Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Yamaha Synthesizer MX-49/61

      Autor Mensagem
      R Santiago
      Veterano
      # 01/set/15 15:30
      · votar


      DuduXP
      Parabéns! Aos poucos vc vai editando ele e vai ver que da para melhorar bastante os timbres. Faça a atualização para poder aumentar o gain e a opção do banco direct select. Baixe também o VYCRO para vc poder editar melhor os sons

      DuduXP
      Veterano
      # 01/set/15 15:43 · Editado por: DuduXP
      · votar


      R Santiago
      Fala Brother!
      Já atualizei, já baixei o Vycro, já configurei algumas performances, por já ter um S70XS estou bem familiarizado com o sistema, até agora estou gostando muito dos resultados que estou obtendo, como eu já esperava, só não gosto muito do piano acústico dele, como também não gostava no Motif XS e a mesma coisa no S70XS o S70XS ainda se salva porque tem o S6 esse sim é bom, a amostra do CF3 nestes teclados não é boa, a Yamaha não foi feliz, mas ele pode ser melhorado, mesmo que sutilmente, ajustando Relise, Decay e retirando o Damper Resonance do insert, se você tiver alguma dica, configuração ou algo para melhorar o teclado, passa aí, nesses 4 dias que estou com o MX, ele está atendendo bem as minhas expectativas.

      R Santiago
      Veterano
      # 01/set/15 15:56
      · votar


      Hum massa que bom que está gostando :)) Rapaz em relação ao piano eu editei o mono piano e usei aquele efeito o VCM 376 acho que é isso.. Ele da uma melhorada no gain. Pelo editor eu coloquei na mesma layer o mono e o concert piano (to no trab e não lembro direito os nomes mas acho que é isso..kkk) para da mais peso. Não cheguei a mexer em outras configurações... Eu comprei o pedal FC3 para usar com ele e percebi que o som deu uma melhorada em relação ao sustein. Antes tava usando um DP Roland.
      Como vc falou ta resolvendo bem :)) To iniciando um trabalho com violão e bateria semi acústica e vou usar muito ou praticamente o piano AC e o resultado ta sendo legal :))

      Leosynth
      Membro Novato
      # 08/set/15 08:21
      · votar


      Olá caros amigos, também tenho um MX 61 e o que posso dizer é que é um excelente teclado, baixei o VYCRO e consegui fazer metais com 4 elementos normais e mais dois falls configurando o velocity, ficaram bem reais. Sou um usuário de samples à muito tempo e programador de sintetizadores e até então não tinha visto um entry level tão fiel como esse, o ponto negativo é que depois de feitas as performances não é possível troca-las sem corte, ou ainda não descobri como.
      Em breve postarei minhas programações editadas pelo VYCRO, como: STRINGS SOLO, FANTASIA, ACORDEON, METAIS entre outros.
      Um abraço e fiquem com DEUS!!!

      DuduXP
      Veterano
      # 08/set/15 15:34
      · votar


      Leosynth
      Trocar sem cortes não tem jeito, como também não tem no Motif por exemplo, o que pode ser feito é programar a performance com os layers e os timbres que voce for usar e mudar as partes de 1 a 16 só assim não haverá cortes, mas é meio limitado, porém isso não tira a qualidade do teclado, eu consigo me virar bem montando minhas performances, quando preciso de muitos timbres eu economizo o maximo que posso nas layers.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 08/set/15 17:11
      · votar


      DuduXP

      Pois é, o problema é que pra usar METAIS, FANTASIA, STRINGS SOLO entre outros são necessários mais que LAYERS, eu particularmente prefiro trocar de timbre bem rápido do que usa-los mais simples, essa é a minha melhor opção e opinião, tava pensando em vende-lo e pegar talvez um JUNO G ou um TR, pra inserir samples, mas o meu MX tá novinho e bem programado ao meu gosto, e só pra ressaltar o MOTIF assim como o MOX têm a opção de usar no modo SONG sem cortes, já vi em alguns vídeos. Um colega me mandou umas performances do MOX que segundo ele foram editadas no VYCRO no formato X5A e consegui inseri-los no MX, mas não vi tanta diferença, já tentei de várias maneiras converter arquivos NKI do Kontakt pra esse tipo de arquivo, mas até agora não deu muito certo. O que vocês me dizem? Alguém já tentou? Já pensou uma SCANDALLI falando nesse teclado, seria demais.

      MetalKey
      Veterano
      # 08/set/15 17:59
      · votar


      Leosynth
      Sem querer te desanimar, mas desista de converter NKI para para rodar no MX, pois um arquivo do Kontakt contém amostras Waves que jamais serão inseridas diretamente no MX, somente via MIDI mesmo.

      No mais eu sempre acompanho este tópico e vejo que esta máquina tem muito a oferecer e para quem curte o Motif XS nele tem alguns timbres que se aproximam bastaste, como é o caso do Full Concert Grand.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 08/set/15 18:11
      · votar


      MetalKey
      Na verdade estou usando tanto os timbres dele como o Kontakt ao mesmo tempo, só gostaria de eliminar o NOTEBOOK. Mas mesmo assim estou muito satisfeito com ele, editei um acordeon que engana bem, assim como um metal que ficou bem legal usando o VYCRO, a minha esperança veio depois que um colega conseguiu converter um arquivo do MOX pra ele usando o VYCRO. Não pensei em usar as WAVES dentro dele e sim transforma-las em um arquivo X5A, que é o formato que ele lê, e coloca-las no USER. Tenho alguns programas que converte NKI para lê no MOTIF, KORG, FANTOM entre outros formatos, menos nesse tal de X5A. PUT@$#%¨$&%*#@$%

      DuduXP
      Veterano
      # 08/set/15 18:32
      · votar


      Leosynth
      Eliminar o notebook é sem chance, o MX foi criado para funcionar em conjunto com o note, controlando midi e servindo como interface de áudio, os outros que você citou podem ler os arquivos pois são sample players o que o MX não é. E o modo performance do MX funciona como o modo song do Motif onde você pode selecionar as partes, o modo performance original do Motif só possui 4 partes.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 08/set/15 18:58
      · votar


      DuduXP
      Entendi, mas dá uma olhada nesse vídeo do Sidinho Leal.
      http://www.youtube.com/watch?v=y0ndw7rSypI
      Pelo que entendi no vídeo ele faz as programações e depois manda para o modo song com até 8 INSERT's por timbre, o que seria um sonho. Mas tudo bem vou fuçar no meu MX pra vê se consigo alguma coisa. Quem sabe em breve estarei postando novidades. Um abraço e fiquem com Deus!!!

      DuduXP
      Veterano
      # 08/set/15 19:11
      · votar


      Leosynth
      Não são 8 por timbre, são 8 no geral, e isso só se aplica ao MOXF, Motif XS/XF e S70/90 XS

      Leosynth
      Membro Novato
      # 08/set/15 19:37
      · votar


      DuduXP
      Desculpe, mas não tá fazendo muito sentido, porque no MX são quatro por performance, então eu tenho 16 performances com 4 INSERT's por vez. Mas não quero fugir do assunto, foi só uma observação com uma curiosidade, até porque não tenho experiência com o Motif, os teclados que programei foram mais simples como: JUNO G, DI, JV1000, entre outros. Mas o que vocês acham do Korg Kross, porque têm um cara querendo fazer uma troca comigo, não me empolguei muito, talvez seja porque não conheço a Korg muito bem.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 09/set/15 10:16
      · votar


      DuduXP
      Na verdade não me expressei bem, não são 8 INSERT's por timbre e sim por PERFORMANCE, eu pensei alto, pois usando o VYCRO consigo fazer misturas de 4 timbres ou mais, colocando os 4 INSERT's em um único timbre, pra ser usado como performance, foi mal.

      DuduXP
      Veterano
      # 09/set/15 15:25
      · votar


      Leosynth
      Sem problema brother, mas era isso que eu estava tentando dizer e também não consegui! :)

      Leosynth
      Membro Novato
      # 09/set/15 17:36
      · votar


      Galera montei uma metaleira sensacional, como faço pra disponibilizar pra quem quiser? Tem como postar por aqui ou só por email? Vai valer apena conferir, fiz hoje a tarde.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 10/set/15 13:17
      · votar


      Este teclado é excelente como controlador, mas a minha preocupação é tão somente em ter um plano B, caso venha ter problemas com os samples "ao vivo" os timbres editados como: Piano, Rhodes, Metais, Strings, Hammond, Leads e outros estão tão legais quanto os samples, mas o ACORDEON ainda tá sofrível, então quem quiser compartilhar programações ou edições, estou a disposição para tal. Ok? valeu!!!

      DuduXP
      Veterano
      # 10/set/15 16:30
      · votar


      Leosynth
      Estou editando alguns timbres, não sou especialista em acordeons, nunca editei ou montei um, mas vou vendo o que consigo e te falo, mas realmente o MX é um entry level de valor, ontem eu liguei o S70XS junto com o MX mais uma vez para tirar a prova dos timbres, claro, como esperado, os timbres do S70XS tem muito mais detalhe e qualidade, mas o MX não faz feio não.

      Leosynth
      Membro Novato
      # 10/set/15 17:53
      · votar


      DuduXP
      Também estou editando alguns timbres, vamos ver como fica o resultado final. Mas quando a sua edição estiver pronta manda pra gente. Gosto muito do sample da SCANDALLI VIOLINO.

      khalifa
      Membro Novato
      # 27/mar/16 21:48
      · votar


      Pessoal, o que o yamaha moxf6 tem a mais do que o mx61/49 ?
      O moxf6 é mais caro do que o mx61, logo suponho que deva ter melhores recursos, mas quais?

      Edson Caetano
      Veterano
      # 31/mar/16 07:57
      · votar


      khalifa
      Teclados Yamaha MX e MOX

      Divirta-se... basta ler com atenção que vai ver as muitas diferenças

      SilasTec
      Veterano
      # 06/mai/16 12:23
      · votar


      Leosynth
      Estou começando a usar o MX junto com o vycro. Ainda quebrando um pouco a cabeça para organizar as edições e performances para troca de timbre rapida.. Por aqui não tem como compartilhar as edições?

      Leosynth
      Membro Novato
      # 23/mai/16 10:45
      · votar


      SilasTec
      Bom dia Silas, desculpe a demora em responder, pois já não tenho mais o MX, apesar de ser um ótimo teclado. Então! existem dois modos de usar os timbres com trocas rápidas:
      1º Segura o " SHIFT" e aperta o " PARTSELECT". Nesse modo só poderão ser editados os timbres de modo simples com apenas um som pelo LAYER, mas sem corte na troca. Lembrando que seu teclado tem que está com a nova atualização 1.01.
      2º Aperta " SELECT" embaixo do visor menor depois segura o" SHIFT" e aperta qualquer número, para ativar a troca pelas PERFORMANCES. Nesse modo você poderá fazer misturas de até 16 timbres por PERFORMANCE, usando o VYCRO e até 6 timbres misturados pelo teclado, nesse modo o som corta na mudança, porém você terá timbres mais realísticos como: METAIS COM FALLS, ACORDEONS, entre outros. Caso queira algumas performances, mande um e-mail para mim que lhe enviarei algumas para você testar. Mas lembre de fazer um BACKUP para não perder as suas programações, caso você não goste das minhas. Meu
      e-mail: financeiroecontabil@gmail.com. Fica com Deus e divirta-se com sua máquina.

      Tiago Teclas
      Veterano
      # 28/jul/16 16:11
      · votar


      Agora tem o MX-WH (Lindo na cora Branca) YAMAHA MX-WHITE
      http://mx.yamaha.com/es/products/music-production/synthesizers/mx61_wh /?mode=model

      JeffersonX
      Veterano
      # 28/jul/16 16:28
      · votar


      khalifa
      Pessoal, o que o yamaha moxf6 tem a mais do que o mx61/49 ?
      O moxf6 é mais caro do que o mx61, logo suponho que deva ter melhores recursos, mas quais?


      O MOXF é superior ao MX. Enquanto o MX é um sintetizador de entrada, o MOXF é uma workstation de médio porte com os mesmo timbres e motor sonoro do Motif XF.

      É algo bem pessoal, mas na oportunidade que tive de testar ambos no evento da Yamaha, fiquei decepcionado com o MX, enquanto o MOXF me surpreendi bastante. Se tiver como apertar e pegar o MOXF, vai sem medo.

      ThiagoMafra
      Veterano
      # 01/ago/16 17:15 · Editado por: ThiagoMafra
      · votar


      Então, pelo que vi no site da yamaha me parece que esse novo MX poderá ser usado como interface. Qdo fui comprar preferi um controlador pq o MX, embora pudesse ser mais uma carta na manga junto com o IPad, não tinha compatibilidade, não podia ser usado como controller do iPad... Parece que agora ele não só é compatível como pode ser usado como interface de áudio para o próprio IPad. Vc plugaria o IPad via usb e o áudio do iPad sairia pela saída de áudio do MX... Pelo menos o que entendi foi isso... Isso aí traz uma grande praticidade pra quem já tem iPad, hein... Aí bate a GAS...

      ThiagoMafra
      Veterano
      # 01/ago/16 17:25
      · votar


      Olha link aí
      http://m.br.yamaha.com/pt/products/musical-instruments/keyboards/synth esizers/mx_bk_bu/?mode=series

      Em características, está escrito assim:

      Bi-directional USB Audio/MID Interfacing

      But the MX doesn't just control software DAWs and VSTs; it's an audio interface as well. Just connect a USB cable to your computer and you can monitor all the sounds from your computer via the headphone output of the MX or listen to your DAW tracks by connecting the MX to external studio monitors or PA gear. The audio converters on the MX are made for professional music applications so everything on your computer -- even games -- will sound better when using the MX as the output. The MX interface is bi-directional so you can record the internal sounds of the MX directly to your computer, without ever going to the analog domain, for the highest possible quality.

      Coloquei em negrito as frases onde diz que o sinal sai pelo MX-BK/BU

      Ah... É o branco, parece que é promocional, mas a cor azul não vai ser... O que vcs acham do azul? Heheheh

      MetalKey
      Veterano
      # 03/ago/16 08:39
      · votar


      ThiagoMafra
      Eu acho que o MX sempre teve interface USB/Áudio MIDI, porém não era class compilant e não funcionava diretamente com iOS de forma bi direcional.

      Quanto às cores eu sempre me questionei porque os teclados não tem opção de escolha de cores assim como baterias, guitarras etc... Agora parece que é uma tendência, mas eu ainda não arriscaria o meu dinheiro em um teclado colorido, pois na revenda é igual a um carro amarelo.

      Outro detalhe é que no Brasil os teclados coloridos são mais caros. Não sei qual é a razão disso, mas pode ver que um Motif XF branco sai até 3k a mais que o preto. Pode ser porque o preto é estoque a uma cotação de dólar menor e o branco, por ser mais novo, foi importado com dólar em alta. Um caro zero que vai muito mais tinta, se for metálica, sai 1k mais caro que uma pintura sólida. E outra coisa, lá fora o FX Branco é o mesmo preço do preto, os MX também.

      Outras marcas também têm opções de cores. O Korg Krome Azul já é bem bonito, mas o vermelho é mais bonito até que o preto. O Korg M50 amarelo é show!! Já vi um Roland Fantom G Preto e outro Branco, mas são customizados, porém ficaram muito bonitos.

      Respondendo a sua pergunta ...
      Se eu fosse comprar um MX hoje seria o preto e como segunda opção o branco. Este azul não gostei.

      khalifa
      Membro Novato
      # 03/ago/16 13:48
      · votar


      Coloquei em negrito as frases onde diz que o sinal sai pelo MX-BK/BU

      Somente os novos MX vão permitir isso?

      MetalKey
      Veterano
      # 03/ago/16 16:41
      · votar


      khalifa
      A interface ele já tinha, só não tinha conecvidade direta com o iOS, então imagino que sairá um firmware para os antigos.

      MetalKey
      Veterano
      # 03/ago/16 16:47
      · votar


      Para a conectividade com iOS era preciso adquiri o iMX1. Agora também pode ser que o iMX1 esteja "dentro" do teclado, o que acho pouco provável, pois nunca vi alteração de hardware em linhas de teclados sem que venha coisas a mais de tinbres e programações. Exemplo disso foi com o Motif XS para o XF, do Kronos para o Kronos X e Kronos 2.
      Ou seja, o hardware do MX continua o mesmo é a mudança é no software.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Yamaha Synthesizer MX-49/61

      302.557 tópicos 7.832.580 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital