Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      campo harmônico

      Autor Mensagem
      Ken Himura
      Veterano
      # set/13 · Editado por: Ken Himura
      · votar


      Negah
      Sol Maior pra Lá Maior? Modulação pra tom distante. A melhor forma vai depender da condução das vozes que você tiver. Eu gosto deste exemplo, do livro "Modulation", de Max Reger:


      Em G: I , iii6(= D ii6), |Em D: I64 , V , I


      Em acordes: G - Bm/D - A/E - E - A.
      Pauta: Clique para abrir a imagem

      A regra é, nestes casos, tentar encontrar algum acorde comum entre as duas tonalidades - o chamado acorde pivô, que no exemplo foi o Em - e usá-lo na cadência da nova tonalidade.

      Se você se deparar com duas tonalidades sem nada em comum, tem outras opções:
      * modulação indireta - modula pra uma outra tonalidade e desta para a que você quer;
      * modulação cromática - alteração de semitons em alguma(s) nota(s) de um acorde para criar um pivô forçado (comum na teoria Neo-Riemaniana);
      * modulação por acorde diminuto - usa o diminuto como pivô (diminuto sempre vai soar como dominante neste contexto) e resolve na nova tônica com a cadência mais esperada.

      Tem também a modulação direta, que seria você ignorar qualquer acorde como passagem e começar a escrever diretamente na nova tonalidade, porém eu não gosto muito dela porque dá um contraste muito grande, soa como quebra do fluxo melódico/harmônico. Porém, pode ser interessante no contexto no qual você está pensando. Eu tento evitar isso aqui o máximo possível porque essa ruptura pode (e vai na maioria das vezes) dificultar o entendimento da música como um todo.

      Negah
      Membro Novato
      # set/13 · Editado por: Negah
      · votar


      :) obrigadoo

      MesterBlues
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Pra vc mudar o tom, vc vai te que saber a escala do quem que vc quer mudar... sabendo isso é so vc substituir as notas seguindo os graus...

      MesterBlues
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Pra vc mudar o tom, vc vai te que saber a escala do quem que vc quer mudar... sabendo isso é so vc substituir as notas seguindo os graus...

      MesterBlues
      Veterano
      # set/13
      · votar


      Pra vc mudar o tom, vc vai te que saber a escala do quem que vc quer mudar... sabendo isso é so vc substituir as notas seguindo os graus...

      Ozzy Moraes
      Membro Novato
      # jan/15
      · votar


      Galera conheço os campos harmonicos, mas to com uma duvida. Essa musica esta em Do maior mas existem acordes que não correspondem ao campo harmonico de Do maior. Como no Refrão dela.

      G#º Am A9/G
      And all my sacrifice
      F Em
      Will be worth the price
      Dm C G
      And ne_____ver again
      G#º Am
      I'll be a monster in your eyes

      E no refrão final:
      G# C#m B
      All my sacrifice
      A G#m
      Will be worth the price
      F#m E B
      And ne___ver again

      Cº C#m B
      My stolen paradise
      F#/A# A
      Will be worth the price

      fernando tecladista
      Veterano
      # jan/15
      · votar


      ela não está em dó
      , no cifraclub tem varias músicas com esse erro de marcar "dó" como tomo mas está em outro

      a primeira parte que você não colou aqui esta em Em você pode ver que é pela própria cifras onde varias delas tem algo como D/F# onde o F# é do tom de Em ou G

      o refrão vai pra LAm veja que o F# já some, entra esse G#º de passagem e mais a frente um G o que pode ser uma Lam harmonica


      tem também o trecho onde ela sai do metal e entra aquele treco com violão + solo, onde começa em SOLm passa pra Sib e segue mais trechos em outros tons...


      ---------------------------------
      Angels Cry aparece como G e também não é...

      LeandroP
      Moderador
      # jan/15
      · votar


      Ozzy Moraes

      Pelas razões que postou o colega fernando tecladista é que eu recomendo uma leitura dos tópicos sobre os intervalos, formação de acordes e sobre campo harmônico. Entendendo bem este assunto ficará mais claro qual o tom e a tonalidade das músicas que pretende estudar/tocar.

      Ozzy Moraes
      Membro Novato
      # jan/15
      · votar


      fernando tecladista
      Então ocorre modulação nela?

      fernando tecladista
      Veterano
      # jan/15
      · votar


      Ozzy Moraes
      sim, se você analisar sempre é facil encontrar modulações em trocentas músicas

      se não tiver acaba soando igual a esse sertanejo universitario ou música de missa que fica em 3 ou 4 acordes o tempo todo
      até esses pagodes novos melequentos eu gosto de ouvir porque a parte de harmonia tem modulações

      como disse o colega acima, procure os tópicos sobre tonalidade, modulação, intervalos.... que tem mais material pra entender

      mas só pra dar algum exemplo interessante
      quando comecei a estudar esse lance de harmonia (ainda dou muita cacetada) aprendi a tocar "tune up"
      http://www.proslambanomenos.blogger.com.br/dnaka020905a.jpg

      ela segue a ideia do II-V-I ou IIm-V7-I que é uma das primeiras coisas que se vê sobre campo harmonico

      compasso de 1 a 4 a tonalidade é Re
      com os acordes II = Em / V = A7 / I = D

      compasso do 5 ao 8 já está em Dó
      II = Dm V = G7 e I = C

      compasso de 9 a 12 estão em Bb
      e compasso de 13 ao final muda a ideia do II-V-I, mas pode ser classificado como D, devido aos compassos 13 e 14 (II e V) e pode se colocar um D no lugar desse Bb pra finalizar a música

      outra interessante pra analise que pianista começa estudar é autumn leaves
      ---------------------------------------------------
      não sei muito dos nomes corretos, mas o que comentei acima é uma modulação ocorrente, você passa por ela e logo após você acaba voltando no tom original, outro tipo de modulação é quando a música sobe de tom e praticamente se repete tudo que já tocou antes
      só me veio a cabeça agora ivete cantando "coleção" onde a música sobe meio tom e repete tudo
      http://www.cifraclub.com.br/ivete-sangalo/colecao/

      Ozzy Moraes
      Membro Novato
      # jan/15
      · votar


      fernando tecladista
      valeu man
      e|-------------------|
      B|-------------------|
      G|-------------------|
      D|-------------------|
      A|-------------------|
      E|--0^1-1-0^1-1-0^1--|



      e|------12----12---12---12---12---12---|
      B|--16-----16---16---16---16---16------|
      G|-------------------------------------|
      D|-------------------------------------|
      A|-------------------------------------|
      E|-------------------------------------|



      e|------------------|
      B|------------------|
      G|------------------|
      D|------------------|
      A|--2^3-3-2^3-3--4--|
      E|--0^1-1-0^1-1--2--|



      e|----------------------|
      B|----------------------|
      G|----------------------|
      D|----------------------|
      A|--(/)8-8-7-7-5-5-4-5--|
      E|--(/)6-6-5-5-3-3-2-3--|

      Roots Bloody Roots está dizendo em Dó, mas acho que não está em nem ocorre modulação. Em que tom está? Não conheço nenhuma escala que tenha esses acordes. E o fato de alguma musica nao estar na ecala maior ou menor natural influencia nos acordes?

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 10:08
      · votar


      Galera precisa saber a ordem dos acordes de um CH? Por exemplo saber q " F " é a quarta de C e o Am é a sexta de C, ou so precisa decorar se ele é maior, menor, diminuto ou meio diminuto??

      soruji
      Veterano
      # 11/set/17 10:50
      · votar


      Na verdade, o campo harmônico deriva das escalas, então se você souber montar as escalas, já é um auxílio para entneder os acordes do campo harmônico.

      Basicamente, um campo harmônico maior obedece sempre uma estrutura intervalar (que é a mesma estrutura da escala):

      T - T - T - ST - T - T - T - ST


      E nessa estrutura, cada acorde tem sua função e sua qualidade. São elas:

      I - Maior com 7ª (7M)
      II - Menor com 7ª (m7)
      III- Menor com 7ª (m7)
      IV - Maior com 7ª (7M)
      V - Maior com 7ª menor (7)
      VI - Menor com 7ª (m7)
      VII - Menor com 7ª menor e 5ª dimunuta (m7b5)

      Montemos, então o campo harmônico de Eb Maior, baseado nessa estrutura:

      Eb7M - Fm7 - Gm7 - Ab7M - Bb7 - Cm7 - Dm7b5

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 11:53
      · votar


      Não manow eu falo tipo, saber a ordem dos graus da escala por exemplo um CH Maior de G então vai ter: G - Am - Bm - C - D - E - F#m7(b5)

      Eu queria saber se so decorar de cabeça esses acordes se e suficiente ou se precisa decorar a ordem dos graus tipo o C é a quarta de G ou o D é o 5 quinto de G, pq se me perguntarem algo do tipo eu teria q ficar pensando e contando de cabeça se aquele acordes é a quarta ou quinta etc...

      LeandroP
      Moderador
      # 11/set/17 12:40
      · votar


      zodiaco10001

      Recomendo escrever a mão os campos harmônicos maiores em todas as alturas.

      Fórmula do campo harmônico maior em tétrades, através da cifra analítica (algarismos romanos)


      I7M - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm7(b5)


      Agora escreva os campos harmônicos maiores pelo ciclo de quintas, nas alturas abaixo:

      C =
      G =
      D =
      A =
      E =
      B =
      F# =
      C# =

      E também pelo ciclo das quartas:

      C =
      F =
      Bb =
      Eb =
      Ab =
      Db =
      Gb =
      Cb =

      Se você respeitar os graus da escala, a formação intervalar da escala maior (T, T, ST, T, T, T, ST), fica fácil assimilar.

      Tente aí e poste aqui ;)

      LeandroP
      Moderador
      # 11/set/17 12:41
      · votar


      zodiaco10001

      Recomendo antes a leitura deste tópico:

      Escalas - Utilizando o Círculo das 5as e 4as
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/64422/

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 14:18 · Editado por: zodiaco10001
      · votar


      I7M - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm7(b5)
      C - Dm - Em - F - G - Am - Bm7(b5)

      Circulo das CH Maior (5as)

      C = C - Dm - Em - F - G - Am - Bm7(b5)
      G = G - Am - Bm - C - D - Em - F#m7(b5)
      D = D - Em - F#m - G - A - Bm - C#m7(b5)
      A = A - Bm - C#m - D - E - F#m - G#m7(b5)
      E = E - F#m - G#m - A - B - C#m - D#m7(b5)
      B = B - C#m - D#m - E - F# - G#m - A#m7(b5)
      F# = F# - G#m - A#m - B - C# - D#m - E#m7(b5)
      C# = C# - D#m - E#m - F# - G# - A#m - B#m7(b5)

      Circulo das CH Mario (4as)

      C = C - D - E - F - G - A - Bm7(b5)
      F = F - G - A - Bb - C - D - Em7(b5)
      Bb = Bb - Cm - Dm - Eb - F - Gm - Am7(b5)
      Eb = Eb - Fm - Gm - Ab - Bb - Cm - Dm7(b5)
      Ab = Ab - Bbm - Cm - Db - Eb - Fm - Gm7(b5)
      Db = Db - Ebm - Fm - Gb - Ab - Bbm - Cm7(b5)
      Gb = Gb - Abm - Bbm - Cb - Db - Ebm - Fm7(b5)
      Cb = Cb - Dbm - Ebm - F - Gb - Abm - Bm7(b5)

      Ve se eu errei em alguma coisa rsrs

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 14:20
      · votar


      I7M - IIm7 - IIIm7 - IV7M - V7 - VIm7 - VIIm7(b5)

      Cara esse (M7) ou (m7) esse 7 serve pra q?

      LeandroP
      Moderador
      # 11/set/17 14:38
      · votar


      zodiaco10001

      Tá tudo quase certo!

      Cara esse (M7) ou (m7) esse 7 serve pra q?

      Como o campo harmônico pedido foi em tétrades, ficou faltando mais um empilhamento de terça, que daria a sétima. O acorde maior é o resultado do empilhamento de uma terça maior mais uma terça menor. Se você empilhar mais uma terça, você vai obter o intervalo de sétima, formando naturalmente uma tétrade.

      O correto seria: C7M, Dm7, Em7, F7M, G7, Am7, Bm7(b5)
      Mas você chegou muito perto. São as lacunas do aprendizado.

      As tríades fundamentais são formadas pelo empilhamento das terças diatônicas. O foco do tópico recomendado abaixo não é propriamente este assunto, mas recomendo a leitura de pelo menos a primeira página, onde expus algumas fórmulas simples pra empilhar terças. Recomendo a leitura também deste tópico:

      Tríades - Como elas podem lhe ajudar a improvisar
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/125853/

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 18:02
      · votar


      Curti bastante seu outro post, vc tem bastante conhecimento na teoria, mas esse acorde q vc colocou G7 = a sétima é menor mesmo? tipo um acorde maior so q com setima menor?

      LeandroP
      Moderador
      # 11/set/17 18:53
      · votar


      esse acorde q vc colocou G7 = a sétima é menor mesmo? tipo um acorde maior so q com setima menor?

      As duas coisas. É um acorde com a base (tríade maior) com sétima menor, o que coloca este acorde uma categoria especial, dos "acordes com sétima da dominante". Ele recebe este nome porque entre a terça maior (nota Si) deste acorde e a sua sétima menor (nota Fá) existe um intervalo de 3 tons, que divide a escala exatamente ao meio (uma escala, da sua tônica até a sua repetição - oitava - tem 6 tons). Este intervalo de 3 tons é chamado de trítono, e existe um outro tópico que trata exatamente sobre isso. Recomendo a leitura:

      Trítonos, trítonos e trítonos
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/47978/

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 19:44
      · votar


      Cara o link nao esta funcionando, vc estuda musica a quanto tempo?

      LeandroP
      Moderador
      # 11/set/17 20:48
      · votar


      zodiaco10001

      Tente este:
      http://forum.cifraclub.com.br/forum/4/166063/#4504361

      Eu toco guitarra há uns 20 anos. Aprendi ouvindo, tocando, lendo, ensinando.

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 11/set/17 21:32
      · votar


      Sabe, achei meio complexo sobre o tritonos, ja o CH Menor tem essas coisas?

      fernando tecladista
      Veterano
      # 11/set/17 21:57
      · votar


      ja o CH
      CH seria Campo Harmônico?

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 12/set/17 11:31
      · votar


      Isso

      LeandroP
      Moderador
      # 13/set/17 09:12
      · votar


      zodiaco10001

      O campo harmônico menor é o mesmo do maior, só que começando pelo VIº grau. Por exemplo, o CH de Lá menor é o mesmo que o CH de Dó maior.

      O trítono é um assunto muito simples. Entre um intervalo e outro deu 3 tons? Então há um trítono. Destacamos o trítono encontrado no acorde do Vº grau porque o trítono está entre os dois pilares do acorde X7, que é entre o intervalo de 3a maior e 7a menor, o que acaba criando uma tensão preparatória, que pede resolução. Por exemplo, toque o G7 e em seguida toque um C. Note como o G7 preparou pro C. Depois toque apenas as notas do trítono do G7 (notas Si e Fá) e depois o acorde C. Perceba que mesmo não tocando a tônica do G7 e também omitindo a 5a do acorde G7, a sonoridade de preparação está presente no trítono.

      Pleonasmo
      Membro Novato
      # 13/set/17 10:08
      · votar


      Puxa vida, o LeandroP explicou tão bem que nem tenho o que adicionar.

      Só diria que sim, é importante você saber o relacionamento dos acordes no campo harmônico, saber quem é dominante, quem é subdominante, quem é tônica. Tudo isso facilita na hora de tirar uma música, criar uma, improvisar ou até em um cover onde você deseja mudar o tempero usando outra sub dominante no lugar da original por exemplo.

      zodiaco10001
      Membro Novato
      # 13/set/17 21:31 · Editado por: zodiaco10001
      · votar


      Mas no Ch Menor de Am eu vejo o acorde de E Maior q nesse acorde contem o G#, ou por exemplo a sétima de Am q cairia no G#º, essas notas nao deveria nao estar lah?

      Ismah
      Veterano
      # 14/set/17 02:38
      · votar


      Os acordes do "Ch" menor, são os mesmos da sua relativa maior. Se há um EM ao tocar em Am, há alguma modulação que levou a esse acorde com uma nota outside.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a campo harmônico

      303.748 tópicos 7.860.262 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital