Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Tecladistas atualmente tocando em banda: já aconteceu isso com vocês alguma vez?

      Autor Mensagem
      mano_a_mano
      Veterano
      # 04/nov/17 16:38 · Editado por: mano_a_mano


      Venho aqui para relatar um fato muito esquisito que aconteceu comigo. Nunca, em mais de 20 anos de carreira musical (sendo 17 como profissional), nada parecido me ocorreu.
      Recentemente fui convidado para fazer parte de uma certa banda, e a mesma tinha show marcado em um certo local (OBS.: não direi o nome da banda, nem o do local, por questões de privacidade e segurança). Não faz muito tempo que recebi esse convite, foi no começo de outubro agora. Aí precisei tirar 26 músicas que até então eu nunca havia tocado antes - o que me deu um certo trabalho, mas funcionou.
      Quem me conhece aqui deve ter notado antigos tópicos meus nos quais eu dizia não estar mais afim de tocar em bandas, alegando vários motivos. Mas enfim, aceitei o convite, aí fui a três ensaios, sendo que no primeiro apenas observei a banda, no segundo já fui para tocar e no terceiro o repertório já estava bem afiado. Então, veio a data do show: dia 1º de novembro. OK, tudo certo, vamos preparar as coisas.
      Chegado o dia 1º de novembro, nos deslocamos com todo o equipamento até o local do show. Fui com meu piano Kurzweil KA-90 e meu synth Korg KingKORG, além de uma estante Stay Aluminium 1300A. A banda passou um trabalhão montando o palco, que não tinha nada além de algumas antigas caixas Meteoro e uma velha mesa de som de 8 canais. Eu mesmo tive que fazer uma série de testes durante a passagem de som, mas no final, correu tudo como o esperado: som bem definido, tudo pronto para o show começar.
      Som passado, agora era cuidar do figurino e esperar o público. Eis o que houve: QUE PÚBLICO?!
      Já haviam passado mais de 40 minutos desde a hora marcada para o início do show, e NADA de público - isso que, segundo consta, houve muita divulgação. Intrigados, fomos todos lá fora ver o que estava acontecendo. A rua do local do show estava literalmente DESERTA! Pode?! O curioso é que o local do show costumava ser muito frequentado - eu mesmo já toquei lá uma vez com outra banda e a casa estava bem lotada. Mas naquela noite, por algum motivo não havia absolutamente ninguém lá - o que intrigou até mesmo o dono da casa.
      Naquele local estavam apenas a banda, o dono da casa e um sujeito vendendo hambúrgueres na calçada. A sensação de estranheza foi tanta que chegou a me dar medo...
      Já eram 2h da manhã quando finalmente decidimos cancelar o show, recolher tudo e ir embora. Não havia como querer tocar para zero pessoas lá dentro - ainda mais naquele clima soturno que se formou no local.
      Já se passaram quase três dias desde então e ainda me pergunto o que pode ter acontecido, e esse estranho fato ainda é assunto recorrente no grupo do WhatsApp da banda. Talvez isso tenha sido a gota d'água para que a banda decidisse tocar apenas em grandes casas de shows, grandes eventos etc., com público garantido.
      Agora a pergunta aos tecladistas do fórum que tocam (ou tocavam) em banda: alguém já passou por situação semelhante a essa? De público zero, num local esquisito e numa noite estranha?

      -------------------

      (antes de mais nada: todos os membros da banda são conhecidos meus de longa data, não há ninguém estranho na formação)

      jorget
      Membro Novato
      # 04/nov/17 17:12
      · votar


      Simples e mais provavel: alguem ventilou por ai de show cancelado, coisa que ocorre muito nas noitadas, ate por watsapp. Pesquise.

      mano_a_mano
      Veterano
      # 04/nov/17 17:32
      · votar


      jorget
      alguem ventilou por ai de show cancelado, coisa que ocorre muito nas noitadas, ate por watsapp
      Sim, deve ser muito provável uma sacanagem dessas, mas a rua do tal lugar estar totalmente deserta? Sem ninguém nem mesmo nas casas em volta?
      Eu sei que acontece direto de alguém, por má intenção, sair dizendo que o show foi cancelado, acabando com todo o trabalho de divulgação. É por isso que estamos considerando apenas grandes eventos a partir de agora, onde a divulgação é séria e não há gaiatos no meio do caminho estragando tudo.

      Lelo Mig
      Membro
      # 04/nov/17 20:07 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      mano_a_mano


      Fora o possibilidade de boatos....


      Veja na imprensa se não rolou nenhuma ocorrência policial seria nas proximidades. Assassinato, briga, arrastão... Etc.

      jorget
      Membro Novato
      # 04/nov/17 21:06 · Editado por: jorget
      · votar


      É por essa e por outras que nunca usei o tal whatsapp, pois como muitos dizem, trás mais tristezas que alegrias, alias, uma só alegria, quando se remove o aplicativos pois ate houve muitas mortes por causa dele.

      JJJ
      Veterano
      # 04/nov/17 21:24 · Editado por: JJJ
      · votar


      Não sou tecladista (não sei porque limitaste a pergunta aos teclados... rs), mas aconteceu comigo. Uma única vez, mas aconteceu...

      Era um barzinho em Copacabana. Chegamos e só estava o pessoal do local e o Celso Blues Boy, sentado numa mesa, bebendo. Pouco antes do show, ele foi embora e não apareceu mais nenhuma outra alma viva ali... fizemos o show "privado" pro pessoal do bar e serviu de ensaio...

      Naquela época (isso foi anos 80) a gente até tinha um pequeno público, não éramos "famosos", mas sempre dava pelo menos uns 60, 70% de casa cheia, nos barzinhos e locais de show. Era comum ter bastante público.

      Motivos específicos daquele dia ter dado errado? Sei lá... faz muito tempo, não lembro. Mas se você não tem muita fama, o show não tem divulgação, a casa não atrai por si mesma e a banda não chama amigos ou parentes, a chance de público zero (ou perto disso) é real...

      mano_a_mano
      Veterano
      # 04/nov/17 21:27
      · votar


      Lelo Mig
      Veja na imprensa se não rolou nenhuma ocorrência policial seria nas proximidades. Assassinato, briga, arrastão... Etc.
      Nunca houve, pelo que sei. É uma zona relativamente tranquila. Só estava muito escuro e deserto.

      jorget
      É por isso e por outras que nunca usei o tal whatsapp, pois como muitos dizem, trás mais tristezas que alegrias, alias, uma só alegria, quando se remove o aplicativos pois ate houve muitas mortes por ele.
      Eu só estou nos grupos da minha família e da banda (que é toda formada de amigos meus de longa data), mais nada. Não entro em grupos suspeitos, nem aceito contato de estranhos. Nunca tive qualquer problema assim.

      ------------------------------

      Antes de qualquer pergunta: todos os membros da banda estão bem, e a salvo, com todo o equipamento intacto. Nada foi roubado/furtado, e ninguém sofreu qualquer tipo de violência.

      fernando tecladista
      Veterano
      # 04/nov/17 21:36
      · votar


      Já tiive trocentas tocadas onde apareceu meia duzia de gatos pingados

      Coisas que ajudam a não dar ninguem, defido a feriados
      -Feriado prolongado
      -Dono do bar ver que pelo feriado não vai dar ninguem, chama uma banda desconhecida, já que as outras veiacas fugiram da data
      - ma divulgação, devido ao feriado o boteco teria que se empenhar mais, porque muita gente pensou que nem abriria
      - era vespera de finados, embora muita gente nem vá a missa, respeita esse feriado, ou tem medo que o morto vem puxar seu pé a noite
      - as pessoas estão sem dinheiro ainda este mês só recebem lá pelo dia 5 até 8

      Lelo Mig
      Membro
      # 04/nov/17 21:51 · Editado por: Lelo Mig
      · votar


      mano_a_mano

      Cara, não escrevi antes porque sei que voce não e novato, mas considerando o que nossos colegas JJJ e fernando tecladista escreveram, voce precisa rever se não faltou uma melhor analise por parte de voces. É como para qualquer comércio.

      Datas fora de periodo de pagamentos, feriados prolongados ou religiosos, casa que não tem publico proprio sem ser o da banda, divulgação ruim e etc...

      Se nada disso for o fator... Ponha na conta do acaso, ninguém ou pouca gente resolveu ir para aquelas bandas no dia. Uma coincidência possível matematicamente.

      Beto Guitar Player
      Veterano
      # 04/nov/17 21:58
      · votar


      Cara, de não aparecer absolutamente ninguém, isso nunca aconteceu, porque os amigos mais chegados e alguns parentes sempre iam, kkkkkkkkk.

      Mas sim, já aconteceu de tocar em lugar que dava movimento, mas no dia do show não apareceu quase ninguém. Podem ser muitos fatores, desde falta de divulgação, outras opções rolando no mesmo momento, até o fato de a banda ser desconhecida... Enfim, não encana com isso, as vezes "o artista vai aonde o povo está". Kkkkkkkkkk

      mano_a_mano
      Veterano
      # 04/nov/17 22:18 · Editado por: mano_a_mano
      · votar


      Lelo Mig

      voce precisa rever se não faltou uma melhor analise por parte de voces.
      Não duvido. A banda foi lá porque o dono da casa era um velho amigo dos integrantes (ainda não meu, por eu ser o recém-chegado da banda), e porque apostávamos num bom público. Ninguém previu tanta ausência. Se soubéssemos que isso iria acontecer, esse show nem teria sido marcado. Tanto é que agora estamos pensando em não mais ir a locais como esse. Acho que o foco agora será somente grandes casas, com lotação confirmada - por exemplo: teremos um grande evento no dia 9 de dezembro, esse já garantido.

      Datas fora de periodo de pagamentos
      Talvez não seja o caso, pois esse período entre os dias 30 de um mês e 5 do mês seguinte costuma ser a época de pagamento de salários.

      feriados prolongados ou religiosos
      Era véspera do Dia de Finados. Pessoalmente acho que esse foi o fator determinante.

      casa que não tem publico proprio sem ser o da banda
      A tal casa costumava ter um público fiel, mas pelo visto, não mais. Depois que saímos de lá, notamos que os bares a uns 800m dali estavam bem cheios. Talvez o ponto de encontro tenha mudado de lugar, mesmo.

      divulgação ruim
      Não estou por dentro da divulgação, pois o show foi marcado bem antes de eu entrar na banda, mas pelo que ouvi dizer do próprio dono da casa, não foi falta de divulgação.

      ----------------------

      Eu diria que, por um lado, até foi bom, pois assim poderei aprimorar ainda mais as partes de teclado de todas as músicas. Tive muito pouco tempo para tirar tanto material e ensaiar, e acredito que no dia 9 de dezembro a banda estará 100%.

      Ismah
      Veterano
      # 05/nov/17 06:47 · Editado por: Ismah
      · votar


      Era pra mim fazer um free de mix PA, ontem na capital, com uma outra banda. Pedi o cachê adiantado, ou nada feito... Motivo? Tinha Greenday tocando, ingressos de última hora a 60 e 100 pila...
      O bar é no bairro República, como o nome diz, é quase que só um bairro onde moram universitários da federal... Uma GRANDE maioria viajou pra casa. Dos que ficaram, a esse preço com certeza foram pro Greenday - eu mesmo teria ido...

      Minha vivência diz que isso com muitas chances, deu um grande abacaxi... Não preciso perguntar para saber que se deu gente, foram meia dúzia de gato pingado, e um ou outro MUI próximo a banda talvez...

      Sobre o seu caso, é muito relativo... As opções são muitas...

      Lelo Mig

      Calma rapaz... Aqui é feio o negócio, mas não é sampa ainda hehehe

      Ismah
      Veterano
      # 05/nov/17 07:11
      · votar


      Acabei esquecendo de contabilizar... Hoje é a primeira etapa do ENEM!!!

      Mais motivos pro pessoal não ter saído no feriadão - talvez até o Greenday tenha sofrido com isso!

      fernando tecladista
      Veterano
      # 05/nov/17 09:33
      · votar


      Em datas osso como essa, (claro que depende do som da banda)
      Mas convem marcar um violão e voz só do cantor, só pra marcar território, do que chegar com arcenal todo

      E ai ficar ligado mais a frente com datas próximo a natal, ano novo, carnaval, pascoa, feriados prolongados
      Resta o dono do boteco ser atento a datas anteriores lembrando se o bar bomba ou esvazia



      Por exemplo, já vi bar que falou que chega no carnaval nem abre, de quinta a terça , porque não dá ninguem
      Outro faz um carna-rock e até põe banda até na segunda e terça

      JJJ
      Veterano
      # 05/nov/17 10:30
      · votar


      Tem mais um ponto hoje em dia, que na minha época já existia, mas não tanto, que é a questão da violência. Eu mesmo, hoje, só saio pra show em ocasiões raríssimas...

      Lelo Mig
      Membro
      # 05/nov/17 10:36
      · votar


      Ismah

      "Acabei esquecendo de contabilizar... Hoje é a primeira etapa do ENEM!!!"


      Bem lembrado! Ultimamente é um evento que mobiliza muito a molecada pré universitária por semanas.

      Não atinge diretamente o "grosso" que vai a bares e shows, mas sem duvida impacta.

      JJJ
      Veterano
      # 05/nov/17 11:05
      · votar


      Lelo Mig
      Não atinge diretamente o "grosso"

      Se atingisse, seria golpe baixo... hehe

      xmarhunterx
      Membro Novato
      # 05/nov/17 13:14
      · votar


      Recentemente fui convidado para fazer parte de uma certa banda, e a mesma tinha show marcado em um certo local (OBS.: não direi o nome da banda, nem o do local, por questões de privacidade e segurança)
      Você tem toda razão, nós do FCC somos terroristas psicopatas e desalmados.

      Ismah
      Veterano
      # 05/nov/17 14:27
      · votar


      JJJ

      Não, eu conheço a noite gaúcha... A questão da violência afeta, mas como eu disse pro Lelo acima: Aqui é feio o negócio, mas não é sampa ainda hehehe

      Lelo Mig
      Membro
      # 05/nov/17 14:53
      · votar


      Ismah

      "Aqui é feio o negócio, mas não é sampa ainda hehehe"

      Em Sampa o problema não é o público, mas a banda volta com um instrumento a menos. E no Rio, volta com um integrante a menos....kkkk.

      Ismah
      Veterano
      # 05/nov/17 16:00
      · votar


      A gente ri, mas é de chorar...

      Dizem que já teve um tempos que o show terminava numa z...a, todo mundo cagado de bêbado, cheirando pó em cima da tampa da privada e acendendo baseado na churrasqueira, ou transando na varanda...

      Hoje termina emconfusão, briga, tiro, dois sangrando numa cama de hospital, um velório com gente chorando na porta...

      jorget
      Membro Novato
      # 05/nov/17 16:27
      · votar


      xmarhunterx
      (OBS.: não direi o nome da banda, nem o do local, por questões de privacidade e segurança)
      "Você tem toda razão, nós do FCC somos terroristas psicopatas e desalmados."

      Entenda que ele não teve autorização pra comentar sobre sua banda em qualquer forum e portanto essa decisão deve ser respeitada. Questao simples e não de deboche.

      jorget
      Membro Novato
      # 05/nov/17 16:32
      · votar


      Ismah
      Hoje termina em confusão, briga, tiro, dois sangrando numa cama de hospital, um velório com gente chorando na porta.


      Isso acontece muito, como antes comentado:

      https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/08/15/band a-dos-segurancas-do-metro-de-sp-tem-prejuizo-de-r-40-mil-apos-furto-de -instrumentos.htm

      Synth-Men
      Veterano
      # 05/nov/17 20:13
      · votar


      Moro num bairro aqui em D. de Caxias-RJ que é o polo de diversão. Bares, choperias, churrascaria, restaurantes e pizzarias, colégios e universidade próximos.. Feriadão + Enem = Todos fechados (Exceto a pizzaria e o restaurante), nem a dia do dogão. Um dos prováveis motivos para o sumisso do público.

      Uma boa saída para isto é ao menos 50% do cachê adiantado, como citou o Ismah.

      Ismah
      Veterano
      # 06/nov/17 05:49 · Editado por: Ismah
      · votar


      jorget
      não teve autorização pra comentar

      Nem é preciso autorização, é uma questão de bom senso, em não expor as partes.

      Isso acontece muito, como antes comentado

      Infelizmente acontece... Sei de várias duplinhas que foram pra sampa tentar carreira, e voltaram 6 meses depois com menos que foram... Negócio tá feio, o cachê cada vez menor,e sempre anda-se com medo, mesmo aqui no sul,onde é BEM mais leve a coisa que em SP...

      Adler3x3
      Veterano
      # 06/nov/17 07:42 · Editado por: Adler3x3
      · votar


      O maior problema é a violência que não para de crescer.

      Claro tem outros motivos também conjunturais, mas a violência é a causa principal

      Até os pequenos butecos estão fechando as portas.
      E também já faz alguns anos é moda os bandidos atacarem um bar para matar pessoas a esmo, e quem esta no ambiente pode ser ferido ou morto.

      Aqui no bairro tinha um bar assim, vieram os bandidos para atacar, só que o bar estava cheio de bandidos, que revidaram e pegaram de surpresa os atacantes, deu um tiroteio em que morreu muita gente de ambos os lados e mais inocentes e funcionários.

      E como tudo é manipulado o tamanho da tragédia não foi divulgado na imprensa como deveria, o dono morreu, e o músico que lá estava se salvou por pouco, e o bar fechou com herança de falido para os herdeiros, um baita de um pepino.

      Se for para tocar tem que ser num local privativo, com segurança, com estacionamento para entrar e sair a qualquer hora, um lugar onde não entra qualquer um.

      E também tem que conhecer bem o itinerário por onde entra e por onde se sai no trânsito.
      Se a remuneração for um merreca, não vale a pena se arriscar, nem pelo prazer de tocar para outros, na maioria desconhecidos.

      Não adianta se iludir é a realidade, não vai ser tocando em barzinhos que vai fazer sucesso, mal dá para a refeição e bebidas, e conforme a bebida e exagerar, vai sair devendo.

      Até clubes tradicionais foram afetados pela crise moral que assola o Brasil, já faz décadas durante o governo do FHC muitos clubes receberam do governo um tratamento de empresa, e podem ver como definharam os clubes sociais, quase não tem mais eventos sociais, e os salões são alugados para eventos particulares, que também foram afetados.
      Este tratamento do governo eliminou muitos postos de trabalho, e sobrou para os músicos, pois os eventos sociais semanais acabaram.
      Também em parte por causa do ECAD.
      Até posto de gasolina que tinha um rádio fm tocando foi autuado pela fiscalização.

      O motivo é a violência, que não é somente feita pelos bandidos, mas sim pelos corruptos em todas as esferas.
      Tudo sob a alegação de arrecadar mais contribuições sociais para erradicar a pobreza, e o que resultou, mais pobreza.

      Desde a violência armada a violência burocrática mais sutil.
      Isto mesmo a violência não é só física.

      Para manter uma segurança confiável e regular, são muitas as exigências burocráticas e encargos sociais, que barzinho nenhum consegue pagar, se for a fundo vai ver que esta tudo irregular.

      O seguro então, nem as seguradoras querem fazer, ou quando fazem o prêmio do seguro esta lá na estratosfera.
      E o imposto do IOF, que era mais de caráter regulatório do mercado, do que um mero imposto arrecadatório, foi desvirtuado também na era FHC, tudo sob a mesma falsa alegação de tampar rombos.

      Lembram do FGTS, a multa rescisória, que esta lá nas alturas, e por incrível que pareça no caso dos domésticos, tem que ser recolhida já no primeiro mês em que o funcionário é empregado, isto é o patrão, mal assinou a carteira e já leva multa, até a multa foi desvirtuada, tudo no afã de arrecadar mais.

      O governo sempre querendo cobrar mais impostos para tapar o buraco do rombo, que foi causado pela própria violência da corrupção, tudo mais caro, a comida e os lanches e petiscos tudo disparou, as bebidas então nem se fala, com a maior taxa de tributação do mundo, sob a alegação de que contribuiu para a violência.
      E que o dinheiro arrecadado vai ser utilizado no social.

      Até a burocracia aumentou de sobremaneira e conseguiram complicar até o processo da gorjeta, criando mais problemas trabalhistas, mais custos, mais inconveniências, tudo em nome da lei.
      E cuidado qualquer hora vão inventar mais burocracias para o couvert artístico.

      E na era petista nem se fala, ocorreu o desarmamento da população e os bandidos estão bem armados como nunca estiveram, graças aos acordos entre os movimentos de esquerda, facções criminosas e terroristas, e a oferta de material bélico para os bandidos aumentou, o contrabando é imenso.

      E taí o resultado, os bandidos estão mais bem armados que a elite policial, que nunca teve um suporte bom, ou falta combustível ou falta munição, e até o armamento falha e dispara por acidente.

      Por isto quem pode anda de carro blindado e mora numa fortaleza.

      Os bandidos tem muito armamento mas pouco treinamento, e nos tiroteios sai bala perdida para tudo que lado.

      E a polícia esta sofrendo baixas em números alarmantes em todo o Brasil, não tem transparência, nem estatísticas confiáveis, mas a polícia brasileira esta sofrendo mais baixas que um exercito formal em várias partes do mundo que estão em guerra de verdade.

      E isto também vai resultar em mais rombo, pois as viúvas e dependentes vão ter que receber indenização e pensão.

      A situação esta insuportável.

      E o governo finge que administra e gasta dinheiro em desvios para comprar os outros e se manter no governo.

      Num ciclo vicioso sem fim.

      Eu evito ir em barzinhos já faz um bom tempo, acredito que o Brasil todo esta assim.

      Tem certas regiões do Brasil e bairros inteiros que quase não tem mais barzinhos bons, ou os que se mantém é porque tem ligações com os bandidos, e gozam de certa proteção inversa a da lei.

      Reparem também na quantidade de postos de combustíveis abandonados, que faliram tamanha a quantidade de assaltos.

      É normal, corriqueiro que muitos estabelecimentos comerciais são assaltados dezenas de vezes num só ano.

      No setor rural não é diferente.

      Escrevo tudo isto, sobre estas mazelas, que ainda é muito pouco, mas muita gente não sabe o que aconteceu e esta acontecendo, e só tem dois jeitos, não votar em que já exerceu ou esta em cargo, e exigir fiscalização nas urnas eletrônicas.

      Desculpem o desabafo, e principalmente o Mano que merece todo o respeito e espero que tenha sucesso nas suas apresentações , pois talento tem.

      acabaramosnicks
      Membro Novato
      # 06/nov/17 12:22
      · votar


      Acho que já citaram tudo, mas só pra reiterar alguns prováveis motivos:

      - muitos recebem dia 5
      - véspera de feriado prolongado, o povo foi viajar
      - tem jogo do corinthians no domingo
      - povo tá estudando pro enem

      Adler
      Tudo verdade isso aí. Infelizmente, tem gente que acha que "tem que manter isso aí", e não é somente o temeroso, é gente de tudo quanto é lado, ninguém está do lado da população.

      mano_a_mano
      Veterano
      # 06/nov/17 14:36 · Editado por: mano_a_mano
      · votar


      Sobre o fato de eu não ter divulgado o nome da banda, nem o local: não foi por falta de autorização, e sim por escolha pessoal, porque eu não quis expor a equipe sem necessidade, a fim de não gerar problemas futuros.

      Synth-Men
      Uma boa saída para isto é ao menos 50% do cachê adiantado
      Vou repassar isso ao pessoal da banda, vamos ver o que eles dizem.

      --------------------------

      Adler3x3

      Também em parte por causa do ECAD.
      O ECAD é uma máfia que precisa ser extinta a qualquer custo.

      não vai ser tocando em barzinhos que vai fazer sucesso
      Disso sei muito bem, mas abandonar os bares é difícil, pois geralmente é onde se pode fazer shows no momento. No entanto, na próxima reunião com a banda (provavelmente agora nesta quinta, antes do ensaio), já vou adiantar que o ideal será buscar espaço em grandes eventos, de preferência no interior e, se possível, em outros Estados, ou até nos países vizinhos (já estive na Argentina e no Uruguai e posso dizer que ambos são excelentes polos musicais, em especial para bandas de rock). Querer ficar só em bares na Grande Porto Alegre não dá mais, mesmo. O engraçado é que há uns oito anos atrás não era assim...

      --------------------------

      acabaramosnicks

      - véspera de feriado prolongado, o povo foi viajar
      Acho que já falei isso antes, mas em todo caso, aqui no RS é assim: feriado prolongado = praia. Não importa a época do ano. Logo, essa é uma hipótese bem plausível para a ausência de público.

      - tem jogo do corinthians no domingo
      No caso, aqui teve jogo do Grêmio, e ainda, semifinal de Libertadores, então, naturalmente, a imensa maioria preferiu acompanhar o jogo, e isso significa que muitos ou foram ao estádio, ou ficaram em casa, ou foram a outros bares onde o jogo estava sendo transmitido.

      - povo tá estudando pro enem
      Não sei, pois o público desse tipo de show é adulto, e a grande maioria do pessoal que faz o ENEM tem entre 15 e 18 anos, pelo que me parece. Talvez não seja bem essa a causa, mas não duvido que o ENEM também possa ter sido uma influência.

      --------------------------

      Enfim, tudo o que houve naquela fatídica noite do dia 1º de novembro já passou, e a banda está pensando no agora e no futuro. O trabalho está muito bem encaminhado e temos excelentes propostas nos aguardando.

      Buja
      Veterano
      # 06/nov/17 15:45
      · votar


      Olha, nunca toquei na night...So toquei em pouquissimos eventos, no mais casamentos (publico garantido) e evento de escola (publico garantidaço).

      Mas casa com zero publico, sinceramente, nunca vi. Parece ser coisa de dia das bruxas mesmo O.o rsrs. Comico senao tragico.

      Mas como temos uma agencia de marketing onde trabalhamos divulgacao para algumas casas da região, ja vimos situações meio peculiares acontecerem.
      Coisas como estas, publico esperado, e nao aparecer nem 5% do esperado.

      Uma vez fizemos a divulgacao duma dupla da região, para uma casa nova no bairro. O dono investiu relativamente pesado na divulvação, e nós trabalhamos um bocado viu.
      3000 flyers, link patrocinado no face, postagens diarias (15 dias direto na insta, face e snap), banner gigante na porta da casa, promoção para as primeiras mesas reservadas, entrada feminina gratis até as 22hrs, chopp a 3 reais. Lembro muito bem.
      O dono do bar conseguiu licença pra usar a calçada para colocar mesas e rotatoria de frente ao bar, o palco tava montado. Tudo certo. O repertorio cobria 3 horas (podendo estender), musica mais tocada da região, sertanode (sertanejo + pagode).

      No dia, esperavamos média de 400 pessoas simultaneas, e um fluxo total de uns 2 mil na noite.
      Na deu 5% disso. O dono do bar, Felipe, ficou extremamente chateado com o episodio, e segundo ele, jamais faria isso de novo, de organizar um evento de musica ao vivo pra casa. (pelo menos foi honesto e nao culpou ninguem)

      Mas o grande motivo:
      Simples, teve um evento maior a 5km de nós, no bairro mais comercial da cidade (evento bem maior, patronicado pela prefeitura, e fechou uma avenida toda). Simplesmente veio gente de todo canto, e o bar ficou praticamente as traças.

      Claro, muito da culpa foi nossa mesmo, de não ter avaliado bem as opcoes na cidade naquele dia (o dono nao nos culpou, so pediu pra aliviar o valor) e claro, tivemos que fazer, pois vimos que nao entrou nada na casa $$$$$.

      É lição aprendida, e sinceramente, acredito que algo parecido pode ter acontecido por ai tambem.

      mano_a_mano
      Veterano
      # 06/nov/17 16:50
      · votar


      Buja
      Simples, teve um evento maior a 5km de nós, no bairro mais comercial da cidade (evento bem maior, patronicado pela prefeitura, e fechou uma avenida toda). Simplesmente veio gente de todo canto, e o bar ficou praticamente as traças
      Concorrência desleal... Mas...

      muito da culpa foi nossa mesmo, de não ter avaliado bem as opcoes na cidade naquele dia (o dono nao nos culpou, so pediu pra aliviar o valor) e claro, tivemos que fazer, pois vimos que nao entrou nada na casa
      ... isso teria que ser visto antes.

      A propósito, agora acho que comecei a identificar o problema: a não-avaliação do que estava ocorrendo na cidade antes de marcar o show. Aí essas coisas acontecem e, como o tempo só vai, não volta, então isso fica de lição para os próximos shows.

      Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
       

      Tópicos relacionados a Tecladistas atualmente tocando em banda: já aconteceu isso com vocês alguma vez?

      303.734 tópicos 7.859.869 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital