Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Dúvida: Como tocar numa banda?

      Autor Mensagem
      Adriano.Kai
      Veterano
      # nov/08


      Eu aprendi a tocar teclado tem pouco tempo, então não tenho muita experiência e tenho algumas dúvidas, se vocês puderem me ajudar a tirar.

      As formas como eu aprendi a tocar teclado com timbre de piano é fazendo o baixo com a mão eskerda (de 2 oitavas) e os acordes com a direita, ou fazendo os acordes com a esquerda e a melodia com a direita.

      Porém eu vi um artigo sobre usando o teclado em uma banda, que falava para deixar que o contra-baixo fizesse o baixo, pro som dele ficar mais nítido, sem confusões, mas então o que faria eu com a mão eskerda?

      Se alguém puder me dar umas dicas de como usar o teclado em uma banda pra q ele faça a diferença nos momentos certos sem atrapalhar e causar confusão sonora.

      Vlws o/

      mano_a_mano
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Adriano.Kai
      Depende do tipo de som que a banda faz, qual o timbre mais usado, etc. É uma série de fatores.
      Uma coisa eu já vou dizer de cara: evite "imitar" os outros integrantes da banda. Faça a sua parte na música, preenchendo a harmonia, fazendo solos - tudo o que a música pedir. E sim, use as duas mãos.

      Adriano.Kai
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      a banda toca gospel... tipo q agent usa mto violão, guitarra, essas paradas assim, num estilo quase rock huahuahua

      mas soh q tipo, com a mão eskerda, eu faria o q a não ser o baixo?

      Eu tive algumas idéizinhas de fzr tipo assim: o acorde é C... na mão eskerda eu faço Dó - Sol, e na direita eu faço Do - Mi - Sol... ou A7, na eskerda eu faço Mi - Lá, e na direita Dó# - Mi - Sol...

      Mas isso foi idéia q eu tive, eu n sei ao certo o q fzr...

      Henrique Leal
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      voc^e não precisa necessariamente usar só o timbre de piano

      depende do teclado que você tem.. se ele puder dividir em 2 sons em cada área do teclado (função split ou algo assim), você pode fazer a cama com sons de pads, ou strings bem leves com a mão esquerda e usar a mão direita para "brincar" durante a música, aí, até mesmo com som de piano ou outros...

      Bem.. é uma idéia a mais...

      ...espero ter ajudado.

      Adriano.Kai
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      essa é uma opção mto boa Henrique, mas o teclado q eu toco n tem essa opção =/

      mas vlw ae, essa idéia vai ajudar futuramente =D

      mano_a_mano
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Adriano.Kai
      Qual é o teu teclado?

      dtplayer
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Só não pode colocar uma string e ficar fazendo "fundinho"

      JowR
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      dtplayer

      É, isso é deprimente para um tecladista. E é o que acontece muitas vezes.

      mano_a_mano
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      dtplayer
      Só não pode colocar uma string e ficar fazendo "fundinho"
      Cansei de ver muito operador de mesa de som dizendo "ah, teclado é só meter um Strings que ninguém nota". Discordo veementemente dessa "máxima".

      JowR
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      mano_a_mano
      Discordo veementemente dessa "máxima". [2]

      mano_a_mano
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: mano_a_mano
      · votar


      JowR
      Pois é... Com isso o tecladista acaba desmerecido, desapontado, desiludido, des... (ah, sei lá, não sei quantos "des" eu poderia citar aqui).
      Estou há pouco mais de um ano numa banda daqui da Grande Porto Alegre e, desde o dia em que entrei para fazer a entrevista e o teste, sempre procurei mostrar minha identidade e, ao mesmo tempo, completar a sonoridade da banda. E para tal não fico me restringindo a "fundinhos", como o dtplayer falou.

      Adriano.Kai
      Tu ainda não me respondeu:

      Qual é o teu teclado?

      Assim eu posso te ajudar melhor.

      83689
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: 83689
      · votar


      Discordo veementemente dessa "máxima". [3]



      Adriano.Kai
      kara pelo q vejo te flata um poko mais de informação!!!
      o ideal é vc estudar o nipe do teclado nas músicas e fazer o q a música pede para fazer!!!
      Assim ñ erro e nem matação (tipo fundinho) com orgão e ou strings

      JowR
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      mano_a_mano
      Quando a galera da igreja diz pra mim ficar no fundinho. Eu respondo: Vai nessa. Aí eu endoido e faço um som maneiro. ;D

      mano_a_mano
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      JowR
      hehe :-p

      Psychfolker
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Sobe no palco e começa.

      Henrique Leal
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      não pode colocar uma string e ficar fazendo "fundinho"

      exatamente "Só"... realmente MATA... mas de vez em quando, quando combnar com a música e com o momento, acho muito aplicável, realmete para preencher "vazios" na música ele aparece.. e com triunfo, se bem expressivo...

      Não sei como vocês tocam, mas acho legal combinarem todas as passagens das músicas, e você inventar algo para fazer sistematicamente no teclado (se necessário e tiver a habilidade, é o caso de escrever uma partitura com a sua parte escrita), asim você não fica perdido e, na minha opinião sai algo bem profissional (claro que depende de cada música).

      Invente, use vários sons na mesma música (com moderação e bom senso)... assim também resolve o problema da mão esquerda: use-a para operar o teclado! hehe

      Lord fafe
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: Lord fafe
      · votar


      Adriano.Kai

      Kra... eu axo que a melhor coisa a se fazer é ouvir bastante músicas no estilo da banda e começar imitar os tecladistas até vc se acustumar... comigo foi assim... FUNCIONAAaaªª²ºº8 (depois faça seu própio estilo... tecladista sem originalidade é foda)

      E na questão do fundinho... quase nunk combina... só as vezes... quando eu vejo um tecladista fazendo fundinho me dá até vontade de Sair chutando o Set todo dele...

      Fundinho NÂO...

      Se valorizem...(parece frase de puta pra puta... nada a ver com o assunto... deu vontade de colocar isso...) hehe...¬¬

      Adriano.Kai
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Vlw pela ajuda ae gent...

      e meu teclado é um dakeles bem antigos e ruinzins, mas eu n uso ele pra tocar na banda... ele eh um Casio CTK-200

      O da banda eh um Yamaha PSR alguma coisa... eu eskeci o número, mas eh um tbm bem simplezim...

      tecladoprofusao
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Adriano.Kai
      Eu tenho um CTK 200 tb!! Foi meu primeiro teclado... E como eu aprendi com ele...

      Acho que independente de técnica e equipamento, o principal é não ter "medo de mostrar o som". Toque num volume compatível com o resto da banda, não deixe baixinho pra se "esconder" no meio dos outros. E toque na frente de várias pessoas, isso vai te deixando mais à vontade... É bom evitar aquele "pânico de palco" que muita gente desenvolve rsrs...

      Quanto ao equipamento, tire dele o máximo antes de pensar em trocar. Aí invista em um bom. Aproveita os leads do CTK 200 pra fazer uns solos! Eu gosto os Synth Brass (51), Power lead (56), Cathedral (84), entre outros rsrs... Seja criativo!

      Não faça baixos exagerados, tentando copiar o que o baixo faz. Isso embola tudo.

      E lembre: Só não pode colocar uma string e ficar fazendo "fundinho". Se quiser usar cordas (strings), dê movimento ao "fundinho", faça umas inversões e passagens de um acorde para outro, tire umas notas pra ficar um som mais limpo (às vezes fazendo uma nota com a mão esquerda e duas com a direita fica um som incrível no meio da banda), enfim... varie. Não deixe o som parecer parado.

      E toque, toque muito. Reúna os amigos em momentos de folga pra "fazer um barulho" sem compromisso nenhum, só por diversão mesmo.

      Lord fafe
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      tecladoprofusao
      Eu tenho um CTK 200

      Ainda tem?? hehe... o primeiro teclado agente nunca se desfaz né??

      hehe...

      Henrique Leal
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      o primeiro teclado agente nunca se desfaz né??

      em me desfiz.. =(

      CTK-411

      Faop
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Eu tenho vontade de queima o meu CTK... Agente num se desfaz por um único motivo, num acha quem compra hehe.

      Mas em questão do tópico, cara as vezes se você fizer algo muito animal, os cara da banda deixam até você fazer a parte deles. Por exemplo, eu sou um tecladista que canta (num achamo vocal, sobro pra mim...), e agente toca metal clássico, progressivo, melódico e hard rock. Na Master of Puppets do Mettalica, tem aquela parte um pouco mais lenta antes do solo, quem conhece a música sabe o que eu to falando, eu deu a ideia e concordaram, eu faço essa parte inteira no piano, e depois eu entro ainda no solo da música, no piano tambem, da uma expressão maior à música e ainda me da uma moral hehe.

      dtplayer
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      Henrique Leal

      Esse papel do "fundinho" é do tecladista, não adianta. O foda é que tem muito cara por aí que só faz isso. Eu ligo o timbre que se encaixa melhor e fico viajando, acompanhando a musica.

      dtplayer
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: dtplayer
      · votar


      Faop

      Eu tenho vontade de queima o meu CTK... Agente num se desfaz por um único motivo, num acha quem compra hehe.



      Respondendo ao tópico. Eu acho que a primeira coisa é definir os timbres que vai usar. Dificilemente uso um timbre apenas na musica, mas tem que ver conforme fo o estilo tocado. Depois, em cima da harmonia da musica, faz um arranjo lega, que vai depender do timbre qu estiver usando. Eu acho que vale a pena ser criativo e fazer um negóccio legal, sentindo o feeling da musica. Quanto ao que vai tocar, depende da tua técnica. Eu constumo fazer os baixos na mão esquerda e viajar com a direita. As vezes esqueço do baixo e fico só viajando mesmo. Muitas vezes faço um split colocando outro timbre na mão esquerda, pra poder arranjar nas duas mãos ao mesmo tempo.

      Resumindo: Escolhe os timbres e faz os arranjos em cima da musica (nem que seja só acompanhando os acordes). Escolhe o ritmo conforme o intrumento que usar (se for mais percussivo, usa um ritmo rápido, se um pad ou string pode só acompanhar a musica). Por fim, não seja minimalista, use e abuse dos recursos que tu tem, faz uns splits loucos, busque novos timbres usando as layers disponíveis e manda ver. Uma dica é misturar sons com realease, tipo pad e string com outro perucssivo e veloz, da altos efeitos. Splits com agudos na mão esquerda e na direita, mas com timbres diferentes é legal. Da pra usar sequencia pra auxiliar, sample, processos diferentes de sintese......vixi, o céu é o limite.

      Artref
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: Artref
      · votar


      -Não "gaste mão" fazendo contra-baixo. Tem um baixista lá, hehehe;
      -Use as duas mãos;
      -Não copie o que o guitarrista está fazendo...você tem que se encaixar na música, pensar como um grupo;
      -Não fique solando junto com solo ou com o cantor. Eita treco horrível isso! rs...(e tem muita gente que faz)
      -Dê "molho" à música. É a nossa função!
      -Por último e a mais importante: ESCUTE os outros! Tem gente que toca há muito tempo e até hoje não aprendeu isso...

      Tem mais coisas, e algumas você fará de acordo com seu estilo.

      dtplayer
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: dtplayer
      · votar


      Artref

      Mandou bem, boas dicas.

      Ah, vi a gora o teclado que tu usa. No PSR da pra fazer bastante coisa com dual e split. Fuça nos timbres, mudando de oitava quando fizer algum dual. Usa um pedal pra mudar os timbres, fica bem mais facil.

      Adriano.Kai
      Veterano
      # nov/08
      · votar


      pow vlw galera... cs me ajudaram mto msm =D

      tiago scott
      Veterano
      # nov/08 · Editado por: tiago scott
      · votar


      Adriano.Kai
      Membro Novato

      Te aconselho também a ver alguns DVD´s que têm bons tecladistas. Têm vários generos tipo Djavan, Jota Quest, Cidade Negra até um sertanejo vai tipo Bruno e Marrone. E veja como os tecladistas se comportam nas músicas, pois devemos aprender que têm momento pra tudo na música. Hora de fazer os acordes de cama (apenas para acompanhar a voz), hora de solar, hora de estravazar com o peso do som (Geralmente introdução ou final de músicas) e várias outras coisas. Nunca imite ou siga linha de nenhum instrumento, o Keyboard deve ter seu espaço que é único. Quanto a usar a mão esquerda, acredito que você pode usar fazendo o baixo oitavado normal, pois dá mais peso na música, quanto ao contrabaxista ele que deve ter a sensibilidade para adequar o peso do Bass a banda junto com o grave do teclado.

      Falow Brodher.

      bia1
      Membro Novato
      # 29/ago/17 13:06
      · votar


      Ola!! Gente comecei a tocar teclado na igreja ja faz 3 meses. Sei ate agora o basico do teclado que sao fazer os acompanhamentos..Tenho apenas 2 vezes no mes que uma pessoa me passa alguma orientação de como tocar , porque nao estou fazendo aula mais..Queria uma opniao de vcs porque nao estou mais animada em continuar na banda pois nao estou conseguindo desenvolver o teclado para tocar sozinha tipo sem ser em banda sabe, porque com a banda é so mais o basico mesmo e sempre trocam de musica e pegam muito em cima da hora.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Dúvida: Como tocar numa banda?

      303.304 tópicos 7.849.411 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital