao se obtenha um grande sucesso...

      DungaRedHot
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Primeiro que não concordo com tudo q disse...as bandas saum imortais na mente de kem as curte...entaum procure naum citar nomes...não que eu curta evanescense...masss respondendo ao topico

      se voce inovar será lembrado....

      banze
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      se voce inovar será lembrado....(2)

      ou se voce marcar epoca tbm....

      vitorsouza70
      Membro Novato
      # 18/mai/17 12:57
      · votar


      Inovação, criatividade e excelência.

      JJJ
      Veterano
      # 18/mai/17 14:56
      · votar


      vitorsouza70

      Cara... deixa eu te dar um toque... não é "proibido", mas tu tá upando uma cacetada de tópicos defuntos.

      Se a coisa a acrescentar é relevante, OK, sem problema... mas se é só um comentário à toa, não é bem aceito no fórum (nem neste e nem em qualquer outro).

      entamoeba
      Membro Novato
      # 18/mai/17 20:59
      · votar


      Cortar a cabeça de todas as outras bandas imortais...


      Aproveitando o up e revivendo um clássico.

      Buja
      Veterano
      # 19/mai/17 10:15
      · votar


      O que torna uma banda imortal?

      Nao morrer jamais. E isso nenhuma banda jamais conseguiu.

      https://c1.staticflickr.com/5/4196/33911042984_b9a85a365f_m.jpg

      Ramsay
      Veterano
      # 20/mai/17 00:28
      · votar


      Eu acho que a única banda realmente imortal que vai ser reconhecida daqui há 200 anos são os Beatles, porque a música que eles fizeram transcende e mesmo tendo sido feita há 50 anos atrás, nunca perde a qualidade e novidade.

      Buja
      Veterano
      # 22/mai/17 12:06
      · votar


      Ramsay
      Pergunte meu sobrinho de 13 anos se ele conhece Beatles, Led, Bon Jovi, Survivor, Queen, Van Halen etc etc etc. Pra ele isso é igual fossil.
      Nem algo mais recente ele conhece como Legiao ou Engenheiros.
      E nenhum dos amiguinhos deles da escola. 90% la so conhece banda começadas com o prefixo "Mc". Mc isso, Mc aquilo.
      Os outros 10% mais "cultos" digamos assim, que gosta de uma parada mais internacional, conhece um Marrom 5, um Jason Mraz, um Ed sheeram, um Enimem, um 50 cent, Coldplay, Ja rule, Green Day, Linkin Park, e uns 3 musicas do Metallica.
      O restinho fica no sertanejo escolar mesmo.

      Nao existe banda imortal que dura 100 anos na memoria. As gerações passam e ninguem lembra mais. Quem hoje nascido 80 pra ca lembra de The Ink Spots? Eu nunca conheci, a nao ser por outras bandas fazerem referencias a eles e fazerem que que eles durem um pouco mais nas nossas mentes. Filmes com tematica antiga tambem usam algo deles. Fora isso, ninguem sabe se é banda ou marca de tinta.

      É triste amigao, mas é a verdade. As musicas classicas ainda tem uma boa sobrevida porque sao largamente usadas em filmes, series, desenhos, etc e existe muita gente que gosta bastante. Afinal, sao classicas. E elas vao viver por um bom tempo.

      Mas tem uma parcela imensa da população, a grande maioria, principalmente de mais jovens, que acha que Chopin e um Chopp pequeno e Bethoven é raça de cachorro. Nada é imortal.

      Felipe Stathopoulos
      Membro Novato
      # 22/mai/17 13:32
      · votar


      Imortal é este tópico, rs

      Lelo Mig
      Membro
      # 22/mai/17 14:05
      · votar


      Já que ressuscitaram o morto:

      Creio que tornar uma banda imortal seria plágio sob o risco de ser processado. Immortal, só uma:

      Immortal

      JJJ
      Veterano
      # 22/mai/17 15:23
      · votar


      Buja

      Os clássicos ficam. Tu não estarias falando de Beethoven e Chopin se não ficassem.

      Depois da era de ouro dos clássicos, tem algumas canções tradicionais europeias mais ou menos do início do século passado (tipo "O Sole Mio", por exemplo) que também ficaram.

      Depois disso, Sinatra, Elvis, Beatles... tudo isso fica.

      Claro que um dia o Sol vai virar uma gigante vermelha e tal... mas isso é outro papo... hehehe

      Casper
      Veterano
      # 22/mai/17 19:16
      · votar


      Caro Buja:

      Pergunte meu sobrinho de 13 anos se ele conhece Beatles, Led, Bon Jovi, Survivor, Queen, Van Halen etc etc etc. Pra ele isso é igual fossil.
      Nem algo mais recente ele conhece como Legiao ou Engenheiros.
      E nenhum dos amiguinhos deles da escola. 90% la so conhece banda começadas com o prefixo "Mc". Mc isso, Mc aquilo.


      A realidade de seu sobrinho não reflete
      todas as realidades, certamente. Tenho
      tido agradáveis surpresas ao conversar
      sobre música com jovens na faixa dos
      15, 16 anos.

      Ismah
      Veterano
      # 23/mai/17 02:13
      · votar


      Buja

      Temos de avaliar realmente o contexto de teu sobrinho...
      Conheci um vivente na noite, americano, mecânico da Boeing trabalhando na capital. A filha o acompanhava, ela tem 16 anos, é spalla se não me engano da Cleveland Orchestra, uma das 10 maiores dos EUA... Pergunte a ela se ela sabe quem é Green Day, e é provável que nunca ouviu falar... Também não é peso de medida.

      Concordo que a maioria das coisas se perde com o andar da carruagem na cena mainstream, mas sobrevive em nichos. Talvez eu e mais poucos milhares de pessoas goste de synthwave, mas é aqui que ela sobrevive.

      Como músico, é inviável separar guitarra de blues, rock, funk e country. Onde tiver uma guitarra, ela terá suas raízes em algum destes gêneros. Não dá para separar hillbilly de banjo. São os nichos de onde cada instrumento mais se desenvolve, ainda que ele faça papel de outro instrumento, em coisas transcritas pra ele, a raíz é essa...

      Buja
      Veterano
      # 23/mai/17 12:30
      · votar


      Casper
      Ismah

      É como voces disseram: as exceções existem e sempre existirão.
      Mas ...claro que um dia o Sol vai virar uma gigante vermelha e tal.... e é verdade. Inevitavelmente tudo isso que conhecemos deixará de existir.

      Talvez meus netos dirão que musica antiga é musiquinha de 8 bits. So saberão o que foi country ou blues ou new wave of british heavy metal quando procurarem na wikipedia pra um trabalho escolar. Sei la se daqui a 30-40 anos as coisas serão assim.

      Nao disse que os classicos nao ficariam. Eu quis refutar a ideia de que Beatles será bem conhecido daqui a 200 anos porque foi uma banda memoravel no seculo 20. Eu duvido.
      As influencias passam de geração em geração, assim como nosso samba e o blues americano tem raizes no trafico negreiro da africa.
      Mas banda imortal? Nao creio.

      Ismah
      Veterano
      # 24/mai/17 00:41 · Editado por: Ismah
      · votar


      Eu também duvido que Beatles seja lembrado em 200~250 anos. Mas os gêneros nunca morrem, o blues e o country andam bem juntos no seu mercado.
      O modão de viola está pra pessoal do centro-oeste nacional, como o country para os americanos, principalmente do centro-sudoeste americano. Em números, temos artistas novos batendo recordes de vendas...

      Sam Hunt - Body Like A Back Road é o #15 da Billboard Hot100, apesar de soar pop, é essencialmente country. O resto todo, é rap e hip-hop, talvez o gênero mais em alta no mundo hoje - arrisco a dizer que em 100 anos será como o blues negro de 100 anos atrás é hoje...
      Mesmo o pop hoje, é bastante influenciado pelo rap e hip-hop - ou numa outra interpretação, rap e hip-hop que são o pop de hoje. E assim vai, o mundo não é estático, ele gira...

      Rock tá só lá na posição 51 (semana passada) / 54 (essa semana), com Linkin Park numa baladinha nada a ver com a banda.

      https://www.youtube.com/watch?v=lp00DMy3aVw

      juniordony
      Veterano
      # 24/mai/17 02:07
      · votar


      Acredito que se alguém soubesse realmente responder a pergunta desse tópico já teríamos inúmeras bandas nascendo imortais e consagradas, e nesse ponto ser imortal já nem seria mais exclusividade ou título de comparação...
      É uma série de fatores muito variáveis que faz algo ser lançado na hora certa, no lugar certo, pro público certo, com a intenção certa, e etc, etc, etc.

      Ismah
      Veterano
      # 24/mai/17 02:54
      · votar


      Não é questão de não saber, é que não há realmente o que explique a fama absurda de alguns, sobre outros as vezes muito iguais..

      Julia Hardy
      Veterano
      # 24/mai/17 17:07
      · votar


      Casper

      O seu depoimento é mais um exemplo de exceção que confirma a regra.

      O que determina se algo é imortal ou não é a história através de arquivos. Por exemplo, o grupo teatral Dzi Croquetes que teve seus registros devidamente apagados pela ditadura. Pra fazer o documentário foram usadas imagens da TV alemã. Lá, eles têm o hábito de preservar as coisas. Muito embora, muita coisa do cinema expressionista produzido lá tenha sido destruído pelos nazistas. Enfim. ..

      Julia Hardy
      Veterano
      # 24/mai/17 17:42
      · votar


      De qualquer forma, como diz a Sandy : "o que é imortal, não morre no final. "

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a O que torna uma banda imortal?

      303.012 tópicos 7.842.212 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital