Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quanto ganhar em uma cerimônia de casamento

      Autor Mensagem
      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # set/10 · Editado por: Jonathas Lacerda
      · votar


      Infelizmente a realidade de algumas igrejas é lamentável, conforme o relatado pelos colegas. Graças a Deus, aqui em João Pessoa, onde moro, nunca ouvi falar nessas panelinhas.

      Em relação às músicas, só executo canções liturgicas ou que tenham contexto condizente com o ambiente, afinal, casa em igreja quem quer. Ninguém é obrigado a isso (apesar de concordar com a doutrina cristã que orienta a constituição de uma família através do casamento cristão). Se alguém quer casar em uma igreja, é porque de fato, concorda com suas regras/doutrinas/dogmas ou pelo menos concorda em respeitá-los. Assim, diante das recomendações e orientações da arquidiocese, salvo permissão do padre ou circunstância maior, eu HOJE quase não executo mais músicas não-cristãs na cerimonia religiosa.

      Assim, justificando o motivo acima exposto, dias antes do casamento, geralmente na hora do contrato com os noivos, fazemos uma reunião onde apresento um CD com as músicas do repertório e deixo o espaço aberto para os noivos sugerirem músicas (desde que sejam com o tema já exposto no parágrafo anterior). Além disso, adiantamos que pode haver acréscimo quando há atraso por parte da noiva/noivo, já que músicos ganham por hora, e atrasos entram como trabalho executado. Assim, o casal concorda se quiser. Concordando, fechamos o contrato, na maioria das vezes apenas como um acordo "de boca", exceto quando for pedido uma nota fiscal do serviço, daí, fazemos um contrato firmado em cartório, que proteje ambas as partes.

      Em relação ao som, depende do local. Se a igreja permitir que o som seja utilizado, há redução no valor e/ou repasse de parte do valor referente à utilização do som. Adianto que só acontece isso se o som da igreja for decente (coisa rara, hoje em dia).

      Dependendo da ocasião, posso chamar músicos amigos para incrementar o instrumental, cobrando um valor diferenciado, claro. Mas no geral, levo um teclado (piano digital + módulo ou note), violão, dois cantores, um P.A. pequeno com duas ou quatro caixas de 150W cada, um mixer, FX, ampli e parafernálias em geral.

      Nessas condições mais gerais (com nosso som), o valor fica em 300 reais + deslocamento. Sem som, fica 200 reais + deslocamento.

      arilevita
      Veterano
      # set/10 · Editado por: arilevita
      · votar


      fernando tecladista
      Nisto você tem razão : quando se dá certas "liberdades" a coisa pode virar bagunça pois a maioria dos noivos não entende bem a diferença entre uma cerimônia religiosa, solene, e um mero ato social num clube. Tem igrejas do Rio que fazem você assinar um termo de compromisso com o ato sacramental do matrimônio. Isto é, se você disser que vai fazer uma coisa e faz outra, fica passível de ser banido definitivamente de lá. Já fui impedido de tocar numa Igreja Batista pois o pastor não admitia que músicos de fora que cobram tocassem lá. Mas ofereceu os músicos da própria igreja que não cobravam . Bem, foi resolvido com um papo do noivo com ele. Toda a confusão montada a menos de meia hora de começar. Falta de comunicação é coisa séria. Os noivos me falaram que tinham acertado tudo e não tinham...Não sou profissional da área, só toco quando me pedem , mas sempre cobro uma graninha para o meu ajudante e para a gasolina.

      Marcos Martini
      Veterano
      # set/10
      · votar


      arilevita
      quando se dá certas "liberdades" a coisa pode virar bagunça...

      É por isso que para evento de CRENTES eu cobro mais.
      Pq sempre sai umas baguncinhas.

      Certa vez o Pastor em um casamento vendo que tbm sou Crente ,me deu uns minutos falar.
      rsrsrss
      Mas falar o q? em cima da hora e eu nem conhecia ninguem,
      Kara nem te conto.

      kokada
      Veterano
      # set/10 · Editado por: kokada
      · votar


      arilevita
      Que bom saber que tem essa lei sobre "venda casada". Até salvei o artigo se precisar um dia! rs Valeu!

      Mas é isso! Sempre tem um certo "protecionismo" pros músicos da igreja em que os noivos vão se casar.

      Jonathas Lacerda
      Você cobra 300 incluindo o violão mais os cantores e vc? Dividindo por 4, fica 75,00 cada só???

      dgsoul
      Veterano
      # set/10 · Editado por: dgsoul
      · votar


      kokada

      Você cobra 300 incluindo o violão mais os cantores e vc? Dividindo por 4, fica 75,00 cada só???

      Eu ia fazer a mesma pergunta, porque eu considerava o cachê médio de 150,00.

      arilevita
      Veterano
      # set/10
      · votar


      kokada
      dgsoul
      O Sindicato dos Músicos -RJ estabelece um cachê mínimo de R$ 220 para cerimônia de casamento.
      Acho que o mercado de casamento está muito profissional, com músicos de orquestras, contratos de prestação de serviço, etc. Tem um cara daqui do Rio, o Delfim Moreira que cobra uma grana (tipo R$ 4000) por cerimônia. Já o ouvi numa recepção na casa de festas Vila Riso. Ele toca muito bem, mas, segundo um conhecido meu da igreja, trompetista do meio, infelizmente caiu no lance comercial, se dividindo em grupo A e Grupo B, usando playbacks espetaculares para "padronizar a qualidade". Tem vídeo dele no Youtube que uma pessoa até faz a observação dos playbacks.
      Agora, se o músico pisar na bola com qualidade ou qualquer outro deslize leva um processo que além de cobrar o que foi pago, pode ser acrescido de danos morais.
      Bem que eu tentei entrar neste mercado, mas desisti pois está muito profissional mesmo .

      kokada
      Veterano
      # set/10
      · votar


      arilevita
      Ele toca com playback tipo CD gravado, e ele faz o que, não toca nada? rs

      Ou é uma música sequenciada no teclado, e ele tira algum instrumento e toca junto?

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # set/10
      · votar


      kokada
      Você cobra 300 incluindo o violão mais os cantores e vc? Dividindo por 4, fica 75,00 cada só???

      Quando ler "EU", entenda teclado + voz. O mesmo pra pessoa do violão, ou seja: apenas duas pessoas.

      dgsoul
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Jonathas Lacerda

      Quando ler "EU", entenda teclado + voz. O mesmo pra pessoa do violão, ou seja: apenas duas pessoas.



      AHhhhhhhhhhhhhh entendeu!!!

      arilevita
      Veterano
      # set/10
      · votar


      kokada
      Pelo vídeo acho que ele usa MD

      fernando tecladista
      Veterano
      # set/10
      · votar


      arilevita
      Bem que eu tentei entrar neste mercado, mas desisti pois está muito profissional mesmo .

      tem que começar pelas beiradas, se tentar chegar direto em alguma igreja grande onde tem um pessoal dito "mais profissional" você não vai encontrar ninguem mesmo pra te chamar, nem é culpa de panelinhas comentadas aqui, é quem você não tem nenhum contato no meio, músico geralmente é o ultimo contradado, procura-se a igreja, fotografo/filmagem, floricultura.... muito trampo que peguei foi indicado por fotografou ou floricultura, esses caras tem um comercio com um letreiro enorme da porta "foto flash" "floricultura rosinha".... a gente não

      tem que começar em igrejas mais simples com caches menores, vai ficando conhecido, as noivas vão te indicando para outras noivas, você vai aparecendo, nessa começa a ter amizade com o fotografo que vai lembrar de você do casamento do mês passado, pega um cartão dele e deixa o teu...
      ficar em porta de curso de noivo, quanto tive que fazer um curso de noivos no ultimo dia parecia feira de tanta gente entregando revistinha, cartãozinho, flyer...
      outra forma é ter contato com esses cabeças de grupo, quem tá no ramo tem muito isso de equipe A, equipe B... C... eles vão atendendo as noivas e arrumando músicos pra cada casamento, se você faz bem feito eles te chamam sempre

      kokada
      Veterano
      # set/10
      · votar


      fernando tecladista
      Taí uma idéia: "Tecladistas para eventos" rs

      Agora, "curso de noivos"? Que cosa é esta?

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Kokada,

      O curso de noivos é exigido pela igreja católica, para que os noivos possam se casar. Atualmente não tenho idéia da duração do mesmo, mas sei que é rápido. O conteúdo é relacionado a vida familiar, obrigações de marido e mulher, filhos, religião, etc.

      fernando tecladista
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Agora, "curso de noivos"? Que cosa é esta?

      é o que o "do-bandolim" igreja catolica tem, evangelica não sei, quando fiz foram uns 3 domingos, o ultimo domingo parecia dia de eleição, a maior boca de urna do pessoal entregando cartãozinho

      dgsoul
      Veterano
      # set/10
      · votar


      fernando tecladista

      ...igreja catolica tem, evangelica não sei...

      na minha igreja (evangélica) pelo menos não tem (existe um tipo de aconselhamento pros noivos mas é algo que geralmente é feito ou na casa do casal ou na casa do Pastor, é algo mais reservado).


      O que geralmente rola é de os músicos da casa (igreja) darem uma checada na agenda pra ver as datas dos casamentos, quem são os noivos e tentar um contato pra ver se rola um negócio ae. Mas estou falando daki da minha Igreja, não sei como é em outros lugares.




      Estava pensando em algo...estava pensando em se inscrever para o Programa de Microcrédito pra poder fazer uma Microempresa Especializada em fazer Musicas de Casamentos, será que rola pq ai eu ganho uns créditos pra investir na minha empresa (equipo, equipo e mais equipo!!!!), as tarifas são pequenas e o giro de capital é limitado mas pra fazer casamentos mesmo. O Bom é que vc ganha um CNPJ e pode emitir notas fiscais (o que acaba dando credibiliade o seu trabalho).


      O que acham!?

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      dgsoul,

      Acho uma ótima idéia. Mas você tá falando tipo concentrar vários grupos e músicos de diferentes instrumentos? e assim distribuí-los em várias igrejas para tocar? Seria mais ou menos como se fosse uma distribuidora musical, ou seja, os noivos querem só um tecladista, você tem; mas se quiserem um grupo mais específico com metais e cordas ao vivo, você também tem. É mais ou menos por aí?

      elnobre
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Valorize seu trabalho. Já toquei inúmeros casamentos e o pessoal sempre chorando na hora de acertar o valor. O engraçado é que eles gastam uma fortuna com decoração, buffet, filmagens etc...
      Se vc for tocar sozinho pode cobrar uns 200 ou 250.
      Sucesso!!!

      dgsoul
      Veterano
      # set/10
      · votar


      do-bandolim

      Acho uma ótima idéia. Mas você tá falando tipo concentrar vários grupos e músicos de diferentes instrumentos? e assim distribuí-los em várias igrejas para tocar? Seria mais ou menos como se fosse uma distribuidora musical, ou seja, os noivos querem só um tecladista, você tem; mas se quiserem um grupo mais específico com metais e cordas ao vivo, você também tem. É mais ou menos por aí?

      Quase isso, mas não seriam distribuidos em várias igrejas, seria como uma banda só, saca!?


      Eu posso montar tanto com voz e Piano (ou Violão) quanto uma orquestra (Felizmente conheço uma galera de cordas do Bacarelli, dependendo do cachê (pelo menos um 120) ele fazem free-lance. Funcionário ativo seria somente eu e minha (futura) esposa no caso (não que eu não queira contratar ninguém, mas porque esse programa parece que permite no máximo duas pessoas atuantes na microempresa).

      Deu mais ou menos pra entender o meu raciocinio!?

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      dgsoul, legal. Mas esse negócio de poder ter só duas pessoas atuantes restringe bastante não? ou vocês podem contratar "por fora" quantos músicos quiserem? se for assim beleza!!. Tem uma pianista aqui onde moro que faz cerimônias de casamento também. É ela e mais umas 3 ou 4 garotas no coral, e se os noivos desejarem praticamente uma orquestra inteira ela arruma; só que, cobra a mais praticamente de meio a um salário mínimo, dependendo do instrumento.

      kokada
      Veterano
      # set/10 · Editado por: kokada
      · votar


      do-bandolim
      Nesse "Curso de Noivos", será que na saída dá pra distribuir panfleto de propaganda de músicos para os noivos ou pega mal? rsrssr

      MetalKey
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Uma coisa eu digo: Normalmente a coisa mais barata que existe em um casamento é a música, então não tenha medo de cobrar!
      Os noivos estão deslumbrados e você precisa vender seu produto!
      Temos que valorizar nosso trabalho, pois não serão os noivos que irão valorizar.
      Normalmente achamos que tá bom ganhar pouquinho, pois só vou lá para tocar em média 7 músicas e ficar disposição por uma hora.

      Já se perguntou quanto custa seu tempo?

      Por isso temos que levar outras coisa em consideração:

      * Tempo que investiu estudando para aprender a tocar.
      * Tem que investir na aparência (Um bom terno, sapato, uniforme da equipe, quando mulher tem salão e outras coisas).
      * Retorno do investimento em equipamentos. O equipamento normalmente é caro. Neguim rala a vida inteira, compra um motif de quase 10 mil reais e cobra 100 reais para tocar. É o fim da picada! Vai tocar a vida inteira em casamento e não paga o equipamento (Lemabramos que temos que viver e isto custa caro!).
      * Tempo de atendimento aos noivos (muitas vezes eles ficam até 3 horas para escolher as músicas). Eles querem toda a atenção para eles, o que é justo! Você poderia fazer outra coisa neste tempo, mas não, está dando atenção a um grande acontecimento na vida deles.
      * Custo de deslocamento. (Tanto para a cerimônia quanto para ensaios). Você precisa de um carro e carro não é só combustível.
      *Tempo de ensaiando. (Você precisa tocar bem para ser convidado a outro casamento, então perderá várias horas ensaiando).

      Muitas vezes achamos ganhamos um dinheirinho só para tocar uma hora e tá bom. Temos que perceber que o tempo que ficamos à disposição para um casamento é de cerca de 7 a 8 horas, juntando horas de ensaio, atendimento, cerimônia e deslocamento, ou seja é praticamente uma jornada de trabalho.

      Desde o atendimento aos noivos já estamos trabalhando! O trabalho não é só tocar na cerimônia. Tocar é o produto final. Uma fábrica de cadeiras agrega no preço da cadeira todos os seus custos envolvidos e adiciona um lucro, caso contrária sairá do negócio.

      Muitos músicos pagam para tocar em casamento!!

      Espero que esta reflexão sirva precificarmos melhor o nosso produto.

      dgsoul
      Veterano
      # set/10 · Editado por: dgsoul
      · votar


      Ha!, nem tem muito a ver com a questão (casamento), mas...


      Minha sogra está pensando em fazer formatura (a formatura dela, pasmem, ela faz faculdade!!!) e me mostrou algumas informações sobre os valores e descontos da empresa responsável pelo evento.


      Sabe quanto que a banda de formatura vai faturar? 15.000 moedas!!!!


      Eu consideraria esse valor pra uma mini-orquestra (pelo menos 15 músicos e 5 vozes). Mas se for uma banda igual a da formatura de minha noiva (um teclado faz-tudo, um baixo e três vozes contendo hits de Elton John, e Disney Corporation) eu vou dar risada!

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      MetalKey,

      Cara, realmente você falou tudo!!! Não precisa acrescentar mais nada. Eu por exemplo tô investindo em equipamento há anos, tudo muito caro, e falta muita coisa prá comprar, e depois de tudo ir tocar por micharia? prefiro ficar parado, pois pretendo formar um grupo de pelo menos 4 pessoas e não dá prá tocar por 100,00 ou 200,00 pilas não é mesmo? Se os noivos quiserem pechinchar que contratem um zé qualquer com um violãozinho qualquer. Você tem toda razão amigo: Temos que nos valorizar para sermos valorizados.

      Kokada,

      Não pega mal nada. Muita gente faz isso, em todas as vertentes: músicos, fotógrafos, salgadeiras etc., pois tirando a parte sacramental é lógico, o restante é puro comércio. Aliás a propaganda é a alma do negócio. Vai fundo!!!!

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      dgsoul,

      Legal, sua sogra formando, muito bonito isso: mostra alegria de viver, de não ficar estagnada na vida por causa de certa idade, mostra obstinação e objetividade. Isso é muito bom pois mantem a mente alerta, evitando assim muitos problemas futuros. Parabéns à ela.

      E realmente, já pensou se for mesmo 15.000 pilas por um teclado-faz-tudo, um baixo e algumas vozes? É por isso mesmo que temos que valorizar nosso trabalho também. Não acho que eles estão errados não.

      dgsoul
      Veterano
      # set/10
      · votar


      do-bandolim


      É por isso mesmo que temos que valorizar nosso trabalho também. Não acho que eles estão errados não.

      Eu já uovi um colega meu falando que, quanto mais caro vc cobra, mais reconhecido você é!!! No principio eu não concordei muito, mas de uns tempos pra cá a coisa tá mudando.

      Tecladistas deste fórum, não barateiem o seu serviço!!! (mas tbm não adianta nada cobrar uma fortuna e num fazê direito, ai é pisar no tomate!!!)

      do-bandolim
      Veterano
      # out/10
      · votar


      dgsoul,

      É isso aí amigo. Certa vez também um amigo me disse que músico era uma das classes mais desunidas de existia. Na época achei que ele tava só cascateando também, mas com o decorrer do tempo percebi que tinha razão, além de não serem muito unidos, ainda tem aquele tipo de músico em periodo de "liquidação" que pergunta para o contratante: "Quanto o fulano cobrou pelo evento? ahhh!!! ele tá é te enfiando a faca. Pode deixar que vou fazer baratinho...baratinho...
      vou te cobrar a metade ok?"Prá você ver: o cidadão além de atrapalhar o contrato do cara ainda por cima não se valoriza. Por isso é que digo: Uma classe, quanto mais unida ela é, mais força e valor ela tem. E você tem toda razão em dizer que não adianta cobrar uma fortuna e fazer merda. Tudo é proporcional, vai depender da grana investida em equipamentos, quantidade de músicos e instrumentos no grupo etc, e lógicamente a qualidade do som apresentado. Pois para se fazer um nome não é nada fácil, mas para jogá-lo na lama é facim..facim...!!! Gostei do seu grito de guerra: Tecladistas unidos, jamais serão vencidos!!!! Valeu!!!!!

      Jade Rodrigues
      Membro Novato
      # 27/mar/18 11:59
      · votar


      Geralmente, eu cobro entre 200 a 250 reais por pessoa (toco num quarteto), por uma cerimônia de 2 horas.

      Durante esse tempo, vc canta initerruptamente, ou tem intervalos?

      NINO_D.BOB
      Membro Novato
      # 27/mar/18 13:24
      · votar


      Durante esse tempo, vc canta initerruptamente, ou tem intervalos?
      Serio? Ja fez cerimonia de casamento amigo? Ja foi a algum casamento? Geralmente nem se canta uma musica inteira numa cerimonia. A parte musical da cerimonia que mais se estende é a da entrada dos padrinhos, no mais, só uns pedaços das musicas escolhidas.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quanto ganhar em uma cerimônia de casamento

      304.990 tópicos 7.883.112 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital