Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Quanto ganhar em uma cerimônia de casamento

      Autor Mensagem
      Mr Madruga
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Mr Madruga


      Quando toquei em um casamento, todos disseram que eu devia cobrar, pois fiquei um tempão ensaiando as musicas, não tenho equipamento profissional, só tenho um PSRzinho, ah e tambem tem o baterista que é o que arruma os casamentos pra gente tocar.
      Tinha tocado:
      .ballade pour adeline
      .Greensleaves
      .November Rain
      .Nocture
      .Jesus Alegria dos homens
      .a marcha nupcial, claro
      e pra acabar: We Are The Champions

      Acho que tem mais, não lembro agora. Hoje meu repertório aumentou.
      Equipamentos como: mesa de som, multi-cabo, caixas acústicas é tudo da igreja onde a gente toca

      Eu devo cobrar alguma coisa? Quanto?E é a noiva que tem que escolher as musicas?

      Os noivos gastam tanto dinheiro com chuva de prata, roupas, fumacinha, lua de mel, decoração da igreja,etc. Como pode ter esquecido dos musicos? o que seria de um casamento sem os musicos? tudo bem eles usariam um play-back, mas e a musica ao vivo?

      Powerslave158
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Powerslave158
      · votar


      Mr Madruga

      400 600 conto ou mais uhhuahuauhauha dependendo da cara dos vivente huauhauhahuauh

      Artref
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Isso depende da região, mas aqui na minha um músico profissional ganha de 100 a 150, normalmente 120. Já ouvi falar de lugares que pagam mais, de 180 a 200; mais que isso eu nunca vi. Tudo isso considerando que o tecladista tenha transporte, roupa, teclado profissional, amp ou caixa, estante e etc, enfim, que ele seja auto-suficiente e que chegue no casamento e toque as músicas, seja lendo partitura ou tirando de ouvido.

      Depende também se é pra amigo, eu já toquei muito casamento de graça, rs.

      rodolfo1982
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Aqui no sul, num aniversário de 80 anos, contratamos um tecladista para tocar. Ele tocou por aproximadamente umas 4 horas (claro que com interrupções e repetiu diversas músicas), numa janta num hotel.
      Tinha um Roland E-86 e o restante do equipamento também era dele. Basicamante, música de fundo durante a janta e no final pro pessoal dançar um pouco, mas sem muito volume (e sem cantar).

      Cobrou R$ 400,00.

      expedifer
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Depende:

      -pra amigo/amiga, R$70 a 150 pra cubrir despesas.
      -casamentos popular, de 150 a 200 com esse equipamemto
      -casamento nivel médio, de 200 a 300 com equipamento um pouco melhor
      -casamento alto padrão, de 500 a 1000 com equipameto profissional
      -casamento de luxo, acima de 1000 mas com banda de no mínimo 4 integrantes
      -casamento de politicos, R$ 10mil a 50mil com bandas famosas
      -casamento de "principes como foi da Lady Diana", U$ 50mil a U$ 200mil ainda com o Queen e Elton John na (como) banda e me convidando pra uma boca.

      (obs: noiva - e só ela - pode como também deve exigir o repertório (já pensou tocar forro ou axe num casamento evangêlico!)

      piu-piu-BA
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: piu-piu-BA
      · votar


      Eu toquei em um casamento "simples" aki em salvador....era eu com meu mm6, um cara no sax q tbm tocava flauta transversal, um violão, um baixo acustico(aquele grandão) e uma cantora......meu cachê foi 200 reais....tipo a banda toda foi mil....e olha q nem tinha batera viu...e n era de luxo.....

      por isso acho q eh muito relativo.....vc tem que ver se eh seu broder e talz pra fazer um precinho bacana....ver tbm se vc for tocar sozinho, ai vc ja mete uma faquinha de leve....depende varia muito...

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: Jonathas Lacerda
      · votar


      Geralmente toco com minha irmã com voz, violão e teclado, e cobramos em torno de 150 a 200 reais + transporte (Van). Esse valor para cerimônia, apenas em casamentos católicos, com músicas da liturgia e de vez em quando, músicas MPB que falem de amor, e blablabla...

      ThyagoAmaral
      Veterano
      # jan/10
      · votar


      Vixe vcs tocam de graça viu... eu heim... na minha época a uns 4 anos atrás era... de 500 pra cima... Teclado, Violão, Violino e Voz...

      expedifer
      Veterano
      # jan/10 · Editado por: expedifer
      · votar


      Vixe vcs tocam de graça viu

      de graça ou.............a concorrência tá pela morte?

      A cada ano, dobra o número de músicos nas cidades (já tem ate músicos esmolando em ponto de ônibus, metrô, rodoviárias, praças, etc).

      Resultado: o que se pedia há 20 anos (5mil no valor de hoje), baixou em 10 anos (2mil), e mais em 15 anos (1000) e mais ainda hoje em dia (100 a 200). Amanha será em 50 ou menos. Isso graças a tecnologia (qualquer um compra um teclado, guitarra, baixo, bateria, etc). Um teclado nos anos 70 custava no valor de hoje, mais de R$30mil (e não havia usados), contra hoje na faixa de 1000 um novo (que faz muito mais coisa que nessa época) ou 500 usado. Falo de um PSR-básico(E) ou um PSR500 que dá pra tocar em qualquer festinha. Alguém é capaz de apostar em valores menores ainda daqui pra frente? Daqui a 5 anos alguém vai "upar" este tópico e confirmar.

      fernando tecladista
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      Eu devo cobrar alguma coisa?
      sim, se todo mundo cobra até a igreja, você também tem suas despesas e horas gastas com fru-frus da noiva, nada mais certo

      Quanto?
      depende muito do que for, de qual igreja é, do bairro... por aqui se for cerimonia, tem músico por aqui que pega os trampos e me chama para acompanhar paguam na media de 100 a 150 parece pouco, mas se comparar com tocar em barzinho toca-se 3 a 4 horas pra ganhar o que se ganha em uma no casamento emas geralmente junta: violino, sax, canor lirico, percussionista e teclado e nessa brincadeira a noiva já gastou mais de 1000 só com muisca

      E é a noiva que tem que escolher as musicas?
      sim o casamento é dela, é o sonho dela
      mas você acaba opinando, tem noiva que nem faz ideia do que escolher, então você mostra as mais tocadas em casamento
      você também acaba servindo de filtro pra maneirar algumas doidices de certas noivas, se bobear uma outra que falta um parafuso pede pra tocar uma do calypso pra entrada dela e nessa vai ouvir "olha a musica que o tecladista tocou pra noiva entrar"

      Equipamentos como: mesa de som, multi-cabo, caixas acústicas é tudo da igreja onde a gente toca
      geralmente tem igreja que não tem nada, ou não deixa usar, porque o equipamento é só pra usar na missa/culto

      Mr Madruga
      Veterano
      # fev/10 · Editado por: Mr Madruga
      · votar


      -pra amigo/amiga, R$70 a 150 pra cubrir despesas.
      -casamentos popular, de 150 a 200 com esse equipamemto


      vou cobrar isso da proxima vez. Pretendo comprar um E-413 esse ano, e tbm tem a minha banda que é: teclado, baixo, bateria, vocal, cobrariam quanto por uma banda assim?
      Nesses casamentos geralmente é um vocal de cada vez com a mesma banda ou eles usam play-back pra irritar os musicos

      fernando tecladista
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      Nesses casamentos geralmente é um vocal de cada vez com a mesma banda

      explica melhor

      Ken Himura
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      Geralmente, eu cobro entre 200 a 250 reais por pessoa (toco num quarteto), por uma cerimônia de 2 horas.

      tiago scott
      Veterano
      # fev/10 · Editado por: tiago scott
      · votar


      Muito relativo.

      Aqui na região onde moro próximo ao centro de SP, tem músico de sobra mas fica em torno de R$ 150,00 a R$ 200,00 por músico, mas é claro tudo muito profissional com música de entrada, marcha nupcial, temas de fundo, músicas românticas etc. Agora se for algo mais glamuroso você tira até R$ 400,00, depende do bolso pagante.

      Mr Madruga
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      fernando tecladista

      Nesses casamentos geralmente é um vocal de cada vez com a mesma banda

      explica melhor


      quiz dizer que a mesma banda toca para varios cantores, entende?
      um cantor de cada vez

      fernando tecladista
      Veterano
      # fev/10 · Editado por: fernando tecladista
      · votar


      Mr Madruga
      blz

      já toquei em casamentos onde teve 2 cantores, mas todos cantando na raça, só que era gente já acostumada com esse trampo nesse meio
      varios trampos que peguei por ai o cantor me ligou ou mandou email pra falar qual o tom da musica que ele vai cantar e nessa eu támbém me viro pra achar a música se eu não conheço achar partitura ou mp3 e transpr para o tom do cantor

      chego lá nunca vi o cara e tocamos, dando a impressão de que acompanho o cara o vida toda


      -----------------------
      de playback só vi uns 2 na vida sei lá porque não quis cantar com o músico que estava lá, ou foi cagaço ou estava metido com o playback novo que tinha acabado de sair do estudio

      sarpa
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      Carimônia de 40 minutos no máximo: não saio de casa por menos de R$250,00.

      Mr Madruga
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      sarpa

      Também qual o seu equipamento? Toca com quem?

      fernando tecladista
      Veterano
      # fev/10
      · votar


      Cerimônia de 40 minutos no máximo: não saio de casa por menos de R$250,00.

      eu tive essa filosofia por um tempo e fiquei muito tempo em casa....

      :)

      como casamento não era uma das minhas prioridades dava pra levar assim, mas como preciso de grana tive que cobrar mesma coisa que os outros daqui

      kokada
      Veterano
      # ago/10
      · votar


      Aí pessoal, queria saber qual equipamento de som vocês usam, tipo: qual PA, mesa de som, etc... pra cobrar em torno de 150 a 300 numa igreja... tenho um Motif XS7 mas não tenho equipamento pra tocar numa igreja por ex. E tb to sem $$$ no momento... qual vcs indicam?

      viktor 999
      Veterano
      # ago/10 · Editado por: viktor 999
      · votar


      o ultimo que fiz foi eu e um trompetista nos cobramos em media 400 a 500 rs...

      kokada
      Veterano
      # set/10 · Editado por: kokada
      · votar


      Aproveitando o tópico, queria saber como anda o "mercado" pra tocar em igrejas... conversando com um colega meu que casou recentemente, notei que é uma verdadeira "máfia" pra entrar nesse segmento.

      As igrejas geralmente oferecem os próprios músicos, que são "devidamente" cadastrados, pagando-se uma alta taxa mensal para eles. Ou seja, os noivos acabam seguindo o caminho mais fácil, que é contratando esses músicos.

      Se não me engano, é uma lista extensa com várias opções(pelo menos era assim há uns 10 anos atrás, não sei hoje). Os músicos pagam uma espécie de "mensalidade" para a igreja manter o nome deles nesse cadastro mensalmente, afim de que eles possam oferecer para os noivos.

      Ainda é esse esquema ou mudou alguma coisa? Se for assim, to ferrado! rsrs

      Ah e tem mais: se os noivos não quiserem contratar os músicos recomendados pela igreja, eles tem que pagar uma "diferença" para a IGREJA, vejam só que absurdo! Agora, para que serve essa "diferença", eu não sei, alguém sabe?

      Ou seja, é como induzir os noivos a contratar os músicos cadastrados na igreja!

      É um verdadeiro comércio ainda, alguém sabe?

      Para se ter uma idéia, o valor que foi cobrado por uma organista e um violinista foi de R$ 2.500,00 no caso acima. Com certeza está super faturado aí...

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # set/10
      · votar


      kokada

      Nunca ouvi falar dessa máfia nas igrejas... Pelo menos não em igrejas católicas.

      do-bandolim
      Veterano
      # set/10
      · votar


      Tô ferrado!! (2)

      fernando tecladista
      Veterano
      # set/10
      · votar


      kokada

      já ouvir falar de certas paleninhas, mas não a esse ponto

      tem igreja que indica uma lista de músicos pelos motivos:
      - são músicos que já tocam em missas e cultos, então pelo fato de você fazer um favor a igreja te faz outro em troca, mas nunca vi ser obrigatório
      - outro motivo da lista é o fato de o músico conhecer o ritual do casamento, conhecer o gosto do pastor ou do padre, conhecer as músicas daquela comunidade

      as vezes os noivos chamam algum conhecido pra tocar, mas esse alguém nunca colocou o pé na igreja então apronta coisas do tipo:
      - tocar ave maria na igreja evangelica
      - música de aleluia na quaresma
      - tocar pop sertanejo com letra de corno na hora da aliança
      - tocar muito alto enquanto o pastor ou padre fala
      - mexer e ferrar o som da igreja já que não conhece o equipamento

      kokada
      Veterano
      # set/10 · Editado por: kokada
      · votar


      Jonathas Lacerda
      Foi justamente em igreja católica que meu colega se casou...

      fernando tecladista
      Mas como assim, favor? Os noivos já não estão pagando pela cerimônia pra igreja? Já pensou a cara do pastor e de alguns convidados se tocar Ave Maria? afff rs ele pára na hora a cerimônia!
      - mexer e ferrar o som da igreja já que não conhece o equipamento
      Aí acho pouco provável - os músicos geralmente levam os próprios equipamentos de áudio e teclado...

      Acho sacanagem esse tipo de panelinha e favorecimento interno... vou começar a pesquisar a respeito pessoalmente rs A igreja recomendar os músicos até aí blz, mas ter que pagar uma "diferença" em caso dos noivos optarem por alguém conhecido, aí é demais né!

      fernando tecladista
      Veterano
      # set/10 · Editado por: fernando tecladista
      · votar


      kokada
      Mas como assim, favor?

      eu não entendi o que você não entendeu
      certa vez eu algum outro tópico de outro assunto eu falei "favor pra igreja" e deu uma treta porque disseram que não se faz favor pra igreja e que Deus não pede favor etc... e levaram pra esse lado

      entenda favor dessa forma com esse outro exemplo:
      1-"o som da igreja estava com um ronco no ultimo domingo"
      eu fui lá na segunda, revisei todos os cabos e achei o defeito arrumei e fui embora feliz pra casa sem cobrar nada..... isso eu chamo de favor, (ou arrumem outro nome)

      2-"o som da igreja estava com um ronco no ultimo domingo"
      chamaram o cara da eletronica da rua de baixo, ele foi lá na segunda testou, achou o defeito, e emitiu uma "nota fiscal" e um "boleto de cobrança e entregou na secretaria da igreja e voltou feliz pra sua loja " isso eu não chamo de favor foi um serviço realizado

      então...

      tinha um tempo que eu tocava na missa, tocava porque gostava mas mesmo gostando você mas tem seus sacrificios: seu tempo, ensaio, dedicação, gasolina, fora que eu geralmente ajustava o som da igreja, ligava e passava os mics, procurava as músicas, tirava xerox de letras, saia correndo no meio da missa pra cortar microfonia...

      como isso é algo que fazia de boa, não deixa de ser um favor (ou nome que queira dar) já que nunca cobrei um centavo e nunca pensei em cobrar
      como eu e outros músicos eramos dedicados, quando aparecia algum noivo lá pra marcar eles indicavam (sem obrigação) algumas pessoas
      tinha uma lista com nome de músico, florista.... e sei lá mais o que de pessoas que frequentavam a igreja e sempre que a igreja precisava de algum favor, essas pessoas estavam a disposição

      e na secretaria era bem explicado
      "se ainda não tem minguem que vai executar tais e tais serviços a gente tem uma lista do pessoal que participa da igreja que faz esse tipo de serviço, mas você é livre pra chamar quem você quer

      ----------------------------------------------

      Já pensou a cara do pastor e de alguns convidados se tocar Ave Maria? afff rs ele pára na hora a cerimônia!
      eu brinco com essa hipotese, mas é interessante pelo seguinte:
      (fui pesquisar mais um pouco agora e até descobri mais coisas que não sabia)

      a tal ave-maria é composta em cima do "preludio n1" de Bach (1685-1750), do livro o cravo bem temperado, o preludio em si não tem nenhuma conotação religiosa (procure sobre o por que do livro) - Bach foi luterano

      a melodia que Gounod (1818-1893) criou em cima do preludio não tinha letra foi feita pra violoncelo, nisso ele colocou o nome de "meditação" (e só)
      depois de algum tempo Gounod se apaixona por uma mulher casada (Rosalie) e encaixa um poema de Alfonse Lamartine "Le livre de la vie" nessa música

      o encaixe de outra letra nessa música (a oração em si) mais a frente foi por outra pessoa (a mãe de Rosalie), então "eu" nos moldes de hoje chamaria isso de "versão" como acontece com bandas do tipo KLB
      se a versão faz mais sucesso que o original já é outra historia

      se eu tocar isso somente no teclado (instrumental) no máximo entendo que chego até a segunda parte da historia que contei

      toda essa historia eu sabia uma parte e com mais 15 min de internet vi o resto, mas as vezes parece que é mais pratico fazer cara feia pra músico e falar "não pode"
      ------------------------
      outro exemplo
      Unchained Melody que é de 1955 (Al Hibbler) e só tem uma letra romantica e mais nada, que por aqui é conhecida como "tema do ghost" 1990 foi colocada em um filme espirita (a música não tem culpa) mas também é mais facil falar "não pode"


      ----------------------------------------

      Acho sacanagem esse tipo de panelinha e favorecimento interno...
      panelinha (não só em música) é algo que a gente só entende o seu por que, quando está nela

      kokada
      Veterano
      # set/10
      · votar


      fernando tecladista
      OMG! O favor que eu tinha entendido é que os noivos estavam fazendo favor pra igreja em casar lá! rsrs não tem nada a ver com favor do músico pra igreja, agora que me toquei, rs

      Agora as músicas Ave Maria e Unchained Melody já automaticamente ficam associadas à igreja católica e ao espiritismo respectivamente, já é instintivo. Ficaram "rotuladas" e não tem como reverter isso...

      Quanto à questão dessa panelinha, é normal, o que acho incorreto é a igreja querer cobrar uma "diferença" caso os noivos optem por músicos de fora. Isso que fiquei revoltado.

      arilevita
      Veterano
      # set/10 · Editado por: arilevita
      · votar


      kokada
      Já está bem claro no Código de Defesa do Consumidor que se a igreja fizer algo que cerceie a atuação de um profissional para beneficiar um que eles indicam, se configura venda casada. Prcocessinho rápido e fácil fácil de se ganhar. Veja o artigo ; http://www.denuncio.com.br/direito-consumidor/os-consumidores-e-as-igr ejas/42/. Há pouco tempo uma secretária de igreja católica fez um terror para que o péssimo tecladista deles (tocava meio que pé de galinha com harmonias do Livro de Partituras para acordeão do Mário Mascarenhas-bizarro) tocasse no casamento de minha amiga. Ela bateu pé, noivo ótimo advogado, só uma ameacinha de processo que tudo se resolveu. Acabei tocando . Só músicas clássicas dentro daquilo que permitiam.

      Se a igreja permite que toquem profissionais e ela fornece gratuitamente os músicos de boa qualidade,tudo bem. Mas, se cobram, mesmo que estes artistas ajudem, toquem nos cultos ou são amigos do padre, não podem se favorecer, Não sou eu quem o diz , mas o CDC.

      fernando tecladista
      Veterano
      # set/10
      · votar


      arilevita
      interessante a lei, embora o lance de venda casada é explicito nesse caso, sempre se acha algo pra justificar, e a dor de cabeça que gera é mais cara do que pagar a tal multa pra tocar quem você quer

      o problema é que nessa "qualquer coisa" pode estar casada no pacote, por essa lei eu posso pedir um outro padre que não seja da paroquia, posso querer que troque o santo que está no altar e colocar um santo que eu gosto mais, nessa dúvido que advogado me apoia

      kokada
      se você tiver problema com alguma tenta o caminho inverso, a pimeira tentação é bater de frente, nessa é facil as portas se fecharem ainda mais, se alguma igreja falar que não pode, tenta chegar como amigo, marque um dia com o padre ou pastor e mostre que você tem capacidade, leve até o teclado toque algumas músicas, geralmente a "administração da panelinha" é quem te barra, se você chegar na pessoa certa creio que é mais facil

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quanto ganhar em uma cerimônia de casamento

      305.555 tópicos 7.892.292 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital