Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

Compra de piano - Ajuda com marcas

Autor Mensagem
Guilherme_Pimentel18
Veterano
# jun/07


Opa galera, seguinte... Sempre fui completamente apaixonado por música de uma maneira geral, e em especial: por piano. Agora decidi que vou me apertar um pouco financeiramente e tentar comprar um. Mas sou completamente cego nisso.

E sim, vou começar a tocar... Mas quero um piano normal mesmo, sem ser eletrônico nem nada. Tava dando uma olhada por alguns forums e sites, incluindo este, a respeito das marcas e tudo o mais... nao quero gastar tanto dinheiro... provavelmente alguma coisa entre 5 mil e 6 mil reais... Aí é que entra a minha primeira dúvida

- O que vale mais a pena: Pegar um bom piano usado ou pegar um piano razoável novo?

e a minha segunda dúvida é basicamente entre as marcas.. ouvi falar muito principalmente dessas 4: Essenfelder, Fritz Dobbert, Brasil e Scheinder. dei uma pesquisada nos preços e achei pianos de todos eles com preços acessíveis. Então queria saber.. qual vale mais a pena? O que ouço mais falar é do Essenfelder, é realmente a melhor escolha?

Valeu aí galera,
abraços

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


Guilherme_Pimentel18

olha cara.. embora eu toque piano, minha especialidade não é piano acustico mas vou tentar ajudar.

Os essenfelders e piano brasil normalmente é o que o pessoal prefere, eu também sempre gostei dos essenfelders ( nunca vi um brasil na minha frente ) .. enfim.. esses dias eu estava numa loja e vi um fritz dobbert de parede bemm pequeno.. meio piano de estudio ... custava uns 9 mil reais. Me apaixonei pelo piano... pro som que eu curto tocar , classico e blues, ele tinha um timbre otimo, bem definido, bastante metalico e pouco aveludado.. só que piano acustico é complicado, comprar sem testar é a pior coisa que tu pode fazer.. primeiro pq tem muitas variaveis que interferem no som do piano, e outra.. cada piano é um piano.. não existe 2 identicos..

Guilherme_Pimentel18
Veterano
# jun/07
· votar


entendo.. valeu aí sua ajuda

o problema, é que como eu disse.. eu não entendo dessas coisas.. fica difícil eu "testar" um piano, quando eu sei que por enquanto não vou sentir tanta diferença.. e só vou sentir que fiz uma boa compra ou nao depois de alguns meses de experiência... pelo menos isso é o que eu acho. to pedindo justamente que vocês ajudem o cego aqui a decidir uma boa marca ^^

gustavorino
Veterano
# jun/07 · Editado por: gustavorino
· votar


Guilherme_Pimentel18

o legal seria tu ir numa loja de pianos acusticos.. e testar varios modelos.. ai você começa a sentir a diferença.. o que tu gostar mais tu leva.. e se você nao sabe tocar ainda.. pede pra algum vendedor ou sei lá... tocar a mesma musica em varios pianos

Mauro Lacerda
Veterano
# jun/07
· votar


Ou então leve alguém que já toca piano, que ele pode te ajudar mais que o vendedor, que obviamente estará mais interessado em que você leve um piano mais caro...

fábio_soul
Veterano
# jun/07
· votar


Ou então compra de todas as marcas e, quando você conseguir perceber a diferença entre eles, saberá qual foi a melhor compra. Daí, depois que você decidir qual é o seu predileto, pega os outros e faz uma doação pro pessoal aqui do Fórum... Não é uma boa? Eu acho.

Mas, falando sério, em qualquer lugar que você perguntar esse tipo de coisa o pessoal vai falar:

_ Olha, tal marca é melhor, mas o negócio é você testar para ver qual lhe agrada mais.

Porque, no fundo, por mais que conheça o equipamento, ninguém quer "assumir a responsabilidade" da compra que você vai fazer, sendo que piano é uma coisa tão pessoal (peso das teclas, timbre mais agudo, mais grave, mais abafado, mais brilhante, etc...), porque, no fundo, ninguém quer que você chegue um mês depois e fale:

_ Seu filho da )(*¨%5#@!{2}9^?:><(&(9¨¨%5¨*(|, você falou que esse piano era bom, mas ele é uma merda!

Então, meu caro, o lance é testar

Ken Himura
Veterano
# jun/07
· votar


Pow, tem um tópico idêntico a esse no fórum, recente até. É só usar a busca.

Guilherme_Pimentel18
Veterano
# jun/07
· votar


O que vale mais a pena: Pegar um bom piano usado ou pegar um piano razoável novo?

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


Guilherme_Pimentel18

um USADO bom.. pianos geralmente quanto mais antigos melhor ( digo .. antigo não confunda com detonados )

Ninee
Veterano
# jun/07
· votar


Guilherme_Pimentel18
O que ouço mais falar é do Essenfelder, é realmente a melhor escolha?

Na minha opinião sim. Difícil vc se decepcionar com um Essenfelder... Boa sorte! ;)

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


e aí galera...também vou começar a tocar piano...mas quero um digital...qual seria melhor...existem tantos...será qeu o tal do Fenix 8815 presta? ou começo com um Kawai cn21...? desde já obrigado..

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


belvederius

amigo.. Fenix , Medeli = Lixo..

Se nao tiver mta grana voce pode começar com algum Casio que já sao melhores que esses citados acima

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


Valeu Gustavorino....hein...vc conhece o Kawai CN21...tem pra vender na Frtiz Dobbert.....será que é bom..?

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


belvederius

possuo um Kawai MP4.. a qualidade dos kawais em geral é muito boa.. mas infelizmente não conheco esse modelo ai..

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


pois é gustavorino..já ouvi falar do mp4...e falar bem...o kawai cn21 é um lançamento..melhor naum arriscar né? que tal então um casio ap24?

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


è que disponho de pouca grana..

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


belvederius
pouco quanto?

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


3.000 .....3.500

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


Gustavorino

Báh loco véio...escutei a sonzeria da TiaChica...pode crê meirmão..sonzeria a fû...gsotei muito da "um vagabundo"...muito bom mesmo...se eu tocar 30% do que tu toca..pra mim tá bom...
Mudando de assunto..tem um amigo meu..fizemos faculdade juntos em PoA...que tem o mesmo sobremome teu :Bremm , Cristiano Bremm..natural de Roque Gonzales... valeu cara..um abração..e obrigado pelas dicas....se por acaso ficar sabendo algo a respeito do Kawai CN21....manda vê...naum sei pq..mas tou tri a fim de comprar este piano..[b][/b][i][/i]

gustavorino
Veterano
# jun/07
· votar


belvederius
tu é do sul ? me manda um email Meu nick @gmail.com tem um cara vendendo um Kawai na minha cidade que tu pode se interessar ( bem melhor que o CN21 ) e mais barato

fernando tecladista
Veterano
# jun/07
· votar


Guilherme_Pimentel18

procure pianos de 88 teclas e com cordas cruzadas
tem alguns por ai de 85, em questão de teclas não faz diferença, mas geralmente do que ouvi não dão muito valor, pela falta de vontade do fabricante em colocar 3 teclas, passa a ideia de modelo "popular"

e a pianos com cordas retas, alguns lugares colocam o apelido de piano gaiolinha, pelo formato das cordas

neste site tem as fotos:
http://www.headingley-pianos.co.uk/info.html

figura 1: corda reta
figura 2 e 3 corda cruzada

LuisKoppe
Veterano
# jun/07
· votar


fernando tecladista
gustavorino
Acho que em algumas coisas vocês estão equivocados:
- um piano antigo não é necessariamente melhor do que um piano novo. É claro que um Steinway com 40 anos bem-cuidados será melhor do que um Essenfelder com 20. Mas o tempo é implacável - feltros endurecem, algumas peças de couro (sim, couro) ficam rachadas etc. Alguns pianos mal-feitos apresentam problemas terríveis com o tempo, por exemplo: dentro de cada tecla existe uma pecinha de chumbo, que varia de tamanho para equilibrar o teclado depois de pronto. Acontece que às vezes a madeira dessas teclas não está totalmente "curada" e acaba cuspindo fora esses pesinhos. São aquelas rachaduras na lateral das teclas que podemos observar em pianos porcaria.
Todo piano deve ser tocado, portanto a não ser que o piano antigo em questão tenha ficado guardado numa sala especial, ele não só sofrerá as agruras do tempo como terá o mecanismo já com algum jogo (em pianos antigos, um verdadeiro campeonato), os feltros dos martelos estarão marcados pelas cordas que percutem (o que deixa o som excessivamente brilhante). Enfim, pianos novos são melhores do que pianos antigos, levando-se em consideração que a marca, o material e a mão-de-obra tenham sido iguais.
A respeito das cordas retas e cruzadas: pianos de cordas retas são muito antigos, acredito que não exista nenhum com menos de 80 anos. As cordas cruzadas são um recurso que permite bordões mais longos em pianos relativamente curtos ou baixos.
O piano gaiola não diz respeito a isso: trata-se do tipo de sistema de abafadores. Num piano "normal", desses que todo mundo conhece, os abafadores vêm por trás das cordas. Num piano gaiola esses abafadores estão posicionados na mesma orientação dos martelos, encostando nas cordas um pouco acima deles. Os arames que conectam esses abafadores ao mecanismo formam uma espécie de grade da frente dos martelos, o que dá a impressão de que o mecanismo todo está contido numa "gaiola".

Ainda sobre a escolha de pianos no que diz respeito à idade: numa loja de pianos usados, os vendedores normalmente mentem a idade do piano para menos. Lembro-me de quando estava a escolher meu 1o. piano e numa loja perguntei ao vendedor a idade daquele piano (isso em 1999). Ele disse "uns 5, 6 anos" enquanto eu olhava o piano por dentro e percebia a assinatura do primeiro afinador "Gilmar 1972".
Os Essenfelders, por exemplo, não têm menos de 15 anos, já que esse é o tempo que faz que a fábrica fechou - ficava aqui perto da minha casa. Aliás, a fábrica fechou porque os últimos pianos eram de péssima qualidade: o mecanismo já não era importado, o cobre dos bordões era esmaltado (!!!), o aço das outras cordas era pobre, enfim, só o móvel era "bonito".
Tenho um Essenfelder modelo 138B de 1984. Comprei de uma mulher que o tinha em casa sem ninguém tocá-lo: estava tão novo que dava até pena de tocar. Teclado alinhadinho, timbragem perfeita, martelos novos, um primor. Mecanismo um pouquinho mais duro do que o desejável, mas um som lindíssimo, pronunciado, não aquele som que parece que está vindo de um buraco de 5 metros de profundidade. Isso faz 4 anos e o piano já não é mais o mesmo: os martelos estão marcados e existe algum "jogo" no mecanismo. Nada que uma regulagem de uns 500 pila não resolva, mas quero dizer que, se o piano é pra usar (como eu uso), ele vai se desgastar. E se você comprar um piano "meia-boca" pra tocar 3 ou 4 horas por dia terá bastante dor-de-cabeça.

Desculpem o excesso.
Um abraço.

Guilherme_Pimentel18
Veterano
# jun/07
· votar


Valeu aí galera. Vou atrás de alguma loja de pianos aqui em Recife (por sinal, alguém conhece uma?)... Pelo que já ouço tanta gente falar, inicialmente vou atrás de um Essenfelder.. dou uma tocadinha por lá, vejo se gosto e tal.. comparo com outros.. enfim.

O que me mata, é que sou muito cego nessas coisas. Até gostaria de ter um amigo que tocasse e entedesse do assunto pra ir comprar comigo. Sei lá, nao vou saber distinguir um piano bom de um piano ruim (em alguns pontos, é claro). Mas bem, vou ver se desenrolo isso por aqui. Valeu a ajuda todos, qualquer dica será bem vinda

abraços

TG Aoshi
Veterano
# jun/07 · Editado por: TG Aoshi
· votar


LuisKoppe
Concordo que esses aspectos que vc falou devem ser levados em consideração, mas calma ae!! =P
Assim vc vai é acabar criando uma idéia errada na cabeça de quem ler este tópico aqui!

Não é todo piano antigo que vai apresentar todos esses "defeitos" que vc mencionou! É bom lembrar que esses pianos antigos vendidos em lojas especializadas são recondicionados (bom, talvez nem sempre...)!
O mecanismo é reajustado, feltros velhos são trocados por novos, peças quebradas e com defeitos são trocadas, etc...

Enfim, se vc comprar um piano antigo, bem antigo, não quer dizer necessariamente que está comprando uma porcaria! Mas, é claro, esses aspectos citados devem ser levados em conta na compra do piano, principalmente se vc vai comprar um na mão de outra pessoa, caso contrário, talvez tenha que levar em consideração uma grana extra pra regulagem do piano.

LuisKoppe
Veterano
# jun/07
· votar


TG Aoshi
Isso, isso! Desculpe se me expressei mal, mas quando disse "piano antigo" quis dizer antigo mesmo, não reformado. Piano original, vamos dizer assim. Porque um piano antigo bem-cuidado apresenta uma tábua harmônica bem sequinha (quem já tocou num violão velho sabe o que estou falando - pode ser a maior podreira o braço, a afinação e tal, mas o som da madeira velha bem sequinha....), por isso se o mecanismo for legal, as cordas forem boas (o aço melhorou muito com o passar dos anos - o pessoal do Titanic não iria acreditar) e os feltros estiverem bons, não tenho nada contra pianos antigos. Eu mesmo tive um Gors & Kallmann de 1925 que era lindíssimo e tinha um som bonito, só que estava com o mecanismo muito envelhecido. Um tia minha tinha um piano Brasil que havia sido completamente restaurado (e bem restaurado, a família dela - do lado dela, não a minha família- é bem rica) e é até hoje o melhor piano de parede que já toquei na vida.
Beleza, se havia algum mal-entendido acho que está corrigido. Um abraço.

belvederius
Veterano
# jun/07
· votar


Valeu aí galera..especialmente ao gustavorino..grande camarada...os toques foram bem legais....com tudo que voces disseram aí...resolvi..como estou aprendendo..vou comprar um Fritz Dobbert 115 novíssimo..zerado mesmo..acho que vale o investimento..obrigado a todos...quando chegar a máquina mando uma foto dele para os que comentaram..obrigado....Giovani Zambelli.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Compra de piano - Ajuda com marcas

291.291 tópicos 7.598.597 posts
Fórum Cifra Club © 2001-2014 Studio Sol Comunicação Digital