Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Pedal de guitarra pouco usado estraga?

      Autor Mensagem
      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 21/out/17 01:23 · Editado por: TheWesleyAndradeExperience


      Pessoal eu tenho 5 Pedais:
      01- Little Big Muff EUA
      02- DS 2 Boss
      03- WH10 Wah
      04- DOD FX65 Chorus
      05- Pedaleira g1xon

      Eu guardo eles plugados e em um Hard Case...
      O que acontece é que eu venho trabalhando muito, a ponto de não conseguir treinar minha guitarra... Daí é que vem a pergunta:

      Pedal de guitarra pouco usado estraga? O Gilney Parson falou em um vídeo que pode estragar, daí fiquei encucado...
      Perdão pela pergunta imbecil... Muito obrigado desde já!!!

      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 21/out/17 01:25
      · votar


      Eu uso uma fonte para os pedais... Não uso Bateria...
      Perdão mesmo por perguntar essa bobagem, mas não tenho vergonha de perguntar pois só assim consigo aprender!
      Obrigado mesmo!

      Lelo Mig
      Membro
      # 21/out/17 01:35
      · votar


      TheWesleyAndradeExperience

      Cara, desde que estejam sem bateria, e não pegando poeira excessiva ou umidade, não há porque estragar, mas também não estão preservados eternamente.

      A maioria dos equipamentos eletro, eletronicos, mecanicos e etc., tem vida util por uso e por desuso. Ou seja foram feitos para funcionarem e desgastarem... Como tudo no mundo.

      O uso "gasta" os componentes. O desuso pode "petrificar" partes mecanicas e ressecar os componentes.


      Mantenha-os limpos, gire potenciometros, acione chaves, deixe energia circular.

      Voce pode fazer isso a cada 20 dias, ou 1 vez ao mês?

      Se sim, não há porque se preocupar.

      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 21/out/17 01:41 · Editado por: TheWesleyAndradeExperience
      · votar


      Lelo Mig, muito obrigado pela explicação!!!
      Olha, eu deixo ele bem limpo e guardado num Hard Case...
      Tenho sim, só nesses ultimos meses que ando muito atarefado, e por isso esse medo!
      Mas eu uso sim nesse período de tempo, obrigado mesmo pela ajuda, tirou um piano das minhas costas! Agora não tenho mais esse medo! haha!
      OBRIGADO MESMO!!

      Fábio Santiago
      Veterano
      # 22/out/17 03:38
      · votar


      TheWesleyAndradeExperience
      O desgaste de componente eletrônico funciona da seguinte forma, temperatura, quanto mais alta ele trabalha reduz o tempo de vida com exceção de válvulas porque elas foram feitas pra trabalhar quentes. tolerância de voltagens, e watts, ex: resistores de 1w trabalhando no limite da capacidade tem tempo de vida útil menor do que um de 2w.

      No caso de pedais, Resistores e capacitores tem praticamente vida infinita porque não trabalham sob alta temperatura e sem sob stress de voltagens, o que pode estragar em um pedal?
      Footswicth porque eles tem tempo de vida por acionamento, não sei o quanto o fabricante especifica.
      Potenciômetros, desgastam a pista com o uso
      Placa pcb, podem oxidar as soldas em locais um umidade, ou que forma mofo nas paredes.
      Vazamento de bateria

      Guarde sempre em local seco e arejado livre de mofo, e umidade, e livre se insetos, pois baratas e formigas adoram se infiltra em aparelhos eletrônicos, e uma infestação é capaz de destruir a pcb

      Paludo756
      Membro Novato
      # 23/out/17 12:45
      · votar


      O Lelo Mig já falou tudo, só vou complementar algumas coisas que aprendi durante meus anos de vivência.

      O maior vilão no equipamento parado é a umidade, a sílica gel é uma boa amiga pra essas coisas.
      É comum usar o WD40 para dar aquela limpada no pedal limpar a lata, dar um brilho e tudo mais, mas cuidado nos potenciômetros, se entrar em contato com o potenciômetro o WD40 pode retirar o carvão presente nele e mudar as características de resistência, e acabar estragando o componente.
      Tire sempre a bateria dos pedais, elas tendem a vazar.

      Iversonfr
      Veterano
      # 23/out/17 13:12
      · votar


      Paludo756

      Uma boa turma aqui no FCC abomina WD40, eu incluso. WD deixa resíduos, fica um óleo que ao meu ver num equipamento eletrônico pode piorar com o tempo. Limpa na hora, mas no longo prazo piora a situação. Como digo, sempre existe algo que faz melhor que WD40 na sua respectiva área. WD é um produto genérico que faz de tudo e não faz nada direito. A única coisa que presta mesmo é tirar aquelas colas que ficam grudadas de adesivos.

      Pra eletrônico uso Limpa Contatos, pro nut de guitarra é grafite, pra lubrificar tem vários produtos como óleo Singer ou graxa dependendo do uso se for mais bruto, pra proteger Corrosion X. WD40 só uso na dobradiça da porta e olhe lá. Não recomendo usar em eletrônicos, mas essa é minha opinião. Abs!

      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 27/out/17 03:32
      · votar


      Fábio Santiago, Paludo756 e Iversonfr, muito obrigado por responder a esta pergunta ''idiota'', pois parece até ingênua mas eu não tenho essa de vergonha, eu gosto muito de perguntar pois Musicos experientes igual a vocês já vivenciaram algumas dessas situações, então eu nem pensei duas vezes... rs
      Tá vendo só o quanto que eu aprendi??
      Muito obrigado mesmo e perdão pela pergunta!!!
      OBRIGADO!

      Ismah
      Veterano
      # 27/out/17 07:00
      · votar


      Iversonfr

      Óleo Singer, olha lá na máquina de costura... Eu passei a usar em ciclismo, um a base de cera (Squirt ou Finish Line Wax ou Finish Line Ceramic Wax), e outro a base de teflon (Finish Line Dry / Seco)... AMBOS secam, assim não junta sujeira praticamente...! Passa um pincel / aspirador de pó, um pano e seja feliz.
      Talvez o único "contra" é que se pegar água, lascou... Ele vai se embora.

      Pinguei o Finish Line no pot do meu Wah, e tá que é um brinco!

      Só é um tanto salgado o negócio... Paguei 20 reais cada (+17 de frete), por 120 mL de cada, num pacote combo de um Finish Line Dry / Seco e um Wet / Úmido / Húmedo . O Squirt eu só conheço, e usei um dia de emergência de um amigo. Os Finish Line Wax e Ceramic Wax, são mais caros, e é coisa de bike de estrada.

      Iversonfr
      Veterano
      # 27/out/17 22:32
      · votar


      Ismah

      Falei o Singer pois lembrei dele, usava em rolamento de patins mas hoje uso graxa azul pra isso, bem melhor. Vou ver esses que você falou, obrigado! Abs!

      Lelo Mig
      Membro
      # 27/out/17 23:14
      · votar


      Ismah
      Iversonfr

      Óleo Singer, oleo mineral, graxa azul, graxa amarela, WD 40 e etc, tudo isso são excelentes e consagrados produtos... O problema não é o produto e sim os usuarios que usam de forma equivocada.

      O WD 40, por exemplo, é uma formula consagrada, foi usado por decadas na limpeza e manutenção de foguetes e misseis pela NASA... O criador ficou bilionario, é a terceira maior marca americana, atras somente da Coca Cola e do Mc Donalds e esta no mercado há mais de 50 anos. Se fosse uma bosta, como querem alguns, não chegaria onde chegou.

      O pessoal da area de mecanica sabe da eficiência como desengripante penetrante para peças emperradas por oxidação.

      Agora... Não foi feito pra limpar guitarra, como querem alguns. Serve para "proteger" circuitos eletronicos, mas não para este uso que o pessoal faz em pedais e amplis, é para outras situações.

      Ismah
      Veterano
      # 28/out/17 00:58
      · votar


      Qualquer coisa que isole o metal do O2 da atmosfera, vai atuar como protetor...

      Nunca disse que havia problemas para usar ele em nada. Só que... Um rolamento, blindado, quando está muito sujo eu uso reagentes, que dissolvem o óleo e levam a sujeira junto... Estes reagentes dissolvem quase qualquer coisa derivada do petróleo, se jogar numa PCB, ou pot, capaz de tirar só frangalhos...

      Essa é a diferença... Não dá para colocar o foguete da NASA no mesmo balaio de uma PCB.

      Não sei as antigas, mas as PCB's atuais dizem que em com um verniz especial, justamente para EVITAR CORROSÃO... Sabe o que acontece se passar WD40 no verniz?

      O problema é mesmo que ele junta poeira... Fora isso estaria ótimo.

      Iversonfr
      Sim, o Singer é bem popularizado. Dizem alguns mais velhos, que nos anos 70/80 a Caloi tinha até parceria com a empresa, e fabricava com a marca "Caloi" para as bikes. Nas magrelas ele funciona, só que junta MUITA sujeira, mais até que os Finish Line Dry... Praticamente a cada 20 km, o Singer já precisa reposição, e limpeza... Eu fiz 50 na quinta feira, e uns 20km pingado antes, o que já são 70km sem limpar a relação, e tá sequinha...

      Mas assim... Graxa azul, é só dizer a cor da graxa, não há um padrão definido para as cores. Eu tenho alguns tipos de graxa, cada um com cor diferente, e cada um se sai com um resultado diferente.
      Azul NORMALMENTE, é a marítima, que quase não dissolve na água... Seria essa?

      Todo mundo tem o direito de errar, mas não coloque óleo em rolamentos, a não ser que eles possam trabalhar imersos no óleo...

      Lelo Mig
      Membro
      # 28/out/17 01:06
      · votar


      Ismah

      "Todo mundo tem o direito de errar, mas não coloque óleo em rolamentos, a não ser que eles possam trabalhar imersos no óleo..."

      Exatamente.... O mesmo que estou dizendo lá em cima, o problema é uso errado do produto, não o produto.

      Minha mãe costurou a vida toda, nasci entre máquinas de costura. Os pontos de lubrificação de máquinas de costura (óleo Singer) são fechados... os rolamentos e peças móveis não são visíveis, o óleo é colocado em "canais" de lubrificação e escorrem para o interior.

      Pontos de graxa em máquinas e motores, são também, na maioria blindados, o acesso se dá abrindo ou injetando com almotolias.

      "Não dá para colocar o foguete da NASA no mesmo balaio de uma PCB"

      Eu não disse que você disse, e justamente, em meu texto estou tirando do mesmo balaio.......

      Ismah
      Veterano
      # 28/out/17 01:13
      · votar


      Ao me citar pareceu isso...
      Nada grave! rs

      E justamente, por como as coisas funcionam na máquinas Singer (semi-industriais em diante), é que ele é tão fluído: sempre um pouco de óleo é "bombeado" pra cima, o que faz ele ficar circulando... Simples e eficiente.

      Ramsay
      Veterano
      # 28/out/17 01:18
      · votar


      Óleo Singer não serve só pra pedais, pra preservar cordas de guitarras da ferrugem ele é uma beleza, basta passar após tocar.

      Lelo Mig
      Membro
      # 28/out/17 01:47
      · votar


      Ramsay

      "Óleo Singer não serve só pra pedais..."

      Mano, se deixar ao gosto do freguês, neguinho usa até no sexo anal......

      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 29/out/17 19:44
      · votar


      Mano, se deixar ao gosto do freguês, neguinho usa até no sexo anal......
      KKKKKKKKKKKK

      Paludo756
      Membro Novato
      # 03/nov/17 09:08
      · votar


      TheWesleyAndradeExperience
      Sua pergunta não foi "idiota", até mesmo nós aprendemos. As vezes até perguntando o que já sabemos podemos aprender mais ;)
      Eu só agradeço pela pergunta, move o fórum, nos tira do tédio, fazendo-nos escrever, nos faz pensar sobre o assunto (tenho um pedal parado também), e nos proporciona compartilhas conhecimento e experiências e aprender mais.
      Abra mais tópicos, tem meu apoio!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 04/nov/17 12:35
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      Criaram um tópico perguntando se o pedal de guitarra pode estragar se ficar muito tempo sem uso. Gostaria de ouvir a opinião do senhor. Grato

      Qualquer equipamento que fica muito tempo sem uso estraga.
      A umidade, a presença de sal e poluentes no ar danifica trilhas internas e dos potenciômetros. O próprio processo de oxidação é uma causa inevitável.
      Pedais (bons) estragam fácil? Não.
      Mas tem que ser usados e mantidos (limpos, inclusive com "limpa-contatos") com regularidade.
      Abç

      JJJ
      Veterano
      # 04/nov/17 15:09
      · votar


      Lelo Mig
      O WD 40, por exemplo, é uma formula consagrada, foi usado por decadas na limpeza e manutenção de foguetes e misseis pela NASA... O criador ficou bilionario, é a terceira maior marca americana, atras somente da Coca Cola e do Mc Donalds e esta no mercado há mais de 50 anos. Se fosse uma bosta, como querem alguns, não chegaria onde chegou.

      Assino embaixo. Brasileiro adora depreciar tudo... WD40 é um baita produto. Mas é claro que não serve pra tudo (embora tenha um vídeo bem badalado de um russo, que parece sugerir isso... rs). Pra potenciômetro com ruído, o melhor é limpa-contato mesmo.

      Quanto a pedal sem uso... putz, tenho uns aqui que não ligo há ANOS... Acho que depende muito da qualidade. Mas bateu a curiosidade aqui... vou testar uns "paradões" e depois eu conto.

      rafael_cpu
      Veterano
      # 04/nov/17 17:34
      · votar


      JJJ
      Quanto a pedal sem uso... putz, tenho uns aqui que não ligo há ANOS... Acho que depende muito da qualidade. Mas bateu a curiosidade aqui... vou testar uns "paradões" e depois eu conto.

      +1 hahahaha :)

      T+

      JJJ
      Veterano
      # 04/nov/17 18:38 · Editado por: JJJ
      · votar


      OK... testei os seguintes pedais, que já não uso há muito tempo no "dia-a-dia":

      Behringer Vintage Phaser
      Behringer Vintage Tube Overdrive
      Behringer Wah HellBabe
      Zoom 505 - sim, ainda tenho uma... rs
      EHX Stereo Memory Man Deluxe - destoa da lista, né?... Meu xodó... só uso em ocasiões de gala... rs

      Nenhum apresentou problema.

      O HellBabe tem um "boost" que está uma "boosta" (parece um botão de peidar o falante), mas já estava assim há tempos (acho que é defeito, mas não tenho certeza). O mecanismo do wah está totalmente sem ruído, assim como todo o resto do pedal.

      No Vintage Tube Overdrive, o botão de drive está com um ruído quando chega perto do zero, mas também já estava assim antes.

      O resto está totalmente perfeito, como quando comprei, inclusive a Memory Man, do início dos anos 80...

      O grande lance é a forma como se guardam os pedais... Os meus estão numa seção de uma estante, fechada, elevada, onde só tem eles e vários sacos de sílica gel espalhados. A estante não tem contato nenhum com nada próximo a fumaça, poeira, água, eletricidade, sol, movimento, nada. Dormem quietinhos lá. E, depois do uso, se precisar, passo um pano seco.

      Desse jeito, acho que duram muito, mesmo fora de uso por bastante tempo.

      TheWesleyAndradeExperience
      Membro Novato
      # 07/nov/17 03:39 · Editado por: TheWesleyAndradeExperience
      · votar


      Paludo756, obrigado mesmo!!!
      Valeu mesmo a todos pelas explicações!!! Eu aprendo muito com vocês!

      Paludo756
      Membro Novato
      # 16/nov/17 16:38
      · votar


      JJJ
      O grande lance é a forma como se guardam os pedais... Os meus estão numa seção de uma estante, fechada, elevada, onde só tem eles e vários sacos de sílica gel espalhados. A estante não tem contato nenhum com nada próximo a fumaça, poeira, água, eletricidade, sol, movimento, nada. Dormem quietinhos lá. E, depois do uso, se precisar, passo um pano seco.

      Melhor forma de preservação.
      Eu guardo ainda dentro da caixa, com um pacote de silica gel dentro dele.
      Teve pedal que ficou anos parado e não teve problema nenhum, se for quardar em um ropeiro, evite a parte de baixo que pega mais unidade.

      Luiz_RibeiroSP
      Veterano
      # 16/nov/17 16:48
      · votar


      Eu dou uma dica que meu professor no técnico falou. Capacitores eletroliticos que ficam muito tempo sem carga acabam estragando mais rápido, é bom algumas vezes ao ano ligar o equipamento para dar carga.
      Após 10 anos de uso é recomendado a troca de todos os eletrolíticos.
      WD-40 eu gosto para desengripar parafusos e tirar ferrugem, ja salvou um carrinho da minha ponte que tinha um parafuso preso e acabei espanando tentando tirar, foi só espirar um pouco de WD-40 que saiu desparafusando com a mão. Não recomendo colocar em potenciômetros primeiro porque ele tira a graxa do eixo responsável pela inercia mecânica, sem isso o pot fica muito mole. Segundo porque eu percebi que acumula mais poeira com o tempo.
      Em partes elétricas eu prefiro limpa contato ou álcool isopropílico.

      Rodrigo Morrison
      Membro Novato
      # sábado às 14:39
      · votar


      Pedal de guitarra pouco usado estraga? O Gilney Parson falou em um vídeo que pode estragar, daí fiquei encucado...
      Perdão pela pergunta imbecil... Muito obrigado desde já!!!


      Depende,por exemplo,se voce mantem eles guardados,com pouco uso,mas sempre limpa e lubrifica,duvido mt que estrague .,a questão é o cuidado que você vai ter com eles guardados,guardar por 1 ano sem cuidado vai estragar mesmo!mas se você guardar ele ,mas sempre(cuidado com esse sempre ai) limpa-los e lubrificar(lubrificar para que nao fique travando ou agarrando o pedal e parafusos)! você como disse de vez em quando ainda toca,dificilmente vai estragar

      Alex guitar man
      Veterano
      # há 4 horas
      · votar


      JJJ

      Kkk vc poderia fazer um video comparando a tecnologia digital antiga (505) com uma mais recente kkk

      Lelo Mig
      Membro
      # há 4 horas
      · votar


      JJJ

      "Zoom 505 - sim, ainda tenho uma... rs"

      Não conta pra ninguém....até uns 2 anos atrás eu tinha uma Zoom 9001 funcionando.

      JJJ
      Veterano
      # há 3 horas
      · votar


      Alex guitar man

      O problema é que minhas pedaleiras "atuais" não são muito up-to-date... rs

      Lelo Mig

      Cara, essa zoom 505 é made in japan... vai durar até o apocalipse.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Pedal de guitarra pouco usado estraga?

      303.706 tópicos 7.859.229 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital