Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Korg Kross - Novidade

      Autor Mensagem
      JeffersonX
      Veterano
      # nov/13 · Editado por: JeffersonX
      · votar


      Alex Feitosa
      Ainda estou engatinhando no Kross, mas tem algumas coisas que posso te ajudar. Vamos lá!

      1. Qual a utilidade dos 16 botões frontais nas COMBIS e nos PROGS ? Eles só servem pra favoritos e sequencer mesmo ? É muito subutilização, quando poderiam mutar/tocar as partes de uma combi, o que é essencial pro ao vivo.

      Pelo que entendi, esses botões são utilizados para o step sequencer e favoritos. No step, você pode utilizar para alterar a bateria. Nesse caso seria utilizável tanto para combi, quanto para program, já que você pode habilitar o drum, mesmo que não esteja por padrão.

      Já nos favoritos, creio que você vai se identificar mais já que, assim como eu, também conhece mais de Roland. Imagine o modo Perform da Roland, onde você pode utilizar como um banco de timbres. Aqueles botões de 0 a 9 que ficam no Juno e que você utiliza para armazenar cada timbre na ordem que você quer seriam algo parecido com isso. A diferença que no Roland você usa o Perform para incluir Patches ou até mesmo fazer layer como uma Combi da Korg. Exemplo: lembra que no Roland Juno G você combina no máximo 4 timbres pra fazer um patch? No modo perform você pode misturar até 16. Como? Simples! Configurando para que os patches que você quer misturar passem a responder pelo mesmo canal midi. No meu Juno D eu fiz isso Apesar dele ser limitado em criar um Patch com no máximo 2 timbres, eu criei no modo perform um timbre que mistura uns 6 timbres.

      No início eu também fiquei confuso com a Korg, mas agora eu entendi o que é modo Combi. Ele, apesar de ter suas semelhanças com o Perform da Roland, funciona de uma forma diferente. Você mistura também até 16 timbres, pode aplicar um drum, arp, etc. E no Favorites você pode incluir Combis e Programs. Para ficar mais claro: a Roland não tem um "modo Combi". Na verdade você tem a possibilidade de criar algo similar usando o modo Perform. Já a Korg já vem com modo Combi com vários já pronto. Mas não tem um modo Perform. Você faz algo parecido usando o Favorites ou colocando os timbres na ordem que quer usar e ir trocando através dos botões ou pedal.

      Ficou claro?

      Então, resumindo, você usa o modo Favorites para armazenar até 16 Programs e/ou Patches. E também pode combinar eles com um áudio. Este você pode disparar pelo pedal, se quiser.

      Neste caso, você pode armazenar em cada um dos bancos A, B, C e D 16 Combis/Patches/Audio, totalizando 64 posições.

      Entendeu?


      2. Os Favoritos só servem pra execução ? Por exemplo, ao montar uma combi, seria minimamente lógico escolher meus timbres do grupo que guardei meus sons favoritos. Não rola. Tive que ver o nome dos timbres e procurar manualmente nos bancos na hora da montagem da combi. Estou fazendo certo ?

      Bom, o Favorites é uma forma de você poder ter nas mãos 16 timbres para cada um dos 4 bancos para fazer uma troca rápida. Isso ajuda muito para apresentações ao vivo em que você precisa ficar trocando de timbre, mas não quer e nem tem tempo para ficar escolhendo modo combi ou program, categoria, passando cursor para cima/baixo e finalmente escolher o timbre. Você simplesmente aperta um dos botões de 1-16 para trocar e pronto. Ou até mesmo configura um pedal para fazer a opção de pedal switch (troca sequencial - pisou, mudou de timbre).

      E como eu disse anteriormente, pode associar a cada uma das 16 posições um áudio para disparar manualmente apertando o Play, ou pisando no pedal switch.

      Há 2 formas de adicionar um program/combi ao favoritos. A primeira e que acho mais prática é indo direto nele e o adicionando aos favoritos. A outra é você dentro dos favoritos, seleciona o banco, a posição e depois procura pelo seu program/combi. Esse eu acho que dá mais trabalho.

      Espero que tenha te ajudado. Se tiver algum erro, pode ficar a vontade em corrigir. Também vou ter um longo caminho para percorrer nesse Korg rsrs

      Até mais.

      JeffersonX
      Veterano
      # nov/13
      · votar


      Brincando com o meu Korg Kross gravei uma pequena parte da música tema do Assassin's Creed 2, a Ezio's Family. Pode ser mais uma ajuda para quem quer ouvir alguns timbres do Korg Kross.

      https://soundcloud.com/jefferson-h-xavier/ezios-family-demo

      Artref
      Veterano
      # dez/13 · Editado por: Artref
      · votar


      Será que esse tecladinho presta num PA? Achei a proposta interessante, estou querendo pegar. Para substituir - pasmem - um Kronos, que eu não aguento mais carregar por aí! (Hérnia de disco dando um alô todo final de semana, haha)

      Quem já testou no PA, poste o mais rápido possível impressões. rsrs

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Artref
      Se não me engano o Alex Feitosa iria tocar com ele num PA e postar a experiência.

      Claro que não há comparação entre o Kross e o Kronos, afinal de contas estamos falando de 2 extremos, uma workstation entry level e outra TOP. Eu creio que por ser Korg, devem ter alguns timbres semelhantes. Se não quer perder tanto, talvez um Krome seja mais indicado.

      Artref
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      O Krome tá caro pra caramba, até hoje não se definiu se ele aceita samples - sem trambique - ou não e por incrível que pareça esse recurso de disparar wave do cartão SD que tem no Kross é diferencial pra mim. Se ele não for decepcionante no PA, estou pegando. Alex Feitosa, meu fi, apareça! haha

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Alex Feitosa, meu fi, apareça! haha
      kkkkkkkkkkkk
      O sujeito evaporou kkkkkk
      Esse recurso de disparar wave pelo cartão é bom mesmo. E você ainda pode configurar para disparar pelo pedal. Por mais simples que seja, acho muito bem pensado.

      Alex Feitosa
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Opa, tô na área.Vamos lá:
      Primeiro, JeffesonX, obrigado pelo feedback. Vou ouvir sua "brincadeira" e continuar a trocar essas figurinhas contigo.
      No estúdio, o Kross não me impressionou muito, e comecei a temer pela escolha.
      Mas ao vivo ele virou o jogo. Não sumiu no P.A. e isso me surpreendeu. Pra constar, meu parâmetro é o Juno-G. Com pouca regulagem o bicho soou como se fosse de um teclado 5 Kg mais pesado.
      Convém dizer que estava em condições ideais de CNTP, com uma mesinha dedicada ao lado, onde pude equalizar como queria, antes de mandar o som pro P.A.
      Quanto ao disparo de áudio algumas considerações, pelo que aprendi até agora com pouco uso e muito manual:

      1. Os áudios (em WAV) são importados via SDCARD para virarem SONGS. Esse processo se assemelha a carregar um Sampler, o que torna prudente fazer essa etapa ANTES. Carregadas, essas WAVs viram SONGS. Essas sim podem ser disparadas em tempo real, sem qualquer tipo de carregamento posterior. Bem prático.

      2. O modo SONG independe da COMBI/PROG. Ou seja, eu não consegui disparar uma áudio de uma tecla, por exemplo, e na prática é preciso disparar uma SONG, para então entrar no PROG/COMBI se a proposta for tocar por cima do audio. Isso ainda é um pouco estranho pra mim.

      3. Existe um controle único de volume do áudio disparado em relação ao som do PROG/COMBI. Isso é global, o que sugere que todos os seus áudios estejam com o mesmo volume, visto que vc não pode ajustar um áudio à uma COMBI específica.

      Continuo apanhando pra entender o universo Korg, mas confesso que cada vez a surra é menor. Tenho mais dois shows hoje e amanhã, e domingo poderei ter mais impressões a respeito da resposta do Kross no P.A.
      Por hora, Artref, se você quer portabilidade, posso te garantir que timbrar o Setlist com um headphone, pilhas alcalinas e 4 Kg de teclado no colo de um sofá de camarim é uma experiência única.
      Se tiverem mais dúvidas, e eu puder ajudar, tô na área.

      Saudações Sintetizadas

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Alex Feitosa
      Olha gente, o homem apareceu rsrsrs
      Bacana saber da boa experiência que teve. Bom mesmo!
      Eu importei alguns waves pra memória dele, como você falou. Demora um pouco na primeira vez, mas depois e instantâneo.

      Uma sugestão pra você: você pode usar o Favotites para deixarnem cada uma das 16 posições um áudio. Então você pode disparar pelo pedal switch. É só configurar a ação do pedal nas configurações globais do Kross. Ainda não vi se tem como disparar por tecla, mas acho que isso já pode te ajudar um pouco.

      Vamos trocando figurinhas. Sei pouco ainda, mas o pouco que sei faço questão de compartilhar.

      Depois fala aí como foram os outros shows. Sucesso!

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13 · Editado por: JeffersonX
      · votar


      Alex Feitosa
      Olha gente, o homem apareceu rsrsrs
      Bacana saber da boa experiência que teve. Bom mesmo!
      Eu importei alguns waves pra memória dele, como você falou. Demora um pouco na primeira vez, mas depois e instantâneo.

      Uma sugestão: você pode usar o Favotites para deixarnem cada uma das 16 posições um áudio. Então você pode disparar pelo pedal switch. É só configurar a ação do pedal nas configurações globais do Kross. Ainda não vi se tem como disparar por tecla, mas acho que isso já pode te ajudar um pouco.

      Vamos trocando figurinhas. Sei pouco ainda, mas o pouco que sei faço questão de compartilhar.

      Depois fala aí como foram os outros shows. Sucesso!

      Artref
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Valeu, pessoal. Acho que vou pegar um, minha hérnia de disco grita quando pego o Kronos com seus 20kg por um quarteirão e chego no clube com escadarias.

      Só queria saber mesmo se o Krome aceita samples ou não, isso faria eu pensar bem nele.

      Artref
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      E aí, pessoal! Hoje testei o Kross. Achei os pianos acústicos bem legais, ainda mais por esse preço, idem para elétricos, strings, synths, metais e etc. Em timbres gerais achei que o bichinho vai muito bem. Organs senti falta daqueeela qualidade Korg mas ainda assim são bem utilizáveis. Os outros tipos de timbres também achei muito legais. O sistema Korg está presente aqui de forma muito clara e poderosa, combis com 16 timbres, sequenciador, e ainda o step sequencer e o player de áudio.

      O que eu realmente não curti foram as baterias. Infelizmente uso bastante detalhes sequenciados; é uma bateriazinha eletrônica aqui, uma percussão ali, enfim, preciso bastante disso e nisso o Kross pecou. Eu já havia estranhado quando vi no manual que todas as amostras de bumbo, caixa e etc são MONO (confiram no "voice name list"), mas esperava que soassem bem no som da loja, o que não aconteceu. Imediatamente comparei com um M50 nessa parte de baterias e a diferença é bem significativa, o que fez com que eu não comprasse o Kross.

      As teclas achei no mesmo nível ou um pouquinho pior que M50 e TR. Quanto ao tamanho do bicho, ele é tão pequeno, mas tão pequeno, que acaba carecendo de um pouco de presença! rs. Mas pra quem portabilidade a todo custo, acho que é menor e mais leve workstation profissional que eu já vi.

      Enfim, se a pessoa quer portabilidade e bons timbres (tirando as bateras), com muita possibilidade de programação e de quebra um player de áudio, é o menino!

      Eu vou ter que procurar outras soluções, infelizmente.

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Artref
      Apesar desse ponto negativo que você encontrou, fico feliz ao ver suas boas impressões sobre o Korg Kross. Com as suas impressões e do nosso amigo Alex Feitosa, eu vejo que fiz uma boa escolha.

      Sucesso para você em sua busca!

      Tiago M. Zunino
      Membro Novato
      # dez/13 · Editado por: Tiago M. Zunino
      · votar


      Olá galera, tudo bem?

      Hoje eu tenho um JUNO GI e com saudade do KORG pensei: "Será o KROSS o substituto para meu Juno?".

      Os motivos são vários, desde o desgaste do meu Juno pois uso ele muito na noite, até a necessidade de um teclado KORG (por preferência e amor a marca), um teclado também compacto e com bons timbres.

      Como não uso sequencer, raras as vezes uso um arquivo MP3 ou WAVE para disparar apenas alguns samples e introduções, o meu foco é especificamente a SONORIDADE e FACILIDADE de uso.

      Preciso de um teclado que me facilite a troca de timbres ao vivo, que tenha timbres de qualidade e possa fazer splits, layers de uma forma fácil e com uma bela sonoridade.


      A pergunta que faço (que já foi respondida pelo Korgman em uma conversa) é: Conseguirei tocar em bandas de rock e bar com esse teclado apenas em meu set? Quero manter só um teclado compacto e poderoso no set. Espero poder substituir o Juno GI desgastado, arranhado etc, pelo KROSS novinho hahaha.

      Obrigado desde já, abraço.

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Tiago M. Zunino
      O Korgman me ajudou muito na minha escolha tirando várias dúvidas via e-mail.

      Como pode ver no meu feedback e do Alex Feitosa, o teclado é muito bom e tem bom peso nos timbres. Além disso é bem leve. Para você que carrega o teclado pra cima e pra baixo, vai te ajudar a não desgastar sua "carcunda" kkkkk

      Sobre a mudança de timbres ao vivo, pode fazer o que mencionei anteriormente, usando o modo favorites e/ou a troca pelo pedal switch. Nesta, você coloca os timbres em ordem e você apenas pisa no pedal switch para pular para o próximo timbre. Se usar apenas o favorites, você terá 4 bancos com 16 botões que você pode colocar os timbres, além de uma audio song.

      Espero que isto possa ser útil na sua escolha. Na dúvida, vá a uma loja e teste o garoto.

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Tiago M. Zunino
      O Korgman me ajudou muito na minha escolha tirando várias dúvidas via e-mail.

      Como pode ver no meu feedback e do Alex Feitosa, o teclado é muito bom e tem bom peso nos timbres. Além disso é bem leve. Para você que carrega o teclado pra cima e pra baixo, vai te ajudar a não desgastar sua "carcunda" kkkkk

      Sobre a mudança de timbres ao vivo, pode fazer o que mencionei anteriormente, usando o modo favorites e/ou a troca pelo pedal switch. Nesta, você coloca os timbres em ordem e você apenas pisa no pedal switch para pular para o próximo timbre. Se usar apenas o favorites, você terá 4 bancos com 16 botões que você pode colocar os timbres, além de uma audio song.

      Espero que isto possa ser útil na sua escolha. Na dúvida, vá a uma loja e teste o garoto.

      Tiago M. Zunino
      Membro Novato
      # dez/13
      · votar


      Opa JeffersonX,

      Com certeza me ajuda na escolha sim. Eu conversei com o Korgman pelo Facebook, ele sempre me ajuda nas escolhas desde a época que comprei o Triton LE, quase 7 anos atrás. Ele me disse realmente que o Kross é um ótimo teclado e confio na palavra dele como veredicto.

      Fiz essa pergunta porque gostaria de saber de quem usa ele na prática mesmo como key fixo no set. Acho então que fiz uma boa escolha de presente de natal, levando em consideração que estou vendendo meu Juno bem barato e o valor é o equivalente ao Kross novo. (Achei o Kross por R$3500,00 aqui em SC).

      Abraço.

      JeffersonX
      Veterano
      # dez/13 · Editado por: JeffersonX
      · votar


      Tiago M. Zunino
      Com certeza vai estar bem servido.
      Com relação ao preço, esse é o preço de tabela. Em alguns sites pode encontrar mais barato. O meu eu dei muita sorte. Foi uma promoção de final de semana. Saiu por 3000 no boleto.

      Quando pegar o seu Kross, posta depois aí suas impressões e algumas músicas "pra nóis" rsrs
      Ah, o meu também foi presente de natal de mim para mim kkkkkkkkk

      Abraço cara

      Alex Feitosa
      Veterano
      # dez/13
      · votar


      Tiago,

      estou fazendo esse fim de ano direto com o Kross. Estou cada vez mais fluente em Korg, mas ainda preciso da confiança do meu Juno-G, junto no meu Set. Eu demorei um pouco pra me acostumar à arquitetura da Korg. Acho as funções ainda bem escondidas, algumas configurações mais técnicas que intuitivas, mas com certeza o bicho fala mais do que a aparência minimalista dele aparenta.
      Sinto falta do LIVE SET do Juno, pois a função de favoritos do KROSS me limita a escolha de presets, somente. Mutar, solar, etc. só são possíveis no MODO TIMBRE.
      Tive que mexer bem nos pianos, e ainda não me entendi com os EPs, que pra mim podiam ser em maior número. No mais, tem valido os 3.900 que paguei aqui no Rio de Janeiro.
      Qualquer dúvida, leia a avaliação precisa do Artref e grita que eu e JeffersonX estamos aqui pra contribuir.

      Saudações Sintetizadas!

      pinton
      Veterano
      # mar/14
      · votar


      tem aftertouch? acho que não... alguém indica algum teclado nessa mesma linha, com aftertouch? difícil achar viu.,...

      Aleciano Fuckin Roses
      Veterano
      # mar/14
      · votar


      Tava dando uma estudada nesse teclado pois estou pensando em sair dos VSTs (que me serviram bem) para usar só teclados mesmo, até porque meu notebook vai ficar indisponível para a música.

      Eu curti bastante o teclado, mas ele vem com coisas das quais não vou usar: arps, step seq, drum track, sequencer.. eu toco rock em alguns tributos com banda completa como de Pink Floyd e Guns N' Roses. Raramente uso uma trilha em wave.

      A minha dúvida é: será que vale a pena gastar essa grana por coisas que nem vou utilizar? Seria ruim pegar um X50 para estas minhas necessidades? (eu queria um KORG de todo jeito).

      Aleciano Fuckin Roses
      Veterano
      # mar/14 · Editado por: Aleciano Fuckin Roses
      · votar


      Nas minhas pesquisas e contatos sobre o próximo teclado que irei pegar, achei esse Korg Kross na Milsons com um preço bacana. http://www.milsons.com.br/teclado-workstation-kross-61-korg

      R$ 3.190,00 - Em até 12x de R$ 265,83
      R$ 2.871,00 - Boleto Bancário

      Eraques Neto
      Veterano
      # mar/14
      · votar


      Aleciano Fuckin Roses

      Mano, como eu falei em outro tópico, o X50 é um baita teclado e se der sorte, consegue um usado por bom preço. Vale a pena!!!!

      Aleciano Fuckin Roses
      Veterano
      # mar/14
      · votar


      Eraques Neto
      Tô ligado! Tava negociando com um cara do estado vizinho ao meu. Daria o meu MM6 bem conservado com vários itens e mais R$ 900. Só nõa fui em frente pq não tenho a grana agora. Por isso que, se for pra comprar a prazo, tava preferindo pegar um novo xD

      JeffersonX
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      E aí Aleciano Fuckin Roses, pegou o Korg Kross?


      Eraques Neto
      O X50 ganhou totalmente o meu respeito por 2 motivos: testei em uma loja e amei o som dele. Fala muito! O segundo motivo foi quando vi o John Paul Jones do Led Zeppelin tocando um X50 juntamente com o Oasys no Celebration Day. Ainda mais na Kashmir :-)

      Olha o danado aí oh:
      John Paul Jones e Korg X50

      Aleciano Fuckin Roses
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      JeffersonX

      Não Jeff, acabei pegando o Korg Krome, peguei por importadora. A dúvida era grande, mas as funcionalidades dele seriam bem úteis ao que eu costumo fazer :D

      JeffersonX
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      Aleciano Fuckin Roses
      Ótima aquisição! Aproveita bastante!

      julioalagoas
      Membro Novato
      # mai/14
      · votar


      Vi um desses na loja e ele é bem pequeno, fácil para transporte, parece ter bons sons pelo vídeo que eu estou vendo

      JeffersonX
      Veterano
      # mai/14
      · votar


      julioalagoas
      Os sons dele são ótimos mesmo. E tem algumas funções ótimas e úteis como o gravador de áudio que, além de gravar suas músicas em WAV, também reproduz musicas nesse formato para você fazer overdub. Realmente uma workstation Korg é ótima!

      julioalagoas
      Membro Novato
      # mai/14
      · votar


      JeffersonX

      Vi um desses na loja e achei muito bom para transporte pelo tamanho como vocês estão falando muito bem dele, acho que esse será meu próximo teclado quando eu tiver um grana sobrando e patroa deixar.

      Vai ficar perfeito ele e o meu P35. O gigante piano e pequenino sintetizador.

      JeffersonX
      Veterano
      # mai/14 · Editado por: JeffersonX
      · votar


      julioalagoas
      e a patroa deixar
      Tem isso também rsrsrs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Korg Kross - Novidade

      302.821 tópicos 7.837.842 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital